Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Produção familiar e crédito rural em Ibiporã - PR Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MARTINS, Geraldo Batista Martins

Estuda-se a produção familiar e suas relações com o crédito rural, fundamentado em revisão bibliográfica e na realidade da região de abrangência das comunidades: Abóboras, Boa Esperança, Fartura, Guaraní e Três Figueiras, em Ibiporã, no Norte do Paraná. É uma pesquisa qualitativa fundamentada em entrevistas com 29 produtores familiares, de um conjunto de 190, que compõe 80% do total de estabelecimentos das comunidades. Identifica-se a produção familiar, onde gestão, trabalho, meios de produção e terra, mantêm, com a família, vínculos estreitos e o assalariamento é secundário. Registrou-se no território pesquisado a predominância da atividade cafeeira até meados da década de 70, possibilitando o estabelecimento de muitos produtores familiares. O café, de produção artesanal, ciclo vegetativo perene, demandador de grande quantidade de mão de obra, é substituído pela soja, uma monocultura de ciclo sazonal, cultivo mecanizado, que diminui as ocupações agrícolas, a demanda por força de trabalho e o número de estabelecimentos. A oleaginosa se torna a principal cultura, atingindo a maioria dos produtores familiares. Diferente da cafeicultura, cujo sistema de produção possibilita melhor aproveitamento e enriquecimento dos recursos internos aos estabelecimentos, a soja demanda intenso uso de insumos agrícolas, exigindo a cada novo ciclo a necessidade de reposição de sementes, fertilizantes, agrotóxicos, combustível, além de inversões eventuais em máquinas, benfeitorias e outras tecnologias. Aumenta-se a necessidade de adiantamento de capital, financiado pelo crédito rural. Os produtores tornam-se consumidores de produtos industrializados e fornecedores de matéria-prima e, a agricultura, dependente e subordinada à indústria e aos bancos. O Sistema Nacional de Crédito Rural - SNCR viabiliza a modernização da agricultura, financiando a adoção da base técnica, e garantindo um mercado permanente para os complexos agroindustriais, a montante e a jusante das unidades de produção agrícola. Entre os entrevistados registra-se as seguintes estatísticas: 69% são sojicultores, e a cultura ocupa 67,5% destes estabelecimentos; 48,3% dos produtores são usuários do crédito rural; e 41,4% utilizam financiamentos para o custeio da soja. Os rendeiros, os parceiros e os produtores menos estruturados, não acessam estes créditos, e buscam os recursos para a produção na iniciativa privada. Os dados revelam a concentração dos financiamentos para a produção da commodity, e o caráter seletivo do crédito rural, refletindo a diferenciação interna destes produtores. Verifica-se, também, uma maior variedade de produção nos 32,5% de área remanescente não ocupada pela soja, destacando-se milho, trigo, café, olericultura, fruticultura, avicultura entre outras produções, comerciais, de subsistência e de preservação ambiental, não apoiadas pelo crédito rural, revelando o potencial e a resistência destas unidades de produção.

Palavras-chave: Geografia agrícola. Produção familiar - Geografia agrícola. Crédito rural - Geografia agrícola.

Downloads 1736  1736  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Possibilidades e limitações das atividades de campo como estratégia no ensino da Geografia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MATHEUS, Elizabeth Helena Coimbra

Nesta pesquisa busco traçar uma análise sobre o papel da atividade de campo como estratégia no ensino da Geografia, através da análise da minha prática e entrevistas feitas com professores da área. Traço o histórico da atividade de campo e a partir daí, coloco as possibilidades como: papel da vivência, do prazer e o saber, conhecimento objetivo do mundo e o conhecimento intersubjetivo do outro, o lugar e a sua transcendência, o olhar sensível sobre a paisagem. Finalizo apontando as limitações colocadas por eles ao longo da suas práticas.

Palavras-chave: Atividade de campo. Vivência. Conhecimento. Dialógico. Lugar. Paisagem. Subjetividade. Recursividade. Ensino de Geografia.

Downloads 730  730  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRS  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Políticas públicas para o turismo no Brasil e suas influências em Rolândia-PR Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
DOMINGOS, Fabiane de Oliveira

Esta pesquisa discutirá conceitos de políticas públicas e o papel do Estado, tendo como foco principal as políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento do turismo e como essas políticas influenciam um pequeno município. Para a compreensão de como se dá essa relação é necessário entender também como foi a evolução do processo histórico dessas políticas no país. Sendo assim, com base em autores que estudam este tema, optamos pela divisão por períodos, de acordo com alguns acontecimentos importantes que marcaram a organização do turismo no país. Também será apresentado o período iniciado em 2003 com a criação do MinTur até 2007 com os órgãos que mais influenciam a atividade e como se deu as políticas neste período com análise do atual Plano Nacional do Turismo 2007-2010. O Programa de Regionalização do turismo que traz os conceitos de regionalização também será discutido. O estado do Paraná possui uma estrutura para discutir, elaborar e planejar ações de políticas públicas do turismo, que podem e devem influenciar um município, mas, como visto nesta pesquisa, a base é a que mais sofre com a falta de articulação entre as esferas do governo. Optou-se pela utilização das entrevistas para verificar como essas políticas estão influenciando Rolândia. As influências das políticas públicas para o turismo no município devem ser no sentido de promover a região, beneficiando a comunidade local, para que possam nortear o rumo da atividade, atingindo os objetivos dos programas e projetos de forma integrada.

Palavras-chave: Turismo. Geografia - Políticas públicas. Geografia - Turismo.

Downloads 6647  6647  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Políticas públicas e pequenos municípios uma avaliação no estado do Paraná Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
TAVARES, Márcio Miguel

A realidade da divisão territorial brasileira em nível municipal, é formada por uma forte fragmentação, principalmente a partir da constituição Federal de 1988. Esta fragmentação originou um grande número de pequenos municípios, e, concomitantemente, uma grande demanda de serviços públicos para o atendimento da sociedade em suas necessidades básicas.

Palavras-chave: Pequenos municípios. Políticas públicas. Desenvolvimento local. Qualidade de vida. Paraná.

Downloads 6510  6510  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Percepção ambiental e atividade turística no parque estadual do Guartelá - Tibagi-PR Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
PINHEIRO, Evandro da Silva

Este estudo analisa as interações e influências recíprocas entre o homem e o meio ambiente, geradas através da atividade turística. O Turismo tem se apropriado dos espaços, urbanos e rurais, nem sempre de forma planejada. Ao contrário, o imediatismo financeiro tem prevalecido na maioria dos casos, resultando em reações negativas ou entendimentos inapropriados quanto ao uso de áreas naturais para lazer, sem consequentes impactos negativos. O estudo leva em conta percepção dos visitantes e sua compreensão sobre o espaço. Percepção entendida como um reflexo imediato da interação dos sentidos (visão, audição, olfato, tato) e dos valores pessoais (caráter, personalidade, cultura etc.). Compreensão, sobre sua conduta, sobre seu papel e reflexos na conservação do ambiente visitado. O objeto de análise foi o Parque Estadual do Guartelá (PEG), localizado no Município de Tibagi, Estado do Paraná. Apoiando-se em bases teórico-metodológicas do campo de estudo da percepção geográfica, visa-se identificar/analisar/compreender e demonstrar como apercepção dos visitantes na área do PEG revela os processos subjetivos que perpassam a interação homem-ambiente. Os resultados são tratados como instrumentos nos planejamentos voltados às melhores práticas do turismo em áreas naturais, propondo-se estratégias e ações, voltadas a promover desenvolvimento desses visitantes através de corretos procedimentos na recepção e orientação e adequadas estruturações.

Downloads 6787  6787  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Pegada Ecológica: um indicador ambiental para Londrina - PR Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
LISBOA, Cristiane Kleba

Cada ser humano necessita de uma quantidade mínima de espaço natural para sobreviver e, ao desenvolver suas atividades, causa impacto sobre a Terra através dos recursos utilizados e dos desperdícios gerados. O conceito de Pegada Ecológica (Ecological Footprint), de William Rees e Mathis Wackernagel, permite mensurar a área utilizada bem como a magnitude do impacto causado pelo consumo dos seres humanos no meio natural, sendo uma importante ferramenta de avaliação da sustentabilidade urbana e qualidade de vida. A Pegada Ecológica configura-se em um indicador biofísico de sustentabilidade onde, através da análise integrada e sistêmica, é possível avaliar os impactos gerados por uma pessoa, cidade, país ou mesmo todo o planeta. Ela nos permite compreender a interdependência eminente entre o urbano e rural na escala global e nos demonstra que quanto maior é a "pegada” de uma cidade maior será o impacto ambiental que esta provoca fora de seus limites administrativos. Utilizando-se deste indicador calculou-se para a cidade de Londrina-PR a sua “pegada” em hectares, através de nove variáveis, qualitativas e quantitativas, analisadas a partir do Sistema de Informação Geográfica (SIG), que permitiu identificar e analisar os impactos por ela causados.

Palavras-chave: Pegada ecológica. Indicador ambiental. Londrina. SIG.

Downloads 3887  3887  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Patrimônio histórico-cultural: leitura crítica dos conceitos e suas implicações na prática escolar Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SANTOS, Irene da Silva F. dos

Esta dissertação é o resultado da análise crítica e releitura do que, comumente se entende por Patrimônio Histórico-Cultural. Os objetivos foram: analisar os conceitos de Patrimônio, História e Cultura envolvidos nessa expressão e os jogos de interesses e poder implicados com as questões sobre origem, representações e empregos contraditórios da mesma realidade; e investigar os caminhos político-educacionais viáveis para que a Escola se torne a instituição onde crianças e jovens aprendam a preservar o Patrimônio Histórico-Cultural, a reinterpretar o passado de maneira crítica e a fazer que o espaço de cada um e de todos passe a ser construído de modo coletivo. Tanto a escolha do tema como do referencial dialético-crítico (Escola de Frankfurt); sobretudo Adorno e Horkheimer, é que, de fato, momentos de encontro, convocados pela história e pela arte, podem ser alienantes e de fetichização de produtos da indústria cultural. Para a maioria e, sobretudo, para jovens e crianças das escolas, resulta necessária reinvidicar o direito a conhecer a história criticamente, a desfrutar das obras de arte, sem consentir na perigosa interpretação das elites de poder. É uma investigação bibliográfica, com exame de fontes oficiais inclui também a etnografia ao realizar-se uma pesquisa de campo com Professores do Ensino Superior e com Professores do Ensino Fundamental e Médio da rede pública, referente a disciplinas de História, Geografia, Letras e Turismo. Responderam a questões abertas, quanto à dinâmica da sala de aula e à política das relações internas e de planejamento para que o chamado Patrimônio-Histórico Cultural seja inserido no currículo e programas escolares. A pesquisa deparou com o problema da educação formal referente à questão patrimonial, conforme respostas dos professores, o Patrimônio Histórico-cultural constitui riqueza de um povo e herança para futuras gerações. A proposta é que a análise crítica sobre cada elemento patrimonial, e conceito correspondente, não seja operada apenas por uma elite intelectual, e que a educação se apoie mais intensamente no uso crítico do Patrimônio no âmbito escolar, sobretudo, com a elaboração participada de programas. A educação não aceita o papel de reprodutora de estruturas educacionais de dominação e exploração. A análise possibilita indicar novas relações históricas e políticas mais democráticas, levando a sociedade a uma compreensão concreta sobre o patrimônio histórico-cultural e mais próxima de seus interesses.

Palavras-chave: Patrimônio histórico. Poder. Educação. cultura. Preservação. Globalização.

Downloads 5821  5821  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEPG  Site http://bdtd2.ibict.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Patrimônio histórico e cultural em territórios urbanos: um estudo de caso acerca do conjunto edifica Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
Patrimônio histórico e cultural em territórios urbanos: um estudo de caso acerca do conjunto edificado da área central da cidade de Rio Pardo - RS.


COSTA, Adriana Schwindt da

A área central de Rio Pardo, nesta pesquisa denominada Centro Histórico, mantém grande parte das características originais da colonização portuguesa do século XIX, compondo um espaço com estilo arquitetônico do período colonial, com prédios que sofreram poucas descaracterizações. Entende-se que quanto maior o reconhecimento dos valores sobre um espaço, mais naturalmente este tende a ser conservado, por isso optou-se por trabalhar com o conjunto edificado que compõe a área central da Rio Pardo. O objetivo desta pesquisa é analisar a forma de articulação de elementos urbanos significativos na área histórica da cidade de Rio Pardo, polo cultural e histórico na Região do Vale do Rio Pardo e do estado do Rio Grande do Sul, a partir do estudo de edificações e de espaços abertos públicos com valor histórico enquanto registros de territorialidades de usuários deste espaço. O método dialético permitiu a compreensão acerca do fenômeno social da apropriação do espaço urbano. Fez-se um estudo de caso – a cidade de Rio Pardo (RS) –, buscando combinar a pesquisa teórica, e a verificação de informações em campo, através de técnica de percepção topoceptiva, desenvolvida por Kohlsdorf (1996). Como resultado, percebe-se que o conjunto de Áreas-Pólo, Eixos de Interligação e Áreas de Influência da área central devem ser entendidos articuladamente em qualquer plano de intervenção para valorização do setor histórico como unidade territorial representativa dos valores simbólicos da cidade de Rio Pardo. Enquanto parte integrante da dinâmica urbana e regional, faz-se necessário compreender as articulações do Centro Histórico com a estrutura que o contém, considerando, inclusive, as principais rotas de acesso à cidade, as áreas de expansão urbana, os aspectos ambientais que caracterizam as margens dos rios e os demais elementos polarizadores da cidade.

Palavras-chave: Patrimônio histórico cultural. Planejamento urbano e regional. Cidades de pequeno porte e áreas centrais.

Downloads 1471  1471  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unisc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Parque Industrial do Xisto: estratégia de desenvolvimento local para São Mateus do Sul - PR Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ASSUNÇÃO, Heracto Kuzycz

Esta dissertação tem por objetivo estudar os espaços criados, transformados e influenciados pela instalação da PetrobrásSIX no município de São Mateus do Sul, a partir de suas atividades iniciadas em 1967, quando a Petrobrás S.A. decide desenvolver uma tecnologia nacional para o aproveitamento energético das reservas de xisto. São Mateus do Sul foi o município escolhido para a instalação da Petrobrás-SIX, pois neste existiam as maiores e melhores reservas de xisto do Brasil, o que possibilitaria as condições mais propícias para o desenvolvimento de uma tecnologia para o aproveitamento energético desse bem mineral. Na época em que a Petrobrás-SIX inicia suas atividades em São Mateus do Sul, este município estava em um período de crise econômica. A instalação da Petrobrás-SIX em São Mateus do Sul representaria uma nova possibilidade de desenvolvimento econômico, onde a estatal seria o novo nexo à dinâmica da economia local. Entretanto, foi materializado apenas uma pequena parte do projeto inicial da Petrobrás S.A. A administração local de São Mateus do Sul, percebendo que a Petrobrás S.A. não mais construiria o Complexo Industrial do Xisto, decide elaborar um estratégia local de desenvolvimento econômico baseada na utilização integral do xisto, e não só na utilização deste para a produção de energia. Foi criada, então, a Incubadora Tecnológica de São Mateus do Sul (ITS), local onde empresas podem iniciar suas atividades com base no xisto. Para atingir o objetivo geral desse trabalho, tivemos como objetivos específicos: contextualizar a industrialização brasileira, a necessidade energética nacional e o desenvolvimento de uma tecnologia para utilizar o xisto como recurso energético na economia brasileira; caracterizar os aspectos físico-territoriais, histórico-culturais e socioeconômicos de São Mateus do Sul antes da instalação da Petrobrás-SIX; identificar e descrever as atividades da Petrobrás-SIX em São Mateus do Sul e; evidenciar a atual estratégia local de desenvolvimento econômico em São Mateus do Sul. O procedimento de trabalho baseou-se em levantamento e análise de dados através de bibliografia e entrevistas. A referência teória sobre o lugar foi fundamentada nas formulações de Milton Santos e de Idaleto Malvezzi Aued.

Palavras-Chave: Xisto. Petrobrás. São Mateus do Sul. Desenvolvimento econômico.

Downloads 6837  6837  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Papel das elites no desenvolvimento político e econômico do município de Uberaba (MG) - 1910 a 1960 Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
WAGNER, Roberta Afonso Vinhal

A presente dissertação de mestrado analisa o papel das elites no desenvolvimento político e econômico do município de Uberaba, bem como os reflexos na produção do espaço geográfico, no período que se estende de 1910 a 1960. A partir de uma abordagem teórico-metodológica da Geografia histórica, procuramos compreender as relações de produção econômica, social, política e cultural na cidade mencionada, construindo uma análise das elites em sua diversidade, e do poder destes grupos em diferentes dimensões. O conhecimento da historicidade de determinados grupos sociais ajuda a explicar as transformações geográficas ocorridas em seu espaço, e impede a construção de modelos que não condizem com a realidade. Nesta perspectiva, é imprescindível compreender a (re)construção do poder hegemônico destas elites, como também seus valores e estratégias. No desenrolar da pesquisa, constatamos que o político, enquanto instrumento de manutenção do poder nas relações econômicas,elaborou, em Uberaba (1910-1960), teias sociais que formaram uma sociedade resistente ao processo de desenvolvimento capitalista.

Palavras-chave: Geografia histórica. Geografia política. Elites. Poder. Uberaba-MG.

Downloads 1193  1193  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufu.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 (4) 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »