Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (18)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Trajetórias de mulheres bem sucedidas profissionalmente : uma análise antropológica a partir de padr Popular Versão: 
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
SCHERER, Aline Cristine Scotti

Resumo: Esta pesquisa busca analisar, através dos padrões culturais de gênero, as trajetórias de mulheres que ocupam cargos de prestígio em organizações no estado do Rio Grande do Sul. Essa perspectiva estão vinculados os arranjos e/ou mecanismos familiares que permeiam as carreiras femininas e as relações cotidianas vivenciadas durante o processo de consolidação no trabalho. O estudo se desenvolveu a partir de entrevistas que focaram a história de vida de seis mulheres que integraram organizações distintas, abarcando as áreas: empresarial, política, educacional, militar, jurídica e da saúde. Atenta-se também para questões referente à construção da imagem feminina e os discursos organizacionais em relação às percepções de gênero.


Downloads 1124  1124  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - RS  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1475
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!As práticas profissionais do sociólogo como representaçőes sociais dos alunos de cięncias  Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MELO, Eduardo Gomes de

Resumo: Para colaborar com os estudos do Núcleo Interinstitucional de Estudos sobre as Ciências Sociais no Paraná UFPR o presente trabalho está focalizado nas Representações Sociais sobre as práticas profissionais do sociólogo, segundo os alunos de ciências sociais matriculados no ano de 2004 na UFPR. Temos como objetivo buscar: o que o grupo de análise em questão (alunos de ciências sociais da UFPR) pensam e o que criam como imagem, na sua socialização como grupo, sobre a sociologia no estado do Paraná. Para isso aplicamos questionários a 78 alunos de ciências sociais da UFPR divididos por nós em 3 grupos de acordo com o ano de ingresso no curso. Isto porque acreditamos ter significativas diferenças na formação das Representações Sociais, em função do tempo que o aluno está no curso. Quanto aos resultados obtidos, estes mostram que as representações sociais estão baseadas nos aspectos do universo formado pela UFPR e pelo curso de Ciências sociais desta instituição; que as representações sociais vão se consolidando de um grupo para o outro (dos calouros para os formandos); que as representações sociais são: a) Sociologia acadêmica de qualidade; b) pouco presente relação entre sociologia e sociedade, pouco incentivada e pouco divulgada; c) sociologia voltada para o trabalho docente. Define-se através destas representações uma distinção que há para estes alunos na sociologia: entre o meio acadêmico e o que há fora dele (sendo este último ainda nebuloso).

Palavras-chave: Sociologia Brasileira. Sociologia no Paraná . Representações sociais. Ensino Superior.

Downloads 1108  1108  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/2640
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A relação sindicato/Estado : ação sindical dos bancários de Curitiba nas negociações coletivas (200 Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
CARVALHO, Guilherme de

Resumo: As transformações desencadeadas pelo processo de reestruturação produtiva e pelainternacionalização financeira têm provocado mudanças sobre as formas de trabalho, o perfil de trabalhador e na atividade de seus instrumentos coletivos representantes: os sindicatos. Os aspectos a partir dos quais se constituem fenômenos sociais, podem ser percebidos em diversas áreas de estudo. O presente trabalho propõe o estudo da relação sindicato/Estado e uma tentativa de pontuar aquilo que caracteriza essa relação a partir do ano 2000. O estudo toma a organização e a estrutura como elementos fundamentais para o debate, entendendo o sindicalismo cutista como uma práxis predominante no meio sindical brasileiro, marcado pela defesa de um projeto pautado pela reforma de Estado, que visa também modificar a estrutura sindical do país. Diante do quadro de mudanças, o sindicalismo cutista procura elaborar novas formas de ação que resultam em novidades na relação sindicato/Estado. Na tentativa de desenvolver elementos concretos a respeito da problemática, realizou-se o estudo de caso do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Curitiba e Região (SEEB/Ctba), tomando a ação sindical nos períodos de negociação coletiva entre os anos 2000 e 2005, como objeto de estudo. Os procedimentos metodológicos utilizados mesclaram-se na análise da imprensa sindical (Foha Bancária e Revista dos Bancários), de relatos de entrevistados, de documentos e dados estatísticos.

Palavras-chave: Ação sindical. Estado. Sindicalismo cutista. Mercado. Negociação coletiva. Bancários

Downloads 1084  1084  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/10685
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A família e as medidas socioeducativas: a inserção da família na socioeducação dos adolescentes aut Popular Versão: 
Atualização:  26/2/2010
Descrição:
PAULA, Liana de

Esta dissertação visou discutir a relação entre o Estado e as famílias de adolescentes, autores de ato infracional a partir das propostas do Estatuto da Criança e do Adolescente. Por intermédio de pesquisa documental e bibliográfica, procurou-se traçar uma abordagem histórica e teórica que permitisse salientar a possibilidade de transformação da interferência do Estado na vida familiar, no sentido de uma redução das tendências repressivas e do estabelecimento de outros tipos de controle, que visam regulamentar os processos de socialização e individualização de crianças e adolescentes pobres.

Palavras-chave: Estado. Estatuto da Criança e do Adolescente. Família. Socialização e individualização.

Downloads 1078  1078  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Obras sociais maristas & formação do habitus religioso  Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
ORLANDI, Miguel Antonio

Resumo: A pesquisa realizada nesta dissertação investiga as relações estabelecidas no interior do subcampo marista do RS com o intuito de, através da história, recompor como vem constituindo-se a formação do habitus religioso marista nos educandos e educadores das obras sociais. Na década de 90, enquanto o mundo se adequava às mudanças impostas pela globalização, os maristas do RS decidiram, impulsionados pela Lei da Filantropia e pelas conclusões do XIX Capítulo Geral, que as províncias deveriam voltar suas atividades para os cidadãos mais vulneráveis do espaço social. E, no ano de 1994, respondendo a estes apelos, o Subcampo Marista do RS decide favoravelmente à fundação, em Porto Alegre, de uma obra social de grande porte, inaugurada em 1996 e denominada de CESMAR. A experiência dos maristas na formação de crianças e adolescentes se restringia a colégios particulares. A nova experiência com obras sociais gera “instabilidades” quanto à aplicação dos métodos e recursos educacionais, o que provoca descontinuidade pedagógica e disputas no interior do subcampo, no que se refere à expansão das obras sociais e a manutenção de bolsas de estudo. Tal problemática se estabeleceu como objeto de pesquisa desta dissertação e através de hipóteses foi feito o tensionamento com a Teoria dos Campos de Bourdieu, utilizando-se para isso diferentes instrumentos de coleta de dados, era necessário testar as evidências. Investigar gênese da formação do habitus religioso marista e as relações do subcampo marista com o Campo do Poder e com o próprio Campo Religioso, possibilitou um resgate histórico e uma possível projeção de futuro, “sonhada” pelos principais articuladores do subcampo marista do RS. O papel que as obras sociais desempenham no subcampo marista é fundamental na sua capitalização, pois ampliam a possibilidade de formação dos cidadãos, através da educação, principal “moeda de troca” dos maristas. Optar pela manutenção e ampliação do subcampo religioso marista implica em optar pela formação do habitus religioso das crianças e adolescentes e conseqüentemente pela continuidade das obras sociais.

Palavras-chave: Formação. Habitus. Obras Sociais.

Downloads 1072  1072  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1497
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Políticas de humanização e o direito à saúde no Rio Grande do Sul  Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
GONÇALVES, Maria do Carmo dos Santos

Resumo: No Brasil, desde o início do século XX, o Estado tem-se ocupado gradativamente com a questão da saúde. Ao longo do século, foram se consolidando conquistas relativas à ampliação ao direito à saúde. Num primeiro momento, esse direito foi incorporado pela classe trabalhadora urbana assalariada. Foi somente a partir da Constituição de 1988, porém, que esse direito tornou-se universal. Passadas duas décadas da implementação do SUS, contudo, o acesso da maioria da população ao direito à saúde ainda é muito precário. Diante disso, nos últimos anos foram lançadas algumas políticas públicas, tais como as de humanização do SUS, buscando incidir sobre o modelo de gestão e atenção do sistema como forma de garantir a melhoria da atenção à saúde e a concretização do direito à saúde. No Rio Grande do Sul, essas políticas públicas não têm obtido muita efetividade por conta da singularidade do sistema de saúde no estado, centrado no modelo que prioriza o papel do hospital no atendimento à saúde.

Downloads 1051  1051  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - RS  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=739
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O capital social e as redes de cooperação : a influência dos fatores sociais nas redes de cooperação Popular Versão: 
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
REGINATO, Luiz Fernando

O surgimento da Nova Sociologia Econômica (NSE) resgatou para a sociologia o campo do estudo e análise do mercado - relações de produção e consumo - até então sob a hegemonia das ciências econômicas. A defesa da inserção social da economia, originária das concepções de Karl Polanyi e desenvolvidas principalmente por Mark Granovetter, trouxe à tona a relevância dos fatores sociais nas questões econômicas. Ao mesmo tempo, a sociedade informacional preconizada por Manuel Castells chama a atenção para as redes entre as organizações, como novas formas de organização da produção e do trabalho, mais adaptadas a este chamado ciberespaço, onde o valor migra do capital tangível para o intangível. A importância atribuída a estes arranjos em rede no mundo contemporâneo parece transcender a dimensão econômica e a flexibilidade produtiva, para evidenciar uma dimensão social, resultante dos laços sociais entre os atores em rede, como elementos fundamentais para a própria sobrevivência e êxito, relacionados aos benefícios coletivos. O interesse de compreender as influências sociais nesse processo de geração econômica, através da investigação das trocas de capital social nas redes interempresariais, poderá contribuir para esclarecer alguns dos aspectos em que se fundamenta a proposição da NSE da interpolação entre o econômico e o social. Este é, em síntese, o objetivo de nossa pesquisa e estudo aqui desenvolvido numa rede do segmento de redes heterogêneas de serviço no Rio Grande do Sul, no período de 2005 até 2007.

Palavras-chave: Não informado.

Downloads 1044  1044  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Puc Rs  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=982
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Mídia e cenário político : a cobertura do jornal Gazeta do Povo e o cenário das eleiçőes munici Popular Versão: 
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
SOUZA, Nelson Rosario de

Resumo: Buscando evidenciar o papel da mídia na construção do cenário político das eleições municipais de 2004 em Curitiba, este estudo analisa a relação de influências entre o comportamento do jornal Gazeta do Povo durante sua cobertura da cidade e dos principais candidatos à prefeitura daquele pleito e as campanhas apresentadas no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral. Através das análises apresentadas neste trabalho foi possível identificar os elementos que contribuíram para construção de um Cenário de Representação da Política marcado por um caráter conservador adotado pelo jornal ao longo de 2003 e 2004 e a repercussão destes elementos na maneira como os candidatos haviam enfatizado os principais temas de suas campanhas.

Palavras-chave: Mídia. Cenário Eleitoral. Agendamento e Cenário de Representação da Política. Poder. Política. Ideologia. Analfabetismo midiático.

Downloads 1020  1020  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A assalariada rural : da identidade social e da identidade politica  Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
BOTELHO, Maria Izabel Vieira

Resumo: Não informado

Palavras-chave. Mulheres na agricultura - Condições sociais. Mulheres - Identidade social.

Downloads 1013  1013  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas . Instituto de F  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A terceirizaçăo na área de atendimento telefônico em Curitiba : análise da continuidade do tayl Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MENDES, Josiane

O tema desta dissertação é o processo de terceirização nas centrais de atendimento telefônico, inserido na problemática desse processo no setor de serviços, mais especificamente, no desenvolvimento das telecomunicações pós-privatização desse ramo no Brasil. A preocupação é demonstrar qual é a condição de trabalho nas três maiores empresas que prestam serviço terceirizado de atendimento telefônico, em Curitiba. A pesquisa avalia as condições de flexibilidade existentes nas empresas contratantes e contratadas, para a realização do atendimento terceirizado aos clientes. Demonstra que há diferentes tipos de contratos entre as mesmas e que o perfil do trabalhador dessas centrais é determinado pela espécie de produto ou serviço oferecido pela empresa contratante. O objetivo geral é demonstrar como que esse novo trabalho, ditado pelas normas do sistema flexível de acumulação, possui semelhanças com o sistema taylorista/fordista, em virtude da coerção e do controle impostos aos trabalhadores que executam suas funções nas empresas terceirizadas de call center. Para a obtenção dos dados, foram realizadas visitas às empresas entrevistas com os trabalhadores das centrais de teleatendimento e aplicados formulários de pesquisa. As transformações trazidas pela reestruturação produtiva ao setor e as consequentes mudanças no perfil dos trabalhadores constituem o contexto econômico e social que afeta o trabalhador e as suas formas de sociabilidade, tendo em vista tanto as perdas dos benefícios e das proteções garantidas anteriormente à privatização, como dos referenciais de identidade e de espaço. Ao final, conclui-se que a terceirização, enquanto uma característica do sistema flexível, é uma estruturação das técnicas administrativas, cujo processo resulta em prejuízos aos trabalhadores, no que diz respeito à desobrigação ou redução dos encargos legais e sociais diretos, redução salarial e dos benefícios concedidos aos seus trabalhadores, que tem como consequências a baixa qualidade de vida, o crescimento do desemprego e problemas de ordem social.

Palavras-chave: Trabalho em call center. Flexibilidade. Terceirização. Telecomunicações.

Downloads 1006  1006  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/2995
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 (12) 13 14 15 16 17 18 19 20 »