Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (92)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Parâmetros organizacionais e sócio-antropológicos no estudo das relações autoridade/escola: uma ab Popular Versão: PDF
Atualização:  23/8/2013
Descrição:
VIEIRA, Karina Augusta Limonta

Esse trabalho é um estudo das relações autoridade/escola diante dos parâmetros organizacionais e sócio-antropológicos. Inicio o trabalho com uma análise crítica da dissertação de Helenir Suano: Relações de autoridade: diretor e professores em escolas estaduais de 1º grau – resultados preliminares. Em seguida, introduzimos as teorias da abordagem clássica e da complexidade no sentido de encaminhar para um pensamento voltado para a sensibilidade. Dessa forma os estudos se desenvolvem diante da teoria do comportamento organizacional, das metáforas da organização, da sócio-antropologia do poder, da pós-modernidade e da cultura brasileira. Nessa perspectiva, observamos que as relações autoridade/escola ultrapassam o contexto organizacional escolar, dando margem a relações sensíveis diante de um contexto cultural diferenciado.

Palavras-chave: Escolas. Comportamento organizacional. Cultura organizacional. Antropologia social.

Downloads 2200  2200  Tamanho do arquivo 657.15 KB  Plataforma Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita F  Site http://www.unesp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Política de Formação de Professores Mediada pelas Tecnologias de Informação e Comunicação: Análise d Popular Versão: PDF
Atualização:  23/8/2013
Descrição:
ALBERTI, Eliane do Rocio

Este trabalho tem como objeto de análise a formação de professores pelo Programa Especial de Capacitação para Docência dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e da Educação Infantil, em serviço, na modalidade semipresencial. Partindo do estudo das políticas educacionais implementadas a partir da década de 90, que tiveram seu início com a Constituição de 1988 e que culminaram com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, e com atenção especial na formação de professores, fez-se uma breve retrospectiva do surgimento dos Institutos Superiores de Educação e do Curso Normal Superior, explicitando suas contradições enquanto espaço alternativo de formação. Na seqüência, é feita uma análise sobre a Educação a Distância no país e alguns programas destinados à capacitação/qualificação de professores, nessa modalidade de ensino. O estudo empírico é realizado em um município da região metropolitana de Curitiba/PR, através do levantamento de documentos, entrevistas com tutores, observações em telessalas e aplicação de questionários estruturados aos tutores e alunos/docentes do programa. O principal objetivo da pesquisa foi o de investigar como se dá a apropriação e o aproveitamento da proposta de educação do programa denominado Curso Normal Superior, que utiliza como forma de mediação do processo educativo dos alunos/docentes os recursos da Educação a Distância, em especial as Tecnologias de Informação e Comunicação. Dentre as constatações que o trabalho proporcionou, estão a comprovação de que a proposta de educação propiciada pelo Programa Especial de Capacitação para Docência conduz ao aligeiramento na formação, já que está fundamentada em uma concepção pragmatista e utilitarista de educação, assim como reafirma a condição de expropriação e desqualificação a que os professores vêm sendo submetidos historicamente.


Palavras-chave: Formação de Professores; Educação a Distância. Tecnologias de Informação e Comunicação. Programa Especial de Capacitação para a Docência.

Downloads 937  937  Tamanho do arquivo 588.19 KB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppgeufpr.pr.gov.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Projetos Transdisciplinares: uma Possibilidade de Educação Centífico-Tecnológica e Sócio-Histórica  Popular Versão: PDF
Atualização:  23/8/2013
Descrição:
COSTA, Margarete Terezinha de Andrade

A presente dissertação tem como objetivo entender, por meio do materialismo histórico dialético, um processo transdisciplinar concreto, exercitado em uma escola de Curitiba, por uma comunidade escolar, professores, estudantes, funcionários, pais de alunos, durante o ano letivo de 2001. Entender significa buscar nesta experiência transdisciplinar, através de uma compreensão elaborada (concreto pensado), contribuições para o processe pedagógico. E verificar, dentro de uma realidade construída em bases disciplinares (empírico – a realidade dada), quais são as possibilidades concretas de implementação de projetos inovadores nas escolas em face das suas condições materiais (abstração – reflexões). Mesmo tendo consciência da dificuldade de se alcançar uma efetivação da prática transdisciplinar no seio das escolas, ela precisa ser permanentemente buscada, para se chegar à autêntica razão de ser da instituição escolar: “ preparar cidadãos e cidadãs para compreender, julgar e intervir em sua comunidade, de forma responsável, justa, solidária e democrática (Morin, 2003), pois não faz sentido pensar a realidade sem perceber que se é parte do funcionamento da sociedade, determinandoa e sendo determinados por ela. Porquanto a consciência somente se forma na ação transformadora, coletiva, consciente e organizada. A investigação realizase com uma rápida análise da Reformas Educativas e através do método materialista histórico dialético fez-se um apanhado histórico de diversas contribuições teóricas a respeito da disciplinaridade e da não disciplinaridade: multidisciplinaridade, pluridisciplinaridade, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade, com a finalidade de ampliar a compreensão do problema central: a contribuição de projetos transdisciplinares para o trabalho pedagógico. Voltou-se o olhar, também, sobre os trabalhos com projetos escolares. Apresenta-se o histórico da realização do proejto transdisciplinar no espaço da pesquisa e a análise dos dados descrição do desenvolvimento do projeto em 2001. E, por fim, a conclusão do trabalho que traz uma reflexão sobre a organização do trabalho escolar e suas possibilidades.

Palavras-chave: Disciplinaridade. Multidisciplinaridade. Pluridisciplinaridade. Interdisciplinaridade. Transdisciplinaridade.

Downloads 19094  19094  Tamanho do arquivo 945.28 KB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Questões teóricas sobre o ensino pela pesquisa: problematizações Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MACIEL, V. A.

Este estudo tem o interesse em discutir contribuições para uma problemática que se articula a pesquisas desenvolvidas por diversos educadores, brasileiros e estrangeiros, preocupados com a qualidade político-social do ensino público, que lutam por redimensionamentos teórico-metodológicos acerca da aprendizagem dos alunos e também pelo desenvolvimento profissional do professor. O presente trabalho tem por objetivo apontar quais questões pedagógicas estão implicadas no ensino pela pesquisa, promovendo uma maior aproximação com os estudos do pesquisador brasileiro Pedro Demo sobre a pesquisa como princípio educativo, identificando os elementos que se agregam em sua argumentação, conduzindo aos pressupostos e princípios com fins de estimular a pesquisa no aluno, assim como discutindo os desafios da pesquisa voltados para a função docente. Para desenvolvê-la definiu-se como objetivos específicos (a) identificar elementos presentes na elaboração de propostas dirigidas a fundamentar o ensino pela pesquisa, (b) debater implicações destes elementos desde uma perspectiva pedagógica, (c)refletir as implicações questões/didáticas do ensino, tendo em vista, a pesquisa como “princípio educativo”. O delineamento das questões levantadas orienta para um estudo teórico, em caráter de aproximação à questão do ensinar por meio da pesquisa. Pelo estudo realizado, podemos perceber que a formação de professores da educação é um processo longo de experiência, amadurecimento e compromisso e que é, inevitavelmente, interdependente de como pensar currículo e o funcionamento da escola. Estas reflexões oferecem referências instigadoras sobre a necessidade de examinar os focos por meios dos quais se apóia a defesa do ensinar e do aprender pela pesquisa na formação e na atividade de professores em exercício, especialmente se consideramos esta atividade de ensinar como prática no contexto complexo da escolarização. Os alcances da pesquisa realçam a necessidade de se continuar problematizando sobre o ensinar pela pesquisa como uma questão que procura instigar mudanças nas práticas escolares, o papel do professor nesta dinâmica escolar, e o aluno no processo de ensino-aprendizagem.

Palavras-chave: Ensino pela pesquisa. Docência. Ensino-apredizagem.

Downloads 2318  2318  Tamanho do arquivo 311.20 KB  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC  Site http://www.ufsc.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Relações Raciais, Discurso e Literatura Infanto-juvenil Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
ARAUJO, Débora Cristina de

A presente pesquisa teve como objeto de análise os discursos sobre os grupos raciais brancos e negros, produzidos a partir de leituras de obras infanto-juvenis em salas de aula. A partir dessa perspectiva foi constituído o problema de pesquisa: os discursos da literatura infanto-juvenil e sua interpretação, em contexto escolar, apresentam estratégias ideológicas relativas à dominação racial? A metodologia utilizada foi a Hermenêutica da Profundidade (HP), com a proposta de investigar se a produção, veiculação e recepção/interpretação de obras literárias infanto-juvenis apresentavam discursos que atuavam no sentido de produzir/reproduzir hierarquias raciais. O exame de contexto consistiu em análise de bibliografia sobre literatura infanto-juvenil e, em específico, de estudos sobre ideologia e relações raciais relacionados a este gênero literário; análise de documentos relativos ao Programa Nacional Biblioteca da Escola; análise de estudos sobre relações raciais na escola. Para análise formal foi realizado estudo exploratório em uma escola e estudo de campo em outra, que consistiu em presenciar, gravar e transcrever oito aulas de leitura em turmas de quarta série do ensino fundamental. Foram observadas várias estratégias ideológicas na interpretação das mensagens dos livros, em especial a diferenciação, que se relacionou, neste estudo, ao cânone estabelecido por meio de um modelo eurocêntrico de currículo e literatura infanto-juvenil, conferindo às aulas analisadas nesta pesquisa uma característica de artificialidade, por serem direcionadas única e exclusivamente a obras que tematizam a cultura africana. Outra estratégia recorrente foi a estigmatização, responsável por reforçar pré-concepções e estereótipos a respeito da história e cultura afro-brasileira e africana. No que se refere à branquidade (enquanto categoria de análise das relações raciais) resultados ambíguos e divergentes foram encontrados: em alguns momentos, a postura da professora atuou no sentido de reforçar estereótipos ora por meio do silêncio e omissão diante de práticas discriminatórias, ora através de conceituações restritivas e estigmatizantes sobre a população africana; e, em outros, avanços foram verificados por relacionarem-se a alterações na atuação pedagógica de professoras brancas que, diante do compromisso em atender às expectativas desta pesquisa, desenvolveram leituras e posteriores debates que operaram de forma a promover rupturas de um modelo depreciativo de representação da cultura africana. Este resultado, em específico, representou um diferencial em comparação com resultados de outras pesquisas sobre o mesmo tema, as quais identificaram que a branquidade como norma agiu de forma latente no fortalecimento do racismo no espaço escolar. Em síntese, os resultados observados através da interpretação das formas simbólicas apontam que a ideologia se fez presente nos diversos estágios de produção, difusão e, sobretudo, recepção de obras literárias infanto-juvenis.

Palavras-chave: Literatura infanto-juvenil. Relações raciais. Ideologia; Discurso. Hermenêutica da Profundidade.

Downloads 734  734  Tamanho do arquivo 3.63 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site www.ppge.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Representações Sociais Sobre Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação: novos alunos, outros  Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
ROCHA, Adauto Galvão da

O presente estudo, de cunho predominantemente qualitativo, trata das questões relacionadas às percepções e representações sociais de alunos de uma escola pública estadual, concluintes do Ensino Médio, sobre Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (NTICs). Tem por objetivos: 1º) identificar percepções e representações sociais que alunos concluintes do Ensino Médio regular apresentam sobre NTICs e multimídias interativas; e 2º) analisar as possíveis relações existentes entre as suas representações sociais e o processo de ensino-aprendizagem no contexto escolar. Utiliza como procedimentos: a)Questionário semi-estruturado, respondido por oitenta alunos, contendo três partes: I. Associação livre de palavras-estímulo; II. Questões fechadas e abertas relacionadas aos contextos: escolar, familiar e do mundo do trabalho destes sujeitos; e III. Perfil do aluno, com o foco em sua situação sócio-econômico-cultural; e b) Entrevistas com doze alunos, de ambos os sexos, participantes da etapa anterior. Ancora-se, teórico-metodologicamente, em Lévy (1993, 2000), quanto às NTICs; em Moscovici (1978, 2003), Abric (1998), Sá (1996, 1998), Jodelet (2001) e outros, no que tange a alguns aspectos da Teoria das Representações Sociais; e em Bourdieu (1996, 2003a, 2003b, 2003c, 2004, 2005), em relação ao conceito de habitus. Firma a análise do corpus de dados obtidos e tratados na categoria de análise designada: Representações sociais dos alunos sobre as NTICs, composta de três unidades de sentido e seus respectivos aspectos, a saber: 1) Relação dos alunos com as NTICs (o espaço residencial/familiar, do mundo do trabalho e escolar); 2) NTICs e as ransformações sócio-econômico-culturais (a sociedade hodierna e as NTICs; e a presença das NTICs no cotidiano e nos espaços xtra-escolar); e 3) NTICs e a (res)significação da prática escolar/habitus (a linguagem midiática e o contexto escolar; a (re)construção de representações e práticas/ habitus; e o presente e futuro: esperanças e incertezas). A análise indica que as percepções e representações sociais dos alunos sobre as NTICs e mídias interativas convergem majoritariamente para aquelas práticas sociais subordinadas, direta ou indiretamente, aos dispositivos info-tecno-midiáticos, tais como: computador, internet, ORKUT, celular, MP3, música, Mídia Player, rádio, TV, MSN, entretenimento, comunicação, informação, conhecimentos, amizade, pesquisas, tecnologia, ciência, facilidade, futuro, trabalho etc. Dispositivos que parecem ser o núcleo gerador e regulador das representações (e práticas) sociais dos alunos sobre as NTICs e que lhes emprestam sentido prático e (re)organizador, especialmente, em relação ao processo comunicacional, sócio-interacional, metamorfoseante e criativo da linguagem midiática, polifônica e imagética, indiciando, assim, novas formas de relação com o saber e com a aprendizagem, numa perspectiva autônomo-emancipatória. Os sujeitos deste estudo, enquanto usuários da World Wide Web (WWW), e diante da emblemática virtualidade das NTICs e mídias interativas experimentam novas formas de comunicação, linguagem, interação e (des)construção criativa permanente. No entanto, demonstram certa preocupação com a utilização do “internetês”, no contexto escolar e em outros espaços sociais, em que as inter-relações entre os agentes sociais se processam de forma hierarquizada, e institucional e/ou coercitiva. E, apesar de evidenciarem a existência de uma relação intrínseca entre a estruturação da atual sociedade e as NTICs e mídias interativas, e considerarem-nas imprescindíveis à vida atual e à produção e ordenação da realidade (práticas sociais), não as correlacionaram (significativa e diretamente) à prática escolar. Revelaram também a existência, no contexto escolar, de contradições, tensões, violência, desejos, intenções e incertezas, e, sobretudo, esperanças, pois indicaram diversos aspectos da prática escolar, passíveis de ressignificação, de instituição de práticas inovadoras e de seminação de novos habitus.

Palavras - chave: Habitus. Ensino-aprendizagem. Mídias interativas.

Downloads 2789  2789  Tamanho do arquivo 6.78 MB  Plataforma Universidade Católica de Santos - UniSantos  Site http://biblioteca.unisantos.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!RPG e educação : alguns apontamentos teóricos Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
SCHMIT, Wagner Luiz

A principal proposta deste trabalho é fazer alguns apontamentos teóricos como meio de reflexão para educadores e pesquisadores sobre o uso do RPG na educação. A primeira parte do referencial teórico deste trabalho apresenta a história dos roleplaying games (RPG) nos EUA e no Brasil e alguns estudos sobre RPG nos EUA e na Europa. Com base nestes estudos, apresenta-se uma definição de RPG e seus cinco tipos: RPG de mesa, LARP, aventura solo, RPG eletrônico solo e MMORPG. Na segunda parte do referencial teórico, discorre-se sobre as concepções de Vigotski, sobre suas teorias no Brasil, alguns conceitos da teoria vigotskiana, suas contribuições para a educação e uma leitura do RPG a partir de Vigotski. A metodologia trata do conceito de estado da arte e de uma possível leitura deste conceito a partir de Vigotski como embasamento para os procedimentos do levantamento bibliográfico e análise do material coletado. Este foi dividido em três categorias: material pedagógico, livros, dissertações e teses. Selecionaram-se apenas as dissertações e teses que apresentam Vigotski em seu referencial teórico. As análises abordam a produção sobre RPG no Brasil e a dificuldade de acesso a essa produção. Buscou-se mapear as concepções de educação que permeiam os trabalhos sobre RPG no Brasil, além de relacionar algumas destas à pedagogia tecnicista. Analisa-se também o material pedagógico quanto a seu uso por educadores, assim como os livros, as dissertações e as teses quanto às apropriações das teorias vigotskianas. Verificou-se a necessidade por parte de educadores e de pesquisadores de assumir um posicionamento crítico ao abordar o RPG, bem como de ter clareza no projeto de homem e sociedade que permeia sua prática. Constatou-se também que as teorias de Vigotski são pouco conhecidas e exploradas.

Palavras-chave: Jogos de fantasia. Aprendizagem. Jogos de fantasia. Educação.

Downloads 1374  1374  Tamanho do arquivo 3.15 MB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.bibliotecadigital.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Rubi e Diamante vão à escola. E agora? Confrontos com a cultura escolar Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MASHIBA, Glaciane Cristina Xavier

O presente trabalho é resultado de pesquisa qualitativa, especificando-se em estudo de caso, referente à história de dois irmãos, Rubi e Diamante (nomes fictícios para manter o anonimato das crianças). O objetivo é analisar esta história, rica por sua peculiaridade, para responder à seguinte questão: Estaria a escola preparada para receber alunos com diferenças culturais tão acentuadas no contexto escolar? O material necessário foi-me possibilitado por meio de fontes orais e documentais. Os subsídios teóricos que respaldam minha análise envolvem estudos multi/interculturais, antropológicos da hominização, cultura escolar, inclusão e exclusão e formação de professores. Rubi e Diamante são crianças que viveram isoladas em um lugarejo no Sul do Paraná, em uma estrutura familiar composta de mãe, com patologia psiquiátrica crônica e irreversível e pai, na maioria das vezes ausente devido às exigências de seu trabalho. Tal cotidiano ocasionou um intenso convívio dos meninos com a cadela que se tornou um modelo de comportamento. Assim, foram crescendo com costumes próprios, até que o Conselho Tutelar da cidade os encontrou por meio de uma denúncia e tomou as providências cabíveis para o caso. Posteriormente, passaram a frequentar escolas do ensino regular dentro dos princípios de inclusão. Contudo, após migrarem de uma escola à outra, evadiram-se da escola pressionados pelos confrontos culturais.

Palavras-chave: Sociedade. Cultura. Educação. Exclusão. Inclusão.

Downloads 467  467  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá - UEM  Site http://www.ppe.uem.br/dissertacoes
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Sociedade Cativa. Entre Cultura Escolar e Cultura Prisional: ma incursão pela ciência penitenciária Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
VASQUEZ, Eliane Leal

Neste trabalho analisamos alguns regulamentos penitenciários do Brasil da transição do século XIX ao XX, em especial, no que tange à concepção de educação, focalizando a transformação do currículo escolar nesse período.

Palavras-chave: Histórias das Ciências. Regulamentos penitenciários do Brasil. Concepção de educação. Cultura prisional. Cultura escolar.

Downloads 593  593  Tamanho do arquivo 2.66 MB  Plataforma PUC/ SP  Site http://www.sapientia.pucsp.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6690
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Tecnologia e a construção do conhecimento na sociedade da informação Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MENDES, Flávio Ramos

Esta dissertação é o resultado de uma pesquisa bibliográfica, realizada com o objetivo de analisar e refletir sobre a tecnologia da informática, enfatizando seu emprego na educação. Nosso trabalho também almeja discutir acerca da construção do conhecimento na sociedade da informação, procurando esclarecer que sociedade é essa. Começando por uma reflexão sobre a racionalidade moderna, por encontrar nesta a base inicial da racionalidade tecnológica que temos hoje, passamos por uma análise do conceito de tecnologia, apresentando diversos pontos de vista atuais. No segundo capítulo desenvolvemos o tema da construção do conhecimento na sociedade da informação, mostrando a origem dessa sociedade e os desafios e possibilidades de construção de conhecimento, assim como procuramos apresentar alguns conceitos de conhecimento. No terceiro capítulo trabalhamos a utilização da informática na educação, enfatizando os desafios e a nova função do professor nessa sociedade tecnologizada.

Palavras-chave: Informação - Informática. Inovações tecnológicas - Educação. Sociedade da informação - Construção do conhecimento. Tecnologia educacional.

Downloads 643  643  Tamanho do arquivo 333.63 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 »