Educadores

Ínicio : Pedagogia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (22)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Obstáculos na aprenizagem matemática: identificação e busca de superação nos cursos de formação de  Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
GOMES, Maristela Gonçalves

Este estudo buscou identificar os obstáculos epistemológicos e didáticos que permearam a aprendizagem matemática dos futuros professores das séries iniciais – estudantes do curso de Pedagogia – com intuito de provocar desequilíbrio, de desestabilizar algumas crenças fortemente arraigadas e que comprometem a prática docente. Partimos do princípio de que a tomada de consciência dos obstáculos poderia se caracterizar como um primeiro passo para sua superação. Para tanto, sete estudantes do curso de Pedagogia foram submetidas a um pré- teste, a uma intervenção (um curso de 30 horas), um pós-teste e um pós-teste postergado realizado seis meses após o primeiro pós-teste. Os resultados obtidos comprovaram nossa hipótese de que a tomada de consciência e a compreensão dos conceitos elementares da matemática pelos futuros professores, constituem elementos primordiais na superação dos obstáculos e, conseqüentemente, promovem a mudança de concepção da Matemática dos futuros professores, o que reflete na sua prática docente. Em decorrência disso, apontamos a necessidade de uma formação que contemple em sua grade, momentos de trocas, de revisão e reconstrução de conceitos matemáticos, momentos estes que permitiriam aos futuros professores maior domínio e menos fobia em relação a esta ciência, o que contribuiria para a redução do analfabetismo matemático tão presente em nossos dias.

Palavras-chave: Obstáculo epistemológico. Obstáculo didático. Formação de professores. Ensino e aprendizagem da matemática.

Downloads 1344  1344  Tamanho do arquivo 1.28 MB  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC  Site http://www.ppgect.ufsc.br/teses.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!O jogo de faz-de-conta como experiência social orientada para o futuro Popular Versão: 
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
MUDADO, Tereza Harmendani

Nesta tese, procuramos explorar o significado psicológico da atividade de jogar videojogos ou videogames entre adolescentes de 11 a 16 anos. Entendemos que o videojogo, ou videogame, se diferencia das outras formas de jogo conhecidas, a brincadeira de faz-de-conta e o jogo com regras, porque, enquanto na brincadeira a imaginação está em primeiro plano na consciência e as regras em segundo, no jogo com regras são as regras que estão em primeiro plano. No videojogo, inaugura-se um novo modo de relação com as regras do jogo. O videojogo não tem regras, ele é um conjunto de regras que podem e frequentemente são quebradas, se não pelos jogadores, pelos próprios projetistas dos jogos, em prol da imaginação. Para diferenciá-la das formas anteriores, propomos classificar essa nova forma de atividade como jogo de faz-de-conta: uma síntese e uma evolução do jogo com regras, que transforma principalmente o papel da imaginação na determinação da vontade. O jogo de faz-de-conta possibilita o retorno da imaginação para o primeiro plano da atividade, e isso redesenha os mecanismos de formação da vontade e preparação para o futuro. Associadas ao jogo de faz-de-conta, as inovações na área de comunicação de massa, produção e reprodução de imagens técnicas apontam para uma nova forma de conhecer e se relacionar com o mundo. O jogo de faz-de-conta tem um papel importante na educação dos valores sociais e formação da vontade – alguns fundamentos da atividade nesta direção foram destacados no trabalho. Para elaborar esta tese, foram consideradas as diversas abordagens sobre o tema, a fim de mostrar o caráter social desta atividade. Buscou-se na psicologia soviética o significado psicológico do jogo para L. S. Vigotski e as contribuições da psicologia da atividade para apresentar as categorias ação, imaginação, motivação e vontade, além das relações que estabelecem entre si na brincadeira e no jogo. Ainda com a ajuda da psicologia do leste europeu, procuramos mostrar como, entre as categorias vontade e imaginação, incide uma relação dialética. Enquanto a ação da imaginação é ilimitada, e por meio de sua ação a pessoa se libera das condiçõesimediatas, a ação da vontade está submetida às condições dadas pelo intelecto, principalmente pela aquisição da fala e pelas condições orgânicas e ambientais. Não é possível o exame dessas duas funções psicológicas – imaginação e vontade – fora do conceito de personalidade, visto que elas exercem funções complementares no conjunto das atividades da pessoa. Finalmente, por meio das conversas com alguns adolescentes e pela comparação com outros dados coletados por outros autores, concluímos esta tese iluminando algumas questões que nos pareceram importantes para a compreensão do princípio psicológico que fundamenta essa atividade no que diz respeito ao desenvolvimento da vontade e da imaginação.

Palavras-chave: Brincadeira de faz-de-conta. Imaginação. Vontade. Videojogo. Videogame. Adolescência. Educação.

Downloads 4149  4149  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!A escrita na formação continuada de professoras alfabetizadoras: práticas de autoria Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
ALMEIDA, Benedita

O estudo trata de pesquisa colaborativa realizada durante um ano por dois pesquisadores universitários e um grupo de doze professores de uma escola do campo de Educação Infantil e Ensino Fundamental do sudoeste do Paraná, com a promoção de reuniões semanais para análise, discussão e estudo da prática pedagógica. O projeto de educação continuada de professores tomou a escrita sobre a prática como um importante recurso formador para a melhoria da prática e para o desenvolvimento profissional docente. Tal potencialidade é analisada com base nos pressupostos sócio-históricos da linguagem e desenvolvimento humano, de Vigotski, na perspectiva dialógica e enunciativa, de Bakhtin, e na concepção de escrita como trabalho, de Riolfi. Alguns princípios se destacaram na orientação da pesquisa. (1) O caráter simbólico cultural da escrita, cujo aprendizado desempenha papel fundamental no desenvolvimento sociocultural do sujeito, por atuar na atividade mental mediada e exigir operações analíticas complexas e mais conscientizadas; a atitude de controle e deliberação que sua especificidade de dirigir-se a um interlocutor ausente ou imaginário implica e a maior abstração e intelectualização dos motivos que a determinam (VIGOTSKI). (2) Dos estudos de Bakhtin, os conceitos de diálogo, polifonia, alteridade, exotopia, gêneros do discurso, constituição semiótica da consciência, tributários da interação verbal, contribuíram para a compreensão da escrita no vínculo com a subjetividade e a produção de conhecimento. (3) De Garrido; Garrido, Pimenta e Moura; Giovanni; Mizukami, o conceito de reflexão como orientação para os processos formativos e para o desenvolvimento profissional de professores, a integração do conhecimento teórico aos saberes e práticas docentes, a relevância do contexto sócio-político e da produção de conhecimentos e aprendizagens sobre a docência. À luz desses fundamentos, e direcionando o foco às quatro alfabetizadoras da escola, analisa-se um conjunto de escritas desencadeadas no desenvolvimento de um projeto pedagógico coletivo pela escola: atas, diários, relatos da prática, textos de análise e avaliação da experiência. A análise evidenciou o papel formador da escrita, a agregação de um elevado nível de refinamento intelectual e elaboração reflexiva, pelo efeito de retroação e compreensão que produz e que movimenta as subjetividades. A textualização escrita da prática, pela mudança do gênero de discurso, esforço analítico, inclusão da alteridade e efeitos de deslocamento, inseriu as professoras num patamar de recriação da experiência e de desenvolvimento da própria esfera da prática educativa. Entre os principais resultados deste estudo, constataram-se contribuições dos estudos da linguagem e das atividades de escrita para a formação de professores: desenvolvimento da autoria e de atitudes e competências investigativas; reconhecimento de aspectos sociopolíticos que enleiam as práticas pedagógicas; valorização da aproximação pessoal entre os membros do grupo; fortalecimento da identidade profissional; valorização do conhecimento; desenvolvimento do compromisso ético-político com o ensino; mudanças conceituais sobre a escrita e a prática pedagógica e melhoria da prática. As contribuições conceituais de Bakhtin e Vigotski, principalmente pelo papel que concedem ao outro e à linguagem na produção da autoria, evidenciaram-se como uma valiosa sustentação teórica à pesquisa colaborativa e ao desenvolvimento profissional docente.

Palavras-chave: Escrita e Formação. Formação de professores. Alfabetização. Pesquisa colaborativa. Escola do Campo. Ensino fundamental. Desenvolvimento profissional docente.

Downloads 1164  1164  Tamanho do arquivo 5.79 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.prosaber.org.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!O olhar de trabalhadoras de creches sobre o cuidado da criança Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
VERÍSSIMO, Maria De La Ó Ramallo

Este estudo teve como objetivo apreender e analisar as representações de profissionais que atuam em creche, acerca do cuidado da criança. O referencial teórico adotado foi a Teoria das Representações Sociais de Moscovici. Os dados foram coletados junto a 7 coordenadoras e 9 educadoras, de três creches vinculadas a uma universidade pública, no Município de São Paulo. Com as coordenadoras, a coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas individuais semiestruturadas. Com as educadoras, foi realizada uma oficina pedagógica, estruturada em 4 encontros. Os tópicos estabelecidos para cada encontro visaram compreender o que os sujeitos do estudo pensam, sentem e fazem, em relação ao cuidado da criança. Os encontros e as entrevistas foram gravados, transcritos na íntegra e os dados submetidos à análise de conteúdo, segundo a técnica de análise temática. Foram obtidos os seguintes temas: A creche, O trabalho na creche, O cuidado da criança na creche e A creche e a família. Com base na análise, identificou-se que, para as coordenadoras, o cuidado é definido como as ações realizadas para atender às necessidades físicas e emocionais da criança, além de estabelecimento de vínculo afetivo. Cuidado e educação têm igual valor e se integram porque as crianças aprendem algo durante as ações de cuidado. Para as educadoras, cuidar é prover o bem-estar da criança (alimentar, higienizar, permitir o descanso, manter a segurança física). Consideram o cuidado como uma etapa preliminar das atividades pedagógicas, que permite à criança sentir-se disposta a aprender. Para ambos os grupos, o cuidado profissional é diferente do cuidado oferecido em casa porque se fundamenta em princípios científicos e rotinas institucionais. Conclui-se que as trabalhadoras, apesar de cuidarem extensivamente das crianças, não reconhecem essas ações como cuidado, o que se deve à falta de reflexão sobre um referencial teórico-conceitual para fundamentar o cuidado na creche.

Palavras-chave: Creches. Cuidado da criança. Educação infantil. Bem-estar da criança.

Downloads 559  559  Tamanho do arquivo 1.68 MB  Plataforma  Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.prosaber.org.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!A conectividade radical como princípio e prática da educação em Paulo Freire Popular Versão: PDF
Atualização:  11/5/2012
Descrição:
MAFRA, Jason Ferreira

Esta tese focaliza e problematiza a categoria conectividade subjacente à antropologia de Paulo Freire. Conectividade, princípio incidente em todas as coisas, é tomada aqui como uma condição que, no gênero humano, ganha centralidade em razão de sua natureza intencional, quer dizer, da consciência individual e histórica. Traduz-se, neste caso, por um conjunto de disposições epistemológicas, axiológicas e praxiológicas, dimensões componentes da totalidade existencial. Entre os objetivos centrais deste estudo, destacamos três: contribuir para o pensamento a respeito do sentido da conectividade no campo das ciências sociais, em especial o da Educação; explicitar as características dessa categoria na vida e na obra de Paulo Freire; apontar indicações e pistas possíveis à aplicabilidade prática e teórica desse descritor categorial. Embora tenha se estruturado a partir de subsídios de informações e elementos empíricos, esta pesquisa possui caráter predominantemente teórico. Para tanto, as reflexões aqui expostas se fundam nos exames e análises de vasta bibliografia e de outras fontes de natureza variada, como teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso, entrevistas, jornais, revistas, vídeos, áudios e documentos eletrônicos. À ideia de conectividade associa-se a noção de infância. O hibridismo dessas categorias deu origem à construção de uma metáfora que se materializou no arquétipo menino conectivo, autoimagem do educador, tomada por nós como instrumento de interpretação neste trabalho. Além do referencial paulo-freiriano, nossas análises se nutrem das categorias de autores que desenvolvem reflexões no campo do pensamento dialético, seja de origem marxista, seja da perspectiva da pós-modernidade crítica. O presente estudo revelou que a conectividade é uma categoria-mestra que, em Paulo Freire, aglutina e amarra um conjunto de outras categorias fundantes na forma de construir conhecimento, valores e práticas sociais. Este trabalho se consolidou também como um esforço para pensar o sentido dessa categoria como tema epocal e suas possíveis implicações na organização da vida, em favor da construção da cultura da planetaridade e da vida sustentável, em oposição à lógica desumanizadora do sistema-mundo fundado no paradigma da globalização predatória e, por sua natureza, opressora.

Palavras-chave: Paulo Freire. Conectividade. Epistemologia. Axiologia. Praxiologia. Infância. Educação libertadora. Comunidade. Paradigma.

Downloads 7190  7190  Tamanho do arquivo 1.29 MB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.prosaber.org.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora! O desafio da construção da educação integral: formação continuada de professores alfabetizadores d Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
BRANCO, Veronica

Este estudo relata a pesquisa-ação realizada por pesquisadoras da Universidade Federal do Paraná com profissionais da educação da rede pública de ensino municipal de Porecatu, cidade situada na região norte do Estado do Paraná. O trabalho considerou como prioritária a Formação Continuada dos Professores tendo como embasamento teórico os conteúdos de Didática, Psicologia da Educação e Língua Portuguesa: Alfabetização e Letramento. A formação teve como objetivo principal orientar no planejamento e no desenvolvimento do ensino nas escolas de Educação Integral em Tempo Integral daquele município e foi executada nos anos de 2005 a 2007. Os resultados revelam as possibilidades, as dificuldades e as superações dos docentes das séries iniciais do Ensino Fundamental para aprenderem os conteúdos focados. Este trabalho apresenta também um conjunto de materiais de ensino e aprendizagem, de estratégias didáticas e de metodologias desenvolvidas com os participantes no decorrer do processo de formação continuada, além de testar materiais previamente concebidos pelas pesquisadoras dentro da instituição UFPR. Acredita-se que esses materiais podem servir como subsídio para a formação continuada de um número maior de professores, instrumentalizando-os para a implementação da Educação Integral em Tempo Integral.

Palavras-chave: Formação continuada na educação integral. Alfabetização e letramento. Cognição e aprendizagem.

Downloads 1817  1817  Tamanho do arquivo 8.20 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Professores Conectados: trabalho e educação nos espaços públicos em rede Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
GUTIERREZ, Suzana de Souza

Este estudo situa-se na área de conhecimento onde a Educação, o Trabalho e a Comunicação convergem no campo específico no qual as tecnologias da informação e da comunicação têm cada vez mais influência. A presença on-line de professores caracteriza este novo espaço da educação que transcende as paredes das escolas, formando espaços públicos em rede, que interligam sub-redes diversas ampliando seus limites. A pesquisa de natureza qualitativa encontra fundamentação teórica no materialismo histórico-dialético e parte de uma aproximação netnográfica da rede, tendo como foco as redes sociais on-line formadas por professores brasileiros da educação básica, interligados por meio de processos de interação, diálogo, colaboração e cooperação. O objetivo é conhecer, descrever, interpretar, compreender e explicar as contradições no trabalho de professores brasileiros da educação básica, no contexto da formação de redes sociais e da constituição de uma presença on line marcada pelo blogue pessoal. O estudo, desenvolvido entre 2006 e 2010, compõe-se de uma abrangente revisão teórica sobre os temas: educação, trabalho, tecnologia, internet, redes sociais, e de uma pesquisa empírica envolvendo professores e professoras da educação básica que publicam blogues e interagem em redes sociais on-line. Os resultados da pesquisa confirmam a tese de que professores brasileiros da educação básica, em redes sociais on-line, constituem espaços públicos que interconectam as suas diversas redes e constroem elos cooperativos que são condição de possibilidade para enfrentar as contradições da inserção das tecnologias da informação e da comunicação em seu trabalho e para o estabelecimento de processos de autoeducação. Confirmam a importância do blogue pessoal que se torna a interface agregadora da presença do professor na rede e mediadora de suas ações. Os resultados da pesquisa indicam que nestes espaços em rede é possível uma contrainternalização pela qual o professor pode superar a pseudoconcreticidade de suas concepções em relação à educação, ao trabalho e às tecnologias da informação e da comunicação, permitindo pensar alternativas para que todos estes processos possam impregnar a escola, contribuindo na luta por hegemonia que possa contrapor os aportes verticais que a atravessam no contexto de uma sociedade que se desenvolve sob o regime do capital.

Palavras-chave: Educação. Formação de professores. Trabalho. Tecnologias da informação e da comunicação. Redes sociais. Weblogs.

Downloads 1653  1653  Tamanho do arquivo 4.18 MB  Plataforma  Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Cyberbullying em Portugal: uma perspectiva sociológica Popular Versão: PDF
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
PINHEIRO, Luzia

A dissertação consiste num estudo exploratório sociológico do fenómeno do cyberbullying entre os jovens portugueses universitários. Na sua componente teórica, faz uma exploração dos conceitos de bullying, cibercultura e cyberbullying, passando pela questão de como estudar o cyber, onde se avança com um modelo epistemológico, adoptando fundamentalmente o contributo fundamental de Gregory Bateson no estudo deste fenómeno emergente. Demonstrando a importância do desenvolvimento do conceito de quadro de interacção, sublinha-se a ambiguidade na comunicação entre seres humanos, defendido por Gregory Bateson. Neste sentido e ainda sob a influência de Bateson, é adoptada neste trabalho uma perspectiva interdisciplinar que inclui a psicologia social e a sociologia da comunicação. Tendo em conta que os fenómenos emergentes são de difícil estudo, foi adoptada uma estratégia de investigação combinando técnicas qualitativas e quantitativas que incluíram observação, grupos focais, entrevistas e inquérito. Assim sendo, este trabalho, cujo objectivo passava por explorar e definir as características do cyberbullying em Portugal, analisa o comportamento dos jovens universitários face ao mesmo, em termos de informação, atitudes e crenças mostrando que existe uma grande ambiguidade na forma como o fenómeno é visto e praticado.

Downloads 869  869  Tamanho do arquivo 3.23 MB  Plataforma Universidade do Minho - Portugal  Site http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/9870
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!Educação Escolar Quilombola: Quando a Diferença é Indiferente Popular Versão: PDF
Atualização:  25/7/2017
Descrição:
SOARES, Edimara Gonçalves

A Tese defendida é de que a política educacional idealizada pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná, no período compreendido entre 2009 e 2011, considerada exemplo nacional, voltada às Comunidades Remanescentes de Quilombos, foi inócua, a despeito de todo o esforço empreendido para sua implementação. Essa inocuidade deve-se à ausência de ações pedagógicas de natureza sistemática e permanente no interior das Escolas, à falta de investimento nas dimensões de infraestrutura material e administrativa, bem como de uma articulação efetiva com as Instituições de Ensino Superior (IES) e com as Comunidades Remanescentes dos Quilombos (CRQs). Contudo, faz-se necessário considerar seu efeito no sentido de oportunizar a evidenciação das marcas históricas e estruturais das desigualdades sociorraciais na educação escolar. A pesquisadora é parte integrante da pesquisa e, assim, ao identificar-se com a própria realidade vivida – quilombola –, a autora, através da observação de campo, entrevistas, questionários e do arcabouço teórico conceitual, tonifica o seu foco analítico. O objetivo central da pesquisa foi diagnosticar os efeitos gerados a partir da implementação da política de Educação Escolar Quilombola no Estado do Paraná, no período compreendido entre os anos de 2009-2011, tanto nas Escolas Quilombolas quanto nas Escolas que atendem as CRQs. A pesquisa contextualiza o ineditismo do Paraná como primeiro Estado a reconhecer a necessidade, absolutamente contemporânea, de elaborar uma política educacional direcionada às CRQs. Ainda assim, a despeito de seu vanguardismo, importância, planejamento, inversão de recursos financeiros e humanos – estes últimos, contando com o envolvimento de profissionais capacitados técnica, científica e eticamente –, sem estabelecer parcerias efetivas, planejar e executar, a experiência foi inócua em termos de transformação genuína do status quo da Educação Escolar Quilombola no Estado. Desta feita, é possível afirmar que todo o investimento redundou em um somatório de ações descontínuas e efêmeras, que, sem apresentar resistência, sofreu solução de continuidade com o governo e a política que lhe sucedeu, sem deixar nas comunidades forças e conhecimentos suficientes para que pudessem frutificar e seguir existindo na e pela comunidade parceira.

Palavras-chave: Comunidades Remanescentes de Quilombos (CRQs). Educação Escolar Quilombola. Política afirmativa.

Downloads 278  278  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses
Fazer Download agora!O currículo em escolas quilombolas do Paraná: a possibilidade de um modo de ser, ver e dialogar c Popular Versão: PDF
Atualização:  27/7/2017
Descrição:
FERREIRA, Antonio

A presente Tese em por objetivo investigar de que maneira a escola traduz as concepções de mundo das comunidades quilombolas para o currículo escolar. A relevância social desse trabalho advém por entender que somos o país da diversidade étnica/cultural, entretanto, existe uma parcela da população brasileira, cuja realidade social ainda é, em parte, historicamente invisível aos olhos dos gestores públicos, bem como da academia. A hipótese que se examina aqui é a de que o currículo nessas escolas quilombolas do Paraná sufoca a voz dos sujeitos quilombolas, torna folclóricos seus saberes tradicionais, ignora a dinâmica social destas comunidades. A pesquisa contou com três etapas investigativas fundamentais para focalizar o olhar do pesquisador acerca do problema definido, quais sejam: documental, bibliográfica e de campo. No exercício metodológico fez-se opção pelo método etnográfico de cunho qualitativo, escolha realizada a fim de que o trabalho descritivo e analítico possibilitasse identificar as causas que provocam o ocultamento dos saberes quilombolas no currículo escolar. Os aportes teóricos que fundamentam a presente Tese foram buscados em ARRUTI, BHABHA, GEERTZ, HALL, SACRISTÁN, SANTOMÉ, MUNANGA, entre outros, que nos permitiram entrar em campo e conhecer de que maneira os saberes tradicionais quilombolas são contemplados no currículo escolar. Os resultados obtidos indicam a possibilidade de afirmar que, o currículo das duas escolas quilombolas pesquisadas sufoca a voz dos sujeitos quilombolas, torna folclóricos seus saberes tradicionais, ignora a dinâmica social destas comunidades. E revelam na percepção das lideranças quilombolas o sentimento de que a escola quilombola pertence à comunidade quilombola.

Palavras-chave: Currículo. Quilombo. Cultura. Saberes tradicionais.

Downloads 239  239  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-SP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 »