Educadores

Ínicio : Sociologia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (6)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Vozes de mulheres: educação, universidade e trabalho nos anos 40 e 50 do Século XX  Popular Versão: PDF
Atualização:  10/3/2011
Descrição:
TESSELER, Fani Averbuh

Este trabalho investiga como se desenvolveu a trajetória profissional de mulheres que passaram pela universidade nas décadas de 40 e 50 do século XX, pela escuta de suas memórias sobre suas trajetórias educativas, profissionais e familiares. Objetiva escutar a história da relação entre as possibilidades de acesso ao ensino superior e profissionalização para mulheres, na década de 1950, em Porto Alegre, e seu significado como instituidor de identidade, limites e abrangências, tendo em vista trajetórias profissionais e de vida de algumas mulheres - o que inclui o casamento como marco fundamental porque é o definidor de possibilidades e trajetórias - e o significado social atribuído ao diploma profissional, dado por elas mesmas e pela sociedade onde se inserem, num determinado tempo, num certo lugar e pelas pessoas com quem viveram e conviveram. As mudanças em curso não modificaram as posições das mulheres nas relações de gênero, pois a subordinação em relação ao homem se manteve. Assim, mesmo portadoras de diploma de educação superior, o que possibilitaria o acesso de algumas mulheres ao trabalho e, consequentemente, a situações e formas próprias de alcançar dinheiro, o que poderia significar liberdade, independência e autonomia, elas optaram por manter a tradição quanto aos papéis e lugares de gênero na família. A permanência em posições e lugares de marginalidade nas relações de gênero, apesar das possibilidades econômicas construídas pelo título, mostra que este não assegurava, por si só, o cumprimento dessas mudanças.

Palavras-chave: Gênero. História da educação. História oral. Memória.

Downloads 262  262  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Vinho novo em odres velhos. Um olhar comunicacional sobre a explosão gospel no cenário religioso ev Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2010
Descrição:
CUNHA, Magali do Nascimento

Uma análise comunicacional da explosão gospel e sua expressão entre os diferentes segmentos do cenário religioso evangélico contemporâneo no Brasil é o objeto deste trabalho. Inicialmente um movimento musical, o gospel explodiu na última década do Século XX entre os evangélicos e deu forma a um modo de vida configurado pela tríade música-consumo e entretenimento. Esse modo de vida se expressa, especialmente, em novas formas de culto religioso e na relativização da ética protestante restritiva de costumes. A referida tríade é caracterizada pelas transformações advindas do reprocessamento das culturas das mídias, urbana e de mercado entre os evangélicos e da busca de superação da crise entre protestantismo e sociedade que tem marcado a história deste segmento no Brasil. Entretanto, a análise embasada nos estudos culturais e nas ciências da religião revelou que esses traços de modernidade da cultura gospel estão entrecruzados com a tradição, com a conservação de traços da identidade protestante no Brasil como o dualismo Igreja V.S. mundo, o individualismo, o intimismo religioso, o sectarismo, a rejeição da diversidade de manifestações culturais e religiosas, o antiecumenismo e o antiintelectualismo. O estudo sobre este encontro do antigo com o novo, do tradicional com o moderno remete à compreensão da cultura gospel como uma cultura híbrida. Uma estratégia de adaptação à modernidade e suas expressões hegemônicas - seja o pentecostalismo, no campo religioso, ou o capitalismo globalizado no campo sócio-histórico -com a garantia de preservação da expressão cultural religiosa tradicionalista, já conhecida e aprovada no "coração das igrejas". O hibridismo é aqui compreendido como criação estéril, uma modernidade de superfície passível de tensões: "o vinho novo em odres velhos".

Palavras-chave: Estudos culturais. Hibridismo. Evangélicos. Sociologia da religião. Consumo. Mídia.

Downloads 2001  2001  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Verso, reverso, transverso : o PT e a democracia no Brasil Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
TADEU, Benedito Cesar

Resumo: Não informado

Palavras-chave: Partidos politicos - Brasil. Classes sociais - Brasil. Democracia. Socialismo.

Downloads 333  333  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=000099375
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Uma onda mundial de revoltas : movimentos estudantis nos anos 1960 Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
GROPPO, Luis Antonio

Os movimentos estudantis dos anos 1960, em destaque o ano de 1968, podem ser considerados uma "onda mundial de revoltas" analisados do ponto de vista de uma ampla e heterogênea frente de rebeliões, os movimentos apresentam o componente "juvenil" de seus membros como o principal denominador comum desta onda mundial. A onda mundial de revoltas foi ao mesmo tempo um movimento eclético possível pelas transformações advindas com o globalismo e uma reação contra o sentido predominante delineado por esta "civilização global". Rebelava-se certamente contra a ideologia dominante, da globalização, que ainda se esboçava. Os movimentos propunham uma miríade de outros valores, práticas, ideias e ideologias advindas das mais diversas fontes, de vários tempos e espaços (aglutinados no que considera-se aqui como terceiro mundismos, novas esquerdas e contraculturas). Conquistaram vitórias no campo dos comportamentos, principalmente, que foram somatizadas em certo sentido pelas instituições do capitalismo e do mercado. Mesmo "derrotada", a onda mundial deixou severas marcas na civilização que continuaria a se construir. Ela colaborou, em certo sentido, para uma "limpeza" de valores tradicionais que, no seio da nova civilização esboçada, emperravam o estilo de vida consumista, a lógica da razão instrumental e os controles das tecnocracias. Mas não se resumiu a isto. Procurara ir além do que o globalismo dominante propunha: qualidade em vez de quantidade, novos estados de consciência e de racionalidade em vez do racionalismo prático, experiências reais do alternativo em vez do contentamento com simulacros seguros, heterodoxias em vez da rígida bipolarização ideológica da Guerra Fria, liberdade ampla de comportamento e criação em vez da liberdade de consumo e da cultura de massa produzida pela grande mídia, etc. Ao mesmo tempo, porém, esta onda mundial continha em seu próprio seio flagrantes limites, dilemas e contradições que ajudaram a gestar a sua própria dispersão - limites que eram ao mesmo tempo a sua riqueza, como a heterogeneidade, o idealismo, o ativismo resoluto, a juvenilidade e a relação experimental para com a realidade.

Palavras-chave: Movimentos estudantis. Movimento da juventude. Globalização. Nova esquerda (Ciência política).

Downloads 312  312  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000210231
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Uma contribuição ao debate sobre partos cesáreos: estudo prospectivo no município de São Paulo Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
SOUZA, Marta Rovery de

O estudo longitudinal aqui apresentado partiu de uma amostra semi-intencional de trezentas e sessenta mulheres residentes no município de São Paulo, distribuídas segundo tipo de serviço (públicos e privados) e parturição, que foram entrevistadas em três momentos do seu ciclo gravídico puerperal sendo a primeira entrevista realizada até a vigésima segunda semana de gestação, a segunda no mês anterior a data provável do parto e a última depois do parto. As mulheres consideradas elegíveis para participar da pesquisa deveriam satisfazer os seguintes critérios: ter diagnóstico confirmado de gravidez; residir no município de São Paulo; pretender dar a luz em um hospital/maternidade deste mesmo município, ter idade entre 18 e 40 anos; ter idade gestacional de até quinto mês (inclusive) de gestação; ter tido no máximo duas consultas de pré-natal (serviço público) e até três consultas no serviço privado. No entanto, como era esperado em um estudo desta natureza, houve uma perda efetiva de 17,2% nas entrevistas, ficando ao final, a amostra constituída por duzentas e noventa e oito mulheres. Este trabalho teve com objetivo principal, identificar as variações no desejo sobre a preferência por um tipo de parto, manifestado pelas gestantes ao longo de dois momentos de seu ciclo gravídico, contrastando-o com o efetivo desenlace deste processo. Através de uma análise construída segundo as trajetórias individuais destas preferências, buscou-se compreender o papel desempenhado pelas variáveis socioeconômico-demográficas, o tipo de setor de atendimento a que esta mulher se vincula e o número de partos anteriores, no sentido de identificar características e especificidades que pudessem fazer supor a existência de trajetórias individuais predominantes nas preferências. Baseado nestas questões e nos relatos de mulheres pretendeu-se à luz do debate atual no Brasil sobre os índices e indicações para o parto cesáreo, apresentar o distanciamento ocorrido entre o desejo por um tipo de parto e a sua concretização.

Palavras-chave: Parto (Obstetrícia). Cesariana. Mulheres. Saúde. Ginecologia.

Downloads 306  306  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000222782
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Um laboratório chamado CSN : greves, privatização e sindicalismo de parceria (a trajetória do Sindic Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
GRACIOLLI, Edilson Jose

Resumo: Não informado

Palavras-chave: Sindicalismo - Brasil. Privatização. Movimento operário - Brasil. História.

Downloads 355  355  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=000179243
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Um ceticismo interessado : Ronald de Carvalho e sua obra dos anos 20 Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
BOTELHO, Andre Pereira

Resumo: o objetivo do trabalho é recuperar a identidade histórica e o sentido político das ideias de Ronald de Carvalho formuladas nos anos 20. Para tanto propõe, no plano metodológico, integrar trajetória intelectual, contexto intelectual e obra como dimensões analíticas associadas de uma sociologia das ideias. A hipótese é que as suas ideias formaram um programa intelectual relativamente sistemático e politicamente relevante para conotar negativamente a premissa iluminista da história como processo interdependente da razão e a conseqüente organização democrática e racional da sociedade a ela associada, princípios tão importantes para a cultura política liberal agonizante nos anos 20. É nesse sentido que se entende suas proposições da particularidade da formação da sociedade brasileira, da inadequação dos modelos estéticos, intelectuais, políticos e sociais entendidos como importados e da ideia de cultura como base da adequação das instituições à realidade nacional particular e, assim, de coesão moral da sociedade brasileira como nação. Ideias que, no contexto de crise da Primeira República, constituíram forças sociais relevantes para a formação da hegemonia de um Estado unitário, centralista e autoritário deflagrada com a Revolução de 30.

Palavras-chave: Intelectuais. Modernismo. Cultura política - Brasil.

Downloads 290  290  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/results.php?words=sociologia+DOUTORADO&page=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Três devotos, uma fé, nenhum milagre : um estudo da Revista Niterói, 1836 Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
PINASSI, Maria Orlanda

Resumo: Não informado

Palavras-chave: Romantismo. Civilização. Estado Nacional. Cristianismo e capitalismo.

Downloads 306  306  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=000113581
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Tragetórias tecnológicas e meio ambiente : a indústria de agroquímicos/transgenicos no Brasil Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
MARTINS, Paulo Roberto

A indústria da vida transforma de modo fundamental na década de 90 as atividades industriais capitalistas voltadas para o uso, compra, venda e controle do mercado de produtos bioindustriais relativos a alimentos, agricultura e saúde. As empresas transnacionais gigantes produzem sementes, pesticidas, processamento de alimentos, melhoramento de plantas, até produtos veterinários e fármacos. O elo da cadeia produtiva que analisamos é a indústria de pesticidas. Nesta, analisa-se as suas trajetórias tecnológicas da síntese química (agroquímicos) e da biotecnologia (transgênicos) e seus efeitos sobre a sociedade e meio ambiente. Caracteriza-se o processo de constituição da indústria da vida, através das fusões e aquisições, proporcionadas pelas empresas transnacionais gigantes que ao longo de 50 anos atuam no mercado de pesticidas. Demonstra-se como está consolidado o mercado mundial e brasileiro de pesticida. A tecnologia é o elemento central no desenvolvimento desse tipo de indústria. Traçamos um panorama da inovação tecnológica registrada na indústria mundial de agroquímico e de transgênicos. No Brasil, ao final de 1997, 27 firmas pertenciam ao segmento industrial produtor de agroquímicos, das quais 25 foram pesquisadas, com o objetivo de verificar questões relativas às trajetórias tecnológicas. Analisamos os impactos no meio ambiente e na saúde humana decorrentes dos produtos originários da trajetória tecnológica da síntese química e da biotecnologia na agricultura. Destacamos sinteticamente, que a trajetória da biotecnologia é o suporte que viabiliza a reprodução ampliada do capital investido, ao longo de 50 anos na trajetória da síntese química. O processo de competição entre as empresas continuará sendo por inovação de produtos, que terão sua origem na trajetória da biotecnologia. Mas estes, ao exigir a continuidade do uso dos pesticidas nas atividades produtivas agrícolas, irão assegurar o prolongamento da vida útil da trajetória da síntese química. Portanto, não se vislumbra a implementação de uma agricultura sustentável, sem a utilização de pesticida, embora a trajetória tecnológica predominante seja a da biotecnologia.

Palavras-chave: Tecnologia. Meio ambiente. Pesticidas. Biotecnologia. Animais transgênicos. Plantas transgênicas.

Downloads 323  323  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000330588
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Trabalho, qualificação e ação sindical no Brasil no limiar do século XXI : disputa de hegemonia ou c Popular Versão: 
Atualização:  20/8/2013
Descrição:
SOUZA, José dos Santos

No limiar do séculoXXI, a propagação de uma nova cultura do trabalho e da produção, articulada à redefinição da relação entre o Estado e a sociedade civil, trouxe consigo o surgimento de novas demandas de formação de competências sociais e profissionais na classe trabalhadora. No caso brasileiro, para atendertais demandas, o empresariado e o Estado buscaram a adesão da classe trabalhadora ao seu projeto de universalização da educação básica e de ampliação das oportunidades de educação profissional. Para este fim, implementaram uma nova institucionalidade para a formação/qualificação profissional capaz de acionar o consentimento ativo dos trabalhadores por meio da gestão tripartite e paritária dos fundos públicos. Desse modo, a política de formação/qualificação profissional constitui-se não apenas em campo estratégico para o aumento da produtividade e competitividade das empresas, mas também em campo de disputa de hegemonia. Diante desta problemática, esta tese analisa ação da CUT, da Força Sindical,da CGTe da SDS no campo da política de formação/qualificação profissional como objetivo de verificar se ocorre uma ação consciente de disputa de hegemonia ou uma espécie de consentimento ativo diante da reforma da política de formação/qualificação profissional. Os dados foram coletados a partir de fontes bibliográficas primárias, tais como: resoluções de congressos e plenárias nacionais; documentos sobre reestruturação produtiva e educação; panfletose revistas.Outros dados foram coletados por meio de revisão de literatura sobre sindicalismo brasileiroe por meio de entrevistas.Verificou-se que, de maneiras distintas, as centrais sindicais apontam a formação/qualificação profissional como fator de aumento da produtividade e da competitividade das empresas condição indispensável para inserção do país no mercado globalizado. Além disto, entendem que o sucesso na concorrência dessas empresas no mercado internacional seria a alternativa para o desemprego. Esta característica configura relativa confluência de interesses entre as centrais sindicais,o empresariado e o governo. Apesar do esforço da CUT em formular um projeto de formação/qualificação profissional alternativo àquele do empresariado, esta não se furta à participação ativa na política governamental, sob a justificativa de disputa de hegemonia. Carente de um projeto genuinamente anticapitalista esse esforço da CUT viu-se permeado de contradições e cada vez mais distante do projeto de rompimento definitivo com a dualidade entre formação parao trabalho e formação para a vida social, rumo à formação omnilateral, de caráter politécnico,de natureza científica e tecnológica. A Força Sindical busca conformar a classe trabalhadora às novas exigências de formação/qualificação social e profissional. A. CGTe a SDS, praticamente oscilam entre as formulações da CUTe da Força Sindical, respectivamente. Concluiu-se que o principal limite destas centrais para formular um projeto alternativo para a formação/qualificação do trabalhador consiste no imediatismo de seus planos de ação para enfrentar o desemprego e no pragmatismo de suas formulações. Conformadas no projeto empresarial de interdependência entre educação básica e educação profissional até mesmo a CUT, central mais crítica, mantém-se nos limites do projeto liberal-democrata para a formação do trabalhador naatualidade. As demais centrais pesquisadas seja por opção política ou por ausência de propostas,também se conformam nos limites do projeto educativo liberal democrata. Esta conformação, combinada com a participação ativa destas centrais nos fóruns gestores da política de formação/qualificação profissional instituídas pelo Governo,configuram o consentimento ativo do sindicalismo brasileiro às ações do empresariado e do governo no campo da política de formação/qualificação profissional. (Financiamento CNPq).

Palavras-chave: Trabalho. Sindicalismo - Brasil. Educação - Aspectos políticos. Ensino profissional - Aspectos políticos. Qualificações profissionais. Politicas públicas - Brasil.

Downloads 309  309  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000373910
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 »