Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!As praças públicas de Araçatuba/SP: Análise de um indicador da qualidade ambiental urbana Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MINAKI, Mônica

A remoção da cobertura vegetal é um efeito negativo, promovido pela ocupação de um ambiente natural. Em geral, no processo de edificação e ocupação das cidades, sobressaem-se os referenciais arquitetônicos, que se materializam em empreendimentos, resultando no máximo aproveitamento do solo urbano. Nesse sentido, as áreas verdes assumem papel fundamental na reestruturação e reorganização das cidades, já que desempenham importante função na regeneração do meio ambiente frente à urbanização e às perspectivas ambientais. Portanto, propõe-se, neste estudo, a análise da distribuição espacial das praças públicas de Araçatuba e a avaliação dos aspectos referentes ao conteúdo paisagístico e de infraestrutura, a fim de compreender o papel que desempenham na qualidade ambiental urbana. A cidade, considerada de porte médio (com 169.254 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE 2000), possui 145 praças públicas. Foi necessária a organização e realização de trabalho de campo, que teve como objetivo levantar subsídios para a caracterização de cada praça pública identificada. A partir das informações obtidas em campo, foram elaborados dois tipos de cadastros. O primeiro – Cadastro Quantitativo – teve como principal objetivo identificar e determinar o número de praças públicas. No segundo, cada praça foi analisada de acordo com uma série de itens qualitativos estipulados no formulário de campo, constituindo o Cadastro Qualitativo. Os dados obtidos foram tabulados para subsidiarem as análises feitas sob dois aspectos: avaliando a distribuição espacial das praças públicas, com o intuito de observar seu acesso e uso, e considerando os aspectos quali-quantitativos, relacionados às características dos equipamentos, infraestrutura e mobiliário urbano. Além disso, foram elaborados três mapas temáticos (referentes aos aspectos físicos e sanitários da vegetação, ao estado de conservação e limpeza, e à qualidade paisagística das praças públicas). Foi possível observar mudanças nos padrões urbanísticos, provenientes de um processo de ocupação desordenado, que nem sempre se preocupou em preservar as praças públicas existentes ou criar áreas verdes. Isso demonstra a ausência de critérios locacionais definidos para a distribuição espacial das praças públicas e o descaso do poder público no processo de implantação e manutenção das mesmas. Assim, buscou-se propor algumas diretrizes para o seu planejamento ambiental urbano, visto que o empirismo e o imediatismo não podem mais orientar uma cidade cuja complexidade dos fatores que nela agem obrigam maior intensidade e compromisso com o seu desenvolvimento.

Palavras-chave: Cobertura vegetal. Áreas verdes. Praças públicas. Planejamento urbano. Qualidade ambiental urbana.

Downloads 6872  6872  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp  Site http://www4.fct.unesp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Projetos Educativos no Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro: Uma Prática de Sens Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2012
Descrição:
RODRIGUES, Milena Goulart Souza

O estudo se propôs a investigar as atividades relacionadas à reflexão do meio ambiente no Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, que oferece um espaço de interação com a natureza importante para a implementação da educação não-formal. Ele é um lugar alternativo para aprender e ensinar sobre a preservação da natureza, e oferece um ambiente favorável a implementação de práticas educativas que conduzam a população a refletir sobre questões relevantes como o meio ambiente. Esse estudo destacou na parte teórica, a relação das questões ambientais brasileiras e a educação abordadas no Jardim Botânico do Rio de Janeiro e como este pode ser utilizado, especialmente para contribuir com a conservação / preservação do meio ambiente, assim como para ajudar na superação dos principais problemas ambientais locais. Para coleta de dados foi utilizado um formulário dirigido aos visitantes e preenchido pela pesquisadora, análise de documentos internos e observação de três projetos educativos realizados na instituição. O estudo enfocou as atividades de sensibilização através do processo de percepção ambiental, visando a mudança de hábitos e atitudes dos frequentadores do Jardim. Sendo assim, apresentou uma preocupação em divulgar questões complexas,como ética, valores sociais, e questões econômicas dentro do contexto da sustentabilidade.

Downloads 6779  6779  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uff.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Parque Industrial do Xisto: estratégia de desenvolvimento local para São Mateus do Sul - PR Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ASSUNÇÃO, Heracto Kuzycz

Esta dissertação tem por objetivo estudar os espaços criados, transformados e influenciados pela instalação da PetrobrásSIX no município de São Mateus do Sul, a partir de suas atividades iniciadas em 1967, quando a Petrobrás S.A. decide desenvolver uma tecnologia nacional para o aproveitamento energético das reservas de xisto. São Mateus do Sul foi o município escolhido para a instalação da Petrobrás-SIX, pois neste existiam as maiores e melhores reservas de xisto do Brasil, o que possibilitaria as condições mais propícias para o desenvolvimento de uma tecnologia para o aproveitamento energético desse bem mineral. Na época em que a Petrobrás-SIX inicia suas atividades em São Mateus do Sul, este município estava em um período de crise econômica. A instalação da Petrobrás-SIX em São Mateus do Sul representaria uma nova possibilidade de desenvolvimento econômico, onde a estatal seria o novo nexo à dinâmica da economia local. Entretanto, foi materializado apenas uma pequena parte do projeto inicial da Petrobrás S.A. A administração local de São Mateus do Sul, percebendo que a Petrobrás S.A. não mais construiria o Complexo Industrial do Xisto, decide elaborar um estratégia local de desenvolvimento econômico baseada na utilização integral do xisto, e não só na utilização deste para a produção de energia. Foi criada, então, a Incubadora Tecnológica de São Mateus do Sul (ITS), local onde empresas podem iniciar suas atividades com base no xisto. Para atingir o objetivo geral desse trabalho, tivemos como objetivos específicos: contextualizar a industrialização brasileira, a necessidade energética nacional e o desenvolvimento de uma tecnologia para utilizar o xisto como recurso energético na economia brasileira; caracterizar os aspectos físico-territoriais, histórico-culturais e socioeconômicos de São Mateus do Sul antes da instalação da Petrobrás-SIX; identificar e descrever as atividades da Petrobrás-SIX em São Mateus do Sul e; evidenciar a atual estratégia local de desenvolvimento econômico em São Mateus do Sul. O procedimento de trabalho baseou-se em levantamento e análise de dados através de bibliografia e entrevistas. A referência teória sobre o lugar foi fundamentada nas formulações de Milton Santos e de Idaleto Malvezzi Aued.

Palavras-Chave: Xisto. Petrobrás. São Mateus do Sul. Desenvolvimento econômico.

Downloads 6774  6774  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Percepção ambiental e atividade turística no parque estadual do Guartelá - Tibagi-PR Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
PINHEIRO, Evandro da Silva

Este estudo analisa as interações e influências recíprocas entre o homem e o meio ambiente, geradas através da atividade turística. O Turismo tem se apropriado dos espaços, urbanos e rurais, nem sempre de forma planejada. Ao contrário, o imediatismo financeiro tem prevalecido na maioria dos casos, resultando em reações negativas ou entendimentos inapropriados quanto ao uso de áreas naturais para lazer, sem consequentes impactos negativos. O estudo leva em conta percepção dos visitantes e sua compreensão sobre o espaço. Percepção entendida como um reflexo imediato da interação dos sentidos (visão, audição, olfato, tato) e dos valores pessoais (caráter, personalidade, cultura etc.). Compreensão, sobre sua conduta, sobre seu papel e reflexos na conservação do ambiente visitado. O objeto de análise foi o Parque Estadual do Guartelá (PEG), localizado no Município de Tibagi, Estado do Paraná. Apoiando-se em bases teórico-metodológicas do campo de estudo da percepção geográfica, visa-se identificar/analisar/compreender e demonstrar como apercepção dos visitantes na área do PEG revela os processos subjetivos que perpassam a interação homem-ambiente. Os resultados são tratados como instrumentos nos planejamentos voltados às melhores práticas do turismo em áreas naturais, propondo-se estratégias e ações, voltadas a promover desenvolvimento desses visitantes através de corretos procedimentos na recepção e orientação e adequadas estruturações.

Downloads 6722  6722  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A segurança alimentar e nutricional na produção da cidade reflexões a partir do bairro Capão da Imbu Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
RIBAS, Maria Teresa Gomes de

A relação entre o processo de urbanização e a questão alimentar-nutricional no Bairro Capão da Imbuia (zona leste de Curitiba-PR), enfocada segundo o conceito de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e elaborada na perspectiva geográfica, está no centro da abordagem do presente trabalho. A questão alimentar se refere a aspectos do acesso aos alimentos em sua mediação pelos processos de produção e comercialização. A questão nutricional diz respeito às práticas alimentares declaradas por habitantes do bairro, mediante grupos focais e entrevistas, como subsídios explicativos do desfecho nutricional orgânico. A perspectiva metodológica da pesquisa reflete aspectos do princípio dialético, envolvendo uma abordagem histórica do problema, com suporte complementar analítico numa vertente científica humanista. Considerou-se que a problemática alimentar-nutricional no bairro tem sua origem e transformação mediante conexões com outros sistemas (socioculturais, políticos, econômicos), numa dinâmica processual permeada por conflitos e contradições, a partir das forças que historicamente os determinam nas relações sociais estabelecidas em diferentes escalas espaciais. Produziu-se uma análise combinada das perspectivas dos atores em seu espaço vivido com um arcabouço teórico sistematizador do contexto social do cotidiano, onde se configuram as experiências alimentar e nutricional.

Palavras-chave: Geografia humana/da saúde. Segurança alimentar e nutricional. Urbanização. Curitiba/Bairro Capão da Imbuia.

Downloads 6571  6571  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Políticas públicas para o turismo no Brasil e suas influências em Rolândia-PR Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
DOMINGOS, Fabiane de Oliveira

Esta pesquisa discutirá conceitos de políticas públicas e o papel do Estado, tendo como foco principal as políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento do turismo e como essas políticas influenciam um pequeno município. Para a compreensão de como se dá essa relação é necessário entender também como foi a evolução do processo histórico dessas políticas no país. Sendo assim, com base em autores que estudam este tema, optamos pela divisão por períodos, de acordo com alguns acontecimentos importantes que marcaram a organização do turismo no país. Também será apresentado o período iniciado em 2003 com a criação do MinTur até 2007 com os órgãos que mais influenciam a atividade e como se deu as políticas neste período com análise do atual Plano Nacional do Turismo 2007-2010. O Programa de Regionalização do turismo que traz os conceitos de regionalização também será discutido. O estado do Paraná possui uma estrutura para discutir, elaborar e planejar ações de políticas públicas do turismo, que podem e devem influenciar um município, mas, como visto nesta pesquisa, a base é a que mais sofre com a falta de articulação entre as esferas do governo. Optou-se pela utilização das entrevistas para verificar como essas políticas estão influenciando Rolândia. As influências das políticas públicas para o turismo no município devem ser no sentido de promover a região, beneficiando a comunidade local, para que possam nortear o rumo da atividade, atingindo os objetivos dos programas e projetos de forma integrada.

Palavras-chave: Turismo. Geografia - Políticas públicas. Geografia - Turismo.

Downloads 6549  6549  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A (Des)construção da paisagem nos itinerários Maringá-Londrina: ferrovia, BR 376 e BR 369 Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
VENÁ, viviane de Souza

Esta dissertação pretende mostrar e consequentemente analisar o processo de (des)construção da paisagem nos itinerários Maringá-Londrina, em três eixos de circulação: a Ferrovia (Estrada de Ferro Norte do Paraná), a BR 376 e a BR 369, pois a construção de uma paisagem só ocorre em detrimento da destruição de uma outra. E um importante fator que influenciou neste processo de transformação da paisagem é a questão econômica, grande responsável pelo tipo de paisagem, bem como também pelo tipo de sociedade existente no local de estudo. Todavia, também não se deve esquecer de que são as sucessivas sociedades que constróem as sucessivas paisagens e de que estas devem sempre ser consideradas como uma herança de processos biológicos e fisiográficos e, ainda, patrimônio coletivo dos povos que historicamente as herdaram como território de atuação de outras sociedades. O presente trabalho, se apoiou, primeiramente em um estudo bibliográfico, objetivando a fundamental construção da base teórica e o resgate histórico do processo de ocupação do Norte do Paraná, e, após, em trabalhos de campo a partir de entrevistas com moradores, na realização de importantes registros fotográficos da área de estudo e além do mais, no uso de imagens de satélite e na construção de perfis geoecológicos que retratam as características da paisagem ao longo da Ferrovia, BR 376 e BR 369 entre Maringá Londrina, atualmente.

Palavras-chave: Paisagem. (Des)construção. Ferrovia. BR 376. BR 369. Sociedade.

Downloads 6514  6514  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Políticas públicas e pequenos municípios uma avaliação no estado do Paraná Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
TAVARES, Márcio Miguel

A realidade da divisão territorial brasileira em nível municipal, é formada por uma forte fragmentação, principalmente a partir da constituição Federal de 1988. Esta fragmentação originou um grande número de pequenos municípios, e, concomitantemente, uma grande demanda de serviços públicos para o atendimento da sociedade em suas necessidades básicas.

Palavras-chave: Pequenos municípios. Políticas públicas. Desenvolvimento local. Qualidade de vida. Paraná.

Downloads 6464  6464  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A escola e o bairro: percepção ambiental e interpretação do espaço de alunos do Ensino Fundamental Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
MANSANO, Cleres do Nascimento

Entre os meses de julho e setembro de 2005, nas aulas de Geografia de uma turma de quarenta alunos da 7ª série do Ensino Fundamental, de uma escola pública do Município de Maringá (PR), foi realizada uma investigação sobre a percepção ambiental que os alunos possuíam da sua escola e de seu bairro. O objetivo foi interpretar, por meio das representações do conceito “paisagem”, como eles percebiam o seu meio. A pesquisa foi realizada em oito etapas, compreendidas entre aulas teóricas em sala e aulas de campo. No início da pesquisa, foram empreendidas atividades que possibilitaram o debate e a representação de “paisagem bonita e feia”, da escola e do bairro, por meio de desenhos. No decorrer da pesquisa, por meio de atividades como questionário e produção de texto, foi possível compreender a percepção ambiental que os alunos apresentavam em relação ao espaço de estudo, tanto quanto às atitudes e valores. Também foram realizadas atividades que possibilitaram ao aluno observar e representar as imagens mentais que possuía do espaço percorrido, por meio de desenhos e mapas. A fotografia foi uma estratégia importante, que possibilitou ao aluno representar o espaço vivido na escola e no entorno, mesmo sem possuir habilidades para o desenho. Entre as atividades realizadas, foram trabalhados textos que forneceram subsídios teóricos aos alunos, a fim de que eles pudessem construir seus conhecimentos embasados no conhecimento científico. Observamos que, no início da pesquisa, para a grande maioria dos alunos, a “paisagem bonita” relacionava-se com elementos da natureza, ao passo que a "paisagem feia” relacionava-se com outros elementos, geralmente ligados à ação antrópica; e que eles apresentavam dificuldades em perceber as multirrelações existentes na paisagem. No entanto, no decorrer da pesquisa, para a maioria dos alunos, a percepção ambiental da paisagem foi se ampliando, tornando legível e decodificado o espaço em que viviam. Eles apresentaram evolução nas formas de representar a “paisagem vivida”, conseguindo perceber elementos não-percebidos anteriormente.

Palavras-chave: Bairro. Escola. Percepção ambiental. Paisagem. Representação.

Downloads 6299  6299  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Contribuição do geoprocessamento para a criação de roteiros turísticos nos caminhos de Peabiru-PR Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
COLAVITE, Ana Paula

Este trabalho discute a aplicação do geoprocessamento na criação de um banco de dados e de roteiros turísticos, tendo como tema central o Caminho de Peabiru na COMCAM. O caminho era uma trilha indígena da época pré-colombiana que atravessava a América do Sul, do oceano Atlântico ao Pacífico, passando por Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso, Paraguai e Bolívia. Exerceu importante papel na formação do atual território paranaense, pois foi utilizado por aventureiros, jesuítas, exploradores e colonizadores europeus. Atualmente, são raros os vestígios encontrados, porém existem documentos cartográficos e bibliográficos que descrevem sua localização, e, com base nestes, traçou-se o roteiro do caminho sobre o atual território paranaense. A partir desta espacialização do caminho de Peabiru, foram realizadas pesquisas a campo, em nível regional, no norte da COMCAM, buscando levantar aspectos históricos e culturais da região, para formação de um banco de dados georreferenciados e criação do SIG-CAMINHO DE PEABIRU NA COMCAM. O banco de dados é a base para a delimitação de roteiros de peregrinação, que incentivam o desenvolvimento do turismo rural, e outras atividades relacionadas. Subsidia, também, a tomada de decisões por parte do poder público quanto ao investimento de capital, nesta área, e a confecção de mapas que auxiliam a análise espacial dos dados e a divulgação do turismo, em meio analógico e digital (Internet).

Palavras-chave: Sensoriamento remoto - Paraná. Ecoturismo - Paraná. Sistemas de Informação Geográfica - Ecoturismo - Paraná.

Downloads 6250  6250  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »