Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (18)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Nem toda a comida de shopping center é McDonald's estudo de caso na praça de alimentação do Iguatemi Popular Versão: 
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
MONTEIRO, Karen

Resumo: A dissertação tem como tema a comida, a partir do estudo de caso realizado na praça de alimentação do shopping-center Iguatemi de Porto Alegre. Interessa analisar a comida enquanto construção simbólica, portanto indissociada do seu contexto de inserção. Trata-se de estudar o alcance dos conceitos de fast-food, com ênfase naquele que aqui é denominado modelo Mcdonald’s, apontado como um dos paradigmas da racionalidade formal da sociedade contemporânea. Na praça de alimentação, através da opção pela metodologia qualitativa, a pesquisa analisa comida direcionando suas "lentes" para o "lado de dentro do balcão". A atenção, assim, volta-se para a produção e serviços presentes no espaço social alimentar, emblema dos centros urbanos.

Palavras-chave: Comida. Shopping center. Fast-food.

Downloads 8986  8986  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - Rs  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1430
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Indústria Cultural e Educação: Caminhos de volta Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
LUDWIG, Cristiane

Esta pesquisa foi apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação, nível de Mestrado, do Centro de Educação, da Universidade Federal de Santa Maria, para a linha de pesquisa: Educação e Arte. O trabalho versa sobre as relações entre educação e indústria cultural e suas implicações no contexto atual a partir do diagnóstico da dialética da formação cultural, apropriada enquanto pseudocultura, de Theodor W. Adorno, e da teoria da ação comunicativa, de Jürgen Habermas, que enfatiza os processos de transformação do espaço público. O objetivo é analisar o conceito de indústria cultural como mecanismo de estetização do mundo vivido. Para tal, utiliza o diálogo hermenêutico reconstrutivo no sentido de auxiliar a reversão dos processos de apropriação do cultural, propondo algumas perspectivas à educação, a fim de que os indivíduos possam dialogar e interagir com os desafios resultantes desse contexto. Assim, a pesquisa propõe o trabalho de decodificação de imagens como forma de repensar melhores estratégias para a formação da opinião pública. A hipótese de discussão propõe a ideia de que as mudanças pedagógicas que podem contribuir para desestabilizar a unidimensionalidade dada à comunicação, pela prática sistematicamente distorcida, deve passar por uma reeducação dos sentidos do compreender. Essa proposta permite a abertura de outros sentidos da compreensão imersos nas mensagens expressas, uma vez que pressupõe a participação numa comunidade regida pela ação comunicativa, que contempla uma via de mão dupla e que não tem apenas itinerários de ida, mas também caminhos de volta. Desse modo, a prática educativa, através de intervenções contextualizadas no mundo vivido, abre outras formas de compreensão da pluralidade de sentidos que emergem do acervo cultural, principalmente o reconhecimento da alteridade do outro e das diferenças, considerando a complexidade dos valores emergentes do cotidiano das novas mídias interativas.

Palavras-chave: Indústria cultural. Imagem. Hermenêutica. Ação comunicativa e educação.

Downloads 8886  8886  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!O luxo da marca Cartier : uma trajetória de relações entre tradição e modernidade  Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
PORTUGAL, Priscilla Schramm

Resumo: O Luxo é um fenômeno social e cultural, presente em todo o mundo mas ainda desprezado na Academia. Seu estudo bem como o de seu consumo se faz importante como uma ferramenta para entender o comportamento e as formas de sociabilidade de uma elite que se relaciona de maneira peculiar e leva ao extremo a lógica de fetichismo da mercadoria, apontada por Karl Marx. Nessas relações, a distinção ocupa um papel central e é vivida com variações, que podem ser chamadas de filtros culturais. Para dar conta de tal temática, o objeto de estudo escolhido foi a sesquicentenária marca Cartier, sua trajetória, os personagens envolvidos em sua fundação e em sua manutenção. As estratégias que permitiram sua permanência através das mudanças sociais – e administrativas – a seu redor foram se adaptando e mostrando uma visão contemporânea (ou até vanguardista) da sociedade e, ao mesmo tempo, a insistência em um ideal tradicionalista buscado por muitos, sobretudo nos países do Ocidente.

Palavras-Chave: Luxo. Sociedade. Consumo. Marca. Moda. Trabalho. Produção. Classes sociais.

Downloads 8335  8335  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Cosmococa : anarquismo, liberdade e experimentalismo na obra de Hélio Oiticica Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
TROVÃO, Ana Carolina Rubini

O mundo ocidental, após a Segunda Guerra Mundial, sofreu profundas e aceleradas mudanças sociais que tiveram como consequência a emergência de novos atores sociais, e novas formas de compreensão do mundo. Nas Artes Plásticas não foi diferente. No meio de toda essa efervescência cultural e política, Hélio Oiticica (1937 -1980) se consolida como um artista de vanguarda, um experimentalista convicto e um intelectual das artes. Este trabalho possui o intuito de investigar o projeto artístico de Oiticica, projeto este que se constrói entre o pensamento racional, cientificista e uma outra forma de produção de conhecimento pautada pela sensibilidade e pela criatividade.


Downloads 7286  7286  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/7605
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Estigma do Bairro Tatuquara e Luta pela conquiata da cidadania Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
SOUZA, de Ozanam A

Resumo: Este trabalho procura compreender a construção do estigma de marginalidade imputado a um bairro da periferia de Curitiba considerado “bairro violento” e a forma com que os diversos grupos de moradores convivem com tal fenômeno. Com a intenção de desvincular-se do estigma, as lideranças formalizadas do bairro apresentam estratégias discursivas que remetem à situação de violência para o passado ou quando a admitem no presente, a violência é recorrentemente atenuada. Investigando o histórico da urbanização do bairro, este revelou uma conformação social que remete à configuração estabelecidos-outsiders referida por Norbert Elias. A imputação do estigma entretanto, não incide sobre o bairro apenas a partir de agências externas como a mídia e as várias instâncias do Estado, mas demonstrou operar como forte sistema de hierarquização e constituição de identidades entre os grupos internos.

Palavras-chave: Estigma. Bairros violentos. Goffmann. Norbert Elias. Löic Wacquant. Identidades urbanas periféricas.

Downloads 6475  6475  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Preso, prisăo e reabilitaçăo : a visăo das assistentes sociais do departamento penite Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
SHELLA, Julia Alves Ferreira

Resumo: O presente trabalho origina-se de uma experiência anterior de estudo sobre prisões. No momento em que trabalhei o tema conversão religiosa em uma unidade penal fui percebendo outras relações estabelecidas dentro desse universo. A que mais me chamou a atenção foi a figura da assistente social como central no processo de reabilitação. Essa posição tornou-se ainda mais evidente quando acessei os regimentos internos das unidades penais onde as competências das assistentes sociais relacionam-se exclusivamente ao bem estar do preso e à sua reabilitação. Essa expressão reabilitar ou ressocializar implica em preparar o individuo para o mundo externo à prisão sem levar em consideração um processo de ressocialização inverso, qual seja, socializar no universo prisional. Isso parte do pressuposto de que não houve uma socialização no mundo livre. Tal questão torna-se importante se considerarmos a origem desse individuo “não socializado”, que pode-se dizer é excluído duplamente. Uma vez ele é marginalizado por um Estado de bem-estar que não cumpre sua função e é criminalizado por estar à margem da sociedade (o que não implica que este individuo seja criminoso). Ao pensarmos prisão como um aparelho punitivo cruel – já que pensar no sentido contrario é inviável ao analisarmos o que de fato é prisão – temos que inevitavelmente refletir sobre o seu significado dentro de um estado excludente. A prisão em sua origem aparece com intuito de penitenciar, gerar arrependimento. Hoje, no caso brasileiro, ela aprece como resposta ao crescimento da violência – ou ainda, ao crescimento de universo criminalizável. Dessa forma torna-se necessário que estudos sejam feitos e escolher trabalhar com a questão da reabilitação é fundamental pois este aspecto está justamente na contradição colocada por esse aparelho punitivo: como reabilitar, mantendo o individuo preso? Como prepará-lo para a vida livre? E para responder essas perguntas é que os informantes deste trabalho são as assistentes sociais, centrais, num primeiro momento, nesse processo. A conclusão que chegamos é que essas profissionais não acreditam na reabilitação e nem se consideram centrais nesse processo. E a falta de crença na reabilitação não se deve à ineficácia da prisão em si ou à ineficácia do serviço social mas sim à falta de apoio estatal ao sistema prisional e aos recursos humanos que nele atuam.

Palavras-chave: Prisão. Reabilitação. Serviço-social.

Downloads 5858  5858  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A Assalariada Rural : Da identidade social e Da identidade política Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
BOTELHO, Maria Isabel Vieira

Resumo não informado

Downloads 5816  5816  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Vila Ilze: o viver fragmentado do "boia-fria" : um estudo sobre o cotidiano dos trabalhadores vol Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
PRADO, Ediano Dionisio do

Com base na pressuposição de que a resistência à dominação manifesta-se não somente através da visibilidade política de canais e instrumentos institucionalizados (como os sindicatos e partidos políticos), mas de forma fragmentada nas dimensões banais da vida cotidiana, procuramos reconstruir a trajetória de surgimento, consolidação e exclusão dos trabalhadores volantes de Itapira. Procuramos refletir sobre as características, as peculiaridades e a eficácia do conhecimento de todo dia. Um conhecimento fragmentado, contraditório, paradoxal, tecido de ignorância e de saber, de atraso e de desejo de emancipação. Um conhecimento que possui uma lógica política própria o jogo interno do conformismo, do inconformismo e da resistência.

Palavras-chave: Trabalhadores rurais volantes - Itapira (SP). Cultura popular. Mecanização. Rotina no trabalho. Reforma agrária.

Downloads 5518  5518  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A organização eclesiástica da Assembleia de Deus em Canoas/RS  Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
LOPES, Deivis Vânio

Resumo: A presente pesquisa constitui um estudo de caso cujo objetivo principal consiste em analisar a estrutura organizacional da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no município de Canoas/RS. Para tanto, aborda a história desta organização religiosa, no Brasil, no Rio Grande do Sul e em Canoas; seu crescimento na década de 1990, sua estrutura administrativa, organizada em convenções, campos, distritos, congregações, centros evangelísticos e departamentos; sua forma de governo eclesiástico, em análise comparativa com o governo eclesiástico das Assembleias de Deus na região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro/RJ; os locais de culto, suas relações de poder, as práticas e estratégias de seus dirigentes.

Palavras-chave: Assembleia de Deus. Organização eclesiástica. Pentecostalismo. Canoas. Autocracia.

Downloads 5458  5458  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - Rs  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1473
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Divisão do trabalho partidário : organização em Lenin Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
CARDOSO, Felipe Guilherme Gava

Resumo: A pesquisa aborda a questão do partido em Lenin ao longo de toda sua produção teórica (1895-1923) e tem como proposta discorrer detidamente sobre a organização interna, levando em consideração a relação entre base e direção e partido e classe trabalhadora. Para tanto, analisa-se o conjunto da obra teórica de Lenin, as principais polêmicas a respeito do tema (como as discussões com Rosa Luxemburg e Trotski) e o acervo crítico oferecido por autores como MareeI Liebman, Neil Harding, Toni Cliff, Rudi Dutschke, Robert Michels, entre outros. O ponto central de discussão diz respeito ao predomínio, em Lenin, do princípio de especialização e do perfil militarizado das relações intra-partidárias, cujo fundamento remete à cisão entre direção política (Comitê Central) e execução de tarefas (base de militantes). Esse fator é especialmente problemático no período de transição ao comunismo, quando esse modelo organizativo se toma um empecilho para o desmantelamento das relações de produção de tipo capitalista já que repõe estratificações sociais de tipo classista.

Palavras-chave: Lenin. Socialismo. Comunismo. Poder. Ideologia. Política. Classe trabalhadora. Rosa Luxemburgo. Trotski. Comitê central.

Downloads 5366  5366  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://www.sbsociologia.com.br/index.asp
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 »