Educadores

Ínicio : Geografia : Teses : Produções de Profissionais da Seed: Teses : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!A Cooperativa Agroindustrial Lar sob a Ótica do Território: uma Relação Hibrida Cooperativa/Empres Versão: PDF
Atualização:  31/10/2017
Descrição:
REIS, Marilúcia Ben dos

A Cooperativa Agroindustrial Lar surgiu como um empreendimento de imigrantes no Oeste do Paraná e se tornou uma importante agroindústria com o passar das décadas. Assim, portanto, o tema da pesquisa aborda a territorialização dessa cooperativa. Trata-se de compreender o seu território e as suas redes com as suas lógicas no uso também do território paraguaio. A proposta é compreender a caracterização de simultaneidade cooperativa/empresa e a particularidade das organizações cooperativas. A partir do método dialético, visa-se detectar as contradições geradas na relação cooperativa/empresa no interior do modo capitalista de produção, e é na técnica do estudo de caso que se busca entender a lógica dessa territorialização, que se enquadra na abordagem qualitativa para a coleta de dados. Os instrumentos metodológicos em primeiro nível da pesquisa são os documentos, cadastros, revistas de desempenho, relatórios anuais do ano de 2000 a 2015, livros da história da cooperativa de 2005 e 2014, entre outros. Também contam os resultados da participação observante e as entrevistas semiestruturadas realizadas, seja com cooperados, seja com não cooperados, seja com gestores da cooperativa – informantes-chave para a investigação. A cooperativa em estudo passa pela ação do Estado na construção do Complexo Agroindustrial (CAI) e isso implica a desterritorialização do Complexo Rural, que reflete instantaneamente a dinâmica do processo produtivo no interior das unidades produtivas dos cooperados. Nesse sistema, o que antes era separado ─ a agricultura, a indústria e os serviços, ou seja, os setores primário, secundário e terciário ─, passa a compor um complexo sistema produtivo que incorpora os setores da economia em um sistema organizacional único. Assim, a Cooperativa Lar passou por sucessivas alterações em sua razão social, estando estritamente ligada às metamorfoses presentes no setor produtivo desde a sua formação. As formações dos CAIs estão ligadas às transformações ocorridas no interior do setor cooperativista – neste caso da Cooperativa Lar. Para desenvolver esse sistema ocorreu o agigantamento da cooperativa em estudo, ampliando a sua territorialização, que passou de local, para regional e para regional em rede. Nesse processo, essa cooperativa, de híbrida (cooperativa/empresa), vai se moldando aos ditames do CAI e acaba por mudar a razão social. A atuação dessa cooperativa com empresas controladas, neste caso, a Lar Paraguai, é um ambiente de transformação, adaptação e reestruturação do cooperativismo, buscando, como resultado, a diversificação e o valor agregado. Diversificam-se as relações e se adaptam novas estruturas produtivas verticalizadas pelo parque agroindustrial ancorado no sistema de integração agricultura/ indústria/ comércio/ finanças próprios do CAI. Assim, o mercado determina os investimentos e as ações da Cooperativa Lar, que incorpora a valorização do capital, passando a atuar de diversas formas para a obtenção de resultados positivos. Essas ações tornam o sistema cooperativista contraditório/híbrido, atuando como empresa/cooperativa, a primeira ligada ao mercado competitivo dos indicadores econômico/financeiros e a segunda tentando ser fiel aos princípios e à lei, ligadas aos indicadores de eficiência social.

Palavras-chave: Cooperativismo. Complexo agroindustrial. Território. Cooperativa/empresa.

Downloads 20  20  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFMS/RS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!As singularidades cênicas do Litoral Paranaense: Um olhar sobre a Paisagem Cultural de Guaraqueçaba  Popular Versão: 
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
SOUZA, Roberson Miranda

O município de Guaraqueçaba está localizado no Estado do Paraná, na planície costeira, na Microrregião Metropolitana de Paranaguá. Guaraqueçaba é marco histórico, pois está entre as primeiras ocupações existentes no Estado do Paraná por colonizadores portugueses. É uma
das áreas mais preservadas de Floresta Atlântica de todo o território Nacional. A presente proposição que se apresenta para ser discutida consiste em avaliar a singularidade da paisagem cultural, o caráter de Guaraqueçaba e a necessidade de preservação decorrente deste fato. Ressaltando-se as paisagens cênicas, a evidente beleza relacionada à harmonia nos traços e nas formas. A paisagem referente a cultura, em foco, tem representatividade uma vez que está relacionada ao registro material do início da construção do território brasileiro.

Palavras-chave: Guaraqueçaba. Paisagem Cultural. Paisagem Caráter. Meio Ambiente.




Downloads 109  109  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Doutrinação: a Influência do Pensamento Gramsciano na Geografia Crítica Escolar Brasileira Popular Versão: 
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
CORREIA, Marcos Antonio

A tese, “Doutrinação: a Influência do Pensamento Gramsciano na Geografia Crítica Escolar Brasileira”, em síntese, procura demonstrar que a Geografia radical ou crítica escolar de matiz marxista, apresenta-se comprometida com ideologias que manifestam, prioritariamente, mote político em detrimento do científico. Ela vem eivada de doutrinação ideológica que se antepõe e altera o processo de produção e disseminação do conhecimento geográfico.

Palavras-chave: Gramsci, Geografia Escolar Crítica, Ensino de Geografia, Doutrinação Ideológica, Ciência e Política na Educação.

Downloads 1630  1630  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Modelagens Hidrológicas Aplicadas à Análise do Escoamento Superficial da Bacia do Rio Ivaí-PR Versão: PDF
Atualização:  31/10/2017
Descrição:
MELO, Ordilei Aparecido Gaspar de

Esta pesquisa apresenta uma análise do escoamento superficial da bacia hidrográfica do rio Ivaí, Paraná relacionando as características dos solos, uso e cobertura da terra, declividade e clima, bem como ressalta a importância desta dinâmica nos processos geomorfológicos da área. O escoamento superficial (runoff) é um dos elementos determinantes para os processos erosivos na vertente, e, consequentemente influi no aporte de sedimentos que chega até os canais de drenagem, portanto, tal análise é importante para o maior conhecimento da dinâmica ambiental da área de estudo. A bacia do rio Ivaí ocupa uma área de 36,587 km², sendo abrangida por diferentes compartimentos geomorfológicos (Segundo e Terceiro Planalto Paranaense), tendo substrato geológico complexo, o que originou tipos de solos também variados. Neste trabalho foi realizada uma comparação entre os índices de escoamento superficial obtidos por Santos et al. (2013) para a bacia por meio da aplicação da equação de Kirky (1976, 1980) e os resultados obtidos por meio da aplicação do modelo SWAT (Soil and Water Assessment Tool) tendo como base o ano de 2009. A aplicação do modelo SWAT foi precedida pelo levantamento das características físicas e de uso da terra da bacia servindo de base para as entradas (inputs) no modelo em ambiente SIG. Nesse sentido, esta pesquisa pretendeu comparar essas duas metodologias no sentido de se verificar qual modelo melhor representa a dinâmica do escoamento superficial da Bacia do rio Ivaí. Por meio da comparação entre os mapas síntese elaborados pelas duas metodologias pôde-se observar que as maiores taxas de escoamento superficial ocorrem em setores distintos. A equação de Kirkby gerou as maiores taxas no setor inferior da bacia (900-1200 e >1200 mm/ano), fortemente influenciadas pelas variáveis solos e precipitação média por evento, enquanto que a aplicação do modelo SWAT mostrou as maiores taxas (573-713 mm/ano) nos setores médio (sub-bacias 12, 15, 16 e 24) e inferior (sub-bacias 3 e 10) da bacia influenciadas por uma complexa relação entre as propriedades dos solos, uso e cobertura da terra, precipitação, evapotranspiração e declividade. A produção de sedimentos (ton/ha) por sub-bacia gerada pelo SWAT apresentou maiores índices em sub-bacias dos três setores (25, 23, 14 e 26 no setor médio, 3 no setor inferior e 21 no superior). Esses limiares foram influenciados, sobretudo pelos índices de escoamento superficial, os elevados índices pluviométricos e as declividades. As variáveis requeridas pelo modelo SWAT se mostraram sensíveis, em maior ou menor grau em suas interações. Sendo assim, conclui-se que as diferenças entre os modelos não se concentram apenas nas variáveis que utilizam, mas também nos efeitos das interações entre as mesmas.

Palavras-chave: Análise. Escoamento superficial. modelos hidrológicos. Modelo SWAT. Equação de Kirkby. Bacia do rio Ivaí/PR.

Downloads 19  19  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!O Bairro Do Jardim Alvorada Em Maringá/Pr: Da Colonização À Expansão Urbana Popular Versão: 
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
MANSANO , Cleres Do Nascimento

A rápida expansão da área urbana de Maringá-Paraná marcou a urbanização local desde o início da colonização realizada pela CTNP/CMNP. Concebida como cidade planejada na década de 1940, seus bairros cresceram e ocuparam a área rural que circundava a cidade recém-criada, extrapolando seu planejamento inicial, em especial na década de 1960, década que o Jardim Alvorada foi formado a partir do loteamento urbano das terras da antiga Fazenda Santa Lina. Em pouco mais de 60 anos, Maringá expandiu-se de seu centro característico de povoado para uma cidade polo-regional, hoje com mais de 350 mil habitantes e, neste movimento, alguns bairros destacaram-se como locais que mantêm certa autonomia em relação ao centro da cidade, pois desenvolvem algumas funções urbanas que permite servir aos seus moradores e ao entorno. A presente pesquisa teve como área de estudo o bairro Jardim Alvorada (Zona Fiscal 24 e parte da Zona 46), com a finalidade de explicar o destaque desse bairro no processo de urbanização pelo qual passou a cidade de Maringá.

Palavras-chave: Colonização. Geografia urbana. Paisagem. Bairro. Produção do espaço urbano.











Downloads 246  246  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!O Processo de Urbanização e o Desenvolvimento Geoeconômico da Cidade de Medianeira-Pr Popular Versão: 
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
JACINTO, Janério Manoel

Esta tese baseia-se no estudo sobre as pequenas cidades, com recorte espacial centrado na cidade de Medianeira, tendo como foco o processo de povoamento, urbanização, as questões geoeconômicas e a (re)produção do espaço urbano. A pesquisa retrata esta cidade com micropolo, exercendo sua centralidade junto aos demais municípios adjacentes, sua inserção na rede urbana e na mesorregião oeste paranaense.

Palavras-chave: Pequenas cidades. Urbanização. Rede Urbana. Espaço urbano de Medianeira.

Downloads 181  181  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Regime e Sistemas de Controle das Cheias do baixo Ivaí e Cartografia das Áreas Inundáveis Popular Versão: 
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
DOUHI, Nelson

O estudo apresentado neste trabalho corresponde ao levantamento das condições hidrogeomorfológicas do rio Ivaí, no trecho de sua planície aluvial, a identificação dos sistemas de controle de inundações e a representação espacial das inundações com base nos níveis fluviométricos mais expressivos. As informações que fundamentam o trabalho são resultantes do levantamento bibliográfico na literatura específica, em estudos de caso, realizados na bacia hidrográfica dos rios Ivaí e Paraná e levantamentos in loco, onde foram verificadas as intervenções antrópicas na planície aluvial, os limites das inundações, além da obtenção de informações sobre a dinâmica e as implicações das inundações para os ribeirinhos.

Palavras-chave: Rio Ivaí. Dinâmica fluvial. Cartografia de áreas inundáveis.

Downloads 131  131  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Unidades Geoambientais da Margem Esquerda da Planície Aluvial do Rio Ivaí-Pr Popular Versão: 
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
SALA, Marta Gaspar

Esta pesquisa teve como principal objetivo a elaboração de um mapa de unidades geoambientais da margem esquerda da planície aluvial do rio Ivaí-PR. Para execução desse produto cartográfico, foram analisados e mapeados diversos elementos do meio físico e antrópico da área (solo, geomorfologia, geologia, declividade, hipsometria e uso e ocupação do solo). Destacando que, em todos os mapeamentos, toda planície aluvial foi representada para uma melhor visualização dos atributos que compõem essa paisagem.

Palavras-chave: Planície aluvial. Solos. Planejamento ambiental. Unidades Geoambientais.

Downloads 130  130  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)