Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (18)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (novos listados primeiro)

Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O trabalho vazio de subjetividade : revoluçăo tecnológica, racionalidade capitalista e alienaç& Popular Versão: pdf
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
CINALLI, Daniel Lopes

Resumo: O texto traz à luz o mundo do trabalho esvaído de suas ações na subjetividade humana. Sob o foco do avanço tecnológico aliado a forma capitalista de pensar e agir, a atual organização produtiva do trabalho transforma as relações sociais que preenchem a vida do trabalhador, dentre as quais, a subjetividade é o tema principal dessa pesquisa. Inicia-se com uma discussão sobre o papel do trabalho na sociedade, embutido no processo de modernização reflexiva e no modo de produção flexível. Apresenta, em seguida, uma análise sobre o desenvolvimento técnico-científico conduzido pela racionalidade capitalista e seus reflexos sobre o chamado mundo da vida. O avanço do mundo sistêmico é observado sob a ótica do paradigma habermasiano da razão comunicativa e do processo de subjetivação do ser humano, permitindo a crítica à razão instrumental e abrindo a questão: está-se diante de uma racionalidade ou irracionalidade capitalista? Ao final, tem-se a corporificação do mundo da vida versus o mundo do sistema, evidenciada pelas disparidades sócio-econômicas globais e nacionais. Imerso à lógica e às regras da produção capitalista está o indivíduo, com a constituição de seu ser social distanciada de um trabalho sujeito que atue em sua interioridade e comprometida pelos contrastes da vida social à sua volta.

Palavras-chaves: Subjetividade. Tecnologia. Racionalidade. Alienação. Mundo do trabalho. Mundo da vida. Ser social. Capitalismo.

Downloads 3556  3556  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/6055
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O poder da marca e uma construção de estilo de vida : um estudo de caso dos alunos da PUCPR  Popular Versão: pdf
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
FONTOURA, Miriam Silva da

Resumo: Atuantes no cotidiano da sociedade como coadjuvantes da cultura, as marcas, participam da construção de um imaginário, individual e coletivo pela grande capacidade de criar diferenciação como imagem. Sob a forma de consumo, mantém uma lógica de funcionamento e semelhança nos elementos essenciais para a sua existência e permanência. Impregnadas significações, as marcas desvendam-se através de uma linguagem, revelando comportamentos recorrentes a um estilo e modo de vida. O objetivo deste trabalho é proporcionar uma reflexão sobre O Poder da Marca como uma das dimensões na construção de estilo de vida através do consumo nas sociedades contemporâneas, partindo-se da hipótese central de que as marcas são referências de identificação e distinção. Em especial a marca Puma, fio condutor da pesquisa.

Palavras-chave: Marca. Consumo. Estilo de vida. Trabalho. Produção. Classes sociais.

Downloads 48850  48850  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/11027
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O luxo da marca Cartier : uma trajetória de relações entre tradição e modernidade  Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
PORTUGAL, Priscilla Schramm

Resumo: O Luxo é um fenômeno social e cultural, presente em todo o mundo mas ainda desprezado na Academia. Seu estudo bem como o de seu consumo se faz importante como uma ferramenta para entender o comportamento e as formas de sociabilidade de uma elite que se relaciona de maneira peculiar e leva ao extremo a lógica de fetichismo da mercadoria, apontada por Karl Marx. Nessas relações, a distinção ocupa um papel central e é vivida com variações, que podem ser chamadas de filtros culturais. Para dar conta de tal temática, o objeto de estudo escolhido foi a sesquicentenária marca Cartier, sua trajetória, os personagens envolvidos em sua fundação e em sua manutenção. As estratégias que permitiram sua permanência através das mudanças sociais – e administrativas – a seu redor foram se adaptando e mostrando uma visão contemporânea (ou até vanguardista) da sociedade e, ao mesmo tempo, a insistência em um ideal tradicionalista buscado por muitos, sobretudo nos países do Ocidente.

Palavras-Chave: Luxo. Sociedade. Consumo. Marca. Moda. Trabalho. Produção. Classes sociais.

Downloads 9001  9001  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O espectador como espetáculo : notícias das Torcidas Organizadas na Folha de S. Paulo (1970-2004) Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
Toro, Camilo Aguilera

A formação do público do futebol no Brasil não é uma decorrência natural da assimilação deste esporte no país. Ela depende da consolidação dos processos que levaram à transformação do futebol em espetáculo de massas e em paixão nacional, ou seja, do surgimento do futebol como fenômeno econômico e cultural de 'grande escala' - momento a partir do qual este esporte deixa de ser uma atividade ociosa exclusiva de uma porção das elites urbanas. Agentes dessa transformação foram o Estado, os clubes, os atletas e de modo muito especial a imprensa, promotora da constituição de um público do futebol específico: robusto e militante. O surgimento, no final dos anos 60, das torcidas organizadas corresponde à versão exacerbada do que o jornalismo esportivo sempre destacou e, quando ausente, demandou com veemência: festa, colorido, alegria, compromisso, paixão. No entanto, também corresponde, não raras vezes, àquilo que a imprensa sempre condenou, mas nem por isso deixou de noticiar: a violência. Partindo deste conjunto de teses, apresentadas e discutidas na primeira parte da dissertação, a segunda parte oferece uma análise da informação esportiva do jornal Folha de S. Paulo durante o período 1970-2003. Busca-se com ela identificar o modo como um meio de comunicação deu visibilidade ao fenômeno, ou, em outras palavras, o modo como o tomou público ao lhe conferir o status de notícia, isto é, de mercadoria informativa. Dentro desta tentativa aparece uma outra: a de reconhecer a construção simbólica das torcidas organizadas feita pela mídia, rastreando as representações e significados que lhe são atribuídas. Presas a posturas populistas e/ou espetacularizadoras, descobre-se, entre outras coisas, que as representações variam toda vez que vem à tona assuntos que põem em risco a manutenção do futebol como espetáculo de massas ao vivo e como expressão e fonte de identidade nacional: a própria violência nos estádios, mas também temas como o Estatuto de Defesa do Torcedor e a adoção do modelo do futebol-empresa.

Palavras-chave: Futebol. Futebol - torcedores. Comunicação de massa. Representações de grupos.

Downloads 1739  1739  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O desempenho eleitoral de radialistas políticos nas eleiçőes proporcionais de 2002 no Paraná  Popular Versão: pdf
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
KASEKER, Monica Panis

Resumo: Este trabalho procura analisar a importância do rádio no processo eleitoral e na política contemporânea brasileira, mais especificamente no caso das eleições majoritárias de 2002 no Paraná. Nessas eleições, três radialistas políticos, que construíram suas carreiras políticas no rádio e já haviam cumprido vários mandatos como deputados estaduais na Assembléia Legislativa do Paraná, não conseguiram se reeleger. Parte-se da hipótese que a candidatura de um estreante na política e no rádio, Ratinho Júnior, filho do apresentador de televisão Ratinho, tenha atraído os votos dos eleitores de Algaci Túlio, Luiz Carlos Alborghetti e Ricardo Chab. A partir de entrevistas com os três radialistas e a coleta de informações, no Tribunal Regional Eleitoral, na Assembléia Legislativa, em jornais e nos índices de audiência, procura-se acompanhar suas atuações nos campos radiofônico e político, com o objetivo de investigar os motivos de suas derrotas nas urnas. Para enriquecer a análise, buscou-se comparar a trajetória de Algaci Túlio com a de um radialista político que se reelegeu em 2002, Luiz Carlos Martins. Também foram analisados os programas de rádio dos políticos para verificar como é utilizada a linguagem radiofônica e quais são as diferentes mediações presentes. A partir da perspectiva teórica de Bourdieu, sobre os conceitos de habitus e de campo, busca-se compreender como essas personagens transitam de um campo para outro. Sobre a questão da construção de sentido, recorre-se a Barthes e Baudrillard. Meditsch, Moreira e Nunes contribuem para a compreensão do rádio no Brasil. Ao abordar a política, destaca-se Weber, Shwartzenberg, Schumpeter e Faoro.

Palavras-chave: Rádio. Política. Eleições.

Downloads 3086  3086  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/2986?mode=simple&submit_simple=Mostrar+o+registro+em+f
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O contexto institucional e a relação entre executivo e legislativo na criação de municípios no Paran Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
ALVES, Alessandro Cavassin

Resumo: Esta dissertação estuda o processo de criação de municípios no estado do Paraná posteriormente à promulgação da Constituição Federal de 1988 e da Constituição Estadual de 1989, momento em que novas regras do jogo foram estabelecidas, formando um contexto institucional específico que estimulou as emancipações municipais no Brasil. Podemos resumir as características desse contexto institucional da seguinte forma: a) descentralização da regulamentação do processo emancipacionista em favor dos estados, com a definição de mecanismos legais pelas assembléias legislativas; b) ampliação dos recursos fiscais transferidos aos municípios pela União e c) dinâmica da relação entre os poderes Executivo e Legislativo nos próprios estados. Este estudo adota uma abordagem neo-institucionalista, em que as instituições possuem um papel preponderante na compreensão do resultado final da decisão política, mas também se aproxima da teoria da escolha racional, valorizando as estratégias dos atores nesse contexto institucional. Esta dissertação segue, em especial, os argumentos propostos na tese de doutorado em Ciências Sociais de Fabricio Tomio (2002) em que o autor elabora critérios gerais para identificação dos mecanismos que determinaram a dinâmica e o ritmo emancipacionista nos estados brasileiros após 1988. Além disso, este trabalho permite uma comparação entre os dois períodos democráticos brasileiros, 1946-1964 e após 1988, percebendo contextos institucionais semelhantes que propiciaram aumentos significativos no número de municípios no Brasil e, conseqüentemente, no Paraná. Assim, identificamos para o Estado do Paraná, como causa principal que definiu o ritmo na criação de municípios no período de 1988 a 1996, o amplo controle do poder Legislativo estadual na condução do processo, conseguido devido aos mecanismos legais estabelecidos, em especial, por ser uma lei de iniciativa popular.

Palavras-chave: Criação de municípios. Executivo e Legislativo Estadual. Estado do Paraná

Downloads 1438  1438  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Seed  Site http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O campo político da agricultura familiar e a ideia de projeto alternativo de desenvolvimento / Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
NUNES, Sidemar Presotto

O objetivo da presente pesquisa foi identificar as contradições da ideia de “projeto alternativo de desenvolvimento” adotado pelo “campo político da agricultura familiar” na região Sul do Brasil. Centrada na análise das contradições da ideia de alternatividade, procurou-se analisar como o “campo político da agricultura familiar” procura garantir viabilização, legitimidade social e reconstruir os referenciais ideológicos diante de um novo contexto social que passou por diversas transformações econômicas e político- ideológicas a partir do início dos anos 90. Diante desse contexto, a ideia de projeto alternativo de desenvolvimento (PAD) passa a ser proposta como novo referencial pelas organizações sociais da região Sul do Brasil, que aqui se chama de campo político da agricultura familiar. É uma ideia que se propõe enfrentar o processo de centralização do capital agroindustrial e os problemas por ele gerados; o crescente uso de insumos industriais, que promoveria a degradação dos recursos naturais e problemas sociais (êxodo rural, concentração agroindustrial, etc.) e ao centralismo e clientelismo do Estado brasileiro, que estaria privilegiando os interesses dos grandes grupos econômicos. Propõe-se fazer, de dentro do próprio capitalismo, algumas mudanças que pudessem garantir uma melhor reprodução social dos agricultores e contribuir para gerar novos referenciais político- ideológicos. Contém diversas outras idéias imprecisas (desenvolvimento sustentável, economia solidária, comércio justo, etc.) que podem ser adotadas de formas bastante diversas. Mais recentemente, a noção de agricultura familiar passou a ocupar a centralidade da ideia de PAD, contribuindo para criar uma nova identidade política, alterar interesses, projetos e opções políticas. Verifica-se que o campo político estudado conquistou alguns ganhos a partir das opções políticas que fez: constituição e fortalecimento de organizações econômicas (através do associativismo), instrumentos de política agrícola e de seguridade social específicos e fortalecimento da proposta de um novo modelo tecnológico através da agroecologia. No entanto, embora se coloquem como referências que podem conter elementos úteis no processo histórico, esses avanços não foram suficientes para gerar uma proposta para conter o referido processo em curso: centralização do capital, intensificação do uso de insumos industriais na agricultura e do poder das grandes empresas mundiais sobre o Estado. Utilizou-se o conceito de campo (Bourdieu) para delimitar o objeto de pesquisa e os conceitos de ideologia, legitimidade (Eagleton) e de contradição (Lukács, Marx e Engels) como fios condutores do método.

Palavras-chave: alternatividade. Referencial ideológico. Campo da agricultura familiar. Trabalho. Produção. Classes sociais.

Downloads 819  819  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 9.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O caminho das missões e seus peregrinos : nova modalidade de produto turístico na região das missões Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
ALVES, Carlos Augusto Silveira

Resumo: A dissertação tem como objeto de estudo o turismo na região das missões, localizada a noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, focando, especialmente, um novo produto turístico: o Caminho das Missões, uma rota de turismo a pé efetuada por peregrinos. O trabalho é um estudo de caso, baseado numa pesquisa de campo, a partir da realização de observação participante, entrevistas gravadas e aplicação de questionários com os sócios da empresa mantenedora do Caminho das Missões, os prestadores de serviços de hospedagem e alimentação, os agentes públicos do turismo regional e dirigentes católicos envolvidos com o produto turístico. O Caminho das Missões tem como característica o uso de toda a cadeia produtiva do turismo, envolvendo as áreas de hospedagem, alimentação, artesanato local, entre outras atividades econômicas da região. Estruturado em três capítulos, o trabalho analisa a formatação, as estratégias de venda e a construção da identidade do produto turístico Caminho das Missões, num contexto local em que o turismo passa a ser tratado pelos agentes políticos e privados como opção para o desenvolvimento regional. Reconstitui a narrativa histórica das missões, seus símbolos, crenças e práticas religiosos e, em seguida, analisa sua reapropriação e ressignificação pelos empreendedores do referido produto turístico. Analisa a apropriação e recriação da identidade missioneira a partir da configuração do produto turístico Caminho das Missões em turismo cultural, místico e religioso. Nesse intento, investiga os conflitos e divergências entre os agentes públicos do turismo e os mentores e empresários do negócio. Discorre sobre o papel dos prestadores de serviços, o perfil social dos clientes - os chamados peregrinos - e sua avaliação dos diferentes aspectos do produto. Por fim, analisa o produto no quadro de uma proposta de desenvolvimento sustentável do turismo através de quatro eixos reflexivos: econômico, político, social e histórico-cultural.

Palavras-chave: Missões Guarani-jesuíticas. Turismo sustentável. Peregrinos. Turismo místico e religioso.

Downloads 1656  1656  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - RS  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=979
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!No bico do corvo: nove narrativas de velhos: corpo e voz  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
D´AQUINO, Nora

Resumo: “No bico do corvo — nove narrativas de velhos: corpo e voz”, situa a velhice enquanto etariedade, vivida por velhos com mais de oitenta anos, exposta de viva voz — testemunhos. O texto desenvolve um cenário sócio-histórico com o intento de situar o objeto lentamente, gradualmente; dada sua obviedade intrínseca: ao longo do tempo, é velho quem está vivo. Essa aparente “naturalidade” pode simplificar um processo sociológico sofisticado de construção e manutenção em habitar um corpo biológico decadente, num viés de novidade; na contramão de uma cultura que privilegia o utilitário, o fazer, o jovem; que confunde as esferas público/privado e cala o homem. No Brasil, país em dívidas sociais contundentes, a velhice — uma minoria que se avoluma exponencialmente — margeia o assistencialismo sob o risco do isolamento. As narrativas contextualizam: quem está vivo quer estar entre homens. Exibem um impacto com o existir, desenham fronteiras míticas que não nos isentam. Num átimo estamos reféns, reconhecemos personagens, situações — um encontro com a história, com a ética do viver no privado e no público, responsabilidade à qual não é possível exonerar-se. As narrativas assim como as experiências artísticas, as performances, ecoando o íntimo na presença de outros, imprimem uma espécie de realidade ao mundo e aos homens. Os autores são mencionados à medida que contribuem com as questões que a voz escancara: a linguagem enquanto instituição social que constrói o tempo, o corpo e o lugar; um dizer que não é só literal, que potencializa o sentido numa medida de ressonância, como na poesia; a exigência que a vida e a morte fazem ao homem da presença no tempo, no corpo e a construção da história — o trapézio como um convite à voz.

Palavras-chave: Velhice. Voz. Corpo. Público/privado.


Downloads 3029  3029  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/2299
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Nem Eva nem Maria : as subjetivaçőes em colégios católicos Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
TAMANINI, Marlene

Resumo: Esta dissertação analisa como as mulheres construíram suas subjetividades generificadas a partir da experiência com as práticas e dispositivos pedagógicos engendrados em um colégio católico. Essa problematização amparou-se na articulação entre o referencial teórico de Michel Foucault – cuja leitura fizemos sob o olhar e contribuições de Gilles Deleuze – e a produção feminista e dos estudos de gênero, especialmente as reflexões de Judith Butler, Teresa de Lauretis e Guacira Lopes Louro. Nesta elaboração, analisa-se como se produz a tensão entre a reprodução e a ressignificação de práticas sociais, que envolvem os processos de subjetivação no gênero.

Palavras-chave: Subjetivação. Gênero, Educação católica. Instituição escolar.

Downloads 26898  26898  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 (4) 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 »