Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Anos bons e anos ruins, do ponto de vista climático, para as culturas do trigo e da soja no municípi Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
YOKOO, Sandro Carbonera

O município de Campo Mourão – PR situa-se numa região eminentemente agrícola, de modo que sua economia fundamenta-se na agricultura. Essa atividade depende significativamente do ambiente climático, principalmente da dinâmica do tempo atmosférico, e os eventos meteorológicos extremos geralmente são muito prejudiciais aos cultivos. Essa realidade foi determinante para a escolha desse tema para o presente estudo, o qual tem por objetivo principal contribuir para o entendimento do clima local e suas possíveis relações com a produção e a produtividade da cultura trigo e da cultura da soja, no referido município. Buscou-se atingir os objetivos propostos apoiando o estudo na metodologia da Análise Rítmica, proposta por Monteiro (1969, 1971), que se fundamenta na Climatologia Dinâmica. No primeiro momento levantaram-se dados referentes à área plantada, produção e produtividade do trigo e da soja na área de estudo durante o período 1986 - 2005. A partir daí elegeram-se dois anos agrícolas como amostragem de ano bom para cada uma das culturas em estudo - aqueles que apresentaram as maiores produções e produtividades nesse período, e dois anos agrícolas para cada uma das culturas como amostragem de ano ruim - aqueles que apresentaram produções e produtividades mais baixas durante o mesmo período.

Palavras-chave: Clima. Tempo atmosférico. Trigo. Soja. Produtividade. Campo Mourão.

Downloads 2137  2137  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Além das fronteiras da agroindústria: poder e territorialização na contramão da esperança Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ARMSTRONG, Machado

O presente trabalho tem por objetivo mostrar a rotina dos trabalhadores rurais da agroindústria canavieira, na região de Barra Bonita-SP, bem como a forma de exploração decorrente da submissão ao modo de produção capitalista a que estão expostos. O centro-oeste do estado de São Paulo abriga a maior usina de produção de açúcar e etanol do mundo, o Grupo Cosan - Unidade Barra, que possui a propriedade de estabelecer sua dinâmica própria, influenciando na construção/ reconstrução do tecido social da Microrregião Geográfica onde está inserido. Por meio desta relação, fixos e fluxos se fundem e se confundem e os movimentos migratórios, seguindo o calendário da agroindústria, fazem movimentar a lógica do grande capital na região. A preocupação maior está em caracterizar o trabalhador assalariado rural como personagem central. Em virtude da agroindústria supra mencionada, a região tornou-se um verdadeiro “mar de cana”, cenário sui generis para o desenvolvimento desta proposta de estudo. A grande concentração de terras em poder deste grupo capitalista, o uso da terra feito pelos mesmos, as atividades e relações sociais que se desenvolvem entre a Cosan – Unidade Barra e estes aproximadamente 6.000 trabalhadores e os motivos que os levam a migrarem das respectivas terras de origem, conduzem o delinear deste trabalho. Neste contexto, propõe-se refletir a respeito das relações sociais e trabalhistas existentes entre o Grupo Cosan e os trabalhadores assalariados rurais, bem como os reflexos sociais e socioambientais desta relação para a qualidade de vida e para o espaço territorial que ocupam. Considerando este recorte teórico-metodológico, busca-se: analisar a dinâmica que rege o modo capitalista de produzir na atividade canavieira; entender a atual lógica que movimenta o interesse dos usineiros do setor sucroalcooleiro para dinamizar sua produção, frente às políticas de estímulo à produção do biocombustível; verificar as relações de trabalho que envolvem o “trabalhador assalariado rural” e a usina sucroalcooleira; caracterizar o fluxo de migração, decorrente das relações sociais estabelecidas na região, entre o usineiro e o trabalhador rural; investigar o trabalhador assalariado rural nos aspectos de sua subjetividade, para melhor compreender sua práxis e suas potencialidades; entender qual a perspectiva de vida do trabalhador rural frente às alterações no campo, fruto das atuais tendências no setor da agroindústria canavieira. Esta dissertação foi resultado de pesquisa teórica e empírica. A pesquisa empírica desenvolvida nos “mares de cana”, em alguns municípios da Microrregião Geográfica de Jaú (Barra Bonita, Igaraçu do Tietê, Mineiros do Tietê) foi fundamental, pois possibilitou a coleta de dados, elementos e informações e sua posterior interpretação, engendrando maior entendimento e percepção das características do local de estudo. Os depoimentos dos trabalhadores assalariados rurais tiveram destaque na pesquisa. Em virtude dos relatos obtidos, surgiram relevantes contribuições, que tornaram o quadro sociopolítico e cultural em que vivem os trabalhadores assalariados rurais, lúcido e passível de compreensão.

Palavras-chave: Geografia agrícola. Trabalhadores rurais - São Paulo (Estado). História. Agroindústria canavieira - São Paulo (Estado).

Downloads 2126  2126  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Competência leitora e ensino de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
MOUTINHO, Maria Aparecida dos Santos

Esta pesquisa objetiva a identificação das práticas de leitura usadas nas aulas de Geografia e das dificuldades de leitura apresentadas pelos alunos, além de verificar como os docentes desta disciplina vêm incorporando as habilidades de leitura avaliadas pelo Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP) em suas práticas na sala de aula. Para isso propus realizar uma pesquisa de abordagem qualitativa, identificada com o Estudo de Caso. Na busca de uma maior compreensão do fenômeno estudado optei por realizar a triangulação de dados coletados através dos procedimentos mais comuns ao Estudo de Caso: a entrevista, a observação e a análise de documentos. Estes instrumentos foram precedidos de um questionário com a intenção de caracterizar os sujeitos da pesquisa. Os dados coletados são analisados em duas partes: a concepção de leitura dos professores sujeitos da pesquisa e a participação no cotidiano da escola. Os resultados revelaram que as práticas de leitura mais comuns nas aulas destes professores são: a leitura oral de trechos do texto pelos alunos, entremeada pela explicação do professor e a leitura silenciosa para a realização de atividades propostas pelos livros didáticos ou pelos professores. O material de leitura mais utilizado é o livro didático. A pesquisa apontou também que os professores se preocupam com a leitura e a identificam como algo importante no ensino de Geografia. Mas o que mais parece interferir no trabalho com a leitura é a ausência da aprendizagem das estratégias de leitura como meio para o aluno dominar as habilidades que levam à compreensão dos textos. Este fato gera o distanciamento entre o “discurso” do professor e a sua prática, tornando relevante o contato desses professores, na sua formação inicial e continuada, com o conhecimento sobre a leitura, que deve constar também das políticas públicas que se propõem resolver os problemas de leitura dos estudantes. Caso contrário, estaríamos praticando o “modismo” que logo será substituído.

Palavras-chave: Ensino de Geografia. Competência leitora. Avaliação. Práticas educativas. Leitura. Livro didático.

Downloads 2031  2031  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Gestão dos resíduos sólidos urbanos do Município de Campo Mourão-Pr Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
CARDOSO, Oséias

A questão da gestão integrada dos resíduos sólidos tem como finalidade tratar da produção, coleta e disposição final dos mesmos. O presente trabalho pretende fazer um levantamento dos principais fatores que influenciam nas características dos resíduos sólidos gerados no município de Campo Mourão/PR, buscando estudar formas adequadas para disposição final de cada tipo de resíduo, bem como o envolvimento de diferentes órgãos da administração e da sociedade civil. Há que se considerar algumas situações especiais, como a sazonalidade de visitantes ao município, e as possíveis mudanças na geração de resíduos nos diferentes períodos do ano onde estará em discussão a necessidade de um planejamento especial. O problema do impacto que o lixo traz ao ambiente natural é reflexo da falta de comprometimento ambiental do homem, que traz perdas sociais transformando o problema em uma questão socioambiental.

Palavras-chaves: Resíduos sólidos. Coleta seletiva. Campo Mourão. Gestão.

Downloads 2016  2016  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Ensinar Geografia nas séries iniciais: o desafio da totalidade mundo Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
STRAFORINI, Rafael

Este trabalho teve por objetivo discutir o ensino de Geografia para as primeiras séries do Ensino Fundamental (l_ a 4_ séries) no que se refere ao entendimento do espaço geográfico enquanto totalidade-mundo, uma vez que no atual período de globalização as escalas não se apresentam dispostas linear e independentemente, ou seja, a casa, a rua, o quarteirão, o bairro, a cidade, o estado, o país, o continente e por fim o mundo. Foram aplicadas várias atividades de ensino apoiadas na metodologia da pesquisa-ação e fundamentadas nas teorias da educação (sociointeracionismo) e geográfica (Geografia Crítica). Nas séries iniciais o ponto de partida deve ser sempre o imediato concreto ou o lugar, mas esse entendido como o ponto de encontro de lógicas locais e globais, longínquas e próximas. A partir das atividades de ensino as crianças puderam compreender que o lugar que moram ultrapassa suas explicações egocêntricas, estabelecendo, assim, relações com outras escalas e tempos.

Palavras-chave: Geografia - Estudo e ensino (primeiro grau).

Downloads 1908  1908  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 1.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Interações entre a temperatura do ar e a incidência de doenças respiratórias na população infantil Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ZEM, José Moacir

Interações entre a temperatura do ar e a incidência de doenças respiratórias na população infantil da cidade de são José dos Pinhais/PR

Desde tempos remotos o homem sente necessidade de compreender os fatores climáticos. Como a influência desses fatores sobre a vida humana é muito ampla, houve o interesse em estudá-los para tentar compreendê-los. O presente trabalho objetiva indicar a correlação entre as doenças respiratórias, em crianças com idade até 09 anos, as baixas temperaturas e a umidade do ar durante o ano 2000, no município de São José dos Pinhais, Estado do Paraná. Vários estudos sobre diversos tipos de doenças têm sido elaborados na região nos últimos anos, mas nenhum com essas características no município em questão. Daí julgar-se necessária a realização deste trabalho. Para a sua realização usou-se os dados meteorológicos fornecidos pelo Simepar, e os relativos à saúde foram coletados junto ao Hospital Municipal Dr. Atílio Talamini, localizado em São José dos Pinhais. Este hospital foi escolhido por tratar-se de instituição pública e municipal, que atende à toda população da cidade.

Palavras chave: Doenças respiratórias. Baixas temperaturas. Análise rítmica.

Downloads 1896  1896  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Avaliação comparativa do processo de ocupação e degradação das terras das microbacias hidrográficas  Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
MACHADO, Walquíria Silva Machado

A dinâmica urbana e rural da região Norte do Paraná se caracterizou por intensas transformações nas últimas décadas, pela energia construtiva dos imigrantes, pelo papel do Estado, pelos tipos de solo, relevo e clima. A rapidez com que se deram essas modificações conduziu ao aumento da produção agrícola num curto prazo, apresentando, no entanto, consequências negativas pela degradação ambiental e pela destruição do modo de vida da população. A predominância de um comportamento de curto prazo entre os agricultores da região que buscavam maximizar os resultados econômicos de imediato, colocou em risco os sistemas de produção em função do manejo inadequado do solo. O processo de modernização agrícola, iniciado na década de 70, gerou transformações consideráveis tanto no sistema de produção agrícola quanto na reorganização espacial das áreas voltadas ao setor primário. Dessa forma, esta pesquisa elegeu como laboratório de estudos, duas microbacias hidrográficas: Ribeirão Três Bocas e Ribeirão dos Apertados. Portanto, o processo de ocupação e degradação das terras na área de estudo, tem raízes em fatores econômicos, sociais e culturais que levaram à superexploração dos recursos naturais, colocando em risco a sustentabilidade agrícola da região. A metodologia esteve baseada na realização de levantamento bibliográfico, análise sistêmica, análise de imagens orbitais, mapeamentos temáticos, bem como trabalhos de campo. Nesse sentido, o processo de modernização agrícola, analisado com o apoio de técnicas de geoprocessamento, com o intuito de verificar os atuais usos e ocupações dos solos de ambas as bacias, apresentou-se como um importante instrumento nos recortes espaciais que as definiram, as quais, apesar de estarem geograficamente próximas e possuírem características relativamente semelhantes evidenciaram marcantes diferenciações quanto ao seu uso e manejo. A avaliação comparativa, juntamente com a metodologia de análise sistêmica das duas microbacias, constituiu um subsídio básico para trabalhos em nível de extensão rural ou projetos que visem à recuperação ambiental das áreas, pois fornece indicativos para a racionalização do uso e manejo dos solos das bacias. Os resultados mostraram as diversas transformações ambientais e sociais, tendo sido destacadas as mudanças nos sistemas de produção, uso e manejo do solo agrícola. Assim sendo, procurou-se, além da avaliação do estado ambiental de cada uma delas, oferecer subsídios para um manejo de solo conservacionista, destacando a importância da manutenção do equilíbrio desses ecossistemas no processo produtivo.

Palavras-chave: Ecossistema. Solos. Manejo. Bacias hidrográficas - Ribeirão Três Bocas - Londrina. Plantio direto. Bacias hidrográficas - Ribeirão dos Apertados - Londrina.

Downloads 1873  1873  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Valorização do espaço e fragilidade ambiental : o caso da construção do meio ambiente urbano da Baci Popular Versão: 
Atualização:  15/5/2013
Descrição:
FRAISOLI, Camila

Valorização do espaço e fragilidade ambiental : o caso da construção do meio ambiente urbano da Bacia do Córrego Santo Antônio, Mogi Mirim (SP)

No processo de produção do espaço, o homem se relaciona com o meio ambiente por este se .configurar como suporte à sua sobrevivência, objeto, meio e condição para o processo produtivo, tendo como mediador dessa relação o trabalho humano. A relação homem - meio ambiente, como suporte à construção do espaço social, deve ter como base analítica, primeiro, os agentes e ações do capital que, através da valorização capitalista, produzem e organizam o espaço. Em segundo lugar, é necessário compreender como a ocupação e organização do espaço, pautadas na valorização capitalista, alteram e desestabilizam os sistemas naturais. Alterado pelas relações capitalistas de valorização e construção do espaço, o sistema natural toma-se instável. Sua dinâmica natural passa a responder a novos estímulos e processos, podendo ter como resultado a "fragilização" do sistema. O espaço urbano da Bacia Hidrográfica do Córrego Santo Antônio, município de Mogi Mirim, São Paulo, desde a década de 1980, vem sofrendo um crescente processo de valorização de seu meio ambiente e alteração de seus sistemas naturais, tendo como principais agentes transformadores o governo municipal e o mercado imobiliário.

Downloads 1704  1704  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Produção familiar e crédito rural em Ibiporã - PR Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MARTINS, Geraldo Batista Martins

Estuda-se a produção familiar e suas relações com o crédito rural, fundamentado em revisão bibliográfica e na realidade da região de abrangência das comunidades: Abóboras, Boa Esperança, Fartura, Guaraní e Três Figueiras, em Ibiporã, no Norte do Paraná. É uma pesquisa qualitativa fundamentada em entrevistas com 29 produtores familiares, de um conjunto de 190, que compõe 80% do total de estabelecimentos das comunidades. Identifica-se a produção familiar, onde gestão, trabalho, meios de produção e terra, mantêm, com a família, vínculos estreitos e o assalariamento é secundário. Registrou-se no território pesquisado a predominância da atividade cafeeira até meados da década de 70, possibilitando o estabelecimento de muitos produtores familiares. O café, de produção artesanal, ciclo vegetativo perene, demandador de grande quantidade de mão de obra, é substituído pela soja, uma monocultura de ciclo sazonal, cultivo mecanizado, que diminui as ocupações agrícolas, a demanda por força de trabalho e o número de estabelecimentos. A oleaginosa se torna a principal cultura, atingindo a maioria dos produtores familiares. Diferente da cafeicultura, cujo sistema de produção possibilita melhor aproveitamento e enriquecimento dos recursos internos aos estabelecimentos, a soja demanda intenso uso de insumos agrícolas, exigindo a cada novo ciclo a necessidade de reposição de sementes, fertilizantes, agrotóxicos, combustível, além de inversões eventuais em máquinas, benfeitorias e outras tecnologias. Aumenta-se a necessidade de adiantamento de capital, financiado pelo crédito rural. Os produtores tornam-se consumidores de produtos industrializados e fornecedores de matéria-prima e, a agricultura, dependente e subordinada à indústria e aos bancos. O Sistema Nacional de Crédito Rural - SNCR viabiliza a modernização da agricultura, financiando a adoção da base técnica, e garantindo um mercado permanente para os complexos agroindustriais, a montante e a jusante das unidades de produção agrícola. Entre os entrevistados registra-se as seguintes estatísticas: 69% são sojicultores, e a cultura ocupa 67,5% destes estabelecimentos; 48,3% dos produtores são usuários do crédito rural; e 41,4% utilizam financiamentos para o custeio da soja. Os rendeiros, os parceiros e os produtores menos estruturados, não acessam estes créditos, e buscam os recursos para a produção na iniciativa privada. Os dados revelam a concentração dos financiamentos para a produção da commodity, e o caráter seletivo do crédito rural, refletindo a diferenciação interna destes produtores. Verifica-se, também, uma maior variedade de produção nos 32,5% de área remanescente não ocupada pela soja, destacando-se milho, trigo, café, olericultura, fruticultura, avicultura entre outras produções, comerciais, de subsistência e de preservação ambiental, não apoiadas pelo crédito rural, revelando o potencial e a resistência destas unidades de produção.

Palavras-chave: Geografia agrícola. Produção familiar - Geografia agrícola. Crédito rural - Geografia agrícola.

Downloads 1668  1668  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Novas Cartografias cognitivas - uma análise do uso das tecnologias intelectuais por crianças da rede Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
ALVES, Lynn Rosalina Gama

A história da humanidade vem sendo marcada pela presença das tecnologias intelectuais, reorganizando o contexto social, mediando novas formas de pensar e construir o conhecimento. Valendo-se das contribuições da microeletrônica, essas tecnologias foram ressignificadas, possibilitando uma redefinição de conceitos, principalmente no que se refere à dicotomia real virtual. Estes elementos tecnológicos, presentes no cotidiano dos indivíduos, chegam às escolas, exigindo o repensar do ato de ensinar e aprender. A interação das crianças com os games, softwares, TV, vídeo e a Internet, vem configurando novas cartografias cognitivas, uma vez que restabelecem a integração entre razão/emoção, favorecendo a instauração de uma lógica rizomática, na qual podem ocorrer as mais variadas conexões, sem nenhuma preocupação hierárquica; a cada nova contribuição erguem-se novos caminhos, novas cartografias cognitivas. Todavia, estamos diante da formação de uma nova cultura, de uma nova forma de pensar, exigindo da escola um repensar de sua prática pedagógica, principalmente no que se refere ao desenvolvimento cognitivo dos indivíduos. As crianças envolvidas nesta pesquisa, sinalizaram possíveis caminhos a serem trilhados para efetivar a articulação entre as tecnologias e a prática pedagógica.

Palavras-chave: Cognição. Aprendizagem. Tecnologias intelectuais. Saberes. Cartografia cognitiva. Lógica. Currículo rizomático. Escola.

Downloads 1650  1650  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFBA  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 11 12 13 14 15 16 17 »