Educadores



Arte (160)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Biologia (506)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Ciências (346)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Educação Especial (48)
Produções de Profissionais da Seed: Dissertações, Produções de Profissionais da Seed: Teses, Altas Habilidades/Superdotação, Deficiência Física Neuromotra, Surdez, Transtornos Globais de Dessenvolvimento
Educação Fisica (539)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Educação Profissional (7)
Produções de Profissionais da Seed: Dissertações, Produções de Profissionais da Seed: Teses
Ensino Religioso (462)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Espanhol (415)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Filosofia (413)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Física (397)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Geografia (439)
Artigos, Cartografia, Dissertações, Monografias, Teses
História (411)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Inglês (414)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Língua Portuguesa (359)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Matemática (536)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Pedagogia (360)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Química (271)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses
Sociologia (458)
Artigos, Dissertações, Monografias, Teses


6541 arquivos em nosso banco de dados.

Últimos arquivos

Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Formação Continuada e Desenvolvimento Profissional Docente: Representações de Professores PDE Novos da semana Versão: PDF
Atualização:  24/5/2017
Descrição:
SIQUEIRA, Ana Paula de Moraes de

Esta dissertação tem como foco a formação continuada e desenvolvimento profissional docente. Considerando a história recente da formação de professores, destacamos que estes processos vêm sofrendo uma significativa reconfiguração para atender as indicações de organismos internacionais. Influindo sobre maneira no desenvolvimento profissional docente. Frente a esse cenário, tomamos como referência a proposta de formação continuada Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/PR) iniciativa do Estado do Paraná, para redimensionar as práticas docentes. O PDE se baseia na relação teoria-prática partindo do pressuposto de reconhecimento dos docentes enquanto produtores de conhecimento. Em pesquisa já realizada constatamos que os professores muitas vezes priorizam o PDE como avanço na carreira (SIQUEIRA, 2014). Nesse sentido, propomos como pergunta de pesquisa: Quais as representações sociais de professores PDE/2013, sobre formação continuada e sua relação com o desenvolvimento profissional docente? Nos apropriamos dos estudos sobre a Teoria das Representações Sociais, com foco na Teoria do Núcleo Central, apoiando-se nas pesquisas de Moscovici (2003, 2012), Jodelet (2001, 2011), Abric (1994, 2001), entre outros. A pesquisa qualitativa surgiu como metodologia apropriada. Bogdan, Biklen (1994) e Franco (2008), foram os principais aportes. Marcelo García (1999), Marcelo (2009), Roldão (2009); Imbernón (2009), foram referencias importantes para a discussão sobre desenvolvimento profissional. Realizamos o teste de evocação de palavras, o questionário sobre o PDE e de perfil. Participaram do estudo 38 professores, a maioria mulheres com mais de 46 anos e pelo menos 10 anos de contribuição ao Estado. Investigando a proposta do PDE, buscamos nos resumos dos artigos, proposta de finalização do PDE, os principais termos empregados. Destaca-se “aluno”, “educação”, “trabalho”, indicando que as propostas se focam nas dificuldades e nos desafios enfrentados pelos professores em seu trabalho docente. Analisando os termos evocados as palavras “conhecimento”, “estudo” e “experiência”, aparecem enquanto provável núcleo central das representações sobre formação continuada. Inferimos que os professores concebem a formação enquanto espaço de estudo para a construção de conhecimento, este respaldado pela experiência. Considerando essa formação ao longo do desenvolvimento profissional. Para reafirmar o provável núcleo central utilizamos o software Iramuteq para a análise de similitude. Nelas podemos destacar que “conhecimento” e “estudo”, se corporificam em dois blocos com alto grau de conexidade, reafirmando o provável núcleo central. As respostas obtidas pelo questionário sobre o PDE, foram processados pelo Método de Classificação hierárquica descendente (CHD). Seis classes foram formadas, essas classes serviram de base para a construção de cinco categorias de análise tendo em vista as características pontuadas por Marcelo (2009), para o desenvolvimento profissional docente: “prático-reflexivo”, “Universidade ? Escola”, “processo colaborativo”, “ser professor PDE” e “SEED” Observamos que as questões que apareceram no provável núcleo central são trabalhadas quando os professores falam sobre o PDE. Refletimos que a proposta de formação do PDE, traz elementos que podemos considerar que contribuem para o desenvolvimento profissional docente. Contudo, nas representações algumas questões aparecem, como a não oportunidade da formação para todos os professores, a questão do empoderamento do professor, categorizando sentimentos performativos no espaço escolar.

Palavras-chave: PDE. Formação continuada. Desenvolvimento profissional docente.

Downloads 4  4  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-PR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Biologia Teses
Fazer Download agora!Uso de Dispositivos Eletrônicos e Padrões do Ciclo Vigília/Sono de Crianças e Adolescentes Urbanos Novos da semana Versão: PDF
Atualização:  23/5/2017
Descrição:
ANACLETO, Tâmile Stella

Pesquisas em todo o mundo têm indicado a ampliação do acesso a dispositivos eletrônicos por crianças e adolescentes, sendo que o hábito de uso de dispositivos eletrônicos tem se tornado parte da rotina diária dos sujeitos nessa faixa etária, inclusive próximo à hora de dormir e durante despertares noturnos. Diversos estudos encontraram associações entre o uso de dispositivos eletrônicos e prejuízos dos padrões de sono de crianças e adolescentes. No entanto, em função da falta de resultados conclusivos sobre o tema, da escassez desse tipo de estudos no Brasil e do avanço tecnológico contínuo, desenvolveu-se o presente estudo. Os dados de uso
de dispositivos eletrônicos e de padrões de sono de 2.340 estudantes de 18 escolas estaduais do município de Curitiba, com idades entre 10 e 18 anos foram obtidos por meio de questionários aplicados em sala de aula. Os padrões de sono, de posse e uso de dispositivos eletrônicos e as associações entre esses padrões foram avaliados. Entre os voluntários de nossa amostra total, 89,9% possuíam celular pessoal, 91,3% possuíam acesso à internet em casa e 67,5% possuíam hábito de assistir televisão ou
de utilizar o celular ou computador antes de dormir. Os estudantes de ambos os turnos escolares que faziam uso de algum tipo de dispositivo eletrônico antes de dormir apresentavam atrasos dos horários de dormir e acordar, menor tempo na cama, maior sonolência diurna e pior qualidade de sono quando comparados aos sujeitos que não os utilizavam. Dentre os usuários de dispositivos eletrônicos, observou-se que sujeitos que utilizavam o celular antes de dormir apresentavam maior pontuação na escala pediátrica de sonolência diurna (PDSS) e 3,6 vezes mais chances (IC 95%:1,87-7,05)
de retomada do uso do celular durante despertares noturnos do que os usuários de outros dispositivos. Por meio de análises de regressão logística binária observou-se que fatores como turno escolar, faixa etária, e status de peso associaram-se à redução do tempo na cama dos sujeitos, enquanto sexo e atividade física associaram-se à ocorrência de sonolência diurna. Assim, é possível afirmar que o uso de dispositivos eletrônicos antes de dormir está relacionado a prejuízos aos padrões de sono de crianças e adolescentes urbanos. Além disso, o uso de aparelhos celulares antes do
horário de deitar está associado à retomada do uso desse dispositivo eletrônico durante despertares noturnos e à maior sonolência diurna do que a observada entre usuários de outros dispositivos eletrônicos. Por fim, outros fatores, além do uso de dispositivos eletrônicos, devem ser observados em razão da sua associação com os padrões de sono, sonolência diurna e qualidade de sono de crianças e adolescentes.

Palavras-chave: Ciclo vigília/sono. Sonolência diurna. Dispositivos eletrônicos.
Crianças. Adolescentes.

Downloads 0  0  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Vulnerabilidade na adolescência: a perspectiva de Gestores e Líderes do Movimento Social Organizado Versão: PDF
Atualização:  14/3/2017
Descrição:
SANTOS, Ana Paula Rodrigues dos

Trata-se de uma pesquisa exploratória de caráter qualitativo, fundamentada na Teoria Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva – TIPESC que objetivou descrever as vulnerabilidades dos adolescentes segundo a percepção do movimento social organizado, conselheiros locais de saúde e Gestores de um determinado território de Curitiba-PR. Os dados foram coletados no período de maio à julho, por meio de entrevistas semiestruturadas com quinze gestores, conselheiros locais e líderes do movimento social organizado que atendem, de alguma forma, aos adolescentes no território. Os discursos foram analisados segundo a análise de conteúdo, com apoio do software IRAMUTEQ. Na análise de conteúdo emergiram quatro categorias e quatorze subcategorias. Dentre elas se destaca o Reconhecimento da vulnerabilidade para o adolescente no território, no que tange à gravidez na adolescência, drogas na adolescência e violência. As participantes apontaram dificuldades para a realização de ações em relação aos adolescentes, como a falta de apoio do Poder Público para a realização de ações e a falta de capacitação para lidar com a adolescência. Para as ações serem realizadas, foi destacada a importância da parceria com os demais serviços públicos presentes no território. Dentre as subcategorias que emergiram destacam-se as questões de gênero que foram identificadas como processo determinante dos agravos. Como conclusão deste trabalho, registra-se que o objetivo delimitado foi alcançado e, consequentemente, a finalidade de contribuir para a elaboração de ações do serviço local de saúde para atender aos adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade nos territórios pesquisados. Por fim, se propõem a realização de novos estudos no sentido de ampliar a discussão sobre as questões de gênero relacionadas aos processos de determinação da vulnerabilidade dos adolescentes.

Palavras-chave: Adolescente. Vulnerabilidade. Enfermagem.

Downloads 69  69  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Os super-heróis e essa tal de filosofia Versão: PDF
Atualização:  14/3/2017
Descrição:
WESCHENFELDER, Gelson Vanderlei

Um dos grandes ícones da cultura POP da atualidade, é forte o ressurgimento dos super-heróis das histórias em quadrinhos e muito desse sucesso se deve às adaptações feitas dos quadrinhos para o cinema. Os super-heróis dos quadrinhos trazem de forma perspicaz questões referentes a temas que os seres humanos enfrentam em seu dia-a-dia, tais como: ética, justiça, amizades, moral, família, etc. Por trazerem tais temas, estes personagens trazem grandes discussões filosóficas para o universo infanto-juvenil, algo pouco visto fora dos círculos filosóficos.

Palavras-chave: Super-heróis. Histórias em quadrinhos. Ética e filosofia

Downloads 66  66  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista de Educação do IDEAU  Site http://www.researchgate.net/publication/290997391_Os_Super-Herois_e_essa_tal_de_filosofia
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!A contribuição das histórias em quadrinhos de super-heróis para a formação de leitores críticos Versão: PDF
Atualização:  14/3/2017
Descrição:
SILVA, Rafael Laytynher

As histórias em quadrinhos surgiram entre o final do século XIX e começo do século XX. Elas passaram a ser chamadas assim, quando foram introduzidos balões com falas de personagens nos desenhos. Por serem um produto de grande circulação, muitas mensagens ideológicas foram inseridas nas histórias e na composição dos personagens. Assim, esse artigo busca estudar o gênero textual “histórias em quadrinhos”: sua origem, importância e simbolismo na história contemporânea; entender o conceito de herói, super-herói e antiherói, exemplificando a partir da composição dos personagens Batman, Superman e O Justiceiro; pesquisar sobre ideologias nas histórias em quadrinhos e nos personagens citados e observar como o leitor pode ser estimulado à prática da leitura crítica por meio do conhecimento de tais ideologias.

Palavras-chave: Histórias em quadrinhos. Ideologias. Super-herói. Formação de leitores críticos.

Downloads 60  60  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Anagrama  Site http://www.usp.br/anagrama/SilvaLaytynher_hqleituracritica.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Especial Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O Autismo e a Educação Especial: o “mundo” de (im)possibilidades para a humanização Popular Versão: PDF
Atualização:  2/3/2017
Descrição:
COSTA, Deise Aparecida Curto da

O presente estudo teve por objetivo analisar a concepção de professores que atuam em Escolas de Educação Básica na Modalidade de Educação Especial sobre autismo e os reflexos desta na educação escolar oferecida aos alunos, no que se refere à sua humanização. Tivemos como embasamento teórico os pressupostos da Psicologia Histórico-Cultural, a qual tem os autores soviéticos Lev Semiónovich Vigotski (1896-1934), Alexander Romanovich Luria (1902-1977) e Alexei Nikolaevich Leontiev (1903-1979) como seus principais representantes. A referida teoria tem a proposição do reconhecimento da totalidade social e histórica para acompreensão do desenvolvimento humano. Para a efetivação desta pesquisa, primeiramente, fizemos um estudo bibliográfico, buscando consistência teórica acerca do autismo, da constituição do psiquismo humano, a relação desenvolvimento e aprendizagem e da defectologia. A outra parte compreendeu a pesquisa empírica, na qual fizemos uso da entrevista como fonte de coleta dos dados. Os sujeitos participantes foram dez professor as que atendem alunos com autismo ou Transtorno do Espectro Autista (TEA) nos programas da educação infantil ou séries iniciais do ensino fundamental de cinco escolas de Educação Básica na Modalidade de Educação Especial, localizadas na região norte do Estado do Paraná. Com o estudo, observou-se que existe um despreparo por parte dos professores com relação à teoria e a prática habitual referentes aos alunos com autismo/TEA. Verificou-se que a concepção de alguns profissionais frente ao autismo mostra-se de forma confusa e pautada em conhecimentos cotidianos e em concepções hegemônicas.Isso evidencia que há pouca apropriação dos conceitos fundamentais que primam por uma visão mais crítica no exercício da profissão. O material estudado permitiu concluir que, além da concepção naturalizante ou biologizante do autismo, por parte dos profissionais, estes não têm clareza sobre como esses alunos aprendem e se desenvolvem, bem como sobre a importância efetiva da mediação dos conhecimentos científicos, sistematicamente, elaborados para promovero desenvolvimento de suas funções psíquicas superiores (funções eminentemente humanas) de forma plena. Este é, antes, um problema decorrente da forma como se vem formando os profissionais nas esferas do ensino superior do nosso país e, ainda, da estrutura sobre a qual se organiza a sociedade e suas relações sociais de produção, também expressas na escola, de modo a alienar os profissionais a ela pertencentes.

Palavras-chave: Autismo. Psicologia Histórico-Cultural. Humanização. Educação Especial.

Downloads 303  303  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A escola como lugar de memórias e de identidades: um estudo a partir de escritos de alunos do ensino Popular Versão: PDF
Atualização:  2/3/2017
Descrição:
SANTANA, Dorival Aparecido de


O presente trabalho aborda a instituição escolar, enquanto um local de memórias e de identidades, tendo como principal fonte de pesquisa os escritos de um grupo de alunos do ensino médio do Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes de Londrina-PR (Brasil), matriculados nos anos letivos de 2013 e 2014. O ponto de partida das discussões são os dilemas identitários da sociedade contemporânea. As questões colocadas pela investigação inquirem sobre as relações entre memória e identidade no contexto da educação escolarizada, procurando analisar as conexões entre a memória da escola, as experiências dos alunos e o sentimento de pertença a uma instituição de ensino. A pesquisa atua em três frentes investigação: a construção de uma narrativa a partir de fragmentos de história e memória do Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes –Londrina/PR; o mapeamento do perfil sociocultural dos alunos do ensino médio do mesmo estabelecimento, e a análise dos seus escritos. Sob o ponto de vista da metodologia e das fontes, a investigação integrou revisão de literatura, análise de fontes fotográficas, aplicação de questionários, depoimentos orais e análise textual discursiva dos escritos dos estudantes. As principais questões que nortearam os procedimentos de investigação foram as seguintes: Quais são os conceitos dos alunos sobre a memória? Que compreensões eles possuem sobre a escola enquanto um lugar de memória? Qual a consciência dos alunos sobre a historicidade da memória institucional e sobre a diversidade das experiências escolares? Os resultados indicaram que os participantes não priorizam a memória da instituição em suas respostas. No entanto, eles se mostraram sensíveis aos temas da pesquisa e atentos em relação às suas próprias experiências. Com base nos dados, o estudo desenvolve uma reflexão sobre os entrelaçamentos possíveis entre as diferentes modalidades de memórias nos processos de construção da identidade social da escola. Para que as escolas se transformem em lugares mais significativos, sugere-se que, sob o ponto de vista dos estudantes, elas compreendam melhor o contexto de diversidade e a realidade plural dos alunos. A identificação dos estudantes com a instituição escolar depende da criação de políticas de gestão democráticas no tocante ao acolhimento das diferentes memórias.

Palavras-chave: Identidade. Memória. Escola. Escritos de Alunos. Ensino Médio.

Downloads 400  400  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A educação bancária como violência simbólica: um estudo da ação pedagógica no espaço escolar à luz d Popular Versão: PDF
Atualização:  2/3/2017
Descrição:
TOSCAN, Loines Aparecida

Neste sentido, foi elaborada a seguinte pergunta de pesquisa: A prática pedagógica bancária pode ser vista como uma forma de violência no espaço escolar? Esta pergunta de pesquisa teve como objetivo discutir em especial, a educação bancária como violência simbólica, no espaço escolar, sob a perspectiva de Bourdieu, Foucault e Freire. Foi utilizado como método de investigação a hermenêutica que busca questionar, apreender, compreender e interpretar o fenômeno investigado. O referencial teórico fundamentou-se em especial nos seguintes autores: Pierre Bourdieu (2008, 2009, 2010) com sua definição da violência simbólica como sendo toda ação pedagógica enquanto imposição, por um poder arbitrário e se reproduz no ambiente escolar refletida nas ações de seus agentes, neste caso professores, gestores e funcionários.


Palavras-chave: Violência Simbólica. Educação Bancária. Estatuto da Criança e do Adolescente.

Downloads 136  136  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Católica do Paraná  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Cinema nacional e ensino de sociologia: como trechos de filme e filmes na íntegra podem contribuir c Versão: PDF
Atualização:  1/3/2017
Descrição:
ANGREWSKI, Elisandra

Estudar o cinema na perspectiva da Sociologia passa, antes de tudo, por uma questão cultural, mas não se limita a isto. Pensar os desdobramentos que cercam a temática do cinema é, também, se deparar com questões de ordem social, política, econômica e ideológica das relações entre indivíduo e sociedade, levando-se em conta que as mesmas são estruturadas a partir das esferas da produção e do consumo. Este conjunto de relações constitui por si mesmo uma problemática das Ciências Sociais. Por isso, quando se trata da sala de aula, a projeção de um filme ou de um trecho de filme, não pode se restringir somente ao lazer ou ao entretenimento. Com a implantação da Lei n° 13.006 de junho de 2014, que torna obrigatória a exibição por 2 horas mensais de filmes nacionais nas escolas, a busca por maneiras de trabalhar o cinema nacional de forma significativa na sala de aula tornou-se premente.Foi a busca pela identificação de diferentes perspectivas de trabalho com cinema nacional no ensino de Sociologia na Educação Básica que motivou esta pesquisa. A abordagem metodológica partiu de uma revisão bibliográfica sobre a temática e, na sequencia, foram analisados materiais associados ao cinema presentes na página de Sociologia do Portal Dia a Dia Educação – portal educacional da Secretaria de Educação do Estado do Paraná -, procurando compreender quais as perspectivas de trabalho apresentadas e como estas podem contribuir com a formação crítica do sujeito.

Palavras-chave: Sociologia. Ensino de Sociologia. Cinema. Cinema nacional. Formação crítica.

Downloads 20  20  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site https://www.portal.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Análise da disciplina de educação ambiental e valorização do espaço local nos estabelecimentos de en Versão: PDF
Atualização:  16/2/2017
Descrição:
OPOLSKI, Carolina Albertoni


A presente pesquisa tem como objetivo a análise das práticas em educação ambiental (EA) com base na disciplina de ‘Educação Ambiental e Valorização do Espaço Local’ existente nas escolas do município de Bom Jesus do Sul– PR e as práticas de EA realizadas em outras escolas e municípios que não a inserem disciplinarmente em seus currículos. A pesquisa foi realizada em escolas/colégios de três municípios: Francisco Beltrão, Santa Izabel do Oeste e Bom Jesus do Sul– PR, nestes foram pesquisados seis estabelecimentos diferentes (Colégio Estadual do Campo Paulo Freire, Colégio Estadual Guilherme de Almeida, Escola Estadual Marquês de Maricá, Escola Estadual do Campo São Pedro, Colégio Estadual Bom Jesus e Escola Estadual do Campo XV de Novembro). Aplicamos questionários com professores e alunos, tendo sido 30 (trinta) questionários respondidos por professores dos 06 (seis) estabelecimentos pesquisados e 63 (sessenta e três) questionários respondidos por alunos. Indagamos em relação à prática em EA, os conhecimentos sobre os conceitos e legislação que permeiam a EA, a formação dos professores durante a graduação, o acesso à materiais de EA, dentre outras questões que possibilitaram uma análise sobre a realidade da EA praticada nos estabelecimentos em comparação à EA realizada nas escolas de Bom Jesus do Sul- PR que possuem disciplina específica. Realizamos também uma entrevista com gestor, professores e alunos que participaram da disciplina de ‘Educação Ambiental e Valorização do Espaço Local’, na qual conseguimos compreender o desenvolvimento da disciplina e conteúdos ministrados, relacionando com o conhecimento teórico. A partir destes instrumentos, pudemos diagnosticar a prática da EA dos professores, dos alunos e a visão do gestor que tem uma ação de EA por meio disciplinar em seu colégio. Respaldamos a pesquisa com a compreensão teórica a partir do desenvolvimento da uma reflexão sobre a paisagem; o cartesianismo; a educação ambiental (sobretudo, a transformadora e/ou crítica), e o currículo. Dentre os autores utilizados podemos citar Albanus, Leff, Loureiro, Lima, Sacristán, Moreira, entre outros. Sobre os resultados obtidos, destacamos que professores que possuem a formação na graduação inserida na área de Ciências da Terra, têm mais facilidade em desenvolver a EA. Outro aspecto evidenciado é a predominância do desenvolvimento da EA classificada como Tradicional nos estabelecimentos pesquisados. Por fim, nossa conclusão revela que a disciplina de ‘Educação Ambiental e Valorização do Espaço Local’, pode ser considerada como um espaço garantido para o desenvolvimento da EA, mais abrangente do que nos outros estabelecimentos pesquisados que desenvolvem a EA de modo transversal ou interdisciplinar. Ressaltamos que inserção da disciplina de Educação Ambiental e Valorização do Espaço Local, foi efetivada levando em consideração características da comunidade do município de Bom Jesus do Sul - PR, tendo como instrumento principal a horta escolar, com ementa voltada para a disciplina de Geografia. Nos casos pautados na pesquisa, consideramos que a EA como disciplina, tem resultado superior, mas possui limitações, pois segundo a estrutura curricular disciplinar necessita de conhecimentos e conteúdos de outras disciplinas, barreira transposta com maior efetividade na metodologia transversal e/ou interdisciplinar. A disciplina constitui um espaço para discussão e desenvolvimento da EA, mas que pode ser realizado de outras formas como atividades complementares em contraturno ou como componente curricular. Concluímos com posicionando não favoravelmente à existência de uma disciplina específica mediante os resultados da pesquisa.

Palavras-chave: Educação Ambiental. Currículo. Disciplina.

Downloads 46  46  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIOESTE  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)