Educadores

Ínicio : Sociologia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (2)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora! Bienvenido a Miami : a inserção dos imigrantes brasileiros nos Estados Unidos da America Latina  Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Adriana Capuano de

Este é um trabalho sobre a imigração de brasileiros para a região do Sul da Flórida (mais especificamente para a cidade de Miami) nos Estados Unidos da América. Está desenvolvido em três partes, sendo que, na Primeira Parte, apresento uma discussão estruturada em pesquisa bibliográfica sobre a formação histórico-cultural destes dois países em questão: Brasil e Estados Unidos, focalizando as conceituações formadoras das noções de identidade nacional dos mesmos. Na Segunda Parte, abordo mais especificamente a questão própria da migração de brasileiros para os Estados Unidos, primeiramente como um todo, e logo em seguida para a região determinada pelo estudo de campo: o Sul da Flórida. Consiste desta parte ainda uma apresentação desta população pesquisada, abordando suas principais características sóciodemográficas, e a própria influência e percepção do local de destino. A Terceira e última parte desta tese visa dar um desfecho a estas discussões anteriores, conjugando a discussão bibliográfica trabalhada no decorrer das partes precedentes com a própria pesquisa de campo elaborada in loco. Por meio desta conjunção, esta última parte discute também especificidades da população brasileira imigrante com relação ao seu local de destino, o que vem propiciar a abordagem de algumas percepções no campo das relações de classes sociais entre estes brasileiros, bem como a respeito de alguns laços que ainda os ligam ao país de origem .

Palavras-chave: Migração internacional. Identidade. Estudos interculturais. Classe social.

Downloads 499  499  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000317726
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!"As múltiplas formas de violência no trabalho de enfermagem: o cotidiano de trabalho no setor de eme Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
COSTA, Aldenan Lima Ribeiro Corrêa da

O estudo teve como objetivo apreender e analisar as formas de violência operantes no mundo do trabalho de enfermagem em um serviço de emergência e urgência clínica de uma instituição hospitalar pública de Mato Grosso com 1200 trabalhadores, dos quais 400 são de enfermagem e desses, 42 são escalados nos 03 turnos de trabalho do setor pesquisado.

Palavras-chave: Urgência e emergência. Violência no local de trabalho. Violência. Enfermagem.

Downloads 2573  2573  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!"Os dekassegui : uma outra face do toyotismo" Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
RIBAS, Clarilton Cardoso

Resumo: Não informado

Palavras-chave: Sociologia. Trabalho. Japão.

Observação - Para baixar artigos, teses e monografias da Unicamp é necessário fazer um cadastro simples com e-mail e senha.

Downloads 1312  1312  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=000133173
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!"Sacando" o voleibol: do amadorismo à espetacularização da modalidade no Brasil (1970-2000) Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MARCHI JR., Wanderley

Este estudo tem como ponto de partida uma história de vida envolvendo o Voleibol como uma prática educacional, esportiva e de pesquisa acadêmica. Nesse contexto, definimos a história do Voleibol brasileiro nas últimas três décadas como objeto de estudo.

Palavras-chave: Voleibol. História e sociologia do esporte. Amadorismo. Espetacularização.

Downloads 3759  3759  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!A ambiguidade da ordenação feminina : mulher e subjetividade na comunidades paulinas durante os prim Popular Versão: PDF
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
SILVA, Roberta Alexandrina da

Este trabalho discute como os discursos são apropriados e selecionados, com o intuito de legitimar posturas e comportamentos, como no caso, do problema da Ordenação feminina no âmbito católico nos séculos XX e XXI, depois do Concílio do Vaticano II (1962-1965), que se tornou ponto de partida para debates entre teólogas feministas e o grupo 'conservador' da Igreja Católica. Com isso, a questão da Ordenação perpassa, por ambos os grupos, por uma apropriação do passado cristão, as suas origens, em que o corpus paulinum se tornou um ponto de partida para debates e discussões na atualidade. Foi a partir dessas origens que o trabalho, no segundo momento, se centrou ao abordar o contexto desse mundo paulino, século I e.c., onde valores como honra e vergonha foram trabalhados nas comunidades paulinas e que refletem no corpus paulinum. O problema da Ordenação é o ponto inicial da tese, pois esta pesquisa se centra como Paulo foi apropriado e utilizado, tanto por grupos na contemporaneidade quanto por escritos pós-paulinos, onde, a figura de Paulo foi utilizada para legitimar e endossar condutas e posturas, e um processo de institucionalização da Igreja. Em suma, este trabalho sugere algumas concepções distintas para conceitos como feminino e masculino, analisados numa perspectiva de gênero. Emerge, dessa análise, outro olhar sobre o papel sexo-social nas comunidades paulinas do I século e.c., o que permite um confronto dessa leitura com discursos acadêmicos sobre o assunto.

Palavras-chave: Cristianismo. Ordenação de mulheres. Gênero. Igreja Católica.

Downloads 3214  3214  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!A burguesia sem disfarce : a defesa da ignorância versus as lições do capital Popular Versão: PDF
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
LINS, Ana Maria Moura

Resumo: A Burguesia sem Disfarce: A Defesa da Ignorância x As Lições do Capital, é um conjunto de reflexões que tem por objetivo fundamental compreender a importância da Escola na sociedade burguesa. Neste sentido, esta tese se propõe a analisar as razões históricas, elaboradas pela Economia política, que, em um determinado momento, justificam o impedimento da Escola para aqueles que, no processo da divisão social do: trabalho, não têm outra alternativa que não ganhar sua subsistência com o movimento de seus corpos. Outrossim, procurou-se alcançar os fundamentos que motivaram a expansão da educação primária, como forma de impedir a completa obliteração das crianças e adolescentes, a partir do surgimento da indústria moderna. A partir desses pressupostos, a discussão se estende até dois momentos da história da educação no Brasil: o confronto de interesses entre a Companhia de Jesus e o Gabinete pombalino; e o período de transição entre o fim do trabalho e escravo, e o início do trabalho livre, desde meados até o final do século XIX.

Palavras-chave: Classe média. História. Sociologia educacional.

Downloads 13587  13587  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000037366
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!A consignação da violência : a peonagem na região de Três Lagoas-MS Popular Versão: PDF
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
BORGES, Maria Stela Lemos

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo um estudo da peonagem, relação de trabalho marcada pela violência. Partindo de uma reflexão teórica sobre a peonagem no mundo do trabalho, busca, a partir de uma reconstituição das relações de trabalho na sociedade capitalista, adentrar, numa perspectiva histórica, as formas manifestas da peonagem em Mato Grosso do Sul e atualizadas na região de Três Lagoas, em trabalhos de abertura e conservação de fazendas até chegar ao trabalho nas carvoarias. O peão-do-trecho, protagonista dessas relações de trabalho, é estudado na sua subjetividade, o que implicou na busca, por meio das suas lembranças, do seu vivido como um espaço para sua manifestação. A valorização da memória está intimamente ligada à valorização da sua subjetividade, pautada pelo princípio de se adotar, diante do objeto de pesquisa, uma postura que seja capaz de apanhá-Io na sua complexidade, decorrente não só do contexto em que ele se encontra e com o qual interage, mas também da sua história pessoal, ultrapassando os limites das relações estruturais para enriquecê-Ias com o conhecimento das marcas das individualidades/singularidades que a constituem.

Palavras-chave: Memória. Trabalho. Subjetividade. Violência

Downloads 325  325  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000240130
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!A demografia da vida rural paulista Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
RODRIGUES, Izilda Aparecida

Resumo: Após decrescer por três décadas consecutivas, a população rural do Estado de São Paulo apresentou uma retomada de crescimento nos anos 90. O rompimento da tendência de esvaziamento da área rural paulista levanta uma série de questões relacionadas à sua estrutura econômica e às características da população residente. Este estudo tem como objetivo principal avaliar as características demográficas da população residente no rural do Estado de São Paulo, relacionada com a dinâmica de ocupação socioeconômica da área rural nos anos 80 e parte dos 90. As informações sobre a população foram obtidas nos Censos Demográficos e as relativas à estrutura da área rural nos Censos Agropecuários, realizados pela Fundação IBGE. Do exame da distribuição da população, segundo a situação do domicílio, ressalta-se a importância da Região Metropolitana de São Paulo como a área responsável pelo crescimento da população rural estadual. Desta constatação formula-se a hipótese de que o crescimento da população rural paulista estaria mormente relacionado ao processo de expansão urbana sobre áreas rurais. Para sua verificação, as categorias usadas pela FIBGE na definição da área rural e urbana foram desagregadas, introduzindo-se uma área de transição entre o urbano e o rural. A área urbana fica então dividida em área de transição urbana e "urbana" e a área rural em transição rural e "rural". Com essa alternativa foi possível obter diferenças importantes na área previamente definida como rural, tanto na ocupação da população residente em atividades econômicas de caráter tipicamente urbano, quanto no perfil da população residente na área de transição rural e na área "rural". O crescimento da população na área rural metropolitana foi reavaliado com esta reclassificação da situação do domicílio, reforçando-se a expansão urbana sobre áreas rurais. As informações censitárias sobre a distribuição da população, com características ligadas à inserção nas atividades econômicas, à composição e movimentos populacionais entre as Mesorregiões estaduais, mostraram diferenças no crescimento da população rural entre regiões densamente povoadas e urbanizadas, e aquelas onde as atividades agropecuárias são mais relevantes. Por fim, as categorias que definem a situação do domicílio na área rural no Estado de São Paulo podem contribuir para investigações sobre a relação entre a ocupação do rural e o crescimento da população.

Palavras-chave: Desenvolvimento rural. Crescimento demográfico. Vida rural. São Paulo.

Downloads 307  307  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000222779
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!A dialética rarefeita entre o não ser e o ser outro: um estudo sobre o rural no cinema brasileiro Popular Versão: Pdf
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
TOLENTINO, Celia Aparecida Ferreira

Este estudo discute a tematização dos aspectos rurais da cultura brasileira segundo a abordagem realizada pelo cinema nacional das décadas de 50 e 60. Decodificando o narrador de cada obra cinematográfica, debate-se as condições e perspectivas deste que apreende o tema em questão, explicitando o tempo histórico a partir do qual fala. As duas décadas são tratadas como três tempos distintos: a década de 50 é observada a partir do cinema industrial paulista; a década de 60 divide-se em duas partes, antes e depois do golpe de 64, e ambas são discutidas através da cinematografia politizada da época. Ao final, este trabalho tenta demonstrar que o rural constitui um tema fugidio, mas central na vida brasileira, que, em acordo com as ambiguidades da nossa própria identidade, é tratado com amor ou ódio segundo os projetos de nação com os quais dialoga. Cangaceiros, caipiras, jagunços, beatos, retirantes podem ora compor a mais genuína identidade nacional, ora o retrato do atraso brasileiro e, também, as duas coisas ao mesmo tempo. Invariável é o ponto de vista que entende como rural aquilo que está no passado ou em vias de superação, nunca, entretanto, o vigente. Resumindo, para o cinema brasileiro do período estudado, rural é sempre o outro.

Palavras-chave: Cinema brasileiro. Pesquisa sociológica. Sociologia rural. Cinema. Estética.

Downloads 1330  1330  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000119826
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!A educação do MST no contexto educacional brasileiro  Popular Versão: PDF
Atualização:  10/3/2011
Descrição:
D'AGOSTINI, Adriana

A presente tese tem como objeto de estudo a proposta educacional do MST. Objetivou analisar e debater a educação do MST dentro do contexto educacional brasileiro, indicando seu caráter e sua importância, principalmente na década de 1990, como uma afronta e contraposição às políticas educacionais neoliberais e atualmente diante da crise mundial do capital, demonstra a necessidade de construção de propostas educacionais de classe voltadas a emancipação humana e ao projeto histórico socialista. Neste sentido, após a pesquisa bibliográfica e documental confirmaram-se as hipóteses levantadas a partir do problema de pesquisa que foi delimitado da seguinte forma: como se situa a educação do MST no contexto educacional brasileiro? Quais suas contradições, dificuldades e possibilidades de tornar-se uma educação de classe para a emancipação humana no sentido de indicar elementos de superação da sociedade de classes? A partir dos dados da realidade, das ideias pedagógicas no Brasil, da análise da proposta de educação do MST e do levantamento das contradições apresentadas pela produção acadêmica foi possível localizar e analisar a educação do MST no contexto educacional brasileiro e afirmar que da década de 1990 em diante ela tem sido o movimento de educação de classe que mais oferece resistência as políticas educacionais neoliberais. Isso se dá a partir de seus princípios, suas práticas pedagógicas e da pressão política. Porém uma educação para além do capital dentro de uma sociedade capitalista sempre será desenvolvida por e com contradições, entre elas destacamos a relação entre Movimento e Estado e a relação teoria/prática. Apontamos a possibilidade de superação destas contradições através da adoção e aprofundamento teórico no materialismo histórico dialético e contribuímos com argumentos sobre necessidade e a atualidade desta teoria do conhecimento para a educação do MST.

Palavras-chave: Educação brasileira. Educação do Campo. Educação do MST.

Downloads 285  285  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFBA  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 »