Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Tendências do novo rural na Bacia do Ribeirão Cafezal Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SILVA, Jerri Augusto da

Diferentes formas de apropriação dos recursos naturais alteraram e ainda alteram o meio ambiente, em prol da modernidade preconizada pela produção no sistema capitalista. O processo de globalização (o avanço da técnica, da ciência e da informação) modifica as formas de uso do solo e, consequentemente, cria tendências e novas formas de se auferir renda no meio rural. No campo, este processo deu gênese ao novo rural, funcionando como instrumento agregador de valores sentimentais, culturais, econômicos e ambientais. Assim, o novo rural redimensiona o uso do solo e gera novas formas de utilização, não somente agrícola. São formas variadas de uso, que vão desde loteamentos e condomínios residenciais fechados a pesque-pagues e turismo rural. São atividades que, preferencialmente, envolvem o contato direto com a natureza e fazem com que os produtores rurais venham a auferir renda, 'enxergando', assim, a necessidade de preservar o meio ambiente. Estas novas funcionalidades criadas no espaço rural preconizam principalmente a 'volta às origens', o contato com a natureza e dão gênese a novas formas de ocupação e geração de renda no campo - a pluriatividade - sendo esta uma das saídas mais viáveis e possíveis para a sobrevivência e reprodução familiar no meio rural.

Palavras-chave: Meio ambiente. Geografia rural. Recursos naturais - Uso do solo. Meio ambiente - Cafezal. Rio. Bacia (PR). Geografia humana.

Downloads 2903  2903  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Erosão marginal no rio Paraná após a conclusão do reservcatório da UHE Sérgio Mptta (Porto Primavera Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
BORGES, Cássio Ziliani

Erosão marginal no rio Paraná após a conclusão do reservatório da UHE Sérgio Motta (Porto Primavera) a jusante da barragem.

O objetivo do presente trabalho é estudar a variabilidade espaço-temporal da erosão marginal no alto Rio Paraná, como um dos efeitos geomorfológicos causados pela construção da barragem de Porto Primavera. O segmento de estudo está a jusante da barragem e tem aproximadamente 90Km, desde a Ilha Óleo Cru até a Ilha Barbado. A metodologia aplicada foi a observação direta no campo, através das técnicas dos pinos e estacas. Os resultados demonstraram que a parte mais a montante da área de estudo apresentou comportamento diferente do restante do segmento. As taxas de recuo foram maiores no setor mais ao centro do segmento. As taxas de recuo foram diferentes de períodos estudados anteriormente. Foi constatado que a erosão das margens é diferente tanto espacial quanto temporalmente. Foi verificado ainda, que o leito está sendo modificado de montante a jusante e a erosão marginal também deve ser alterada, provavelmente acompanhando as mudanças do leito e propagando as modificações a jusante. Dessa forma, resume-se que a erosão marginal pode estar sendo modificada para que o rio estabeleça um novo equilíbrio geomorfológico em resposta à construção da barragem.

Palavras-chave: Erosão marginal. Rio Paraná. Geomorfologia fluvial.

Downloads 2868  2868  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Geoturismo: uma proposta teórico-metodológica a partir de um estudo de caso no município de Apucaran Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
Fernando César Manosso

Frente ao rápido crescimento do fenômeno turístico, é natural que esse segmento torne-se cada vez mais diversificado, com atividades que acontecem em diferentes espaços físicos, atingindo, portanto, todo tipo de público, como o Geoturismo, atividade que considera a geodiversidade como recurso turístico. Esse processo de segmentação tem proporcionado novas oportunidades e por isso, esse trabalho, objetiva discutir e apresentar um estudo de caso no município de Apucarana, levantado a partir de uma adaptação teórico-metodológica para o estudo da potencialidade geoturística que enfatiza a descrição geo-ecológica da paisagem, assim como seu potencial, aspectos críticos e propostas. Esse segmento encontra-se em ascensão em vários lugares do mundo, na maioria das vezes associado ao turismo ecológico, rural e cultural e preza pela apreciação turística de paisagens, levando em conta seu conteúdo geológico, histórico, natural, social e econômico, tratando essas diferenças como recursos turísticos.

Palavras-chave: Geoturismo. Apucarana. Paisagem.

Downloads 2798  2798  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A pecuária leiteira de São João - PR : um estudo das relações campo - indústria Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SILVA, Elianara Carvalho da

Apresenta as transformações ocorridas no setor leiteiro nas últimas décadas, por isso faz-se um levantamento das principais políticas públicas do setor, para posteriormente estudarmos a relação da produção leiteira e os agricultores familiares de São João, localizado na messoregião Sudoeste do Paraná. O aumento da atividade leiteira no município está ligado ao aumento do número de empresas que se instalaram na região para efetuar a comercialização. Para realização deste trabalho foi realizada uma pesquisa de campo com 27 agricultores familiares. O trabalho aponta alguns resultados: o leite se tornou uma das principais atividades desenvolvidas nos estabelecimentos, atualmente representa um rendimento mensal para os produtores; isso tem amenizado a saída do homem do campo para a cidade. As indústrias fazem distinção de entre os produtores de acordo com a produção e a produtividade, isso acarreta desvantagens aos pequenos produtores familiares. A exploração que as indústrias realizavam na comercialização da produção, tem sido a amenizada com o surgimento da Cooperativa de Leite de Agricultores Familiares (CLAF). Embora exista insatisfação com o preço os produtores pretendem continuar na atividade em decorrência da renda mensal.

Palavras-chave: Agricultura familiar. Indústria de laticínios. Agroindústria.

Downloads 2795  2795  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A unidade de paisagem serra do mar no estado do Paraná perspectiva de abordagem a partir do geossist Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
A unidade de paisagem serra do mar no estado do Paraná perspectiva de abordagem a partir do geossistema

SARAIVA, Fabiano

A Serra do Mar, no Paraná, marca a transição entre o Primeiro Planalto Paranaense e a Planície Litorânea, com um fisiografia escarpada e/ou montanhosa relacionada à ocorrência da serra marginal de borda do planalto. Ocupada por remanescentes da Floresta Atlântica, constitui-se em importante área para a conservação da biodiversidade desta formação florestal, além de manter inúmeras nascentes dos
mananciais de abastecimento público da Região Metropolitana de Curitiba e das cidades do litoral paranaense. Para a definição dos limites ocupados pela Serra do Mar, utilizou-se de metodologia originada na geografia física, denominada geossistema, que a partir da análise integrada dos elementos constituintes do meio físico permite a delimitação de unidades de paisagem em diferentes escalas.

Palavras-chave: Geossistema. Serra do mar. Floresta Atlântica. Meio ambiente.

Downloads 2782  2782  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://http:www.ufpr.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Análise dos impactos socioambientais motivadas pelo caminho do colono  Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
OSTROVSKI , Dalésio

O Caminho do Colono é uma estrada que corta o Parque Nacional do Iguaçu, criada para facilitar o deslocamento dos colonizadores riograndenses até a região Oeste do Estado do Paraná. Ligação feita entre as atuais cidades de Capanema, no Sudoeste do Estado do Paraná e Serranópolis do Iguaçu, no Oeste. Alegando-se danos ao meio ambiente, no dia 11 de setembro de 1986, o Caminho do Colono e fechado por um decreto federal, impedindo a ligação entre estas duas regiões. Esta atitude do governo federal provocou prejuízos econômicos, sociais e culturais para todos os municípios lindeiros ao Parque Nacional do Iguaçu e suas populações locais. Com um objetivo comum, a viabilização da reabertura da estrada, a população e o poder público local/regional organizaram manifestações, acampamentos, mobilizações, passeatas e ocupações o que motivou a reabertura do caminho no dia 08 de maio de 1997. Porém, novamente no dia 13 de junho de 2001 a via é fechada. Com o Caminho do Colono como objeto de estudo, analisamos os impactos socioambientais que o fechamento e posterior abertura da estrada motivou no parque nacional e na região lindeira, destacando a necessidade da adoção de técnicas de desenvolvimento sustentado, o que propiciaria uma coexistência entre a preservação e o desenvolvimento.

Palavras-chave: Caminho do colono. Parque Nacional do Iguaçu. Preservação ambiental. Desenvolvimento regional.

Downloads 2747  2747  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Dinâmica fluvial e qualidade da água da bacia de drenagem do ribeirão Maringá:uma contribuição para  Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
COELHO, Adilson Rodrigues

A cidade de Maringá está localizada no divisor de águas entre as bacias dos rios Pirapó e Ivaí. As bacias hidrográficas ocorrentes no município são constituídas de sub-bacias de pequena ordem da bacia do rio Pirapó (ribeirão Maringá e ribeirão Morangueira, quadrante norte do município) e da bacia do rio Ivaí (ribeirão Pinguim, quadrante Sul). As cabeceiras dessas drenagens estão dentro do sítio urbano, sendo que o seu desenvolvimento se dá em direção às áreas rurais. Uma consequência desta situação peculiar é a forte vulnerabilidade dos recursos hídricos do município ante os agentes poluentes produzidos pela atividade antrópica, recebendo efluentes produzidos tanto da cidade quanto da área rural. A degradação ambiental, daí resultante, é facilmente reconhecida mesmo após uma rápida observação.

Downloads 2621  2621  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A Cartografia escolar e os desafios de práticas pedagógicas transformadoras no ensino de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  8/2/2019
Descrição:
TOLEDO, Victor Machado de.

A presente dissertação tem como objetivo geral analisar o uso de um encaminhamento metodológico para o ensino e aprendizagem de conceitos Cartográficos. Objetiva-se apresentar contribuições práticas para trabalhar Cartografia nas aulas de Geografia, assim culminando na apresentação de uma proposta de utilização de recursos didáticos diferenciados, principalmente, com o uso de representações visuais, com a finalidade de trabalhar os conteúdos cartográficos, na tentativa de propiciar aos alunos uma aprendizagem consciente e crítica em relação ao espaço em que estão inseridos.
Os resultados indicaram que a leitura de imagens e o uso de tecnologias, apesar de ainda distantes da realidade das escolas públicas do país, precisam ser incluídos como elementos frequentes nas aulas de Cartografia, para que a realidade dos alunos se aproxime cada vez mais do que é estudado e trabalhado em sala de aula. Constatou-se ainda que o uso de diferentes estratégias didáticas, tais como utilização de recursos visuais, contribui para o ensino e a aprendizagem enriquecedora e que possibilitou, na prática, a melhora nos conceitos cartográficos dos alunos.

Palavras-chave: Cartografia escolar. Educação Básica. Encaminhamento metodológico. Ensino e aprendizagem. Representações visuais.

Downloads 2605  2605  Tamanho do arquivo 4.56 KB  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Delimitação do leito maior do baixo rio Ivaí e estabelecimento de sua sazonalidade Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
TEREZAN, Ester Langowski

Este trabalho teve como objetivo o estudo para a definição do leito maior do rio Ivaí, considerando a ocorrência de fatores temporais para a caracterização da sazonalidade das cheias. O desenvolvimento das pesquisas abrangeu uma área piloto localizada na margem direita do mesmo, entre os afluentes rios Caveira e da Prata. Este ambiente é parte integrante da Área de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná no Município de Querência do Norte, no noroeste do estado. A escolha da região definiu-se pelo fato de suas características serem semelhantes ao ecossistema regional. Para a obtenção dos dados de cheias, foram utilizadas as informações da estação de captação e registro de Taquara. Na área de estudo foi definida uma rede de pontos planialtimétricos, com auxílio de nível, estação total e sistema GPS. Os pontos tiveram como referência um marco geodésico da Rede Nacional Geodésica do IBGE. Definiu-se que o nível do rio Ivaí em Porto Taquara atingiu maior cheia nos últimos 31 anos, com uma marca de 15,72 metros na régua limnimétrica, e que o nível máximo de cheias que mais se repetiu neste período, abordando 97% dos anos analisados, foi de 9 metros na leitura da mesma régua. Tal repetitividade confirma a sazonalide anual. A influência desta cheia estudada por meio de MNT, demonstra a área de abrangência do leito maior do rio, atingindo uma dimensão de 754,8 ha representados por um corredor de área contígua ao dique marginal (barranco), com uma largura variando entre 1.900 a 1.137 metros. Área esta que atualmente está sendo utilizada para cultivo e pastagem, e conta com a inserção de elementos artificiais antrópicos como canais de drenagem e diques de contenção.

Palavras-chave: Área de proteção ambiental. Sazonalidade de cheias. Sistema de informações geográficas. Imagens orbitais.

Downloads 2554  2554  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Diagnóstico socioambiental da bacia do Ribeirão dos Padilhas: O processo de ocupação do loteamento b Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
Diagnóstico socioambiental da bacia do Ribeirão dos Padilhas: O processo de ocupação do loteamento bairro novo, Sítio Cercado Curitiba-PR

FERREIRA, Sandra Lessa da Silva

Considerando o intenso processo de urbanização, as bacias hidrográficas localizadas em áreas urbanas estão sujeitas à maior interferência humana. Adaptando a metodologia desenvolvida por Mendonça (1999), a qual se baseia na Teoria Geral dos Sistemas, a bacia do ribeirão dos Padilhas, localizada na porção sul/sudeste na cidade de Curitiba-PR, será analisada integrando os processos naturais e antrópicos. O presente trabalho tem como enfoque o surgimento e acelerado crescimento do loteamento Bairro Novo e sua relação com a degradação ambiental na área em estudo. Por se tratar de uma pesquisa socioambiental, a desigual distribuição de renda é analisada como agravante das condições de utilização dos recursos hídricos, como o lançamento de esgotos domésticos diretamente nos cursos d’água pela população local que enfrenta graves problemas de moradia e saneamento básico.

Palavras-chave: Degradação ambiental. Diagnóstico. Problemas socioambientais.

Downloads 2547  2547  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 (7) 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »