Educadores

Ínicio : Pedagogia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (22)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Vozes de mulheres : educação, universidade e trabalho nos anos 40 e 50 do Século XX Popular Versão: PDF
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
TESSELER, Fani Averbuh

Este trabalho investiga como se desenvolveu a trajetória profissional de mulheres que passaram pela universidade nas décadas de 40 e 50 do século XX, pela escuta de suas memórias sobre suas trajetórias educativas, profissionais e familiares. Objetiva escutar a história da relação entre as possibilidades de acesso ao ensino superior e profissionalização para mulheres, na década de 1950, em Porto Alegre, seu significado como instituidor de identidade, limites e abrangências tendo em vista trajetórias profissionais e de vida de algumas mulheres - o que inclui o casamento como marco fundamental porque definidor de possibilidades e trajetórias e o significado social atribuído ao diploma profissional, dado por elas mesmas e pela sociedade onde se inserem, ou seja, um determinado tempo, um certo lugar e pelas pessoas com quem viveram e conviveram. As mudanças em curso não modificaram as posições das mulheres nas relações de gênero, pois a subordinação em relação ao homem se manteve, mesmo portadoras de diploma de educação superior, o que possibilitaria o acesso de algumas mulheres ao trabalho e, consequentemente, à situações e formas próprias de alcançar dinheiro, o que poderia significar liberdade, independência e autonomia, elas optaram por manter a tradição quanto aos papéis e lugares de gênero na família. A permanência em posições e lugares de marginalidade nas relações de gênero, apesar das possibilidades econômicas construídas pelo título, mostra que este não assegurava, por si só, o cumprimento dessas mudanças.

Palavras-chave: Gênero. História da educação. História oral. Memória.

Downloads 979  979  Tamanho do arquivo 924.88 KB  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRG  Site http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/18381
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Trabalho coletivo na escola pública: contribuições pedagógicas de Anton Semionovitch Makarenko Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
RUIZ, Maria José Ferreira

O texto objetiva apresentar algumas concepções pedagógicas de Anton Semionovitch Makarenko. A partir delas, propõe um repensar sobre a escola atual. Tem como foco o trabalho coletivo e cooperativo. Utiliza-se como aporte teórico, dentre utros, o livro de Luedemann, “Anton Makarenko: Vida e obra: A pedagogia da revolução”. Parte de uma perspectiva materialista histórica, na qual se tem o entendimento que ao analisar as concepções teóricas de um autor, estas devam ser situadas no lócus histórico e concreto no qual foram produzidas. Para tanto, é mister levar em conta a conjuntura temporal e as especifidades históricas e materiais da época. O texto trata de algumas questões aventadas por Makarenko, a saber: individualismo, disciplina, representatividade, assembléias, normatização, cortesia e perspectiva. Ao apresentar e discutir estas questões aponta possíveis desdobramentos e subsídios à construção de propostas coletivas diferenciadas daquelas que temos hoje, pautadas em instâncias colegiadas representativas que, de forma geral, enfatizam mais os princípios administrativos e burocráticos do que os princípios pedagógicos e educativos.

Palavras-chave: Educação. Escola. Coletividade. Assembléias.

Downloads 589  589  Tamanho do arquivo 48.77 KB  Plataforma Revista ORG & DEMO  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Telhado de vidro: as intermitências do atendimento socioeducativo de adolescentes em semiliberdade Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
FUCHS, Andréa Márcia Santiago Lohmeyer

A medida socioeducativa de semiliberdade prevista pelo Estatuto da Criança e do Adolescente é uma medida restritiva de direitos e, portanto, responsabiliza legalmente o adolescente pela prática de ato infracional e implica a institucionalização desse adolescente. Além disso, estabelece a obrigatoriedade da escolarização e profissionalização por ocasião do cumprimento da medida, exigindo assim que seja executada mediante uma articulação entre as diferentes políticas públicas e sociais. Contudo, o atendimento socioeducativo em semiliberdade no Brasil ainda experimenta incertezas e intermitências, mesmo após 19 anos de vigência do ECA. Este trabalho pretende investigar se a estrutura do atendimento(organização e funcionamento) socioeducativo em semiliberdade, incluindo as dinâmicas e práticas institucionais ofertadas nas instituições, tem favorecido aos adolescentes a vivência concreta dos direitos humanos de cidadania e favorecido o cumprimento de sua medida socioeducativa. Foi realizada uma pesquisa quantitativa e qualitativa, em 2004, 2006 e 2008, que possibilitou traçar o perfil sociodemográfico dos adolescentes em cumprimento da medida e conhecer a capacidade instalada para o atendimento em semiliberdade e a distribuição espacial das instituições pelo País. Concluiu-se que a estrutura, organização e funcionamento das instituições de execução da medida socioeducativa de semiliberdade, somadas às práticas institucionais desenvolvidas pelo corpus profissional dessas instituições, favorecem o reconhecimento desses adolescentes como categoria de não-cidadãos ou, quando muito, dão-lhes uma cidadania fragmentada centrada no status do cidadão. As ações intermitentes e omissões, muito mais centradas no discurso retórico da proteção integral, somadas aos recursos materiais ofertados no atendimento socioeducativo como política “pobre para pobres”, só têm contribuído para a marginalização doadolescente, a criminalização da pobreza e o descrédito da medida socioeducativa como uma alternativa à medida de internação. Assim, confirmou-se a hipótese central do trabalho de que a gramática institucional e suas práticas cotidianas violam os direitos humanos de cidadania dos adolescentes, desarticulam sua vida com o mundo público desses direitos, distanciando-os ainda mais da experiência concreta da cidadania e contribuem para o não cumprimento de sua medida socioeducativa.

Palavras-chave: Estado. Política pública e social. Instituições. Direitos humanos. Cidadania. Adolescente. Medida socioeducativa de semiliberdade.

Downloads 640  640  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de Brasília - UNB  Site http://www.renade.org.br/biblioteca/artigos/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Tecnologias, educação e seus sentidos: o movimento de um grupo de pesquisa sobre interdisciplinarida Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
CARNEIRO, Raquel Gianolla Miranda

Este trabalho de pesquisa envolve a análise do processo de apropriação do uso de ambientes virtuais baseados na Internet por um grupo de pesquisa e estudos sobre interdisciplinaridade – GEPI; coordenado pela Profa. Ivani Fazenda. Trata-se de investigar o movimento que este grupo percorreu ao estabelecer sua comunicação; a socialização de materiais e registros; o estudo e o diálogo com colegas distantes e a possibilidade de estabelecer um ambiente de reflexão a distância sobre o tema interdisciplinaridade - uma análise baseada nos princípios de uma educação interdisciplinar. Para tanto; buscamos um olhar a partir desta teoria o que nos moveu; num primeiro momento a resgatar o sentido de termos como educação; educação a distancia; tecnologia; estudo e diálogo; entre outros; apresentando; assim; um contexto de educação que este olhar interdisciplinar exige. Pudemos concluir que o exercício de apropriação de ambientes virtuais numa perspectiva interdisciplinar deste grupo navega em movimentos lentos; porém; sólidos de comunicação. Ao mesmo tempo e; paradoxalmente; a velocidade propulsora de fomento produtivo do grupo foi marcante depois da utilização de recursos virtuais da Internet. Pudemos também observar que a amplitude que o termo educação concebe dificulta-nos estabelecer limites no que se entende por presencial e a distancia que vivenciamos. Finalmente; pudemos concluir que o olhar interdisciplinar sobre a questão nos leva a pensar em não nos demitirmos de nossas concepções construídas ao longo de um tempo de experiências e vivências para utilização destes ambientes virtuais; mas introduzirmos as considerações específicas de cada ambiente educativo dentro da experiência adquirida.

Palavras-chave: Educação. Tecnologia. Interdisciplinaridade. Ambientes virtuais de educação. Educação a distância.


Downloads 2820  2820  Tamanho do arquivo 1.30 MB  Plataforma Pontifícia Universidade Católica - PUC-SP  Site http://www.ced.pucsp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Sentidos da democracia na escola : um estudo sobre concepções e vivências Popular Versão: PDF
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
MEDEIROS, Isabel Letícia Pedroso de

A presente tese de doutorado constitui-se de um estudo de caso sobre concepções e vivências da democracia na escola, na perspectiva de docentes e de estudantes. Trata-se de uma investigação qualitativa, em três escolas da rede pública municipal de Porto Alegre, a qual apresenta um contexto significativo em termos de implementação de mecanismos formais de gestão democrática em nível de sistema e de escolas. O referencial teórico-metodológico, desenvolvido nos quatro capítulos iniciais, traz conceitos de democracia, política e participação, a partir de várias vertentes teóricas e políticas, e a abordagem dos significados e temas significativos na articulação entre democracia e educação. Como se trata de um estudo de caso, também são apresentadas referências sobre a escola como foco de estudo. A coleta de dados se realizou considerando duas manifestações de discurso: o texto escrito dos projetos político-pedagógicos e os regimentos escolares, bem como entrevistas com os diretores de escola e com professores e alunos do terceiro ciclo do Ensino Fundamental. Na construção do dispositivo teórico-analítico salienta-se os estudos sobre linguagem, língua e a análise do discurso fundamentado em Michel Pêcheux e Eni Orlandi. No quarto capítulo, foi feita uma breve contextualização histórica da rede municipal de ensino na qual estão inseridas as escolas estudadas. Os quinto, sexto e sétimo capítulos trazem a análise de cada uma das escolas pesquisadas, apresentando uma contextualização da escola, a descrição e interpretação das entrevistas e um fechamento de cada capítulo, abordando regularidades e contradições entre os discursos. Na Escola I, a análise dos discursos possibilita a interpretação de que existe um projeto democrático próprio, que não é uma mera resposta às diretrizes externas. Muito embora em termos de planejamento e avaliação haja a evocação de uma memória da escola tradicional, com uma concepção de currículo fragmentada, organizada em conteúdos disciplinares hierarquizados. Em relação à Escola II, a análise direcionou para a conclusão de que nessa escola há uma ênfase na gestão dos processos administrativos e abertura para a participação docente, com pouca participação de outros segmentos da comunidade escolar. Na Escola III, destaca-se, a partir da interpretação, a democracia formal representativa como prática predominante, através do conselho escolar e participação em processos eleitorais, com pouca participação e envolvimento direto dos sujeitos sociais nos processos de gestão. Nas considerações finais são apresentadas as conclusões gerais do estudo realizado, retomando o referencial teórico e as questões que mobilizaram a investigação: enquanto nos textos dos projetos político-pedagógicos há a articulação entre processos de representação e de participação direta, destaca-se nos discursos dos entrevistados a democracia formal representativa como principal prática; a grande maioria dos estudantes apresenta uma frágil memória discursiva sobre democracia, evocando os discursos veiculados na mídia; sobre as perspectivas de avanço, há diferenças entre as três escolas, já que na primeira a ênfase está em aprofundar e aprimorar os processos de participação, envolvendo mais os estudantes; na Escola II, os professores acreditam que o avanço depende de questões externas à escola, porém, os estudantes reivindicam mais participação para o seu segmento; na Escola III, os docentes sugerem trabalhar mais com temas ligados à cidadania e vivência democrática, enquanto os estudantes apontam desde a melhoria do ensino, da disciplina, das condições físicas do prédio, até a ânsia por mais liberdade e participação. Ainda nas considerações finais dá-se destaque para: a constituição de redes em defesa da democracia e da democratização da educação - a participação dos atores sociais na discussão, reflexão e elaboração de políticas educacionais, voz dos alunos e possibilidade de fomentar a formação para a política e para a democracia, investir na transformação da escola e conceber a construção da democracia como processo sem-fim, sempre inacabado.

Palavras-chave: Análise do discurso. Ensino fundamental Escola. Gestão Democrática. Participação. Pêcheux. Projeto pedagógico.

Downloads 542  542  Tamanho do arquivo 1.59 MB  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Reuniões pedagógicas e autoconfrontações: possíveis espaços de desenvolvimento profissional na escol Popular Versão: PDF
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
FOGAÇA, Francisco Carlos

Esta pesquisa tem por objetivo estudar as reuniões pedagógicas e os procedimentos de autoconfrontação como possíveis espaços de desenvolvimento profissional e de formação continuada e os conflitos e as relações de poder neles vivenciados. Além disso, analisa o agir dos sujeitos da pesquisa em reuniões pedagógicas, suas representações iniciais sobre as reuniões e sobre os conflitos que nelas ocorrem – a pesquisa investiga se tais representações são mantidas, revistas, modificadas a partir das autoconfrontações. Descreve e analisa os tipos de conflitos, polarizações e relações de poder manifestadas nas reuniões pedagógicas e também nas autoconfrontações. Esta pesquisa foi realizada em um contexto de escola pública, em um município do estado do Paraná. Foram gravadas reuniões pedagógicas em vídeo, além de entrevistas e autoconfrontações (simples e cruzada) com os três sujeitos da pesquisa (um professor de geografia, uma professora de matemática e uma de inglês). Os dados da pesquisa são transcrições feitas a partir de entrevistas, de momentos selecionados das reuniões gravadas em vídeo e das autoconfrontações. Para a análise foram utilizados procedimentos oriundos do Interacionismo Sociodiscursivo (ISD), principalmente, e dos Estudos Críticos do Discurso, com categorias originadas a partir dos dados. As principais teorias e autores que embasam o estudo são o Interacionismo Sociodiscursivo (BRONCKART, 1998, 2003, 2006, 2007, 2008, 2009), as idéias de Vygotsky (2000, 2005) relacionadas a desenvolvimento e aprendizagem; a noção de discurso e poder a partir de Foucault (1982, 2006) e dos estudos Críticos do Discurso (Van Dijk, 2008); a escola como locus de formação continuada (CANDAU, 2003); as reuniões pedagógicas como espaços de desenvolvimento (VASCONCELLOS, 2009; TORRES, 2010) e as autconfrontações como procedimentos metodológicos de coleta de dados e de formação profissional (CLOT, 1998, 2004, 2006a, 2006b; FAÏTA, 1997; FAÏTA et AL, 2000). A pesquisa mostrou que tanto as reuniões pedagógicas como as autoconfrontações podem ser espaços de desenvolvimento profissional, desde que os conflitos (e relações de poder) que neles ocorrem possam agir como catalisadores de desenvolvimento, o que Bronckart (2007) chama de apropriação do debate interpretativo, ou a conversão de artefatos culturais em instrumentos (MACHADO e BRONCKART, 2009).

Palavras-Chave: Desenvolvimento profissional. Conflito. Relações de poder. Reuniões pedagógicas. Autoconfrontação.

Downloads 7618  7618  Tamanho do arquivo 1.31 MB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Professores Conectados: trabalho e educação nos espaços públicos em rede Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
GUTIERREZ, Suzana de Souza

Este estudo situa-se na área de conhecimento onde a Educação, o Trabalho e a Comunicação convergem no campo específico no qual as tecnologias da informação e da comunicação têm cada vez mais influência. A presença on-line de professores caracteriza este novo espaço da educação que transcende as paredes das escolas, formando espaços públicos em rede, que interligam sub-redes diversas ampliando seus limites. A pesquisa de natureza qualitativa encontra fundamentação teórica no materialismo histórico-dialético e parte de uma aproximação netnográfica da rede, tendo como foco as redes sociais on-line formadas por professores brasileiros da educação básica, interligados por meio de processos de interação, diálogo, colaboração e cooperação. O objetivo é conhecer, descrever, interpretar, compreender e explicar as contradições no trabalho de professores brasileiros da educação básica, no contexto da formação de redes sociais e da constituição de uma presença on line marcada pelo blogue pessoal. O estudo, desenvolvido entre 2006 e 2010, compõe-se de uma abrangente revisão teórica sobre os temas: educação, trabalho, tecnologia, internet, redes sociais, e de uma pesquisa empírica envolvendo professores e professoras da educação básica que publicam blogues e interagem em redes sociais on-line. Os resultados da pesquisa confirmam a tese de que professores brasileiros da educação básica, em redes sociais on-line, constituem espaços públicos que interconectam as suas diversas redes e constroem elos cooperativos que são condição de possibilidade para enfrentar as contradições da inserção das tecnologias da informação e da comunicação em seu trabalho e para o estabelecimento de processos de autoeducação. Confirmam a importância do blogue pessoal que se torna a interface agregadora da presença do professor na rede e mediadora de suas ações. Os resultados da pesquisa indicam que nestes espaços em rede é possível uma contrainternalização pela qual o professor pode superar a pseudoconcreticidade de suas concepções em relação à educação, ao trabalho e às tecnologias da informação e da comunicação, permitindo pensar alternativas para que todos estes processos possam impregnar a escola, contribuindo na luta por hegemonia que possa contrapor os aportes verticais que a atravessam no contexto de uma sociedade que se desenvolve sob o regime do capital.

Palavras-chave: Educação. Formação de professores. Trabalho. Tecnologias da informação e da comunicação. Redes sociais. Weblogs.

Downloads 466  466  Tamanho do arquivo 4.18 MB  Plataforma  Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Problematizando o “Bullying” para a realidade brasileira Popular Versão: PDF
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
CATINI, Nilza

O trabalho consiste numa investigação inicial sobre o "bullying" na realidade brasileira a partir de sua manifestação em uma escola pública da periferia de Campinas (SP). Paralelamente, apresenta manifestações da violência na comunidade na qual os participantes residem. O estudo envolveu 41 participantes, de 8 a 15 anos, de um Núcleo Comunitário e os dados foram coletados em duas etapas, compostas por um desenho e uma entrevista individual, semidirigida e gravada. Os participantes caracterizaram o "bullying" a partir de seu referencial enquanto agressores (16%), vítimas (29%) e espectadores. De seus relatos depreende-se: decadência de valores como a solidariedade e sentimento de impotência por parte dos espectadores; ansiedade e insegurança devido à expectativa de novas agressões, revolta, sentimento de impotência, autoculpa, e reflexos negativos na autoestima por parte das vítimas; insensibilidade pelo sentimento do outro, valores preconceituosos e formação de grupos que se utilizam de estratégias violentas por parte dos agressores. Das manifestações de violência na comunidade sobressaem-se as relacionadas ao tráfico e uso de drogas. As discussões têm como referência a crítica à ética competitiva e individualista, cujos valores tendem a favorecer a manifestação das diversas violências. Apresentam, ainda, o contraponto entre competição e cooperação.

Downloads 562  562  Tamanho do arquivo 2.32 MB  Plataforma Pontifícia Universidade Católica de Campinas   Site http://www.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Práticas profissionais de pedagogas junto aos coordenadores dos cursos de educação profissional técn Popular Versão: 
Atualização:  7/3/2019
Descrição:
NASCIMENTO, Elaine Cristina

A presente pesquisa tem como objetivo analisar reflexivamente a atuação das pedagogas e coordenadores de curso que atuam na educação profissional técnica de nível médio. Constitui-se como cenário investigativo a participação das pedagogas e coordenadores de curso atuantes na Rede Pública Estadual de Educação do Paraná, especificamente do Núcleo Regional de Educação de
Curitiba.

Palavras-chave: Educação profissional. Teoria da complexidade.

Downloads 127  127  Tamanho do arquivo 2.30 KB  Plataforma PUC-PR  Site http://
Avaliação: 1.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Políticas de Educação Superior a distância e os pressupostos para formação de professores Popular Versão: 
Atualização:  17/12/2012
Descrição:
POSSOLLI, Gabriela Eyng

Como a modalidade EAD se insere na formação superior de professores e quais seus pressupostos formativos fundamentais? A relevância educacional e científica da presente tese reside na atualidade da proposta e na necessidade crescente de se realizar pesquisas científicas aprofundadas com afinalidade de estabelecer relações entre a modalidade de educação a distância e a formação superior de professores, focando especificamente: 1. O cenário educacional pós LDB 1996, enquanto momento histórico de surgimento da EAD; 2.A evolução das políticas de EAD no Brasil e a regulamentação dessa modalidade para a educação superior; 3. As categorias relevantes para a organização da EAD na educação superior e na formação superior de professores: globalização e neoliberalismo; tecnologia e determinismo tecnológico; ciberespaço e ambientes virtuais de aprendizagem; materiais didáticos; tutoria e pólos de apoio presencial; 4. A UAB como uma prática relevante de EAD para as IES públicas.

Palavras-Chave: Políticas de Educação Superior. Educação a Distância. Formação de Professores.

Downloads 387  387  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 »