Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (92)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A invasão dos ciborgues: A influência do ciberespaço nas representações de gênero dos adolescentes Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
SCHWARTZ, Juliana

A Internet está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, principalmente na vivência dos adolescentes. Ela possibilita a criação de um mundo paralelo e virtual chamado ciberespaço, onde é possível vivenciar experiências que só eram imaginadas em histórias de ficção científica. Dessa forma, podem ocorrer alterações nas relações sociais, culturais e, principalmente, na identidade dos sujeitos. Sendo as representações de gênero um dos fatores que constituem essa identidade, é importante que sejam verificadas se existem mudanças na maneira como os adolescentes, que têm acesso à Internet, observam as questões referentes ao masculino e ao feminino. Baseada na teoria de Haraway, esta pesquisa teve como objetivo investigar se o ciberespaço pode ser o elemento alavancador para a superação das questões de gênero, possibilitando o surgimento do ciborgue, principalmente pelos adolescentes que utilizam a Internet, e permitindo assim que papéis sejam assumidos sem a relevância do sexo do indivíduo. Para encontrar possíveis respostas, foi utilizado um questionário misto, disponibilizado na Internet. Fizeram parte da pesquisa adolescentes com idades entre 10 e 19 anos, faixa etária determinada de acordo com a OMS. Os resultados obtidos apontam que os adolescentes pesquisados se sentem confortáveis em utilizar a Internet, usando-a principalmente para conversar, jogar e realizar pesquisas de interesse pessoal. Foi possível observar, também, que as questões de gênero parecem estar sendo superadas, no que diz respeito ao trabalho.

Palavras-chave: Ciborgue. Identidade. Gênero. Ciberespaço.

Downloads 1661  1661  Tamanho do arquivo 809.95 KB  Plataforma Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFP  Site http://www.ppgte.ct.utfpr.edu.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A invenção cotidiana do aluno: relações de poder, experiências escolares e possibilidades de existên Popular Versão: pdf
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
ENGELBERG, Marcel Francis D'Angio

O aluno é uma invenção. Nem sempre existiu na história essa categoria que entendemos por aluno. A partir apenas do final do século XIX é que se pode falar em sua emergência. Assim, é também a partir daí que se inicia o processo de produção de uma nova subjetividade das crianças e dos jovens. A escola, instituição responsável por acolhê-los, é o principal agente dessa produção. Fabricar alunos torna-se sua especialização. O presente trabalho procurou discutir, ao mesmo tempo, dois aspectos dessa questão: a) a invenção do aluno como algo não acabado e definitivo, sendo produzida diariamente no cotidiano escolar; b) a associação da invenção do aluno não ao poder possuído pela escola, mas às relações de poder exercidas no seu interior. Para isso, foi desenvolvida uma pesquisa de campo no intuito de observar práticas e discursos escolares que tomavam o aluno como questão. Uma escola pública estadual de ensino médio foi escolhida e o trabalho de campo realizado no decorrer dos anos de 2008 e 2009. Conversas com os alunos foram registradas no final de cada um dos anos e completaram o material de pesquisa. Inspirada na concepção de relações de poder do pensador francês Michel Foucault (1926-1984), elaborou-se uma análise que pretendeu explorar algumas das possibilidades e dos efeitos das relações de poder estabelecidas no interior da escola em termos de uma invenção cotidiana do aluno. Uma das ideias que pôde ser extraída daí é que a invenção do aluno não necessita de práticas e discursos fixos e específicos para sua realização, mas pode ser pensada como inúmeras invenções que seriam possíveis a partir de jogos, disputas, imprevisibilidades e possibilidades de inversão, abertas pelas relações escolares de poder. Ademais, procurou-se experimentar um olhar e uma escrita aberta ao acaso, ao singular, ao imprevisto, ao variado e ao repetido, multiplicados pela concepção de poder que foi assumida.

Palavras-chave: Aluno no ensino médio. Cotidiano escolar. Invenção do aluno. Michel Foucault. Práticas/experiências escolares. Relações de poder.

Downloads 912  912  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br/teses
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A Pedagogia da migração do software proprietário para o livre: uma perspectiva freiriana Popular Versão: 2007
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
ALENCAR, Anderson Fernandes de

Esta dissertação é resultado do trabalho de pesquisa no intuito de refletir acerca de uma proposta de migração do software proprietário para o software livre que contemple elementos do pensamento do filósofo Álvaro Vieira Pinto e do educador Paulo Freire.

Palavras-chave: Migração. GNU/LINUX. Software livre. Paulo Freire. Pedagogia.

Downloads 1146  1146  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FEUSP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A perspectiva de tempo futuro como um aspecto da motivação do adolescente na escola Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
LOCATELLI, Adriana Cristine Dias

O presente estudo objetivou responder questões referentes à motivação do adolescente na escola em um momento de definição vocacional. O adolescente, ao final do ensino médio, está construindo sua identidade e a principal tarefa dessa etapa é a definição de uma carreira, ou seja, a escolha de uma meta futura. Este estudo buscou verificar se os adolescentes percebem a escolarização como preparação válida para seu futuro profissional, e se a definição quanto à vocação interfere na motivação, no uso de estratégias pessoais de estudo e na percepção de instrumentalidade. Os participantes foram 206 adolescentes do 3º ano do Ensino Médio, de duas escolas de Londrina, sendo uma da rede pública de ensino e outra da rede particular. O instrumento utilizado foi um Questionário de Escolha Vocacional (Locatelli e Bzuneck, 2003), com escala Likert, e os dados obtidos foram submetidos à análise estatística. Entre o número total de participantes, apenas 65 encontraram-se definidos quanto à vocação. Os resultados indicaram relação entre a definição vocacional e a motivação, o uso de estratégias pessoais de estudo e a percepção de instrumentalidade, em grau positivo e significativo. A perspectiva de tempo futuro, como um aspecto da motivação do adolescente, influenciou diretamente a motivação para os estudos, a forma como os alunos organizam seu tempo para cumprir as tarefas acadêmicas, bem como a valorização dada aos estudos no presente como meio para alcançar as metas colocadas no futuro. Os resultados do estudo são discutidos em termos das implicações para o trabalho dos professores com adolescentes, no sentido de auxiliarem no estabelecimento de metas futuras, na percepção da existência de vinculação entre tais metas com as de curto prazo, ou seja, a relação entre as ações do cotidiano da escola e o alcance dos objetivos vocacionais colocados no futuro.

Palavras-chave: Adolescente e a escolha vocacional. Motivação intrínseca e a extrínseca. Perspectiva de tempo futuro e o ensino superior.

Downloads 2218  2218  Tamanho do arquivo 924.69 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A presença do bullying na mídia cinematográfica como contribuição para a educação Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
SANTOS, Ana Paula Toppan dos

O presente estudo tem como proposta analisar como a mídia cinematográfica retrata o fenômeno bullying no ambiente escolar e como essa linguagem pode proporcionar aos educadores e alunos a conscientização, a reflexão e mudanças de comportamento. Para atingir nosso objetivo de caracterizar o fenômeno como uma forma de violência prejudicial a todos os envolvidos, e uma vez que as imagens fílmicas devem ser consideradas como fonte de conhecimento e transformação de atitudes, foram analisadas as imagens que destacam o bullying dos filmes "Nunca fui beijada" e "Bang, bang! Você morreu". Com o intuito de contribuir teórica e metodologicamente para um ensino humanista, respeitando as diversidades humanas e formando cidadãos críticos e conscientes de seu papel transformador na sociedade, o embasamento teórico constitui-se de obras fundamentais e para melhor comprovação do bullying. Na prática, realizamos observação participante e pesquisa-ação junto aos educadores e alunos. A pesquisa contou com a participação de educadores, gestores e alunos de uma escola pública de Marília onde constatamos que a arte cinematográfica proporciona ao educador e ao aluno a aquisição de mais uma prática pedagógica capaz de fomentar a criticidade, conduzindo-os a uma ação-transformadora comprometida com a realidade social. As imagens fílmicas mediadas por profissionais capacitados no processo educacional valorizam e enriquecem o aprendizado do aluno, tornando-o cidadão crítico capaz de respeitar as desigualdades humanas promovendo uma sociedade igualitária, livre de preconceitos e violência.

Palavras-chave: Mídia. Educação. Ficção. Bullying. Violência. Representação social. Indivíduo em formação.

Downloads 4804  4804  Tamanho do arquivo 2.16 MB  Plataforma Universidade de Marília - Unimar  Site http://www.unimar.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A relação estado/município na passagem da 4ª para a 5ª série em Curitiba  Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
BARBOSA, Aparecida Reis

O presente trabalho tem como objeto de estudo a relação Estado/Município na passagem da 4ª para a 5ª série do ensino fundamental em Curitiba. Compreende-se que o modelo de municipalização das séries iniciais e estadualização das séries finais desenvolvido no Paraná é permeado pela lógica financeiro-administrativa e aprofundado na década de 1990, sob a justificativa da modernização dos processos de gestão, racionalização, eficiência e eficácia, presentes na reforma gerencial do Estado brasileiro e respaldado pelo modelo de federalismo, que se configura com a promulgação da Constituição Federal de 1988 e o regime de colaboração explicitado na Lei n. 9.394/96. No Paraná a particularidade do modelo de municipalização se constitui em uma política de Estado, desde a década de 1970. Destaca-se a participação direta do município de Curitiba na construção desse modelo, com a municipalização de 1ª a 4ª série e estadualização da 5ª a 8ª série, indicando a necessidade da construção de políticas educacionais articuladoras na passagem da 4ª para a 5ª séries. A análise aponta para a contradição existente na política nacional de municipalização do ensino, remetendo para o local a efetivação da única etapa da educação básica que tem caráter universal e obrigatório. Os dados empíricos revelam uma crescente precarização da oferta do ensino fundamental em Curitiba, com déficit de vagas em determinadas regiões da cidade. Indica, ainda, que esse modelo de municipalização cria duas redes distintas, articuladas apenas por critérios técnicos e com medidas de enfrentamento unilaterais, longe de dar ao ensino fundamental uma unidade como sistema. Por isso, as alternativas acabam por expressar um caráter localista, fragmentado e unilateral. O esforço empreendido este estudo foi o de compreender a relação Estado/Município na passagem da 4ª para a 5ª série em Curitiba, para além da aparência, apontando as determinações históricas, sociais e situando algumas contradições do modelo colaborativo, que se materializa no binômio municipalização/estadualização do ensino fundamental. Nessa perspectiva, buscou-se apontar limites, mas também as possibilidades de superação do que está posto como pronto e acabado, no que se refere ao regime colaborativo.

Palavras-chave: Federalismo. Regime de colaboração. Municipalização do ensino.

Downloads 1035  1035  Tamanho do arquivo 3.94 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A rima na escola, o verso na história: um estudo sobre a criação poética e a afirmação étnico-social Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
Ferreira, Maíra Soares

Esta dissertação é o resultado de uma pesquisa e intervenção realizada em uma sala de aula com alunos da 7ª série de uma escola pública de São Paulo. Estes jovens, amantes do ritmo e da poesia, são descendentes de famílias afro-brasileiras e indígenas Pankararu, oriundas do sertão de Pernambuco, que se alojaram em São Paulo, a partir da década de 50, período desenvolvimentista, servindo como mão de obra da construção civil paulistana. A escola onde se fez a investigação está situada no bairro Morumbi e atende os estudantes, moradores da favela Real Parque, cujas histórias estão vinculadas a esta experiência de migração do sertão pernambucano para a região sudeste. Observou-se que apesar de conhecida a história desta comunidade, esta não se revelou integrada à cultura escolar, cuja tendência parecia ser a de negar a herança afro-indígena nordestina do corpo discente. Neste sentido, o objetivo do estudo foi investigar e propiciar, pela via poético-musical dos jovens, formas de interlocução com este passado recente. Assim, a partir de uma pesquisa etnográfica" rumo ao sertão nordestino, na região do Brejo dos Padres, de onde veio grande parte dessas famílias, deparamo-nos com as mais ricas produções de poesia popular, que nos forneceu o material para algumas intervenções em sala de aula. O trabalho em classe, que contou com a participação de alunos e professores, foi em torno dos hibridismos culturais com ênfase nos processos de apropriação, recombinação e reinvenção presentes nas manifestações do cordel, do rap e do repente. Entendemos que este processo de mistura de diferentes estilos de produção poética, convertendo-o em algo próprio, foi um modo de os grupos sociais discriminados pela sociedade brasileira responderem às exigências de subjetivação e de afirmação étnico-social.

Palavras-chave: Adolescência. Criação poética. Culturas juvenis. Hibridismos culturais . Preconceito. Afirmação étnico-social.

Downloads 525  525  Tamanho do arquivo 919.93 KB  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Adolescências - diferentes contextos, diferentes histórias Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
TORRES, Sheila Zimermann de Morais

No presente trabalho, a adolescência é vista como uma continuidade do desenvolvimento humano; entende-se que o repertório comportamental do adolescente é influenciado pelas suas histórias onto e filogenéticas, pelo ambiente e cultura em que vive. É a história de vida que proporciona instrumentos para que o indivíduo enfrente as transformações sociais e biológicas que marcam a adolescência. O objetivo deste trabalho é identificar as relações existentes entre o ambiente que o adolescente vive (estrutura e relacionamento familiar, situação socioeconômica, oportunidades de acesso a educação e religiosidade) e suas percepções acerca de seu relacionamento com a família e amigos, suas concepções sobre religião, trabalho, suas expectativas de futuro, a organização do seu tempo, suas atitudes e autoestima. Participaram da pesquisa 255 adolescentes, com idade entre 14 e 17 anos, de três grupos distintos, localizados na grande Curitiba. O instrumento de coleta de dados constituiu-se de um questionário compostos por 400 itens, sendo alguns abertos e outros fechados; a significância estatística entre variáveis foi verificada por meio do teste Qui-quadrado. Os principais resultados encontrados foram: forte influência do relacionamento entre pais e filhos sobre a forma que o adolescente vivencia este momento de sua vida; para o adolescente o significado de participar de uma religião está mais relacionado à espiritualidade do que à religiosidade; o adolescente, principalmente aquele que já trabalha, aprova e legitima o trabalho nessa época de sua vida; os participantes possuem sonhos e expectativas, principalmente no que tange à formação acadêmica e a realização pessoal e profissional; os adolescentes dos três grupos tendem a procurar as mesmas pessoas quando possuem um problema, sendo que a mãe é procurada com maior frequência; mesmo vivendo em diferentes contextos, os adolescentes costumam realizar as mesmas atividades, contudo, com intensidade diferente e com adaptações próprias à sua realidade. Os resultados mostram que a maioria dos adolescentes aprecia esse momento de sua vida e possui grandes expectativas quanto ao seu futuro. Estas expectativas e sonhos são fundamentais na adolescência, pois é neste momento de vida que muitos passos práticos são necessários para que as expectativas tornem-se realidade, esta é a razão por que é muito importante que a família e educadores se envolvam nesse processo. O presente trabalho pretende contribuir com as propostas de prevenção e intervenção de profissionais que trabalham com adolescentes.

Palavras-chave: Adolescência. Comportamento. Relacionamento pais e filhos. Religiosidade. Família. Amigos. Trabalho.

Downloads 1510  1510  Tamanho do arquivo 513.18 KB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppgeufpr.pr.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Alfabetização de Jovens e Adultos: desvendando práticas, construindo possibilidades Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
SILVA, Daisy Clecia Vasconcelos da

O compromisso dessa pesquisa volta-se para a compreensão das práticas pedagógicas desenvolvidas na alfabetização de jovens e adultos, bem como se propõe a construir caminhos na busca de práticas que levem em conta as especificidades dos alunos dessa modalidade de ensino. Os dados construídos e analisados nos apontam caminhos pelos quais torna-se possível realizarmos um trabalho de alfabetização que, efetivamente, contribua na construção do conhecimento pelo aluno jovem e adulto, respeitando suas especificidades e anseios.

Palavras-chave: Educação. Jovens e adultos. Letramento. Práticas pedagógicas. Professor.

Downloads 3249  3249  Tamanho do arquivo 1.37 MB  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN  Site www.ufrn.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Análise da Política Educacional para as Pessoas com Deficiência Pós LDB 9.394/96:A Questão do Acess Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
CARVALHO, José Roberto

Este trabalho tem como objeto de análise o acesso das pessoas com deficiência à rede pública de ensino no marco da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei: 9.394/96), quando se marca o fato, até então inédito, da proposta de oferta de educação formal a essas pessoas preferencialmente na rede estatal de ensino. O trabalho aponta como pressuposto para a necessidade dessa política não se encerrar nos limites do Estado mínimo, considerado que essa política tende a se posicionar na contramão da redução dos gastos estatais. Essa dissertação, como fundamento da análise, estabelece uma contextualização dos fatores econômicos e políticos que determinaram as políticas educacionais voltadas às pessoas com deficiência no Brasil, nos diferentes momentos históricos. Apresenta-se, também, uma sucinta descrição dos paradigmas de "inclusão responsável" e a entendida "inclusão radical", apontando insuficiências presente nas duas versões. A partir desse quadro, analisam-se os dados de matrícula na educação especial, estabelecendo uma comparação no até então predominante atendimento isolado e no modelo de acesso à rede estatal de ensino. Essa investigação identifica, apesar dos muitos vieses ideológicos e limites percebidos nessa política, importantes avanços em termos de cobertura escolar.


Palavras-chave: Ecolarização de pessoas com deficiência. Segregação. Inclusão. Educação Especial.

Downloads 1388  1388  Tamanho do arquivo 1.31 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppgeufpr.pr.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 5 6 7 8 9 10 »