Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (92)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (novos listados primeiro)

Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Os mecanismos de controle da organização capitalista contemporânea na gestão  Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
FERREIRA, Lice Helena

Este trabalho tem por objetivo analisar os mecanismos de controle da organização capitalista contemporânea, presentes na gestão das escolas públicas do Paraná, no período de 1995-2002. Busca-se estabelecer os nexos existentes entre as práticas de produção, organização e disseminação ideológica, utilizadas pela gestão central da Secretaria de Estado da Educação, e o movimento do capitalismo, face à crise que se instalou no último quarto do século XX. Dessa forma, a partir da delimitação de um conceito de Estado, procede-se a uma análise sobre o Estado capitalista contemporâneo, a fim de configurar o movimento histórico que torna internacionalmente hegemônico o projeto neoliberal; da reestruturação capitalista decorre a reforma gerencial do Estado brasileiro. Para compreender a supremacia do projeto neoliberal do Brasil, adentrou-se no período da transição democrática (são analisadas as décadas de 1980 e de 1990). Como a nova administração pública, advinda da reforma gerencial, circunscreve-se nos pressupostos da administração da empresa capitalista, são transpostos, também, para esta, os seus mecanismos de controle. Conclui-se que o governo do Paraná, no período estudado, constitui-se em uma administração pública alinhada ao ideário neoliberal do governo federal e dos organismos internacionais e, como tal, passa a administrar a educação sob os mesmos pressupostos. Estes se materializam na forma posta de descentralização, autonomia e participação, premissas que permeiam a reorganização técnico-administrativa da Secretaria de Estado da Educação. Dentro deste projeto, a gestão escolar assume centralidade e, ideologicamente, é denominada de “Gestão Compartilhada” (1995-1998) e de “Gestão Participativa por Resultados” (1992-2002). Na subjacente tecnologia de gestão comportamental, os profissionais da educação pública paranaense, em especial os diretores escolares, são submetidos aos esquemas de controle para o gerenciamento da subjetividade.

Palavras-chave: Administração Educacional Gerencial. Mecanismos de Controle Ideológicos. Gestão Escolar.

Downloads 1586  1586  Tamanho do arquivo 1.69 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Os Conselhos Escolares e o processo de democratização: história, avanços e limitações Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
ALMEIDA, Janaina Aparecida de Mattos

Esta proposta de estudo tomou como objeto de estudo os conselhos escolares na rede estadual de ensino paranaense. A análise parte da proposição dos trabalhadores em educação desde a década de 80, no processo de redemocratização do país. Analisou-se criticamente a política de implantação e o modo de funcionamento dos conselhos escolares na rede estadual paranaense referente ao período de 1991-2006. Seu intento foi contribuir para a compreensão de quanto esse órgão colegiado no estado do Paraná possibilitou de fato a constituição de uma gestão escolar baseada na perspectiva da democratização das relações de poder e de conhecimento no interior da escola, com a participação da comunidade escolar no processo de decisão das questões nucleares da escola. Procurou-se compreender as orientações e os desdobramentos da gerência empresarial na gestão da escola e as implicações sofridas na escola pública paranaense em relação ao Conselho Escolar e a Associação de Pais e Mestres, principalmente na segunda metade da década de 90, em que há uma “reconfiguraçao” desses em consonância com as novas determinações do capital. Buscou-se levantar e discutir, em linhas gerais, as orientações e os encaminhamentos presentes nas diretrizes das políticas educacionais nos atuais governos em nível federal e em nível estadual em relação ao Conselho Escolar e à Associação de Pais e Mestres.

Palavras chave: Conselhos escolares. Gestão democrática. Administração colegiada na escola pública. Participação da comunidade na escola.

Downloads 2841  2841  Tamanho do arquivo 2.07 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!O uso educativo das tecnologias da informação e da comunicação : uma pedagogia democrática na escola Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
SILVA, Albina Pereira de Pinho

Esta dissertação traz reflexões sobre o uso pedagógico das tecnologias no contexto educacional a partir da fala e da ação de profissionais e pessoas ligadas a práticas educativas na Escola Estadual “Senador Mário Motta”, no município de Cáceres-MT.
O objetivo do estudo foi compreender se as estratégias de utilização educativa das TICs favorecem uma Pedagogia Democrática na escola.

Palavra-chave: Computador na educação. Prática pedagógica. Democratização do ensino. Pedagogia. Tecnologia de informação e comunicação.

Downloads 1002  1002  Tamanho do arquivo 690.34 KB  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!O supervisor que virou pedagogo: uma análise da significação do supervisor de ensino no estado do PR Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Silvana Barbosa de

Houve mudança na atuação do supervisor de ensino, com a imposição da Lei Complementar 103/2004, que o transformou em professor pedagogo no estado do Paraná? Ao proceder a tal investigação, assumi uma postura reflexiva sobre minha própria prática, trazendo elementos reais e concretos para dar sentido à teoria explicitada. Outra preocupação é caracterizar a identidade do supervisor de ensino, especialista em educação, transformado em professor pedagogo, na atual gestão do governo do estado do Paraná. Estruturalmente, o presente trabalho está dividido em três capítulos. No primeiro, faço uma explanação histórica para contextualizar o curso de Pedagogia no Brasil e o supervisor de ensino em cada época. No segundo, faço uma análise da nova configuração desse especialista no estado do Paraná. Analiso o novo pedagogo e a questão da docência como base para sua formação. Analiso as influências das orientações do Banco Mundial nas políticas educacionais, as quais refletem uma política neoliberal, estabelecida pela reorganização do capitalismo na atual fase do processo de globalização. Estudo a possibilidade de ser o Projeto Político Pedagógico um instrumento-base para a ação do novo pedagogo. No terceiro, analiso os dados coletados na pesquisa de campo, a partir do entendimento dos próprios supervisores de ensino sobre a questão da mudança. Com este planejamento, o objetivo geral do trabalho é investigar, através do processo histórico, as implicações teóricas e políticas que refletem na prática do supervisor de ensino. A pesquisa de campo aponta para o perfil do pedagogo do NRE Londrina, além das concepções de mudanças ocorridas no interior da escola, como amostra do que ocorre no estado do Paraná.

Palavras-chave: Educação. Supervisão de ensino - Educação.

Downloads 1823  1823  Tamanho do arquivo 771.03 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www2.uel.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!O que é ser criança e viver a infância na escola: uma análise da transição da educação infantil Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
AMARAL, Arleandra Cristina Talin do

O presente trabalho buscou compreender o que é ser criança e viver a infância na escola. Os sujeitos da pesquisa foram crianças de idade entre cinco e seis anos, que freqüentavam uma turma do primeiro ano do ensino fundamental de nove anos, em uma escola de educação integral no município de Curitiba. O marco referencial está articulado com uma concepção que identifica a criança como um sujeito social, atuante, capaz de posicionar-se frente às experiências vivenciadas em seu cotidiano. Como metodologia, optou-se por desenvolver uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico, que teve a observação, registrada em "diário de bordo", como principal instrumento de coleta de dados na pesquisa de campo. O texto destaca a ampliação do ensino fundamental, retratando as peculiaridades desse processo no Estado do Paraná, onde o ensino fundamental de nove anos, contrariando a legislação nacional, foi implementado para muitas crianças de cinco anos e a transição da educação infantil para o primeiro ano do ensino fundamental de nove anos aconteceu, de forma atípica, no decorrer do ano letivo de 2007. Assim, o foco principal foi analisar as estratégias que as crianças constroem, entre elas e com os adultos, para apropriação dos processos educativos na transição da educação infantil para o primeiro ano do ensino fundamental de nove anos. Para tanto abordam-se as mudanças ocorridas na organização do trabalho pedagógico no interior da escola, buscando identificar as perspectivas das crianças sobre o que é ser criança e viver a infância na escola. Como resultados da pesquisa destaca-se que os posicionamentos das crianças, quanto à transição da educação infantil para o ensino fundamental, indicaram que o primeiro ano do ensino fundamental de nove anos tem exigências em demasia e que, na educação infantil, o tempo é melhor distribuído. As análises das estratégias utilizadas pelas crianças para apropriarem-se dos processos educativos na transição da educação infantil para o ensino fundamental, possibilitaram perceber que elas criam estratégias individuais e coletivas para, ora atender, ora subverter as regras, utilizando transgressões criativas que lhes possibilitam encontrar brechas para exteriorizar sua ludicidade, criando espaços para brincar dentro e fora de sala de aula. Os diálogos e interações das crianças, com seus pares e com os adultos apontaram que elas possuem um entendimento abrangente do mundo, uma vez que discutem temáticas complexas como gênero, classe, raça-etnia, apresentando um repertório para o debate muito maior do que o explorado pela escola. Como considerações finais, reitera-se o entendimento da criança como um sujeito social e histórico, que produz cultura e é nela produzido, sendo, portanto, um interlocutor legítimo das pesquisas educacionais voltadas à compreensão da infância. Ressalta-se, ainda, a importância do diálogo com as crianças, como uma possibilidade de contribuir para uma mudança de paradigma que culmine na construção de propostas pedagógicas mais coerentes com as especificidades das muitas infâncias e, na questão específica da mudança para o ensino fundamental de nove anos, as crianças consideraram a antecipação que vivenciaram como repleta de impropriedades.


Palavras-chave: Infâncias. Crianças. Culturas Infantis. Ensino Fundamental de nove anos. Educação Infantil.


Downloads 1321  1321  Tamanho do arquivo 2.74 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppgeufpr.pr.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Tecnologia e a construção do conhecimento na sociedade da informação Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MENDES, Flávio Ramos

Esta dissertação é o resultado de uma pesquisa bibliográfica, realizada com o objetivo de analisar e refletir sobre a tecnologia da informática, enfatizando seu emprego na educação. Nosso trabalho também almeja discutir acerca da construção do conhecimento na sociedade da informação, procurando esclarecer que sociedade é essa. Começando por uma reflexão sobre a racionalidade moderna, por encontrar nesta a base inicial da racionalidade tecnológica que temos hoje, passamos por uma análise do conceito de tecnologia, apresentando diversos pontos de vista atuais. No segundo capítulo desenvolvemos o tema da construção do conhecimento na sociedade da informação, mostrando a origem dessa sociedade e os desafios e possibilidades de construção de conhecimento, assim como procuramos apresentar alguns conceitos de conhecimento. No terceiro capítulo trabalhamos a utilização da informática na educação, enfatizando os desafios e a nova função do professor nessa sociedade tecnologizada.

Palavras-chave: Informação - Informática. Inovações tecnológicas - Educação. Sociedade da informação - Construção do conhecimento. Tecnologia educacional.

Downloads 24863  24863  Tamanho do arquivo 333.63 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!O papel da escola : obstáculos e desafios para uma educação transformadora Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
BARBOSA, Márcia Silvana Silveira

O trabalho tem como objetivo abordar o papel da escola e a temática da educação. Tendo presente a situação do ensino no Brasil, reforço a ideia que aponta a escola como um espaço privilegiado de luta, mesmo no seio de um sistema antisolidário e excludente; mas, considero que é de fundamental importância reconhecer os mecanismos que dão sustentação ao fazer escolar nas práticas cotidianas, buscando identificar os instrumentos reprodutores e segregadores da educação brasileira.
Este trabalho é um recorte da realidade educacional do Brasil e uma tentativa de entender os obstáculos e os desafios da prática escolar. A partir dessas informações, procuro compreender as contradições e os conflitos pertinentes à prática educativa, no intuito de buscar o entendimento do papel da Escola e a compreensão do ideário dos sujeitos a respeito de conhecimento/educação/ política/mercado/ trabalho.

Palavras-chave: Colégio Nossa Senhora da Glória - Porto Alegre -Rio Grande do Sul . Democratização do ensino . Pedagogia . Educação transformadora . Prática pedagógica . Professor .

Downloads 3594  3594  Tamanho do arquivo 1.12 MB  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!O espaço participativo mercadorizado : a dimensão política e tecnológica na implantação dos Conselho Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
COSTA, Dorival da

Esta pesquisa aborda o processo de implantação dos Conselhos Tutelares no Estado do Paraná na sua dimensão política e tecnológica. Teve como objetivos: construir o perfil socioeconômico e cultural dos Conselheiros Tutelares; verificar as mediações e variáveis socioeconômicas e políticas que influenciam a implantação dos Conselhos e, investigar a influência dos requisitos envolvidos na formação profissional e tecnológica na composição dos Conselhos Tutelares. Para tanto, foi realizada pesquisa de campo no período de 2003/2004 no Estado do Paraná, utilizando-se a análise documental e revisão bibliográfica para o tratamento dos dados e construção dos resultados e conclusões desta investigação. Concluímos que o Conselho Tutelar, como espaço participativo, vem passando por um processo de progressiva dominância de mercadorização, apresentando condicionantes políticos e tecnológicos que influenciam na composição social e na atuação deste órgão de representação popular.

Palavras-chave: Conselho Tutelar. Movimento Social. Participação e Trabalho.

Downloads 1080  1080  Tamanho do arquivo 450.12 KB  Plataforma Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Rubi e Diamante vão à escola. E agora? Confrontos com a cultura escolar Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MASHIBA, Glaciane Cristina Xavier

O presente trabalho é resultado de pesquisa qualitativa, especificando-se em estudo de caso, referente à história de dois irmãos, Rubi e Diamante (nomes fictícios para manter o anonimato das crianças). O objetivo é analisar esta história, rica por sua peculiaridade, para responder à seguinte questão: Estaria a escola preparada para receber alunos com diferenças culturais tão acentuadas no contexto escolar? O material necessário foi-me possibilitado por meio de fontes orais e documentais. Os subsídios teóricos que respaldam minha análise envolvem estudos multi/interculturais, antropológicos da hominização, cultura escolar, inclusão e exclusão e formação de professores. Rubi e Diamante são crianças que viveram isoladas em um lugarejo no Sul do Paraná, em uma estrutura familiar composta de mãe, com patologia psiquiátrica crônica e irreversível e pai, na maioria das vezes ausente devido às exigências de seu trabalho. Tal cotidiano ocasionou um intenso convívio dos meninos com a cadela que se tornou um modelo de comportamento. Assim, foram crescendo com costumes próprios, até que o Conselho Tutelar da cidade os encontrou por meio de uma denúncia e tomou as providências cabíveis para o caso. Posteriormente, passaram a frequentar escolas do ensino regular dentro dos princípios de inclusão. Contudo, após migrarem de uma escola à outra, evadiram-se da escola pressionados pelos confrontos culturais.

Palavras-chave: Sociedade. Cultura. Educação. Exclusão. Inclusão.

Downloads 684  684  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá - UEM  Site http://www.ppe.uem.br/dissertacoes
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!RPG e educação : alguns apontamentos teóricos Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
SCHMIT, Wagner Luiz

A principal proposta deste trabalho é fazer alguns apontamentos teóricos como meio de reflexão para educadores e pesquisadores sobre o uso do RPG na educação. A primeira parte do referencial teórico deste trabalho apresenta a história dos roleplaying games (RPG) nos EUA e no Brasil e alguns estudos sobre RPG nos EUA e na Europa. Com base nestes estudos, apresenta-se uma definição de RPG e seus cinco tipos: RPG de mesa, LARP, aventura solo, RPG eletrônico solo e MMORPG. Na segunda parte do referencial teórico, discorre-se sobre as concepções de Vigotski, sobre suas teorias no Brasil, alguns conceitos da teoria vigotskiana, suas contribuições para a educação e uma leitura do RPG a partir de Vigotski. A metodologia trata do conceito de estado da arte e de uma possível leitura deste conceito a partir de Vigotski como embasamento para os procedimentos do levantamento bibliográfico e análise do material coletado. Este foi dividido em três categorias: material pedagógico, livros, dissertações e teses. Selecionaram-se apenas as dissertações e teses que apresentam Vigotski em seu referencial teórico. As análises abordam a produção sobre RPG no Brasil e a dificuldade de acesso a essa produção. Buscou-se mapear as concepções de educação que permeiam os trabalhos sobre RPG no Brasil, além de relacionar algumas destas à pedagogia tecnicista. Analisa-se também o material pedagógico quanto a seu uso por educadores, assim como os livros, as dissertações e as teses quanto às apropriações das teorias vigotskianas. Verificou-se a necessidade por parte de educadores e de pesquisadores de assumir um posicionamento crítico ao abordar o RPG, bem como de ter clareza no projeto de homem e sociedade que permeia sua prática. Constatou-se também que as teorias de Vigotski são pouco conhecidas e exploradas.

Palavras-chave: Jogos de fantasia. Aprendizagem. Jogos de fantasia. Educação.

Downloads 3436  3436  Tamanho do arquivo 3.15 MB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.bibliotecadigital.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 »