Educadores

Ínicio : Química : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (3)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!História da disciplina escolar Química: o caso de uma instituição de ensino secundário de Santa Cata Popular Versão: 
Atualização:  31/1/2012
Descrição:
AIRES, Joanez Aparecida

Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre a disciplina escolar Química; o objetivo é compreender como foi construída esta disciplina no ensino secundário de Santa Catarina.

Palavras-chave: Disciplina escolar Química. Contextualização no ensino de Química. Ensino secundário. Currículo.

Downloads 4559  4559  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!A problematização das atividades experimentais no desenvolvimento profissional e na docência dos for Popular Versão: 2009
Atualização:  11/5/2012
Descrição:
GONÇALVES, Fábio Peres

Este trabalho busca contribuir na sinalização de possibilidades metodológicas para abordar a experimentação como conteúdo nos processos de desenvolvimento profissional dos formadores e de formação inicial de professores de Ciências Naturais, especialmente de Química. Para tanto, investigou-se como tais processos podem colaborar na aprendizagem sobre as atividades experimentais no ensino de Ciências. Foram analisados 102 artigos, publicados em um periódico nacional, com propostas de experimentos a serem realizados, sobretudo, na educação superior em Química. Também foram realizadas entrevistas semiestruturadas com professores de componentes curriculares de conteúdo específico — autores de sugestões de atividades experimentais analisadas — e de componentes curriculares integradoras. A análise das informações qualitativas foi orientada pelos procedimentos da “análise textual discursiva”. A principal perspectiva teórica para a interpretação dessas informações foi o referencial freireano de educação. Aponta-se que a “consciência real (efetiva)” dos professores dos componentes curriculares de Química é constituída por visões, como aquelas que explicitam uma crença na experimentação como promotora incondicional da motivação e da aprendizagem conceitual. De outra parte, uma “consciência máxima possível” acerca dos experimentos seria constituída por compreensões que valorizam, por exemplo, o diálogo, a “problematização” e o “erro” dos estudantes para enriquecer seus conhecimentos, bem como o cuidado com aspectos “ambientais”, como o tratamento dos resíduos gerados nas atividades experimentais. Foram indicados, igualmente, modos de favorecer a “circulação inter e intracoletiva” do conhecimento sobre experimentação no ensino de Ciências, tanto no desenvolvimento profissional dos formadores quanto na formação inicial de professores, inclusive com a identificação de “situações-limite” nesses processos, como a pesquisa em detrimento da docência, as aprendizagens pouco fundamentadas nos conhecimentos oriundos da pesquisa em ensino de Ciências e o texto de experimentação disseminado. Na continuidade, foram assinalados conteúdos relativos à experimentação no ensino de Química importantes de serem abordados, a exemplo da história e epistemologia contemporânea da Ciência. São anunciadas ainda semelhanças e diferenças entre os discursos dos docentes das componentes curriculares de conteúdo específico e daqueles das componentes curriculares integradoras — pesquisadores em ensino de Química — e, de certo modo, vislumbra-se quase paradoxalmente um determinado nível de interação entre os profissionais, de maneira que os primeiros parecem se apoiar de alguma forma no conhecimento produzido pela comunidade de pesquisadores em ensino de Química no que concerne às atividades experimentais. Todavia, isso não evita a presença de “contradições” relativas à experimentação identificadas no discurso dos docentes de Química da educação superior, a saber: a ideia da experimentação como origem do conhecimento e da experimentação como modo de comprovar um conhecimento previamente estabelecido. Com base no exposto, indicam-se possibilidades para promover o movimento da consciência real (efetiva) à consciência máxima possível, dos formadores e dos professores de Ciências Naturais em formação inicial, em torno da experimentação — na qualidade de conteúdo formativo.

Palavras-chave: Experimentação. Desenvolvimento profissional dos formadores de professores de Química. Docência na educação superior.

Downloads 1860  1860  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGECT-UFSC  Site http://www.ppgect.ufsc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Ensino de química em escolas do campo com proposta agroecológica Popular Versão: 2010
Atualização:  18/4/2012
Descrição:
LINDEMANN, Renata Hernandez

A adoção da Agroecologia como forma produtiva aponta para a necessidade da construção e difusão de novos conhecimentos e para a formação dos sujeitos do campo que compreendam as exigências dela derivadas, entre as quais, uma nova relação entre o homem e a natureza, na busca da sustentabilidade socioambiental e econômica dos estabelecimentos rurais. Neste sentido, a Educação do Campo passa a assumir um papel de destaque na adoção dessa perspectiva, e seus processos educativos serão estratégicos na difusão e consolidação de um novo modelo de desenvolvimento territorial. A incipiência de reflexões e propostas por parte da área do Ensino de Química e a ausência de experiências e discussões acerca desse assunto por parte da área da Educação do Campo, tornam ainda mais relevantes as pesquisas que visam instrumentalizar o ensino para o contexto do campo comprometido com a perspectiva agroecológica. Esta pesquisa busca discutir o ensino da química no Curso Técnico de nível Médio em Agropecuária - Habilitação em Agroecologia, situado no município de Fraiburgo/SC. Analisa aspectos relacionados à química e à agricultura e à química e ao meio ambiente; as diferentes questões ligadas ao contexto agrícola, como a escola do campo, o ensino técnico e sua relação com o ensino de química; a formação de professores para atuação nesse contexto particular, tomando como referencial a perspectiva freireana de educação. Como um estudo de caso, o processo investigativo foi conduzido através: da análise documental; das visitas a campo; de entrevistas semi-estruturadas com agricultores da reforma agrária e com responsáveis pela implementação do curso técnico; da aplicação de questionários a estudantes do referido curso; de registros em áudio de reuniões de planejamento e avaliação das atividades do referido curso. Dentre os principais resultados, destacam-se: uma compreensão considerada integrada acerca da Agroecologia expressa nos documentos oficiais e pelos organizadores do curso; a existência de distintas compreensões por parte dos agricultores sobre suas práticas agrícolas, sinalizando para situações significativas, como: a produção de carvão vegetal, a produção de fumo e o uso (intensivo) de agrotóxicos. Estas, na forma como são conduzidas, têm provocado o abandono de certas práticas por uma pequena parcela dos agricultores, devido aos problemas de saúde na família que tais atividades e hábitos ocasionam. Essas situações significativas auxiliaram na configuração do Tema Gerador ―Agricultura: fonte de vida e renda, o qual estrutura uma proposta, na forma de Ensaio, que visa contribuir na consolidação de um ensino de química comprometido com o contexto do campo e com a formação técnica na perspectiva agroecológica.

Palavras-chave: Ensino de Química. Agroecologia. Educação do Campo. Abordagem Temática freireana.

Downloads 15076  15076  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGECT-UFSC  Site http://www.ppgect.ufsc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Os professores de Química, Física e Biologia da Região Oeste do Paraná: formação e atuação Popular Versão: 2007
Atualização:  16/5/2012
Descrição:
MALACARNE, Vilmar

O presente trabalho busca compreender qual foi o processo formativo dos professores que hoje atuam no ensino médio nas disciplinas de Química, Física e Biologia a partir da realidade presente na região de cobertura do Núcleo Regional de Educação da cidade de Cascavel PR. Apresenta, também, qual a realidade de atuação destes professores e como compreendem alguns aspectos básicos da construção do conhecimento científico. O texto apresenta uma discussão teórica a respeito da formação de professores assim como a respeito da expansão do ensino superior no Brasil. Teve, na sua pesquisa de campo, dois momentos distintos: uma aplicação de questionário a todos os professores das disciplinas discutidas, em todas as escolas sob a supervisão do Núcleo de Educação citado e, num segundo momento, uma entrevistas com um professor de cada um dos 18 município que compreendem a região. Os resultados encontrados apresentam uma realidade de sérios problemas de formação destes professores assim como um complexo quadro de atuação, não condizente, em muitos casos, com a formação inicial recebida. Tais situações apontam para a necessidade de que novas perspectivas sejam adotadas nos cursos de formação de professores das áreas abordadas pela pesquisa; que urgentes encaminhamentos sejam dados para suprir as deficiências de formação daqueles que hoje atuam em sala de aula na região nestas disciplinas, e que se busque adequar a atuação dos professores em conformidade com a sua área de formação ou enquanto a realidade dos professores que atuam em áreas distintas daquela de sua formação se mantiver, sejam implementados cursos de capacitação para os mesmos.

Palavras-chave: Formação de professores. Ensino de Ciências. Ensino médio.

Downloads 2636  2636  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP - Faculdade de Educação  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!O Conhecimento Dialogicamente Situado: histórias de vida, valores humanistas e consciência crítica  Popular Versão: 2006
Atualização:  16/5/2012
Descrição:
CABRAL, Carla Giovana

A humanidade assistiu, no século XX, a um maior ingresso das mulheres em carreiras como a Física, a Matemática, a Química, a Biologia, a Medicina, a Engenharia e, num período mais recente, as Ciências da Computação. Esse ingresso, que coincide com a permissão legal em muitas sociedades para que estudassem em escolas de nível superior, poderia ter representado uma merecida valorização das ideias e do trabalho femininos, menosprezados durante oito mil anos de história da civilização. Em carreiras como a Engenharia e as Ciências da Computação, o processo de feminização – ou seja, do aumento do número de mulheres – ainda encontra diversos tipos de barreiras, resistindo a uma igualdade/ equidade de gênero. Na Medicina e na Biologia, por exemplo, a feminização não representou apenas um aumento em número, mas significou um ganho de espaço e status. Por que isso não aconteceu (ainda) na área tecnológica? Engenharia e computação pertencem à área de conhecimento mais masculina no Brasil. Somente cerca de 25% dos pesquisadores são mulheres. No Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina – onde realizei esta pesquisa de doutorado – a média de professoras-pesquisadoras não passa de 12%. Ao investigar as histórias de vida de um grupo de professoras desse centro, deparei-me com discriminações, notadamente tácitas, e microdesigualdades, o que as impele a estratégias como a de “ser e fazer mais” como forma de sobrevivência na área. Nessa análise histórico-social, enlaço os relatos das primeiras professora e aluna do CTC. O que mudou da década de 60 para cá? As percepções de ciência e de tecnologia e a incorporação de valores humanistas também foram analisadas. São dados que constroem a leitura da presença (ou não) de uma consciência crítica na área e a discussão da tese que desenvolvo na minha pesquisa de doutorado – a do conhecimento dialogicamente situado. Quando subjetividade e objetividade pertencem à esfera de uma relação dialógica, os níveis de consciência em que isso ocorre são os de uma construção crítica. As relações entre a ciência, a tecnologia e a sociedade não se esfalfam numa ação determinista, mas estão presentes em ações de transformação social para uma história mais justa e igual para a humanidade. Qual o papel dos valores humanistas nesse processo? Primeiramente, é preciso que o valor seja reconhecido como um catalisador de ações de transformação coletiva, transcendendo a esfera pessoal em que tem origem, tornando-se objeto de uma práxis. O caminho de incorporação desse valor dependerá do contexto e do nível de consciência do sujeito, assim como de sua história, das relações de poder em que esteja imbricado. No conhecimento dialogicamente situado é forte a componente educacional, a da formação de uma cultura científica e tecnológica crítica que não seja privilégio apenas do cientista, mas se esprai na sociedade. O conhecimento dialogicamente situado não é universal. Ideológico, é um saber que se pretende agente de transformação social tem referente de partida, de leitura, nas relações desiguais de poder entre homens e mulheres, que é o caso desta pesquisa, e entre homens e mulheres de diferentes origens e classes sociais.

Palavras-chave: CTS e gênero. Epistemologia feminista. Mulheres na engenharia. Educação tecnológica.

Downloads 1061  1061  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC - PPGECT  Site http://www.ppgect.ufsc.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Problemas pedagógicos no (im)passe de discursos sobre a produção do conhecimento científico Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2012
Descrição:
SILVA, Ilton Benoni da

O objetivo principal da tese é produzir uma reflexão sobre discursos atinentes à problemática da produção do conhecimento científico, visando salientar a centralidade desta temática nas reflexões e abordagens do campo pedagógico. Trata-se de uma pesquisa de cunho teórico, que produz uma análise dos discursos de Bachelard e de Kuhn, no intuito de identificar consequências pedagógicas deles decorrentes. Estes autores lançam uma certa “indisciplina” na epistemologia convencional de tipo cartesiano e neopositivista. Seus posicionamentos, no entanto, apesar de terem perseguido intentos semelhantes, apresentam conclusões díspares sobre temas que remetem a consequências alternativas no campo pedagógico. A análise culmina com um balanço razoavelmente favorável aos posicionamentos de Bachelard em relação àqueles oferecidos por Kuhn. Os discursos de ambos respaldam a posição de que a produção do conhecimento é uma questão central para se pensar os problemas pedagógicos da formação escolar. No entanto, verificando suas teses, sobre o desenvolvimento do pensamento científico, percebe-se que, Bachelard, diferentemente de Kuhn, não deixa margem às abordagens subjetivistas, ceticistas e relativistas, que têm sido crescentemente adotadas por teóricos do campo da educação. Essas abordagens, mesmo que tenham sido exponencialmente ampliadas por outros pensadores (Rorty, por exemplo), já se encontram em germe e evidências no pensamento de Kuhn.

Palavras-chave: Pedagogia. Ciência. Discursos. Crítica. Produção do conhecimento.

Downloads 3581  3581  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE-UFSC  Site http://www.ppgeufsc.com.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!A área de ensino de Ciências no Brasil: fatores que determinaram sua constituição e suas característ Popular Versão: 2005
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
NARDI, Roberto

Com a finalidade de contribuir para a compreensão das origens da área de ensino de Ciências no Brasil, foi realizado inicialmente um levantamento em documentos produzidos por pesquisadores da área nas últimas décadas. O referido levantamento sugeriu que os grupos de pesquisa na área têm trabalhado numa pluralidade de temáticas, enfoques e referenciais teórico-metodológicos, explicitando, de diferentes maneiras, convergências e divergências.
Assim, numa etapa subseqüente, visando avançar na compreensão dessas convergências e divergências, entrevistei pesquisadores selecionados entre aqueles que, segundo seus pares, contribuíram para a origem da área. As questões norteadoras para essa busca foram as seguintes: A que se deve a pesquisa em ensino de Ciências no Brasil? Quais são suas características?
Tendo em vista a constituição de referenciais teórico-metodológica para a pesquisa, foram selecionados aportes que, além de permitir a elaboração de um dispositivo analítico, contribuíram para a própria definição dos procedimentos que antecederam as entrevistas com os pesquisadores selecionados. Esses aportes, pautados na análise de discurso de linha francesa, cuja origem se deve aos trabalhos de Michel Pêcheux, apoiou-se principalmente em noções desenvolvidas no Brasil por Eni Orlandi.
Efeitos de sentidos presentes nas falas dos entrevistados confirmam os indícios contidos em documentos já produzidos, mostrando uma pluralidade de posições em relação à formação e às características da área, as quais refletem as diferentes origens acadêmicas e trajetórias profissionais dos pesquisadores entrevistados, as posições de onde falam – institucionais ou geográficas – ou, ainda, sua maior ou menor proximidade com a pesquisa na área. Essa pluralidade de posições leva à hipótese de que, embora haja clareza, entre os pesquisadores, de que existe uma área de ensino de Ciências já consolidada no país, e de que essa área apresenta determinados contornos, a comunidade de pesquisadores que a constitui é plural, as atuações de pesquisadores e grupos de pesquisa são diversas, mostrando que não existe um único “paradigma” explícito que defina a área.

Palavras-Chave: Área de Ensino de Ciências. Memórias de pesquisadores no Brasil. Análise de Discurso. Paradigma. Comunidade Científica.

Downloads 1647  1647  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp-Bauru  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Relações entre Saneamento-Química-Meio Ambiente na Educação Profissional e Tecnológica numa Perspect Popular Versão: 2013
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
LEAL, Adriana Lopes

O ensino de Química em cursos Técnicos em Saneamento Ambiental/Controle Ambiental, orientado pelos pressupostos freireanos de educação e pelo enfoque CTS, pode se configurar como uma proposta que contribua para uma melhor compreensão e enfrentamento das questões sanitárias e ambientais a eles inerentes. Com esta tese, objetivamos discutir os limites e as possibilidades de conhecimentos e práticas disseminados por professores de Química, nos processos formativos dos Técnicos, referentes às compreensões de educação profissional, meio ambiente, saneamento e ensino de Química, com vistas à adoção de uma perspectiva de formação Crítico-Transformadora. O percurso metodológico de nossa pesquisa compreendeu desde uma investigação panorâmica de produções científicas da Química, relativas ao tema saneamento, seguida de uma análise de documentos oficiais e institucionais dos cursos investigados e, por fim, entrevistas Semiestruturadas com nove professores de Química de cursos TSA/CA de seis Institutos Federais, a saber: IFAC; IFPA; IFRN; IFSC; IFSudesteMG e IFTO. As informações qualitativas obtidas foram analisadas utilizando-se os procedimentos da Análise Textual Discursiva, recorrendo-se, principalmente, à concepção de educação transformadora de Paulo Freire e aos pressupostos epistemológicos de Ludwik Fleck, particularmente, à circulação intra e intercoletiva de ideias e práticas. Algumas situaçõeslimites à formação critico-transformadora foram identificadas, entre elas, a crença na neutralidade e objetividade conferida aos conhecimentos científicos e tecnológicos; o entendimento da Química focado na remediação dos problemas sanitários e ambientais (à semelhança do entendimento de saneamento como medidas técnico-instrumentais, que reforçam ações voltadas apenas ao saneamento básico); de uma visão naturalista, antropocêntrica e racional de meio ambiente e das perspectivas higienista-preventivistas e conservacionista dos problemas sanitários e ambientais. Apontamos para a existência de certas sintonias entre os coletivos de pesquisadores da Química e os professores de Química da EPT pesquisados, particularmente no que se refere a estudos voltados à Química do ambiente e à remediação dos problemas sanitários e ambientais. Por outro lado e em menor número, entre os professores também foram identificadas compreensões de EPT, saneamento, meio ambiente e ensino de Química que perecem superar a perspectiva técnico-instrumental de formação, mostrando que nos cursos TSA/CA se pode avançar em direção a uma abordagem de temas mais significativos, a partir de um enfoque CTS, da educação dialógico-problematizadora e da perspectiva da prevenção defendida pela Química Verde. Para tanto, apontamos para a necessidade de se promover processos inter-IFS de formação continuada e/ou em serviço desses professores, particularmente os de Química, cujo eixo pedagógico-epistemológico seja explorar as complicações dos diferentes estilos de pensar a formação técnica em saneamento e controle ambiental, problematizando as visões reducionistas, acríticas e orientadas pela perspectiva técnico-instrumental, visando à construção do inédito-viável: a perspectiva críticotransformadora.

Palavras-chave: Ensino Técnico. Enfoque CTS. Educação dialógica-problematizadora. Epistemologia Fleckiana. Ensino de Química; Química Verde.

Downloads 803  803  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGECT - UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Processos Formativos na Direção da Educação Transformadora: temas-dobradiça como contribuição para  Popular Versão: 2010
Atualização:  15/8/2013
Descrição:
COELHO, Juliana Cardoso

Este trabalho discute a importância de processos formativos de educadores para que haja modificações na prática pedagógica na direção de uma educação transformadora. Para tanto, investigou-se o processo de construção curricular na administração popular de Criciúma-SC, objetivando analisar e discutir a compreensão de professores participantes a respeito do contexto da mineração do carvão e de sua utilização pedagógica no processo de construção curricular, especialmente porque a cidade ainda carrega as marcas de tal atividade econômica. O instrumento de pesquisa foi organizado e utilizado em dois momentos: inicialmente, através de entrevistas com dezenove professores, buscou-se identificar a origem do movimento, sua motivação e idealização, bem como as práticas pedagógicas em termos das situações significativas relacionadas ou não a esse particular contexto. Em um segundo momento, algumas situações significativas, expressas através de imagens/gravuras, foram utilizadas para expor o contexto da mineração aos professores, demarcando o processo pedagógico à semelhança do tema-dobradiça proposto por Freire. Da análise dos resultados foi possível concluir a existência de “vozes do silêncio” em relação à mineração do carvão naquela região, considerando que esse assunto não surgiu como tema gerador. Quanto às práticas pedagógicas do grupo de professores investigados, houve a predominância de práticas alternativas em relação às tradicionais, caracterizadas na etapa da pesquisa, frente ao contexto apresentado, através das situações significativas. Os professores conferiram relevância ao contexto e realizaram uma leitura ampla em relação à realidade da mineração. Os resultados da pesquisa indicam, ainda, que o processo formativo pelo qual os professores passaram possibilitou-lhes uma leitura ampla de contextos e práticas em direção ao toque pedagógico sobre a realidade numa perspectiva transformadora, ainda que o tema carvão não tenha aparecido diretamente no currículo. Esta pesquisa fundamenta-se nos resultados obtidos em estudos e exercício de temas-dobradiça em cursos de formação (inicial e continuada) de professores, visando contribuir com abordagens temáticas na perspectiva transformadora.

Palavras-chave: Currículo. Formação de professores. Tema-dobradiça. Educação em ciências. Abordagem temática freiriana.

Downloads 654  654  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC-PPGECT  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!A Construção do Currículo na Perspectiva Popular Crítica das Falas Significativas às Práticas Con Popular Versão: 2004
Atualização:  9/8/2013
Descrição:
SILVA, Antônio Fernando Gouvêa da

Partindo de experiência docente em escolas públicas municipais e estaduais, do trabalho como assessor pedagógico na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (gestão 1989 – 1992) e, posteriormente, em diferentes gestões de administrações opulares no Brasil, procuro caracterizar momentos organizacionais para movimentos de reorientação curricular. A proposta político-pedagógica analisada é o Projeto Interdisciplinar via Tema Gerador, compreendido como um processo de formação permanente e coletiva dos educadores, envolvendo toda a comunidade escolar, na perspectiva de buscar a superação da dicotomia entre teoria e prática a partir dos conflitos e contradições vivenciados no contexto da escola pública. A participação contextualizada dos sujeitos na construção de suas práticas pedagógicas é uma exigência política, epistemológica e sociocultural para a qualificação do fazer educativo nos diferentes momentos do processo de construção curricular: desde a caracterização das dificuldades enfrentadas no cotidiano da escola convencional até o momento de preparação de atividades pedagógicas para sala de aula, sendo estas organizadas a partir da seleção de falas significativas da comunidade, temas geradores sistematizados em redes de relações – que procuram, dialeticamente, articular diferentes dimensões da realidade sociocultural – e por recortes pertinentes do conhecimento universal sistematizado, realizados pelos educadores das diferentes áreas do conhecimento. Portanto, a perspectiva que deve orientar esse processo de construção curricular fundamenta-se em referenciais éticos, políticos, epistemológicos e pedagógicos, na Teoria Crítica e na práxis da Educação Popular e Libertadora, em que o compromisso emancipatório orienta o fazer dialógico na construção de um currículo popular crítico. Por fim, são discutidas as relações entre esses movimentos e as políticas educacionais curriculares que os desencadearam no intuito de caracterizar avanços e dificuldades observados nas práticas analisadas e as condições necessárias para que sua implementação se dê de forma coerente, contribuindo efetivamente para a construção de uma comunidade escolar autônoma, comprometida com a transformação da realidade sociocultural em que está inserida.

Downloads 672  672  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCSP-PPGE  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2)