Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (18)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!De operário a presidente : a imagem política de Lula no horário eleitoral da televisăo nas camp Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
ANTONIUTTI,Cleide Luciane

Este trabalho tem por finalidade analisar de forma comparativa a imagem política no espaço televisivo durante a exibição do Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral (HGPE) nas disputas presidenciais de 1989 e 2002. A pesquisa tem como objeto de estudo as propagandas eleitorais do candidato Luis Inácio Lula da Silva (PT). O estudo pretende enfatizar o caráter propriamente audiovisual da campanha no HGPE, analisando como os programas do PT se valeram diferentemente dos recursos comunicativos da televisão na construção da imagem de Lula nas duas campanhas. O que se pretende investigar neste estudo é de que forma a propaganda eleitoral veiculada no HGPE contribui para a construção e consolidação da imagem política do candidato. Além da análise dos programas de televisão, o estudo dedica um capítulo sobre a relação da mídia com a política. Vemos a partir desta discussão teórica, que cada vez mais os processos eleitorais, partidos e candidatos passam a operar com a lógica dos meios de comunicação. Assim, a política contemporânea lida cada vez mais com imagens públicas construídas através da mídia, para as quais os líderes políticos devem estar preparados para adaptar suas atividades a um novo tipo de visibilidade.

Palavras-chave: Política. Imagem política. Mídia. Televisão. Propaganda eleitoral.

Downloads 1232  1232  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/3724
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Democracia e elites : institucionalização e cultura política no fórum de desenvolvimento de Dois Viz Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
BEAL, Marcos Antonio

O trabalho procura entender, a partir de três variáveis agregadas (apoio governamental e institucionalidade formal; valores políticos e capital social; desenho institucional e processo decisório), qual é a racionalidade da cultura política e do processo de consolidação institucional do Fórum de Desenvolvimento de Dois Vizinhos, município localizado no sudoeste do Paraná, desde seu surgimento em 2002 até os últimos passos de consolidação de sua identidade institucional, na atualidade. O Fórum é abordado enquanto organização da sociedade civil que visa discutir e implementar um projeto de desenvolvimento para o município, estabelecendo para isso relação de parceria com o Poder Público Municipal. Para isso, situamos, primeiramente, a emergência do Fórum, salientando sua ligação umbilical com o poder público municipal para, posteriormente, delinearmos alguns aspectos da construção de sua identidade institucional, particularmente o Estatuto da instituição. nalisamos ainda o capital social e os valores políticos dos líderes da instituição, atentando primeiramente para um mapeamento de seus níveis e dos traços de associativismo bem como seus valores políticos no que tange especialmente: a) ao interesse por política partidária e sentimento de eficácia subjetiva; b) ao conceito e adesão à democracia e; c) as percepções sobre o regime e o sistema. Finalizando analisamos também o desenho institucional do Fórum associado à constituição do Projeto de Desenvolvimento Dois Vizinhos 2003-2013, sessão em que atentaremos para alguns aspectos constitutivos da estrutura organizativa do Fórum, tais como o desenho institucional, a forma de recrutamento de seus participantes, e seu modus operandi, procurando consolidar as conclusões extraídas acerca do processo de institucionalização e da lógica da cultura política exploradas nas sessões precedentes. Concluímos por uma cultura política instrumental e a consolidação de uma identidade institucional sistêmica.

Palavras-Chave: Democracia. Cultura política. Organizações política. Elites.

Downloads 942  942  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/8450
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Divisão do trabalho partidário : organização em Lenin Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
CARDOSO, Felipe Guilherme Gava

Resumo: A pesquisa aborda a questão do partido em Lenin ao longo de toda sua produção teórica (1895-1923) e tem como proposta discorrer detidamente sobre a organização interna, levando em consideração a relação entre base e direção e partido e classe trabalhadora. Para tanto, analisa-se o conjunto da obra teórica de Lenin, as principais polêmicas a respeito do tema (como as discussões com Rosa Luxemburg e Trotski) e o acervo crítico oferecido por autores como MareeI Liebman, Neil Harding, Toni Cliff, Rudi Dutschke, Robert Michels, entre outros. O ponto central de discussão diz respeito ao predomínio, em Lenin, do princípio de especialização e do perfil militarizado das relações intra-partidárias, cujo fundamento remete à cisão entre direção política (Comitê Central) e execução de tarefas (base de militantes). Esse fator é especialmente problemático no período de transição ao comunismo, quando esse modelo organizativo se toma um empecilho para o desmantelamento das relações de produção de tipo capitalista já que repõe estratificações sociais de tipo classista.

Palavras-chave: Lenin. Socialismo. Comunismo. Poder. Ideologia. Política. Classe trabalhadora. Rosa Luxemburgo. Trotski. Comitê central.

Downloads 2102  2102  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://www.sbsociologia.com.br/index.asp
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Do amor em tempos de internet : análise sociológica das relações amorosas mediadas pela tecnologia Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
NASCIMENTO, Carlize Regina

O objetivo principal deste trabalho foi o de pesquisar a sociabilidade amorosa mediada pela tecnologia eletrônica, bem como as representações que os usuários elaboram acerca desta experiência. A problemática central do estudo investiga se existe a possibilidade de se construir relacionamentos amorosos pela Internet e que tipos de relações podem configurar-se nela. Além disso apresentam-se alguns dos motivos encontrados para a busca de parceiros no ambiente virtual, descrevem-se as práticas vivenciadas pelos usuários, verifica-se a vigência ou não da reprodução de valores tradicionais referentes às relações entre os gêneros e averiguam-se as possibilidades do uso construtivo e/ou deletério da Internet em relação à sociabilidade amorosa. A consecução do trabalho deu-se por intermédio da realização de entrevistas com usuários dos sites de encontros e namoros; recursos virtuais escolhidos por serem construídos para a busca de parceiros. Os resultados foram submetidos à análise qualitativa e revelaram que, de acordo com a definição e expectativa, dos usuários entrevistados, acerca das relações amorosas e/ou sexuais, a Internet não é um ambiente onde se possa construí-los e vivenciá-los, porém esta tecnologia é uma ferramenta a mais para busca e aproximação entre pessoas que desejam um parceiro. Verificamos que a Internet propicia não só a aproximação como também o rompimento das relações estabelecidas entre os parceiros e, finalmente, que no ambiente virtual reproduzem-se as relações de gênero calcadas nos modelos tradicionais.

Palavras-chave: Amor. Sexualidade. Tecnologia. Relacionamento. Internet. Subjetividade. Gênero.

Downloads 1305  1305  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/12128
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Do amor em tempos de internet : análise sociológica das relações amorosas mediadas pela tecnologia  Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
NASCIMENTO, Carlize Regina Ogg; TAMANINI, Marlene
Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas,
Letras e Artes.Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Data de publicação: 2007

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Defesa: Curitiba, 2007

O objetivo principal deste trabalho foi o de pesquisar a sociabilidade amorosa mediada pela tecnologia eletrônica, bem como as representações que os usuários elaboram acerca desta experiência. A problemática central do estudo investiga se existe a possibilidade de se construir relacionamentos amorosos pela Internet e que tipos de relações podem configurar-se nela. Além disso apresentam-se alguns dos motivos encontrados para a busca de parceiros no ambiente virtual, descrevem-se as práticas vivenciadas pelos usuários, verifica-se a vigência ou não da reprodução de valores tradicionais referentes às relações entre os gêneros e averiguam-se as possibilidades do uso construtivo e/ou deletério da Internet em relação à sociabilidade amorosa. A consecução do trabalho deu-se por intermédio da realização de entrevistas com usuários dos sites de encontros e namoros; recursos virtuais escolhidos por serem construídos para a busca de parceiros. Os resultados foram submetidos à análise qualitativa e revelaram que, de acordo com a definição e expectativa, dos usuários entrevistados, acerca das relações amorosas e/ou sexuais, a Internet não é um ambiente onde se possa construí-los e vivenciá-los porém esta ecnologia é uma ferramenta a mais para busca e aproximação entre pessoas que desejam um parceiro. Verificamos que a Internet propicia não só a aproximação como também o rompimento das relações estabelecidas entre os parceiros e, finalmente, que no ambiente virtual reproduzem-se as relações de gênero calcadas nos modelos tradicionais.

Palavras chave: Amor. Sexualidade. Tecnologia. Relacionamento. Internet. Subjetividade. Gênero. Cultura. Indústria cultural.

Área de concentração: Cultura e poder

Downloads 413  413  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Do Quilombo à Escola: os Efeitos Nefastos das Violências Sociais Silenciadas Popular Versão: PDF
Atualização:  28/7/2017
Descrição:
SOARES, Edimara Gonçalves

Esta pesquisa foi realizada com sujeitos que transitam por espaços sociais distintos: Quilombo e Escola, ambos entendidos como espaços que ocorrem a construção da identidade das crianças negras quilombolas. O objetivo da pesquisa é buscar uma, dentre as possíveis compressões dos significados de ser criança negra e quilombola na Escola e no Quilombo. Também é objetivo deste estudo reconhecer manifestações do fenômeno do Auto-ódio desses sujeitos, como tentativas de defesa, conscientes ou não, ao preconceito vivido, que por sua vez redundam em ataque, dado que constituem uma “ferida identitaria” (Baibich, 2001, p.08). Assim, o objetivo central da pesquisa consiste em saber o que a Escola faz com a identidade fragilizada das crianças vítimas do preconceito ao quadrado. A opção metodológica demandada pelo objeto de estudo desta pesquisa foi a pesquisa qualitativa, considerando que era preciso imergir na subjetividade dos sujeitos, buscando captar os sentidos e significados das situações vividas por eles/as. Percebemos que o sentimento de negação ao Quilombo está diretamente relacionado com as violências racistas sociais, pois, dizer se quilombola é assumir uma pertença duplamente desprezada, é assumir se desvalorizado, inferiorizado. As crianças adentram o espaço escolar carregando essa identidade fragilizada, e são constantemente perseguidas e atacadas em suas características inerentes. A Escola ignora o sofrimento dessas crianças diante da inferioridade que lhes é imputada pelos Outros. Assim, mediante suas falas e seus olhos cheios de lágrimas as crianças nos revelam que carregam uma identidade que não vive, mas sim, sobrevive. Mostram que esta sobrevida é nutrida com as forças do mais profundo desejo de abandonar a condição de ser, visto que essa é talvez a única, e também a última e trágica estratégia encontrada como mecanismo de defesa, diante da cruel e dolorida perseguição a pertença étnica -negra e quilombola.

Palavras-chave: Violências racistas. Identidade da criança negra quilombola. Escola.

Downloads 108  108  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Do sujeito de direito ao estado de exceção: o percurso contemporâneo do sistema penitenciário brasil Popular Versão: 
Atualização:  13/5/2008
Descrição:
Teixeira, Alessandra

Este trabalho pretende investigar o percurso da política penitenciária brasileira contemporânea, partindo da aposta nas concepções humanizadoras e resocializadoras do cárcere que a redemocratização tardiamente introduziu no país durante a década de 80, até seus desdobramentos que levariam a seu completo avesso. Assim, já no início da década de 90, um conjunto de medidas caracterizadas pela contínua supressão de direitos e pela maior punitividade das sanções impostas a acusados e presos acabou por instalar verdadeiros regimes de exceção dentro do sistema penal, nos quais a figura do sujeito de direito tende, gradativamente, a esvaecer. Outrossim, essa discussão está inserida a partir de um quadro teórico mais amplo que problematiza a persistência da prisão na contemporaneidade, não obstante a crise das disciplinas e a ordem de reconfigurações imposta pelas recentes transformações do capitalismo a todo um mundo social ancorado em suas representações. A análise das práticas e orientações adotadas mais recentemente pelo sistema penitenciário brasileiro é feita levando em conta a pertinência ou não dos deslocamentos ontológicos sugeridos pela literatura eleita neste estudo, a respeito das categorias que conferiam inteligibilidade ao crime, ao criminoso e à punição, e que se apresentam como centrais à compreensão da finalidade atribuída à prisão na atualidade.

Palavras-chave: Prisão. Política penitenciária. Direitos humanos. Justiça criminal. Crime. Estado de exceção.

Downloads 545  545  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!E com a palavras: os alunos - estudo das representações sociais dos alunos da rede pública do Distri Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
RESES, Erlando da Silva

Resumo: A Sociologia não é uma disciplina obrigatória em âmbito nacional, mas, no Distrito Federal, passou a constar no currículo das três séries do ensino médio desde 2000, como conseqüência da Reforma do Ensino Médio implementada pelo Governo Federal em 1998. Tanto os documentos oficiais dessa reforma quanto o texto do currículo de Sociologia do Distrito Federal postulam que a disciplina deve ser percebida como conhecimento dinâmico, flexível e prático, que prepara o educando para o exercício pleno de sua cidadania. Mas, e os alunos, o que pensam? Qual a percepção deles sobre o papel da Sociologia em sua formação? No intuito de investigar essas questões, estudamos 79 sujeitos que vivem em realidades sociais diferenciadas do Distrito Federal. Para isto, utilizamos grupos focais de alunos na cidade-satélite de Santa Maria e na Asa Norte. Neste trabalho, a teoria das Representações Sociais serviu como base no desenvolvimento teórico-metodológico. Serge Moscovici e Willem Doise foram os principais representantes dessa teoria, mas o segundo é o que mais se aproxima do objetivo desta pesquisa, pois desenvolve uma perspectiva societal para o estudo das representações sociais com base numa abordagem tridimensional que propõe: a existência de um conteúdo comum nas representações sociais das tomadas de posição, a existência de diferenças dentro desse conteúdo comum entre as posições dos sujeitos, além da existência de uma ancoragem das diferentes tomadas de posição. Os resultados da pesquisa revelaram que a Sociologia contribui para a compreensão da sociedade moderna, para a construção do senso crítico e para a formação do exercício da cidadania, que constituem o campo comum das representações sociais dos sujeitos pesquisados. As diferenças dentro desse campo revelaram que os alunos de Santa Maria percebem a Sociologia como instrumento fundamental na intervenção da realidade social, enquanto os alunos da Asa Norte percebem-na como parte de sua formação escolar, contribuindo para a conscientização política e social.

Palavras-chave: Educação. Sociologia no ensino médio. Sociologia da Educação. Ensino de Sociologia. Aluno.

Downloads 273  273  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UnB  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Educação e relações raciais : um estudo de caso Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
SANTOS, Abel Ribeiro dos

Resumo: Esta pesquisa teve como pano de fundo as reflexões em âmbito nacional em relação ao tema das relações étnico-raciais no Brasil. O foco central de estudo foram as relações raciais e as práticas educativas de professores, especificamente dentro da realidade sócio-educacional de escolas públicas na cidade e região metropolitana de Curitiba. Para isso, à luz da lei 10.639 de 2003 sobre o ensino de História da África, analisou-se como estão representados o negro e a história da África nos livros didáticos de história de 6ª e 7ª séries, qual é a visão dos professores e qual vem sendo sua prática pedagógica em sala de aula. Para tanto, delimitou-se como universo de pesquisa e estudo de caso uma escola localizada na periferia da cidade de Curitiba. A partir de uma abordagem qualitativa de natureza interpretativa, foram entrevistados profissionais pedagogos, professores, funcionários e alunos para saber como se dão as relações étnico-raciais na escola. Analisou-se ainda, in fine, como as práticas docentes têm contribuído para a discussão do papel da escola (problematizadora/reprodutora) em relação às práticas discriminatórias a negros no ambiente escolar. A pesquisa evidenciou elementos que constataram as hipóteses levantadas, tais como: formas de silenciamento da questão racial e de práticas discriminatórias na escola; a idéia de democracia racial brasileira perpassando todo o ambiente escolar; os livros didáticos analisados não avançaram na problematização e na desconstrução das imagens negativas dos negros, que ainda estão associadas à escravidão e à inferioridade do negro na formação cultural do País, principal reivindicação dos movimentos negros desde a década de 70; a lei 10.639/03, apesar de 4 anos de sua implementação, é pouco conhecida e não está sendo colocada em prática pelos professores desta escola; há formas de racismo explícito e implícito no ambiente escolar, negado pelos professores, denotando estarem pouco preparados para lidar com a questão racial em sala de aula. No final da pesquisa, evidenciamos a importância da lei 10.639/03, se não para resolver totalmente o problema educacional dos negros, mas, para contribuir na problematização das relações raciais e apontar novos caminhos para diminuir as grandes diferenças sociais existentes no interior das escolas de todo o Brasil.

Palavras-chave: Relações étnico-raciais. Educação. Livros didáticos. Escola pública. Discriminação. Instituição escolar. Poder. Política. Ideologia.

Downloads 2713  2713  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Educação para o trabalho : os sindicatos amarelos e a pedagogia estadonovista  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
SOUSA, Giane Maria de

Esta dissertação analisa a concatenação histórica entre surgimento do Sindicato dos Têxteis (1939) e o reconhecimento do Sindicato dos Mecânicos e Metalúrgicos (1942), no período do Estado Novo (1937-1945) em Joinville - SC, como uma vertente do sindicalismo amarelo para a promoção da aquiescência social e educação dos trabalhadores.

Palavras-chave: Educação.Brasil. Estado novo. Sindicatos.

Downloads 2384  2384  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 »