Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (53)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora! A formação de professores para o uso da informática no processo de ensino e aprendizagem de alunos  Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
UMMEL, Eromi Izabel

A inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais (NEE) no sistema regular de ensino, bem como a informática educativa vêm sendo alvo de muitos estudos e discussões no cenário educacional nacional. Tais discussões envolvem diversas instâncias desde legislação, formação de professores, recursos adaptados, como também atitudes e práticas pedagógicas dos profissionais da área de educação. Diante dessa questão, a presente pesquisa objetivou investigar a formação adquirida pelos professores atuantes nas séries iniciais, durante o processo de vida acadêmica e profissional no que tange à utilização do computador como ferramenta de apoio pedagógico junto aos alunos com NEE em sala de aula, mas também a forma como utilizam o referido recurso tecnológico com vistas a organizar diretrizes para aprimorar a sua formação em serviço. Foram participantes desta pesquisa 13 (treze) professoras do sistema regular de ensino que pertenciam à rede municipal na cidade de Londrina-Pr e eram experientes no atendimento dos alunos com NEE, que necessitavam utilizar o computador em sala de aula para realizar as atividades acadêmicas. Consideramos que este estudo atingiu os objetivos propostos, visto que possibilitou identificar as necessidades e dificuldades enfrentadas pelos professores no atendimento aos alunos que apresentam NEE e utilizam o computador em sala de aula comum, quanto levantar de sugestões para melhorar tal atendimento e a formação dos professores em relação a esta questão.

Palavras-chave: Educação inclusiva. Formação de professores. Recurso computacional.

Downloads 1653  1653  Tamanho do arquivo 1.32 MB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!"Eu, a casa e a escola": narrativas de adolescentes em conflito com a lei acerca de si, da casa abri Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
BALDISSERA, Maria Janete Soligo

Esta dissertação tem como objetivo visibilizar como diversas narrativas operam sobre comportamentos dos Meninos da Casa Abrigo - Associação do Adolescente Nova Vida, localizada no bairro Primavera, no município de Novo Hamburgo / RS, problematizando a produção de um sujeito narrado como "Menino da Casa". A investigação se inscreve numa trajetória de inspiração etnográfica, buscando trabalhar com análise de narrativas, tendo em vista uma teia enunciativa que permite criar verdades sobre a situação e a produção desses Meninos. Para tanto, utiliza-se de aportes teóricos ligados aos Estudos Culturais em Educação e em Michel Foucault, numa perspectiva teórica pós-estruturalista. Os sujeitos internos nesta instituição são adolescentes em conflito com a lei que, por cometimento de ato infracional, por serem dependentes de substâncias psicoativas e/ou por estarem em estado de vulnerabilidade social, são enviados à mesma. O estudo analisou um conjunto de narrativas desses adolescentes acerca do que dizem sobre si próprios e sobre os lugares onde foram postos para serem corrigidos de seu estado de incorrigibilidade. Por meio das narrativas, foi possível perceber que a Casa Abrigo precisa, perante a sociedade, mostrar sua produtividade em relação à normalização desses sujeitos e, ao agir sobre suas condutas, investe em algumas estratégias, cuja interseção de discursos centra-se na espiritualidade, no trabalho e na valorização da família. Também, foi possível entender que essa mesma instituição representa uma possibilidade de terceirização de alguns serviços da cidade de origem de cada adolescente, na medida em que o poder público, na intenção de livrar-se desse Menino que representa risco para sua cidade, envia-o a uma instituição localizada em um município vizinho, como depositária desse sujeito.

Palavras-chave: Adolescente. Foucault. Instituição normalizadora. Medidas educacionais. Narrativa. Sujeito.

Downloads 2267  2267  Tamanho do arquivo 1.82 MB  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 8.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!"Nenhum brasileiro sem escola" : Projetos de Alfabetização e Ed de Adultos... - 1950/1963 Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
SOUZA, Claudia Moraes de

Ainda é problema para os educadores populares temas como: Educação Popular, Educação de Adultos e Analfabetismo. A intenção deste trabalho é o de revisitar o problema, o que significou revisitar as relações do Estado e da sociedade civil com a Educação Popular.

Palavras-chave: Educação Popular. Educação de Jovens e Adultos. Analfabetismo. Estado Desenvolvimentista.

Downloads 3695  3695  Tamanho do arquivo 2.94 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.rumoatolerancia.fflch.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A ação comunicativa na práxis pedagógica : um estudo a partir de Habermas Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
RUIZ, Maria José Ferreira

Esta pesquisa busca analisar as contribuições da ação comunicativa habermasiana ao ambiente escolar. Parte da crítica à racionalidade moderna e enfatiza a forma como a racionalidade instrumental reflete na educação. Considera que desenvolver uma proposta educacional pautada na ação comunicativa é um desafio, já que a escola é ainda bastante permeada pela razão instrumental. Nesse locus, por vezes, os fins acabam por justificar os meios, valorizando-se mais os resultados estatísticos do que o processo em si mesmo. A escola, dessa forma, passa a ser “colonizada” pelo mundo sistêmico. A pesquisa discute como alguns estudiosos da educação veem a possibilidade de aproximação das ideias da razão comunicativa à escola, como contraponto à racionalidade instrumental que reifica o homem, assim como a natureza. Nesse prisma, defende que essa aproximação traria suporte para uma gestão escolar democrática na qual a comunicação entre todos os atores envolvidos no processo estaria presente de forma institucional, tornando-se uma possibilidade de melhoria nos conflitos que assolam esse meio. Apresenta alguns princípios da “Teoria da ação comunicativa” e da “Teoria dos atos de fala” buscando empreender uma discussão de como essas podem subsidiar uma proposta de educação moral. Faz apontamentos sobre a educação moral em teóricos que deram sustentáculo a Habermas para a construção de sua “ética discursiva”. Estabelece, também, um confronto entre a dialogicidade a as possibilidades de formação moral na escola. Discute, ainda, alguns pressupostos da democracia e como estes poderiam estar presentes no interior da escola, estimulando a racionalidade comunicativa. Apresenta uma proposta prática: as assembleias escolares. Vê esta como possibilidade de empreender na escola a ação comunicativa. Finaliza compreendendo que, embora muitas críticas se façam à “Teoria da Ação Comunicativa”, a mesma tem muito a oferecer à práxis pedagógica na formação de pessoas comunicativamente competentes.

Palavras-chave: Educação moral - Filosofia. Ética discursiva - Educação. Razão comunicativa - Filosofia. Ação comunicativa - Pedagogia.

Downloads 648  648  Tamanho do arquivo 463.47 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A atuação do diretor de escola pública: determinações administrativas e pedagógicas do cotidiano esc Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
FRANCISCO, Iraci José

Este trabalho teve como objeto de estudo a atuação do diretor de escola pública do estado de São Paulo e seus objetivos específicos foram compreender e explicar sua atuação face às inúmeras necessidades que são apresentadas, bem como analisar as exigências administrativas que chegam para o diretor resolver diariamente, dificultando o seu olhar para outros campos da escola. O referencial teórico que deu suporte à pesquisa consistiu de estudos e pesquisas sobre direção de escola, destacando-se os seguintes autores: José Augusto Dias, Vitor Henrique Paro e José Carlos Libâneo.

Palavras-chave: Administração. Atuação. Diretor. Escola pública.

Downloads 34948  34948  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-SP  Site 
Avaliação: 6.00 (3 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A construção da cidadania na escola pública: avanços e dificuldades Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
ZIZEMER, Joseida Schütt

A presente pesquisa teve como objeto analisar as vivências e as compreensões de cidadania na Escola Estadual de Ensino Médio Raimundo Corrêa, Ernestina/RS. Inicialmente, foi feito um estudo sobre as principais compreensões de cidadania construídas desde a antiguidade até os tempos atuais, de modo especial na legislação educacional recente. A compreensão de cidadania assumida pela pesquisa é a de que o ser humano é um ser de direitos individuais, sociais e políticos, conforme Hannah Arendt e Norberto Bobbio.

Palavras-chave: Escola cidadã. Cidadania. Cotidiano escolar. Formação crítica. Pedagogia dialógica.

Downloads 25882  25882  Tamanho do arquivo 1.43 MB  Plataforma Universidade de Passo Fundo - UPF  Site 
Avaliação: 8.00 (3 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A construção da identidade nos discursos de professoras Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
FAISTEL, Ana Luisa Klein

Este trabalho dissertativo tem como intenção contribuir para uma reflexão sobre a formação docente a partir da análise da construção de sua identidade na história. Para tanto, utilizam-se como referenciais as teorias que versam sobre as representações docentes e que permitem compreender a constituição identitária destas profissionais. Nas discussões consideram-se os dizeres das professoras e suas concepções a respeito da docência, saber, fazer, e da sua própria formação profissional. A partir da análise de fragmentos retirados das atas de Formação Continuada, o estudo aponta questões relativas à identidade e às técnicas de si que se realizam nesta prática.

Palavras-chave: Identidade. Subjetividade. Sujeito. Formação continuada. Técnicas de si.

Downloads 7801  7801  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unijuí  Site 
Avaliação: 8.00 (6 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A construção da noção de cidadania em livros didáticos de História de 1ª a 4ª série do Ensino Fundam Popular Versão: HTML
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
CAMPOS, Valeria Maria Queiroz Guimarães de

Este estudo buscou compreender como se constrói a noção de cidadania nos livros didáticos de História de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental I. A partir da leitura de estudos teóricos sobre a noção de cidadania e de estudos sobre material didático compreendemos a importância sobre a noção de cidadania construída nos livros didáticos de História. Com essa preocupação, identificamos as duas coleções didáticas mais utilizadas nas escolas da Região Oeste de Campinas, sobre as quais debruçamos nosso olhar. Centramos nossa investigação nas possibilidades e espaços existentes para abordagem de aspectos relacionados à natureza da participação. Iniciamos justificando a validade do tema, estratégico e relevante nos dias atuais, e esclarecendo os caminhos que percorremos na construção da metodologia, bem como o nosso entendimento sobre os termos que envolvem a nossa busca, a noção de cidadania e a natureza da participação. Desenvolvemos nossa reflexão respeitando as propostas temáticas apresentadas pelo material, de acordo com os PCNs, e nos remetendo aos estudos sobre a noção de cidadania para o desvendar das possibilidades. Por fim, trouxemos algumas considerações finais, com o cuidado de não esquecer que nosso caminhar envolve a leitura que fazemos, diversa de outras. Destacamos que, mesmo a passos lentos, as transformações no material didático de História se operam, e a discussão que envolve a construção da noção de cidadania, não pode se considerar acabada.

Palavras-chave: Cidadania. Cidadãos. História (Primeiro grau). Estudo e ensino. Material didático.

Downloads 2615  2615  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://www.bibliotecadigital.unicamp.br
Avaliação: 8.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A correção de fluxo no estado do Paraná: história e resultados (1997 - 2002) Popular Versão: 2007
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
GARBÚGGIO, Jefferson

Na década de 1980, a América Latina sofreu com uma crise mundial que trouxe reflexos para a educação. Assim, na década de 90 a educação passou a ser assunto de "pauta". O Brasil notou que gastava muito com a repetência escolar e investiu em projetos educacionais para resolver o problema. Os estados brasileiros que apareceram na vanguarda educacional" foram os de São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Todos esses Estados tinham por objetivo acabar com a repetência e evasão escolar. Promoveram, então, programas que aceleravam a educação de seus alunos multirrepetentes. No estado do Paraná, o PAIS-CF (Programa Adequação Idade Série Correção de Fluxo) teve início em 1997 e perdurou até 2002. Durante esses anos a educação no Paraná cumpriu, "no papel", as metas desejadas pelo BIRD que há muito estava cobrando o andamento da reforma educacional na América Latina. Alguns programas, como o "Correção de Fluxo" já estavam previstos no Plano Decenal de Educação para Todos, que já era uma meta federal e não estadual. O objetivo desta pesquisa é resgatar a história do Programa Correção de Fluxo no estado do Paraná analisando seus reais objetivos e resultados. A metodologia consiste em pesquisa bibliográfica e de campo. Os documentos (Leis, Portarias, Decretos, Ofícios) foram lidos e analisados, bem como artigos de jornais, revistas, Internet, livros específicos sobre o assunto, materiais do CENPEC (São Paulo e Paraná), relatórios das instituições estaduais da Educação Básica e outras bibliografias sobre o assunto. A pesquisa de campo consistiu em entrevista com professores que atuaram no programa, como multiplicadores e professores em sala e alunos que se formaram por este programa, além de pesquisas em Instituições de Educação Básica e Superior (pública e particular) sobre os relatórios finais, dos anos de 1997 a 2002.

Palavras-chave: Educação. Política educacional. Adequação idade série. Aceleração escolar. Correção de fluxo. História da educação.

Downloads 2135  2135  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM/Educação  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A criança de seis anos na escola: transição da atividade lúdica para a atividade de estudo Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
MAREGA, Ágatha Marine Pontes

Diante da recente inclusão da criança de seis anos no ensino fundamental e das dúvidas presentes na prática escolar com relação à organização do ensino para as crianças nesta faixa etária, observamos que uma das preocupações sobre o ingresso da criança no ensino obrigatório é de que essa situação a colocaria precocemente em situações formais de ensino, retirando dela o direito, o tempo e o espaço de brincar. Tal concepção nos remeteu a ideia dicotômica entre o brincar e o estudar, como se fossem duas atividades antagônicas. Considerando essa problemática, realizamos a presente pesquisa com o objetivo de investigar de que forma o ensino para crianças de seis anos pode ser organizado levando em conta a transição a atividade lúdica para a atividade de estudo. Para tanto, realizamos estudos calcados na Teoria Histórico-Cultural (Vigotsky, Leontiev e Elkonin) que nos ofereceram o aporte teórico necessário para compreendermos: a relação entre ensino, aprendizagem e desenvolvimento; o papel ativo do sujeito na produção e apropriação do conhecimento; a periodização do desenvolvimento psíquico; e as especificidades do ensino para a faixa etária de seis anos, destacando a atividade lúdica e a atividade de estudo como atividades principais da idade pré-escolar e da idade escolar, respectivamente. Realizamos, também, um experimento didático com alunos do 1o ano do ensino fundamental de uma escola pública da rede municipal de ensino de Maringá. Esse percurso de investigação nos permitiu concluir a necessidade da condução pedagógica desse processo de transição. Apesar de a atividade lúdica e a atividade de estudo não apresentarem as mesmas propriedades, ambas têm uma característica comum: o conteúdo. Há conteúdos no brincar e no estudar. No momento de transição entre uma atividade e outra é fundamental não reforçar as diferenças entre essas atividades, opondo-as como uma ligada ao prazer, outra à obrigação, reservando tempo e espaço hora para uma, hora para outra. Pelo contrário, essas atividades devem se interagir e interpenetrarem-se. A ação sobre a unidade entre elas – o conteúdo – é o caminho metodológico para isso. O que implica em propiciar conteúdo escolar para a atividade lúdica para que as crianças avancem para além da reprodução das relações cotidianas, comuns nas brincadeiras livres, e ampliem seus conhecimentos sobre o mundo, aproximando-se do conhecimento científico. Além disso, é essencial que, nesse processo, o professor saiba, aos poucos, transmitir aos alunos maior valor ao prazer de conhecer, do que ao prazer de apenas brincar, levando a criança a perceber a riqueza do novo lugar que ela passa a ocupar como estudante do ensino fundamental.

Palavras-chave: Ensino fundamental de nove anos. Atividade lúdica. Atividade de estudo. Teoria histórico-cultural.

Downloads 539  539  Tamanho do arquivo 2.50 MB  Plataforma Universidade Estadual de Maringá - UEM  Site http://www.ppe.uem.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 »