Educadores

Ínicio : Geografia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Competitividade regional e globalização Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
GIORDANO, Samuel Ribeiro

Esta tese discute as duas novas regiões brasileiras de fronteira agrícola, Balsas no Maranhão e Barreiras na Bahia, onde se produz soja. A discussão se dá em torno da cultura da soja, agindo como vetor da formação socioespacial de novas regiões de produção agrícola. As particularidades desta tese e o novo, estão no fato que a formação dessas duas regiões ocorre no período técnico-científico e informacional, inserindo-as no processo de globalização de forma competitiva. As duas regiões são competitivas, do ponto de vista da produção agrícola, pois tem tido a possibilidade de manter e aumentar sua produção de soja, tanto domesticamente quanto internacionalmente, melhorando cada vez mais sua performance técnica e econômica. Essas hipóteses são provadas, além de se propor um sistema de comparação de competitividade inter-regional, baseado em critérios definidos, que possibilta graduar qual região é mais competitiva que a outra.

Palavras-chave: Balsas. Barreiras. Competitividade. Competividade regional. Fronteiras agrícolas brasileiras. Geografia humana. Globalização. Mercado internacional. Mundialização. Soja.

Downloads 778  778  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Sistemas regionais de inovação em tecnologias ambientais: um estudo de caso sobre o Paraná Popular Versão: 
Atualização:  16/5/2013
Descrição:
PRATES, Thierry Molnar

O estudo tem como meta captar as principais características de cada setor em relação ao uso, produção e difusão de tecnologias ambientais, dando atenção especial à indústria, principalmente àquelas que possuem maior potencial de poluição, por serem alvo principal da regulação e, portanto, com maior chance de geração de inovações ambientais, e àquelas que estão inseridas em clusters, entendendo que destas firmas advenha um maior potencial de cooperação e inovação em todas as áreas. É importante neste ponto ressaltar que um SRI especializado em tecnologias ambientais, apesar de possuir características semelhantes aos demais sistemas regionais de inovação, abriga algumas um conjunto de particularidades que apenas influenciam esse tipo de tecnologia. A adoção essas tecnologias é guiada por incentivos parcialmente diferentes daqueles usualmente estudados em tecnologias utilizadas nos processos produtivos com o objetivo de aumento da podutividade. Por esse motivo a abordagem teórica deve ser ultidisciplinar. A verificação da realidade no que tange a estas questões não e simples. Os métodos de investigação serão variados, no intuito de captar o maior número de informações qualitativas e quantitativas capazes de explicar a situação da região. Esta tese de doutoramento tem como objetivo principal descobrir se está emergindo um Sistema Regional de Inovação relacionado às tecnologias ambientais no estado do Paraná. Através da comparação das principais características de alguns Sistemas Regionais de Inovação Ambientais internacionais importantes, seu surgimento e trajetória ao longo do tempo assim como a trajetória das relações de poder e auxílio mútuo entre os principais atores, será possível fazer inferências a respeito da estrutura atual do estado e decorrentes proposições de política industrial.

Downloads 4208  4208  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Uso do geoprocessamento como apoio na gestão do município: Petrópolis, um estudo de caso. Popular Versão: 
Atualização:  16/5/2013
Descrição:
FILHO, Lauro Luiz Francisco

O uso de tecnologias baseadas no geoprocessamento tem se mostrado um elemento valioso na gestão de problemas que envolvam o território, na esfera governamental ou não. Este trabalho tem como objetivo estabelecer uma metodologia que permita o uso dessa tecnologia pelos municípios, partindo de soluções que promovam uma mudança no processo cultural de gestão do espaço municipal. A intenção não é propor um sistema fechado e definitivo, mas procedimentos que visam à absorção gradual do geoprocessamento através do uso de um conjunto de técnicas na análise de situações problemáticas, vividas pelos municípios em suas várias escalas, gerando soluções imediatas como forma de persuasão e familiarização do administrador, do corpo administrativo e técnico do município, no uso dessa tecnologia. Na proposição do trabalho foi usado como exemplo o município de Petrópolis, observando-se suas características físicas, sociais e econômicas. Foi selecionada uma área representativa do município como piloto para as aplicações em pequena escala, e todo o município como proposta geral. O trabalho propõe uma metodologia de abordagem em captação, processamento e geração de dados que possam ser usados como apoio à gestão do município, dividindo as ações na avaliação de três situações problemáticas, em escalas que vão do detalhe urbano ao território como um todo. Cada situação é detalhada na sua proposta e comentada nos seus resultados. Finalmente, há uma avaliação dos resultados obtidos e uma série de sugestões para que haja prosseguimento do trabalho num nível mais elevado.

Downloads 526  526  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufrj.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Unidades de paisagem: problemas ambientais nos municipios deSão José dos Pinhais, Mandirituba e T Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
BERTOTTI, Luiz Gilberto

Esta tese teve como proposta investigar, por meio da análise de unidades de paisagem, a unidade geográfica de trabalho para estudos e trabalhos relativos ao meio ambiente na interface natureza-sociedade. A proposta resulta de um processo construtivo advindo do transcorrer do Programa de Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento da UFPR, através do cumprimento dos módulos de natureza progressiva em que se inserem seminários, disciplinas e oficinas marcadas por discussões interdisciplinares e que culmina na definição das problemáticas individuais de pesquisa. O objetivo proposto foi efetuar a análise integrada entre os principais elementos constituintes das unidades de paisagem dos municípios de São José dos Pinhais, Mandirituba e Tijucas do Sul, localizados na porção sul/sudeste da Região Metropolitana de Curitiba, apontando os problemas ambientais como subsídio para o processo de gestão ambiental. Buscou-se em Bertrand (1972) e Monteiro (2001) entre outros, a análise físico-espacial da paisagem por meio da compartimentação desta em unidades de paisagem (geossistema, unidades morfofuncionais ou ainda unidades homogêneas), bem como o referencial teórico básico dos conceitos e métodos utilizados na interpretação e definição das referidas unidades. Como resultado de trabalho salienta-se que a unidade de paisagem revelou-se, pela sua escala de abrangência e pela necessidade do diálogo interdisciplinar, uma unidade de trabalho viável a ser aplicada por órgãos e instâncias de âmbito estadual e de regiões metropolitanas, pois pode contribuir no processo de gestão ambiental, na mediação de conflitos e no equacionamento de problemas já existentes. Cabe mencionar que, apesar das limitações do modelo, as vantagens do seu uso quando aplicado à gestão territorial são inúmeras. Significa, portanto, um passo importante, na solução dessa problemática, que se caracteriza pelas interações complexas entre os sistemas naturais e sistemas sociais.

Palavras-chave: Unidades de paisagem. Gestão ambiental. Geossistemas. Sistemas naturais. Problemas socioambientais. Unidades político-administrativas.

Downloads 1567  1567  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Cultura política e decisão eleitoral no oeste do Paraná  Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
AMORIM, Maria Salete Souza de

Na área da Ciência Política, estudos sobre o comportamento político e eleitoral, sob diferentes perspectivas analíticas, permitem verificar um conjunto de variáveis e indicadores que elucidam aspectos da cultura política e do processo de construção democrática. O objetivo da presente tese é compreender a lógica do comportamento político de Toledo, PR, a partir da identificação das percepções, motivações e atitudes dos cidadãos em relação à política e às instituições democráticas. Os dados examinados, oriundos de pesquisas realizadas na região, evidenciam um cenário de ceticismo e de decepção frente à atuação dos políticos e do desempenho socioeconômico do regime democrático. Observou-se uma tendência do voto personalista em detrimento do voto programático/partidário, especialmente entre eleitores que expressaram baixos níveis de interesse por política, de confiança institucional e de participação política. O argumento é de que a personalização do poder e práticas como o clientelismo, o nepotismo e a corrupção estão enraizados na cultura política brasileira, apesar dos avanços na institucionalização de procedimentos poliárquicos.

Palavras-Chave: Democracia. Cultura política. Decisão eleitoral. Comportamento político. personalismo. Clientelismo.


Downloads 513  513  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufrs.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Geografia e ensino no Brasil e em Cuba: um estudo histórico-geográfico comparado Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Cesar Alvarez Campos de

O objeto de estudo desta tese é o desenvolvimento da Geografia como matéria escolar no Brasil e em Cuba, desde seu surgimento até os dias atuais. O objetivo principal é a ampliação do debate e da reflexão sobre as funções e sobre a utilidade da Geografia escolar atual, assim como sobre nossas práticas como professores da disciplina. Para atingir tal objetivo, analisamos, dentro de um enfoque comparativo, os percursos da Geografia nos dois países em questão, dando prioridade aos aspectos relacionados à história do pensamento geográfico, assim como à sua institucionalização, aos fatores que a influenciaram, às transformações sofridas ao longo do tempo, aos seus objetivos principais e à sua configuração nos diferentes períodos históricos abarcados pelo estudo. Nesse sentido, abordamos de forma particularizada os principais elementos que identificamos como responsáveis pela constituição da estrutura conceitual da disciplina, atrelando-os aos contextos espaciais e históricos específicos e aos processos singulares de formação territorial de cada país. Para tanto, desenvolvemos estudos relacionados aos fatores internos e externos à disciplina, articulando-os aos processos de construção e afirmação da Geografia escolar. A abordagem comparativa permite a ampliação da visão sobre temas pertinentes à Geografia como ciência e como disciplina escolar, especialmente aqueles relacionados aos seus objetivos, à seleção e organização dos conteúdos, à metodologia e à formação docente. Nessa perspectiva, apresentamos, também, os principais aspectos relacionados à organização dos sistemas de ensino nacionais dos dois países, assim como a inserção da Geografia nessa estrutura maior. A partir dessa base, nos debruçamos sobre a análise de temas que consideramos fundamentais para repensarmos o futuro da Geografia escolar, como a construção da identidade nacional e a doutrinação patriótica, os livros didáticos, os programas oficiais da disciplina e a formação de professores. Como resultado final, considerando-se que os sistemas de ensino, a escola e o próprio currículo são construções sociais e, por isso, sujeitos a constantes transformações, esperamos ter contribuído para um tipo de reflexão que possa ser útil para repensarmos os rumos da Geografia escolar de cada um dos países.

Palavras-chave: Ensino de Geografia. Estudo comparado. Geografia em Cuba. Geografia no Brasil. Institucionalização da Geografia.

Downloads 1382  1382  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Vulnerabilidade socioambiental na região metropolitana de Curitiba  Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
DESCHAMPS, Marley Vanice

Esta tese teve como proposta investigar, por meio da análise de unidades de paisagem, a unidade geográfica de trabalho para estudos e trabalhos relativos ao meio ambiente na interface natureza-sociedade. A proposta resulta de um processo construtivo advindo do transcorrer do Programa de Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento da UFPR, através do cumprimento dos módulos de natureza progressiva em que se inserem seminários, disciplinas e oficinas marcadas por discussões interdisciplinares e que culmina na definição das problemáticas individuais de pesquisa. O objetivo proposto foi efetuar a análise integrada entre os principais elementos constituintes das unidades de paisagem dos municípios de São José dos Pinhais, Mandirituba e Tijucas do Sul, localizados na porção sul/sudeste da Região Metropolitana de Curitiba, apontando os problemas ambientais como subsídio para o processo de gestão ambiental. Buscou-se em Bertrand (1972) e Monteiro (2001) entre outros, a análise físico-espacial da paisagem por meio da compartimentação desta em unidades de paisagem (geossistema, unidades morfofuncionais ou ainda unidades homogêneas), bem como o referencial teórico básico dos conceitos e métodos utilizados na interpretação e definição das referidas unidades. Como resultado de trabalho salienta-se que a unidade de paisagem revelou-se, pela sua escala de abrangência e pela necessidade do diálogo interdisciplinar, uma unidade de trabalho viável a ser aplicada por órgãos e instâncias de âmbito estadual e de regiões metropolitanas, pois pode contribuir no processo de gestão ambiental, na mediação de conflitos e no equacionamento de problemas já existentes. Cabe mencionar que, apesar das limitações do modelo, as vantagens do seu uso quando aplicado à gestão territorial são inúmeras. Significa, portanto, um passo importante, na solução dessa problemática, que se caracteriza pelas interações complexas entre os sistemas naturais e sistemas sociais.

Palavras-chave: Unidades de paisagem. Gestão ambiental. Geossistemas. Sistemas naturais. Problemas socioambientais. Unidades político-administrativas.



Downloads 658  658  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!A geografia escolar na prática docente: a utopia e os obstáculos epistemológicos da geografia crít Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
KAERCHER, Nestor André

Esta tese apresenta dois focos principais de interesse: o ensino de Geografia no Ensino Fundamental e Médio (EFM) e a formação de professores de Geografia. Nos interessamos, particularmente, em saber como o movimento de renovação da Geografia, genericamente denominado Geografia Grítica (GC), chegou no EFM. Os objetivos principais desta tese foram averiguar como a efervescência e renovação da Geografia Acadêmica pós-1978 chegaram ao ensino de Geografia do EFM, qual a contribuição do movimento denominado GC na renovação do ensino desta disciplina e quais as concepções de Educação e de Geografia que os licenciados estão construindo com e para seus alunos do EFM. Para alcançar estes objetivos observamos dez licenciados em Geografia, nos anos de 2002 e 2003, que lecinavam no EFM, em treze escolas distinas nos turnos da manhã, tarde e noite, na cidade de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul, parecendo um total de 154 (cento e cinqüenta e quatro) observações que totalizaram 212 (duzentas e doze) horas/aula. Constatamos a dificuldade de se renovar as práticas pedagógicas, bem como de se construir um bom embasamento teórico que promova um ensino de Geografia atual, dinâmico, plural, instigante, reflexivo e radicalmente democrático. Este trabalho não teve a pretensão de ser prescritivo do "bem ensinar Geografia", mas desejou servir de pretexto para que a comunidade de professores discuta e questione os seus referenciais de ciência, de Educação e de Geografia para fomentar a busca de um ensino que auxilie o fortalecimento da autonomia intelectual do educando e a construção de uma noção de cidadania que priorize a luta coletiva pela democracia, pela liberadade e pela justiça social através da apropriação e da reflexão sobre o espaço geográfico e suas categorias de análise. Enfim, uma Geografia que pense a ontologia do ser humano a partir do espaço vivido.

Palavras-chave: Epistemologia da prática do professor. Formação de professores de geografia. Geografia crítica. Ensino de Geografia no ensino fundamental e médio.

Downloads 1676  1676  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 8.00 (6 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Memória e experiência de uma cidade do Paraná: a cidade de Maringá Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
FIGUEIREDO, Lauro César

Este estudo Memória e Experiência de uma cidade do Paraná: a cidade de Maringá, examina o processo de apropriação do espaço urbano da cidade de Maringá no Estado do Paraná. Procura ainda investigar e elaborar algumas hipóteses sobre como esse processo levou à destruição de um tipo de referencial espacial que existia entre os trabalhadores desta urbe e que, em última instância, engendrava uma nova forma de viver a cidade. Como tema central do objeto de estudo, foram eleitas algumas “representações nostálgicas”. Os antigos moradores da cidade referem-se aos pontos de encontro da cidade como sendo lugares nostálgicos, ou seja, aquele tempo da juventude [as festas religiosas com suas “quermesses”, as festas cívicas e culturais, o cinema, as praças e os bailes que aconteciam no Aero Clube. Sob o ponto de vista nostálgico, esses espaços são lugares evocados de um tempo impreciso, pessoal e coletivamente vivido. São memórias que, a partir de um lugar, procuram unir o presente ao passado da cidade. São momentos vivenciados e construídos em uma determinada época, os quais pretende-se reconstituí-los através da história de vida desses trabalhadores. A justificativa aqui apresentada é invariavelmente a necessidade de preservar a “memória urbana”. Isso porque a falta de políticas públicas, que deveriam conciliar desenvolvimento e preservação, já foram substituídas por relações íntimas entre governos locais e o capital imobiliário. As memórias voltam-se ao “tempo dos começos”, caracterizando-se as várias dimensões e experiências próprias dos seus modos de vida, como o cultivo dos roçados, hábitos alimentares, os bailes, as festas populares, a convivência entre os vizinhos. São experiências que perpassam o conjunto das relações tanto sociais quanto com a natureza. Este universo lúdico, responsável pelo entrelaçamento de relações individuais e de grupo, de criação de redes de amizade, de solidariedade, de influência e poder constituídas em práticas cotidianas, revelou-se mais amplo e menos óbvio ao nosso olhar, quando relacionado às experiências de vida de antigos moradores.

Palavras-Chave : Cidade. Urbanização. Memória. Sociabilidade. Cultura. Relações sociais. Maringá. Paraná.

Downloads 2125  2125  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site 
Avaliação: 6.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!A didática no processo de alfabetização de jovens e adultos: uma leitura do cotidiano a partir da ge Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
MARTINS, Vivian Christine

Este trabalho traz o relato e a análise de uma experiência e uma reflexão sobre alfabetização de jovens e adultos. Buscamos, por meio da nossa vivência, discutir sobre estratégias didáticas e a contribuição do conhecimento geográfico e da literatura, visando evitar um ensino mecânico e sem sentido para o aluno no processo de alfabetização e que resulte numa aprendizagem significativa. Na nossa concepção sobre alfabetização, devemos promover o desenvolvimento de habilidades que garantam, não apenas, a aquisição do sistema de escrita e de leitura, mas também, ofereça novos conhecimentos aos alunos.

Palavras-chave: Alfabetização. Aprendizagem significativa. Cotidiano. Leitura. Letramento.

Downloads 3283  3283  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 5.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 »