Educadores

Ínicio : Química : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (11)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!A Contextualização do Ensino de Química por meio de Crônicas Popular Versão: 2009
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
FRANCHI, Silmar José Spinardi

De acordo com alguns especialistas, o Ensino de Química deve estar centrado no conhecimento químico e no contexto social. Na busca por alternativas para um ensino de química contextualizado, propusemos que o uso de crônicas poderia se constituir em uma boa alternativa por proporcionar uma melhor interação entre o aluno e o conhecimento químico. A crônica se constituiria em uma ferramenta a mais a ser utilizada pelo professor, em conjunto com sua atividade e seu planejamento. Neste trabalho, desenvolvemos um conjunto de quinze crônicas, das quais “De Olho na Natureza e nas Interações Intermoleculares”, “Namorados no Ponto... de Ebulição” e “Lá na Pescaria...” foram aplicadas e avaliadas junto a alunos do Ensino Médio de uma escola da rede pública, localizada em Campinas, São Paulo. Fizemos a avaliação das crônicas por meio de um questionário, no qual buscamos perceber a opinião dos alunos sobre as mesmas, bem como se existiam dificuldades para a sua interpretação e entendimento. Buscamos, ainda, avaliá-las quanto à linguagem, conteúdo, diálogos, associação com o cotidiano e alcance junto à comunidade. Os resultados obtidos na aplicação dessas crônicas foram muito positivos, com a grande maioria dos alunos afirmando que as crônicas prendem a atenção e facilitam o aprendizado. Todos afirmaram que as situações do cotidiano, descritas nas mesmas, facilitaram o entendimento do conteúdo químico, assim como a maioria dos alunos conversaria sobre os conteúdos de cada crônica com seus pais e amigos. Grande parte dos alunos consultados afirmou que preferiria ler a crônica antes de aprender o conteúdo químico nela contido, ou preferiria lê-la durante a aula do professor. A linguagem, os diálogos e a forma como os conteúdos são apresentados em cada crônica também são ressaltados pelos alunos como pontos positivos no estudo e utilização das crônicas no Ensino Médio. A análise indica, também, que a utilização de crônicas contempla alguns dos objetivos dos Parâmetros Curriculares Nacionais, uma vez que os alunos declararam que se sentiriam à vontade para conversar sobre o conteúdo químico fora do ambiente escolar, além de se predisporem a reproduzir alguns dos experimentos descritos em algumas das crônicas. Dada à surpresa diante da novidade, além da boa receptividade manifestada pelos alunos consultados, concluímos que a redação de materiais alternativos, como as crônicas descritas neste trabalho, deva ser continuada e estimulada.

Downloads 13255  13255  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Química e cidadania : uma abordagem a partir do desenvolvimento de atividades experimentais investig Popular Versão: 2009
Atualização:  9/8/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Ricardo Castro de

Este trabalho teve por objetivo investigar a contribuição das atividades experimentais investigativas no desenvolvimento do processo de tomada de decisão e formação cidadã dos alunos. A coleta de dados se deu por meio da aplicação de um minicurso de 40 horas para uma turma de alunos do primeiro ano do Ensino Médio de uma Escola Pública do Município de São Carlos, localizada no Estado de São Paulo. O tema discutido foi combustível e as atividades experimentais investigativas estavam relacionadas à gasolina, ao álcool e ao biodiesel. Antes da realização dessas atividades, o pesquisador promoveu debates dentro da perspectiva de Educação em Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS). Para a análise dos dados, solicitou-se que os alunos registrassem por escrito os procedimentos adotados durante cada atividade, além da filmagem e anotações realizadas pelo pesquisador. A partir da análise dos resultados, constatou-se que o uso de atividades experimentais por meio da abordagem investigativa aliada à realização dos debates auxiliou os alunos no processo de tomada de decisão em situações sócio-científicas controversas, indispensável no desenvolvimento da cidadania. Essas atividades contribuíram em vários aspectos para a formação dos alunos, tais como no desenvolvimento de habilidades conceituais, procedimentais e atitudinais, proporcionando aos alunos o reconhecimento da Ciência como uma atividade humana em permanente construção.

Palavras-chave: Ensino de Química. Atividades experimentais investigativas. Cidadania.

Downloads 1048  1048  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSCar  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Envolvimento dos estudantes do ensino Médio com a Química – Conversas de Professores Popular Versão: 2008
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
BAZZAN, Alessandro Callai. Envolvimento dos estudantes do ensino Médio com a Química – Conversas de Professores. Unijuí, 2008

Discute-se, no trabalho realizado, o envolvimento dos estudantes nas aulas de Química do Ensino Médio, com base, principalmente, em conversas entre professores de Química que atuam em escolas de Ijuí-RS. O principal objetivo foi compreender motivos que costumam tornar o ensino de Química pouco significativo para os estudantes, apesar da reconhecida importância dessa área do conhecimento na sociedade contemporânea. A realização de conversas com professores com diferentes perfis, como tempo de formação, cargas horárias em sala de aula, diferentes redes de ensino e que atuam em escolas de Ijuí-RS, permite conhecer um pouco a maneira como os mesmos percebem o envolvimento de seus alunos nas aulas e, ainda, outros aspectos relativos ao seu cotidiano como professores. Com base nas conversas e na leitura de escritos de outros professores sobre o ensino de Química no Brasil, chega-se a algumas proposições sobre fatores que interferem no aprendizado e envolvimento dos estudantes de Química no Ensino Médio. Constatou-se que a realização de atividades experimentais e a concepção do professor em relação à experimentação interferem de forma expressiva no envolvimento dos alunos. Da mesma forma, o estudo de situações que envolvem o cotidiano dos estudantes permite maior significação dos conceitos envolvidos nos fatos químicos; no entanto, é complicado definir qual é realmente o cotidiano de um aluno de ensino médio. As distintas histórias de vida e as diferenças entre as escolas permitem a elaboração de várias hipóteses para explicar o grau de interesse dos estudantes nas aulas de Química, assim, também, as diferentes condições de trabalho implicam em maior ou menor comprometimento dos professores. Outro aspecto considerado foi o currículo adotado pelas escolas e a maneira com que este leva ou não à adoção de práticas de ensino mais significativas para os estudantes. Conclui-se que o problema é complexo e que não há respostas simples a serem dadas quando se analisa as conversas de professores que produzem as aulas em contextos reais, havendo diversos fatores que devem ser levados em conta e analisados, sempre inseridos numa ampla realidade. Para cada situação escolar, compreendendo estudantes, professores e a escola como um todo, devem ser buscados os melhores caminhos que levem ao envolvimento de todos nas aulas de Química. Nenhuma solução genérica, muitas vezes, apresentada como eficaz na aprendizagem do conhecimento químico, foi considerada satisfatória pelos sujeitos da pesquisa.

Palavras-chave: Química do Ensino Médio. Percepções de Professores de Química. Envolvimento dos estudantes com a Química.

Downloads 2171  2171  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unijuí  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Formação docente: conhecimento do conteúdo específico. Se eu não entendo, como posso explicar? Popular Versão: 2007
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
TEIXEIRA JÚNIOR, José Gonçalves. Formação docente: conhecimento do conteúdo específico. Se eu não entendo, como posso explicar? Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Uberlândia, Programa de Pós-Graduação em Química, 2007.

Este estudo propõe investigar e analisar as aprendizagens dos futuros professores de Química sobre Equilíbrio Químico, identificando suas dificuldades e condicionantes em uma universidade pública do estado de Minas Gerais. Para subsidiar este trabalho, recorreu-se à pesquisa qualitativa, que se consolidou em um estudo de caso, que envolveu a análise de questionários, entrevistas semi-estruturadas e planos de aula elaborados pelos alunos. Foram investigados 47 licenciandos matriculados em disciplinas sobre ensino de Química, mais especificamente, nas disciplinas de Prática de Ensino, Instrumentação para o Ensino de Química e metodologia de Ensino de Química. A análise dos dados revelou que o ensino do tópico sobre Equilíbrio Químico na formação inicial de professores é orientado (por grande parte dos formadores) por uma concepção que privilegia o modo mecânico, reprodutivo, enfatizando muito mais o caráter repetitivo do que seu potencial para favorecer a construção de conceitos. Ficou evidenciado que os alunos detêm dificuldades com a conceituação de Equilíbrio Químico, com a aplicação das regras de Le Chatelier e em relação ao equilíbrio em meio aquoso, o que possibilita a proposição de situações de ensino que favorecem abordagens superficiais sobre o tema no Ensino Médio.

Palavras-chave: Equilíbrio químico. Formação docente. Química.

Downloads 7975  7975  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Uberlândia - PPGQ  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Ligações Hidrogênio no Cotidiano – uma contribuição para o ensino de química Popular Versão: 2008
Atualização:  7/8/2013
Descrição:
REIS, Adriano de Souza

O enfoque deste trabalho é o ensino de química, abordando situações cotidianas de pessoas comuns, visando a interpretação destas situações do ponto de vista químico. O principal objetivo é a elaboração de um material que seja útil para graduandos e professores, particularmente os professores de química que atuam no nível médio e superior. As ligações hidrogênio e suas propriedades compõem a maior parte da discussão deste texto. Vários contextos são utilizados, tais como, química ácido-base, capilaridade, formação do DNA e mutações genéticas, água líquida e sua contribuição em diversos fenômenos, química da sensação dos sabores doce e amargo, além de outras situações corriqueiras. As situações abordadas não são utilizadas como objetos de estudo, mas como forma de discutir alguns aspectos, propriedades e características das ligações hidrogênio. Além disso, o texto discute a melhor forma de entender ligação hidrogênio em diferentes níveis. A sequência do texto coloca, gradualmente, as principais propriedades das ligações hidrogênio em diferentes contextos. Inicialmente o modelo puramente eletrostático é utilizado para explicar algumas situações interessantes. Em seguida, o modelo puramente eletrostático tradicional é questionado e observa-se que ele não é conveniente para explicar todos os fenômenos, sendo então questionado e repensado ao longo do texto. Novos argumentos são usados para explicar a ligação hidrogênio, agora usando o conceito de modelo eletrostático com uma componente covalente. Essa contribuição torna o modelo mais complexo que o anterior e inclui outras ideias além dos “pontinhos” (X – H X), normalmente usados para representar a contribuição puramente eletrostática desta interação. Muitas propriedades das ligações hidrogênio são apresentadas e discutidas ao longo do texto, utilizando este novo conceito.

Downloads 18462  18462  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Dos professores de química ao professores alquímicos: uma transmutação no profissional docente Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CALDEIRA, Claudio Galeno. Dos professores de química ao professores alquímicos: uma transmutação no profissional docente. Dissertação (mestrado em Educação) - Universidade de Uberaba, Uberaba, MG, 2007.

Esta dissertação busca entender como o ensino de química passou a aceitar o discurso produzido pela ciência. Esta busca consistirá em analisar dois momentos de mudanças ocorridos no pensamento cientifico e no pensamento educacional e propor um terceiro momento que poderá ocorrer nas concepções da educação e, mais especificamente, no ensino de química. O primeiro momento analisado consiste na mudança de pensamento e de concepções ocorridas a partir do século XVI com o surgimento da chamada ciência moderna, aqui representada pela química, em detrimento dos saberes milenares da alquimia. Num segundo momento será analisada a transformação ocorrida no campo educacional, com as idéias de Comenius que, no século XVII propôs uma mudança na forma de ensinar, rompendo com o ensino escolástico e dando origem à sala de aula, como o espaço físico que hoje concebemos. O terceiro e último momento ainda não aconteceu, sendo ele, o objetivo deste trabalho que mostrará ser necessária uma mudança na concepção dos professores de química deixando uma formação tecnicista e adotando uma postura alquímica, sem que isso implique no retorno à visão mágico-vitalista dos alquimistas. O trabalho consiste numa pesquisa bibliográfica e teve como referenciais teóricos Michel Foucault, Ana Maria Goldfarb, Attico Chassot, Otávio Maldaner e Roseli Pacheco Schnetzler.

Palavras-chaves: Educação. Formação de professores. Professores alquímicos. Química.

Downloads 3524  3524  Tamanho do arquivo 1.96 KB  Plataforma Universidade de Uberaba  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Estrutura da Matéria e Tabela Periódica no Ensino de Ciências para a 8a série – Caminhos Alternativo Popular Versão: 2006
Atualização:  7/8/2013
Descrição:
TASCA, Rodolfo Aureo. Estrutura da matéria e tabela periódica no ensino de ciências para a 8ª série - Caminhos alternativos no ensino de química. Dissertação de Mestrado. Unicamp, Instituto de Química. Campinas, SP, 2006.

O estudo da Estrutura da Matéria e Tabela Periódica foi aplicado na antiga oitava série do ensino fundamental, hoje nona série. Este trabalho almeja que a introdução desses conceitos seja de maneira natural, sem criar expectativas ou hostilidades sobre o assunto. Sabe-se que a abstração é um fator fundamental no estudo da estrutura da matéria, e o uso de modelos adequados faz com que a introdução desses conceitos seja mais palatável. Durante os primeiros 4 meses do ano letivo de 2002, duas salas de 35 alunos, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Pavanatti Fávaro, situada no município de Campinas, foi o local escolhido para a aplicação do trabalho. As atividades aplicadas envolveram trabalhos com modelos mecânicos, interpretação e criação de modelos para o átomo, familiarização com a Tabela Periódica e jogos educativos que auxiliaram a memorização de algumas ferramentas fundamentais no ensino de química. As atividades serviram como instrumentos para a introdução dos fundamentos no estudo da estrutura da matéria e tabela periódica. Sem aprofundar nos conceitos, deu-se ênfase aos aspectos mais importantes que serão estudados no Ensino Médio, como: conhecimento sobre o átomo e suas partículas fundamentais (prótons, nêutrons e elétrons), simbologia e representação (linguagem química), formação e formulação de alguns compostos (ex: água, amônia, metano, gás carbônico, etc.), leitura e utilização da Tabela Periódica em seus aspectos mais simples. As atividades mostraram que é possível tornar o ensino da estrutura da matéria mais palatável e sem traumas, sendo o livro didático, apenas um dos instrumentos para o aluno e para o professor. Experimentos simples; usando-se argila, feijões, grãos de bico, bolinhas de gude, jogos de bingo e de cartas, mostraram-se facilitadores para o entendimento dos conceitos, de modo que, ao mesmo tempo em que o estudante está “brincando”, ele também está fortalecendo seu aprendizado.

Palavras-chaves: Educação. Modelos. Átomos. Jogos.

Downloads 5323  5323  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Química e Cidadania: uma abordagem a partir do desenvolvimento de atividades experimentais investiga Popular Versão: 2009
Atualização:  9/8/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Ricardo Castro de. Química e Cidadania: uma abordagem a partir do desenvolvimento de atividades experimentais investigativas. Dissertação (Mestrado), UFSCar, São Carlos, 2009.

Este trabalho teve por objetivo investigar a contribuição das atividades experimentais investigativas no desenvolvimento do processo de tomada de decisão e formação cidadã dos alunos. A coleta de dados se deu por meio da aplicação de um minicurso de 40 horas para uma turma de alunos do primeiro ano do Ensino Médio de uma Escola Pública do Município de São Carlos, localizada no Estado de São Paulo. O tema discutido foi combustível e as atividades experimentais investigativas estavam relacionadas à gasolina, ao álcool e ao biodiesel. Antes da realização dessas atividades, o pesquisador promoveu debates dentro da perspectiva de Educação em Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS). Para a análise dos dados, solicitou-se que os alunos registrassem por escrito os procedimentos adotados durante cada atividade, além da filmagem e anotações realizadas pelo pesquisador. A partir da análise dos resultados, constatou-se que o uso de atividades experimentais por meio da abordagem investigativa aliada à realização dos debates auxiliou os alunos no processo de tomada de decisão em situações sócio-científicas controversas, indispensável no desenvolvimento da cidadania. Essas atividades contribuíram em vários aspectos para a formação dos alunos, tais como no desenvolvimento de habilidades conceituais, procedimentais e atitudinais, proporcionando aos alunos o reconhecimento da Ciência como uma atividade humana em permanente construção.

Palavras-chave: Ensino de Química. Atividades experimentais investigativas. Cidadania.

Downloads 821  821  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSCar  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!O Uso do Computador Auxiliando no Ensino de Química Popular Versão: 
Atualização:  9/8/2013
Descrição:
VICINGUERA, Maria Lúcia Fidel

A chamada era da informática é marcada pelo avanço tecnológico que vem gerando conflitos de ideias, porém facilitando e tornando mais acessíveis as informações. É necessário que a maioria das pessoas saiba operar com as novas tecnologias da informação, pois o acesso à informação é imprescindível. Uma das formas mais eficazes de alcançar esse objetivo é através do uso do computador como uma ferramenta de investigação, construção, análise, divulgação, produção do conhecimento e, principalmente, como apoio à inteligência. A informática no meio educacional surgiu rapidamente, infiltrou-se em nossos meios e já não há como fugir dessa realidade, portanto, ou nos inserimos neste processo ou ficaremos no esquecimento, pois tanto educandos quanto educadores sentem que ela se faz necessária. Assim, deve-se tentar unir conhecimento tecnológico à prática pedagógica, rumo a um mesmo objetivo. Este trabalho promove uma reflexão sobre o uso e inserção do computador no meio escolar, disponibilizando aos educadores subsídios para uma possível análise de como viver no mundo tecnológico sem medo, porém, com mais informações, sendo capaz de acompanhar e formar indivíduos críticos, com visão de mundo e com capacidade de administrar a gama de informação que lhes chega a todo o instante por meio de mídias, tais como: jornais, revistas, televisão e, em especial, o computador, com o uso da internet, quando, na maioria das vezes, o aluno não consegue administrar de forma coerente e crítica as informações que lhes são disponibilizadas.

Palavras chave: Computador. Tecnologia. Ensino-aprendizagem. Conhecimento.

Downloads 4237  4237  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGEP-UFSC  Site http://www.ppgep.ufsc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Atuação e formação dos professores de Química na EJA características dos estilos de pensamento – u Popular Versão: 
Atualização:  12/8/2010
Descrição:
LAMBACH, Marcelo

Este trabalho apresenta o estudo de uma pesquisa feita com os professores de Química que atuam na Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede pública do Estado do Paraná. Tomando como referência a Epistemologia de Ludwik Fleck, buscou-se identificar os possíveis elementos que caracterizam o Estilo de Pensamento desses docentes, e como esse interfere na ação pedagógica.

Palavras-chave: Formação continuada. Formação de professores. Formação permanente. Ensino de Química. Educação de Jovens e Adultos. Ludwik Fleck. Paulo Freire.

Downloads 1326  1326  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 5 6 »