Educadores

Ínicio : Filosofia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (9)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A passagem da moral à religião em Kant Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
ZANELLA, Diego Carlos

Para Immanuel Kant (1724-1804), moral e religião estão ligadas de modo estreito, diferenciando-se apenas pelo fato de que na moral os deveres são praticados como princípios fundamentais de todo ser racional, e pelo fato de que esse último deve agir como membro de um sistema universal de fins, enquanto que na religião esses deveres são vistos como mandamentos de uma suprema vontade santa, pois que, as leis da moral são as únicas que estão de acordo com a ideia de uma suprema perfeição. No prólogo à primeira edição de A Religião nos Limites da simples razão (1793) Kant o abre com a afirmação de que a moral basta-se a si mesma. No entanto, se a moral de nenhum modo precisa da religião tanto objetivamente (com relação ao querer) quanto subjetivamente (com relação à capacidade) mas basta-se a si mesma; pergunta-se: por que a religião vê a lei moral como mandamento de uma suprema vontade santa? Ou ainda, por que existe uma relação entre moral e religião?

Palavras-chaves Moral. Imperativo categórico. Religião. Kant.

Downloads 980  980  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria  Site 
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A recepção de Frege da noção kantiana de existência Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
VAZ, Bruno Rafaelo Lopes

Este trabalho apresenta um estudo da relação entre duas célebres abordagens do conceito de existência. A primeira, apresentada por Kant, exclui o conceito de existência do conjunto dos possíveis predicados ou propriedades de objetos. A segunda, apresentada mais tarde por Frege, trata o conceito de existência como um predicado de nível superior, i.e., apresenta o conceito como um predicado de predicados, e não como um conceito que se aplica diretamente a objetos. Apesar de ambas abordagens se parecerem muito entre si, um estudo mais aprofundado de ambas servirá para mostrar que a diferença entre os sistemas teóricos em que se inserem, bem como entre os objetivos que visavam, sugerem que seria precipitado identificá-las. Tentar-se-á mostrar, neste trabalho, que Kant desenvolve suas concepções a respeito deste conceito num contexto epistemológico, tendo em vista, como fica claro na sua opus magnum, garantir o requisito de que todo conhecimento deve ter, além do elemento conceitual, também uma contraparte advinda da intuição. Frege, por sua vez, apresenta suas teses a respeito do tema dentro de um contexto basicamente lógico, onde se fazia necessária uma rigorização do tratamento das expressões que compõem a linguagem.

Palavras-chave: Ser. Existência. Predicado real. Predicado de nível superior. Juízos existenciais.

Downloads 739  739  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A Afirmação da Existência dos Corpos nas Meditações de Descartes Popular Versão: 
Atualização:  16/9/2011
Descrição:
SANTOS, César Schirmer dos

Nesta dissertação analisa-se a prova da existência dos corpos apresentada por Descartes na Sexta Meditação a partir da teoria do juízo apresentada na Quarta Meditação.

Palavras-chave: Existência. Corpos. Meditações. Descartes. Racionalismo.

Downloads 2546  2546  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A alegoria na tessitura de Fílon de Alexandria Popular Versão: 
Atualização:  27/8/2013
Descrição:
RIOS, Cesar Motta

Esta dissertação estuda a alegorese, isto é, a leitura alegórica feita por Fílon de Alexandria. Após uma revisão da prática da alegorese anterior a Fílon, são apresentados, traduzidos e comentados todos os trechos em que ele usa as palavras allegoría, allegoréo e allegorikós. O objetivo é saber o que ele diz sobre alegoria. Em seguida, é observado o papel da alegoria filônica no tratado sobre os SonhosI, visando demonstrar o que ele faz com a alegoria. Por fim, apresenta-se uma tradução do referido tratado.

Palavras-chave: Filon. Alexandria. Crítica e interpretação. Alegoria.

Downloads 830  830  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFMG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A argumentação filosófica: Chaim Perelman e o auditório universal Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
ALVES, Marco Antonio Sousa

Esta dissertação pretende analisar a proposta de Perelman de uma Nova Retórica e, partindo dela, compreender melhor o discurso filosófico. As principais metas desse trabalho são: definir os conceitos e distinções fundamentais de uma teoria da argumentação; investigar a especificidade da argumentação filosófica, clareando o conceito de auditório universal; e estudar a relação entre persuasão e convencimento e entre contextualismo e universalismo, situando Perelman no debate contemporâneo relativo à argumentação.

Palavras-chave: Perelman. Chaim. Argumentação filosófica.

Downloads 12086  12086  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFMG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A arte de governar na filosofia de Michel Foucault: o poder, o inimigo e o racismo Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
CARDOSO, Tiago

A presente dissertação enfrentará alguns conceitos fundamentais da obra foucaultiana, tais como o poder, a soberania, a disciplina, a instituição de sequestro, a vigilância, para aprofundar a análise naquilo que se refere ao tema da arte de governar. Nesse ponto, será a obra de Nietzsche, no recorte que lida com a temática do pecado, chamada a oferecer uma breve contribuição. Das novas formas de poder pastoral, em Foucault, até alcançar o tema do racismo de Estado, serão abordadas as doutrinas da razão de estado e da polícia, a história da verdade no âmbito das práticas judiciárias, o panoptismo e a origem da pena de prisão. Como ponto final, o tema do racismo – associado à figura do inimigo – dará suporte a aproximações entre a filosofia foucaultiana e problemas contemporâneos como a violência, a suspensão de direitos de determinados grupos sociais, o recrudescimento das penas e das estruturas e instituições de vigilância e controle social.

Palavras-chave: Governamentalidade. Norma. Inquérito. Política. Confissão.

Downloads 5302  5302  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade do Vale do Rio do Sinos  Site 
Avaliação: 6.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A aula de Filosofia enquanto experiência filosófica: Possibilitar ao estudante de Filosofia "criar c Popular Versão: PDF
Atualização:  12/12/2017
Descrição:
GABRIEL, Fábio Antonio

Recentemente a Filosofia retornou ao currículo dos cursos do Ensino Médio brasileiro. No entanto, acreditamos que o seu ensino não deva ocorrer meramente de forma enciclopédico. Diante dessa questão, a presente pesquisa tem como objetivo verificar em que medida é possível oferecer aulas de Filosofia que não se limitem a um ensino meramente enciclopédico, mas, que possibilitem experiências em que o estudante, em contato com textos de filósofos, consiga dominar meios que o capacitem a “avaliar o valor dos valores” e a “criar conceitos”. Os objetivos específicos contemplam: a) evidenciar se as orientações contidas nas Diretrizes Curriculares de Ensino de Filosofia do Estado do Paraná são conhecidas e praticadas pelos professores de Filosofia da rede estadual; b) verificar ainda em que medida as mesmas diretrizes colaboram para um ensino que propicie uma experiência filosófica; c) apontar as possíveis contribuições da Filosofia de Deleuze e de Nietzsche para o ensino de Filosofia. O problema desta pesquisa explicita-se no questionamento: a maneira como o professor de Filosofia leciona a disciplina propicia condições tanto para a experiência filosófica quanto para a “criação de conceitos” e ou “avaliação do ‘valor’ dos valores”?. Utilizamos, como referencial teórico, os filósofos Nietzsche e Deleuze, além de diversos outros autores que tratam do ensino da Filosofia. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e, para coleta de dados, realizamos uma pesquisa de campo, por meio de questionário e de entrevistas semiestruturadas, além da análise documental das Diretrizes Curriculares de Filosofia do Estado do Paraná. Os sujeitos da pesquisa são professores da rede estadual paranaense, que lecionam a disciplina de Filosofia e, em específico, professores circunscritos ao Núcleo Regional de Jacarezinho, além de estudantes do Ensino Médio, alunos dos professores em referência. Para a análise dos resultados, utilizamos análise de conteúdo, segundo Bardin (2011). Os resultados nos permitem inferir que os professores da Rede Estadual Paranaense conhecem as contribuições das Diretrizes Curriculares de Ensino de Filosofia, como também as utilizam no sentido de propiciar aos estudantes uma aprendizagem de Filosofia que não seja meramente enciclopédica, mas que garanta aos alunos condições de formularem, de criarem e de reverem seus próprios conceitos e seus próprios valores.

Palavras-chave: Ensino de filosofia. Criação de conceitos. Valor dos valores. Ensino e aprendizagem.

Downloads 375  375  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma TEDE UEPG  Site http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/1174
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A ausência da liberdade na tradição política e na era moderna segundo Hannah Arendt em A C Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
SPELLMEIER, Moisés

A presente dissertação consiste numa análise da constatação arendtiana da perda da liberdade outrora vivenciada na antiga polis grega. O desenvolvimento do tema, em linhas gerais, assenta-se sobre minha leitura de A Condição Humana cotejada, mais diretamente, com Entre o Passado e o Futuro. Três capítulos compõem esta análise, que parte de uma primeira conceitualização da vita activa, seguida da crítica à tradição política e à virada marxista sobre esta mesma tradição. O último capítulo trata do ponto de vista arquimediano e da dúvida cartesiana, que segundo Arendt, são determinantes para a confirmação de experiências políticas que se fundam sobre a ausência da liberdade.

Palavras-chave: Liberdade. Hannah Arendt. Condição humana.

Downloads 1896  1896  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A ciência do sujeito na teoria lacaniana Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
FRANÇOIA, Carla Regina

Este trabalho tem como intenção traçar a gênese teórica de alguns conceitos fundamentais no desenvolvimento da obra de Lacan – do início até os anos 50. Para isso, é preciso questionar o que permitiu e o que precisou ser revisto e organizado para que tanto o simbólico quanto o significante fizessem sua entrada na obra de Lacan a partir do contexto inicial do imaginário; é preciso pontuar o que aconteceu com o período do imaginário que tornou necessária a entrada do simbólico, como tema privilegiado, e a partir deste, a entrada do significante.

Palavras-chave: Lacan. Desejo. Intersubjetividade.

Downloads 1234  1234  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A concepção de pessoa na teoria da justiça eqüitativa de J.Rawls Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
PELLIZZARO, Kerlly

O presente trabalho tem como objetivo pesquisar como a concepção de pessoa é apresentada nas obras de Rawls, qual sua importância para a teoria da justiça equitativa e quais suas implicações nas sociedades democráticas atuais. A forma como os cidadãos estão representados na cultura política pública de uma sociedade, como são considerados e como eles próprios se consideram cidadãos livres e iguais, faz com que as instituições sociais sejam mais justas. Isto ocorre porque a participação e a representação das pessoas em uma sociedade justa obrigam que as instituições promovam direitos básicos de cidadania, como a liberdade e a igualdade, em suas regras internas, pautando-se em um modelo ideal de democracia.

Palavras-chave: Pessoa moral. Concepção política de pessoa. Concepção política de justiça. Justiça equitativa. Capacidades morais. Posição origina. Sociedade bem ordenada. Cooperação social.


Downloads 2954  2954  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »