Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (18)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Do sujeito de direito ao estado de exceção: o percurso contemporâneo do sistema penitenciário brasil Popular Versão: 
Atualização:  13/5/2008
Descrição:
Teixeira, Alessandra

Este trabalho pretende investigar o percurso da política penitenciária brasileira contemporânea, partindo da aposta nas concepções humanizadoras e resocializadoras do cárcere que a redemocratização tardiamente introduziu no país durante a década de 80, até seus desdobramentos que levariam a seu completo avesso. Assim, já no início da década de 90, um conjunto de medidas caracterizadas pela contínua supressão de direitos e pela maior punitividade das sanções impostas a acusados e presos acabou por instalar verdadeiros regimes de exceção dentro do sistema penal, nos quais a figura do sujeito de direito tende, gradativamente, a esvaecer. Outrossim, essa discussão está inserida a partir de um quadro teórico mais amplo que problematiza a persistência da prisão na contemporaneidade, não obstante a crise das disciplinas e a ordem de reconfigurações imposta pelas recentes transformações do capitalismo a todo um mundo social ancorado em suas representações. A análise das práticas e orientações adotadas mais recentemente pelo sistema penitenciário brasileiro é feita levando em conta a pertinência ou não dos deslocamentos ontológicos sugeridos pela literatura eleita neste estudo, a respeito das categorias que conferiam inteligibilidade ao crime, ao criminoso e à punição, e que se apresentam como centrais à compreensão da finalidade atribuída à prisão na atualidade.

Palavras-chave: Prisão. Política penitenciária. Direitos humanos. Justiça criminal. Crime. Estado de exceção.

Downloads 883  883  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A organização cultural museal : os desafios e vetores dos paradigmas tradicional e contemporâneo Popular Versão: 
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
RANGELl, Vera Maria Sperandio

Resumo Esta investigação objetiva compreender e explicitar os motivos que levam alguns poucos museus a incorporarem em sua prática os preceitos da nova museologia em um paradigma complexo, também visto como “pós-moderno”, quando comparado com uma matriz moderna, e o que amarra os museus que não realizam essa incorporação e permanecem com o paradigma tradicional, na sociedade complexa do início do século XXI. As idéias que vão formar o que seria o novo paradigma têm preocupações de ordem científica, cultural, social e econômica. Reafirma os recursos da museologia tradicional, que são: coleta, conservação, investigação científica, restituição e difusão; porém, vão além, visam à democratização e estímulo da produção, da criação e da difusão cultural. A UNESCO propôs uma assembléia para debater a crise aguda dos museus, que de uma maneira geral não eram visitados. A Mesa Redonda realizada no Chile, em 1972, traçou a fronteira entre a museologia das coleções - paradigma tradicional - e a que percebe o museu como instrumento de desenvolvimento social. O movimento para uma nova museologia afirma a função social do museu e o caráter global das suas intervenções. A proposta nova é um museu integrado para ser um instrumento de desenvolvimento comunitário, com uma perspectiva dinâmica e aberta ao futuro. Esse museu seria gerado em função do patrimônio coletivo de uma comunidade, não com um fim em si mesmo, mas com um significado em razão do papel que possa ter ao servir essa comunidade específica.

Palavras-chave: Museologia. Paradigma tradicional. Novas propostas.

Downloads 874  874  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Puc Rs  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=763
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A crise da Central Única dos Trabalhadores do Paraná nos anos 90  Popular Versão: pdf
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
PICANÇO, Katya Cristina de Lima

Resumo: A Central Única dos Trabalhadores do Paraná viveu nos anos 90 uma crise relacionada coma quebra da ação aglutinadora cutista, objetivo pretendido nos estatutos da CUT. Há uma mudança na ação sindical que revelou a fragilidade do sindicalismo cutista paranaense quanto às pressões da conjuntura – retração das categorias, a política neoliberal do governo estadual – e da sua burocratização – pouca organização na base, corporativismo,pouca renovação de quadro dirigentes a contradição entre a política votada e sua aplicação. Esta burocratização se desenvolve quando a direção do movimento sindical cutista sucumbe frente um modo de vida materialmente desvinculado do cotidiano do trabalho, quando métodos administrativos retiram da maioria dos indivíduos envolvidos, o poder de decisão e o controle sobre a ação daqueles que vão administrar. Esta dinâmica foi crucial para a quebra da ação aglutinadora cutista – a unidade entre os trabalhadores.

Palavras-chave: Burocratização. Sindicalismo. Crise. CUT.

Downloads 853  853  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/4801
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O Currículo de Formação de Soldados da Polícia Militar Frente às Demandas Democráticas Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
LUIZ, Ronilson de Souza

O trabalho focaliza o currículo prescrito para o Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, a partir de sua atual grade curricular, das situações e comportamentos observáveis e observados nas práticas estabelecidas por instrutores e monitores. Busca-se apontar caminhos para uma formação mais humanizada, democrática, participativa e dinâmica aos novos policias militares, formando um profissional que saiba atuar como negociador de conflitos. Privilegiou-se a abordagem metodológica qualitativa e a linha teórica foi fundamentada pelos estudos de Ludwig(1998), Saul (2000), Bobbio (2000), Torres (2001), dentre outros que discutem as temáticas de ensino militar, currículo, democracia e multiculturalismo. O caminho trilhado por esta pesquisa aponta para a necessidade de se assumir como prioritário às polícias uma formação mais apurada e constantes treinamentos. Um decálogo, ao final, indica os pontos que afloraram como conexões entre o currículo e as novas demandas. Os estudos revelaram ainda, que a sociedade cobra que o aparelho policial confira prioridade à prevenção, à mediação de conflitos, à investigação cientificamente orientada, sempre usando a força nos limites estritos da legalidade.

Palavras-chave: Não informado

Downloads 837  837  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCSP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Políticas fundiárias e desenvolvimento local: o papel do Banco da Terra na reconstruçăo do rura Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
SANTOS, Fabio Fraga dos

O programa do Banco da Terra tem como objetivo oferecer crédito a pequenos agricultores para a compra de terras, na tentativa de operacionalizar a inserção dos mesmos ao processo produtivo agrícola. Esta política pública foi estruturada para proporcionar uma ação descentralizada, a qual a localidade assume um papel importante através da participação de diversos atores sociais que visam, em última instância, uma sustentabilidade sob ponto de vista econômico, social e ambiental. As transformações nas relações entre agricultores familiares, ocasionadas entre outros fatores, por este tipo de política pública, possibilitam um vasto processo de possíveis configurações no meio rural. Neste trabalho procuramos compreender esse processo de reestruturação social, apontando as estratégias produtivas dos agricultores de um projeto do Banco da Terra implantado na região de Londrina.


Downloads 836  836  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/7421
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Estrutura política e interesse de classe : uma análise do sistema estatal no Brasil pos-1964 - o cas Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
CODATO, Adriano Nervo

Resumo: Não informado

Palavras-chave: Politica econômica. Processo decisório. Planejamento econômico.

Downloads 834  834  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000098464
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Os anacronautas do teutonismo virtual: Uma etnografia do neonazismo na Internet Popular Versão: PDF
Atualização:  12/12/2013
Descrição:
DIAS, Adriana Abreu Magalhães.

Esta pesquisa busca apreender o universo simbólico das URLs racistas, revisionistas e neonazistas na Internet. O propósito da investigação é, por meio da observação etnográfica das práticas e representações discursivas expostas em sites, portais, comunidades, fóruns, chats e listas de discussão, que abordam este tema, compreender que tipo de relação se constrói entre o espaço digital e a defesa da idéia de "raça ariana", realizada por meus "nativos". Como foco privilegiei os aspectos simbólicos que melhor evidenciam a interface entre estas duas dimensões, por meio da pesquisa empírica e do exercício teórico. A partir deste recorte, emergiram algumas perspectivas relevantes na construção identitária que o racista desenvolve para si e para o outro, tais como as marcas genômicas e mitológicas evidentes em seu discurso, as redefinições da fronteira entre digitalidade e realidade e a luta política "dos arianos", na WEB. O argumento central resultante da pesquisa é de que o neonazismo interpreta simbolicamente o mundo contemporâneo, nos sites analisados, articulando mitos, narrativas e rituais. Neste processo, evidencia-se a elaboração de uma forma específica de identidade: o “teutonismo”.

Palavras Chaves: Antropologia. Etnografia. Estruturalismo. Neonazismo. Identidade. Ciberespaço.

Downloads 818  818  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000419685&fd=y
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A subjetividade no novo tempo de trabalho: um estudo sobre a flexibilidade Popular Versão: pdf
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
PAIXÃO, Alessandro Eziquiel da

Nas novas formas de gerenciamento e de organização de produção engendradas pela reestruturação produtiva, não bastaria ao trabalhador ser apenas força detrabalho dentro de uma determinada jornada de trabalho. A subjetividade do homem é chamada a participar do processo de produção de mercadorias. Na procura desta subjetividade o capital inaugura uma nova forma de organização temporal que representa um esforço apreensão de outros elementos que não somente o tempo de trabalho. Desta forma, o objetivo da pesquisa foi compreender o processo de reestruturação produtiva – e mais especificamente os aspectos ligados ao tempo de trabalho e à subjetividade do “novo” trabalhador – a partir da ótica do trabalho e do trabalhador, tendo como objeto de estudo a indústria automobilística paranaense , mais especificamente o complexo industrial da Audi-Volks localizado na RMC. Esta perspectiva na abordagem do objeto significa, sobretudo, que o fio condutor da pesquisa não se encontra no processo de reestruturação produtiva das empresas apesar de estar intimamente ligado a ele; mas nas categorias trabalho e tempo de trabalho. É a partir destas que se inicia e são elas que conduzem a análise. Com a subjetividade participando da produção, o trabalho perderia o seu caráter alienado e o homem que trabalha poderia expressar-se enquanto homem e não como força de trabalho que confere valor à mercadoria pelo seu tempo. Surgiria um “novo” homem e um “novo” trabalho. Contudo, a expressão da subjetividade e da individualidade do trabalhador, propostas de um “novo” tipo de trabalho e de trabalhador da empresa flexível, são inseridos, contraditoriamente, na dinâmica do trabalho abstrato. Contraditoriamente pois esta subjetividade que poderia transformar de fato a força de trabalho em homem e o trabalho no momento de expressão e afirmação deste, é apenas mais um elemento que necessita estar presente na produção. Passa a existir então uma força de trabalho dotada de subjetividade. Aquela subjetividade que propiciaria ao trabalhador escapar da condição de força de trabalho acaba entrando no circuito da mercadoria. Assim, a leitura do processo produtivo flexível a partir da teoria do valor de Marx evidencia como além do tempo físico da jornada de trabalho, o capital procura outros elementos passíveis de participarem do processo de produção de mercadorias: determinadas atitudes, disposições, valores e comportamentos, são chamados a incorporar valor aos produtos e técnicas de produção. Na tentativa de apreensão da subjetividade do trabalhador, a flexibilidade promove uma “desorganização” temporal que faz com que mesmo o tempo de não-trabalho seja reificado. A jornada de trabalho perde a sua delimitação, uma vez que mesmo o trabalho não realizado, mas já planejado e apropriado pelo capital, apareça antecipadamente reificado na forma de tempo, mais especificamente na forma das horas negativas do banco de horas da empresa. A relação que se dava às costas dos trabalhadores, com a redução dos seus trabalhos concretos a trabalho abstrato que conferia valor à mercadoria, se dá, agora, abertamente e para além de um tempo de trabalho. A flexibilidade impõe diferentes ritmos e arranjos temporais, transformando a organização do tempo em um “quebra-cabeça”, que perde a denominação e a delimitação imediata de tempo de trabalho. Assim, o processo de apreensão da subjetividade do trabalhador configura-se em um processo de exacerbação da forma abstrata do trabalho, que possibilita ao capital transformar em valor outros elementos que não somente o tempo de trabalho.

Palavras-chave: Tempo de trabalho. Trabalho abstrato. Subjetividade.


Downloads 812  812  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/4260
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Qualidade total e o sindicalismo moderado produtivo nos metalúrgicos da grande Curitiba  Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
PENKAL, Royemerson Jose

Resumo: Com a adoção da política neoliberal a partir dos anos 1990, o movimento sindical no Brasil passa a incorporar aspectos da reestruturação produtiva nas negociações. Passam a fazer parte do escopo dos acordos coletivos ou das empresas questões como: redução de pessoal, terceirização, subcontratação, banco de horas e participação nos lucros e resultados (PLR) e, também, metas de produção. A incorporação dessas questões nas negociações demonstra a influência da implementação dos Programas de Qualidade Total (PQTs) sobre as relações de produção, pois, os trabalhadores passam a ser exigidos a se comprometerem com as metas institucionais das empresas. Onde imperam os pressupostos dos PQTs, o trabalhador é “parceiro”, e é “importante para a empresa”. A idéia de parceria evoca uma aparente condição de igualdade e essa é uma especificidade típica do desenvolvimento do capitalismo, ou seja, institucionalizar a igualdade pelos princípios liberais de acesso ao mercado. O cenário em que os trabalhadores e o movimento sindical estão inseridos, hoje está passando por um processo de profundas alterações nas relações entre capital e trabalho. A suposta “igualdade” nessas relações pretende transformar o sujeito trabalhador  que pertence à classe dependente do capital para garantir a sua reprodução  em “parceiro” da empresa e “colaborador” com os seus objetivos institucionais. Essa estratégia empresarial é, portanto, alvo da atuação sindical. Demonstrar e compreender as posições, ações e perspectivas do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba diante da utilização das estratégias de cooptação inerentes aos PQTs, principalmente suas ações em relação às empresas que compõem o complexo automobilístico da Região Metropolitana de Curitiba, é o problema central que esse estudo visa desenvolver. Os resultados do estudo apontam para uma confirmação da hipótese de pesquisa, ou seja, o sindicato passa a incorporar os pressupostos dos PQTs em sua forma de atuar na atual conjuntura de atuação em rede por parte do capitalismo.

Palavras - chave: Sindicalismo. Qualidade total. Produtividade. “Colaborador (cri)ativo”. “Sindicalismo moderado produtivo”

Downloads 808  808  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/4245
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Ensinar sociologia: análise de recursos do ensino na escola média Popular Versão: 
Atualização:  13/5/2008
Descrição:
Takagi, Cassiana Tiemi Tedesco

A presente dissertação é um levantamento documental sobre o ensino de Sociologia. O objetivo da pesquisa é compreender as relações que podem ser estabelecidas entre diferentes fontes do ensino de Sociologia: as propostas curriculares de Sociologia elaboradas pelo poder público nacional e paulista; os livros didáticos; os planos de ensino elaborados pelos estudantes de licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1999 a 2004), apresentados como uma das exigências do curso; os relatórios de estágios dos alunos de metodologia de ensino de Ciências Sociais II (2004) que constituíram um estudo de caso para compreender a maneira como os estudantes observam o trabalho dos atuais profissionais.

Palavras-chave: Educação. Ensino de Sociologia. Livros didáticos. Propostas oficiais.

Downloads 803  803  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 (15) 16 17 18 19 20 »