Educadores

Ínicio : Filosofia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Escravos, súditos e homens: a noção de consentimento na polêmica Locke-Filmer Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
ALMEIDA, Maria Cecilia Pedreira de

Os Dois tratados sobre o governo, de John Locke, têm um papel de destaque na filosofia política das Luzes. Neles, ao afirmar as ideias de liberdade e igualdade naturais dos homens, o autor mina as bases do pensamento absolutista. Apesar de ser no Segundo tratado que o autor estabelece de modo mais evidente sua teoria política, é importante notar que o pressuposto lógico desta obra é o Primeiro tratado sobre o governo, texto menos conhecido e estudado pela história da filosofia, no qual Locke refuta de forma minuciosa as ideias de Robert Filmer, sistematizador da doutrina patriarcalista e do direito divino dos reis. Ao rejeitar argumentos de Filmer, Locke mostra que o poder político não se constitui apenas de vontade, mas envolve consenso, lei e entendimento. O propósito deste trabalho é apresentar o lado menos conhecido desse debate: os argumentos elaborados por Filmer para criticar a teoria da soberania popular e o contratualismo nem sempre são respondidos com eficácia absoluta por Locke. Além disso, a intenção é também expor o quanto o pensamento lockiano é marcado pelas asserções de Filmer, cujas ideias podem ter mais importância do que história da filosofia lhe tem atribuído.

Palavras-chave: Consentimento. Lei natura. Liberdade. Patriarcalismo. Poder político.

Downloads 458  458  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Estudo acerca da distinçăo entre Verdades Necessárias e Verdades Contingentes em Leibniz Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
CASTRO NETO, Izaias Ribeiro de

As reflexões acerca do necessário e do contingente ocupam lugar de destaque no contexto mais amplo do pensamento filosófico e encontra um espaço privilegiado, também, no caso específico da Filosofia de Leibniz. Neste sentido, o objetivo da nossa pesquisa pauta-se, tão somente, pela busca de compreensão da maneira como Leibniz articula alguns conceitos na sua tentativa de salvaguardar os fundamentos da contingência, ao mesmo tempo em que procura conciliar a distinção modal com sua concepção da natureza geral da verdade.

Palavras-chave: Contingência. Necessidade. Verdade. Princípio de continuidade.

Downloads 16849  16849  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Ética e Direito: interioridade e exterioridade da legislação prática em Kant Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
PALM, Luciano André

Esta dissertação visa apresentar os conceitos de ética e direito, presentes na Metafísica dos Costumes de Kant, como dois momentos distintos de aplicação da legislação da razão pura prática. Partindo-se da constatação de que os dois âmbitos são caracterizados pela autonomia da vontade e pelo imperativo categórico da razão, tanto a ética quanto o direito estão contidos na filosofia prática. Neste sentido, embora seja a mesma legislação prática da razão que está presente tanto na ética quanto no direito ela se distingue, no entanto, de acordo com o âmbito ao qual é aplicada, a saber, na ética ela será aplicada apenas ao âmbito interno do agir, enquanto que no direito, a legislação prática se aplicará somente ao âmbito externo da ação.

Palavras-chave: Kant. Exterioridade. Legislação prática.

Downloads 770  770  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Experiência mística e filosofia em Plotino Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
BRANDÃO, Bernardo Guadalupe dos Santos Lins

Plotino não foi apenas um místico, mas também um filósofo platônico: ele não apenas tentou expressar suas experiências místicas nos seus textos, mas também formulou uma doutrina filosófica da união mística. Essa dissertação é uma tentativa de expor a teoria plotiniana da união mística e os relatos dessa experiência. Como nos textosde Plotino não existe apenas um tipo de experiência mística, mas dois (a experiência da união mística da alma com o Intelecto e da alma com o Um), essa pesquisa se concentra em quatro áreas principais: a teoria da união mística da alma com o Intelecto; a experiência dessa união; a teoria da união mística da alma com o Um; a experiência dessa união...

Palavras-chave: Plotino, mística, filosofia.

Downloads 1346  1346  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFMG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Explicação causal e indeterminismo na filosofia de Karl Popper Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
STUBERT, Willian Rodrigo

Na Lógica da Investigação Científica, Popper propõe um princípio metodológico fundamental para guiar a pesquisa científica. Trata-se da regra de que não devemos renunciar a busca de leis universais, nem desistir jamais de nossas tentativas de explicar causalmente qualquer espécie de fenômenos. Com base nesse preceito, a ciência tem como meta elaborar e testar explicações nomológico-dedutivas. Embora este procedimento pareça se ajustar melhor aos padrões científicos deterministas, Popper defende, sobretudo em O Universo Aberto, que o empreendimento científico é essencialmente indeterminista. Não podemos predizer com precisão ilimitada o estado futuro de um evento específico a partir do conhecimento de certas condições iniciais e das leis da natureza. Além da afirmação epistemológica de que a ciência é indeterminista, o referido filósofo acrescenta a reivindicação metafísica de que o mundo possui uma estrutura indeterminista.

Palavras-chave: Explicação causal. Nomológico-dedutivo. Falseacionismo. Talibilismo. Indeterminismo.

Downloads 2808  2808  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Filosofia e Cinema: O uso do filme no processo de ensino-aprendizagem da Filosofia Popular Versão: PDF
Atualização:  12/12/2017
Descrição:
REINA, Alessandro

Resumo: Partindo da argumentação de Gilles Deleuze e alguns apontamentos de Júlio Cabrera, a presente pesquisa tem como objetivo demonstrar a imbricação existente entre a filosofia e o cinema, bem como a possibilidade de utilização do filme como um recurso metodológico para o ensino e aprendizagem da Filosofia e de seus conceitos no Ensino Médio. Investiga primeiramente as origens do cinema para demonstrar o nascimento de uma nova forma de linguagem capaz de problematizar e criar conceitos por intermédio das imagens desenvolvidas nos filmes. Problematiza a questão paradoxal do cinema como produto comercial e alienador das massas frente à possibilidade do seu uso como um instrumento didático para o ensino da Filosofia. Apresenta uma crítica a visão e utilização do filme como ilustração de conceitos e a possível formação de uma filosofia da representação a partir dos filmes em seu contexto filosófico. Devido ao potencial de uma linguagem icônica presente nos filmes, que trazem dentro de si conceitos filosóficos, demonstra a possibilidade de aplicar o cinema como fator de educação no processo do exercício do filosofar e da aprendizagem de conceitos filosóficos. Situa a pesquisa no campo educacional por meio da possibilidade do uso do cinema no interior da sala de aula com uma metodologia por meio
do uso de filmes e fora da sala de aula com a criação de cineclubes, utilizando o cinema como fator de educação filosófica, para uma formação humana, social e cultural dos alunos no Ensino Médio.

Palavras-chave: Cinema. Filosofia. Ensino. Filmes. Conceitos.

Downloads 1108  1108  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/dissertacoes/m2014_Alessandro%20Reina.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Filosofia educacional contemporânea do policial civil do estado do Rio Grande do Sul Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
ULGUIM, Daltro Lucena

O trabalho objetiva investigar a filosofia educacional contemporânea da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul. A questão orientadora da pesquisa refere-se à possibilidade de realizar a crítica dos aspectos ideológicos da filosofia educacional do policial civil do Estado do Rio Grande do Sul, enquanto agente disciplinador da sociedade, para propor uma filosofia educacional do policial civil baseada na análise crítica do processo histórico social e suas propostas para o desempenho das funções do referido policial. O ponto de partida é a própria prática do autor entrelaçada à apresentação teórica do modelo interpretativo utilizado em todo o estudo. Assim, entendendo a práxis como teoria e prática conjunta, eu tenho presente a experiência e o método dialético.

Palavras-Chave: Educação policial. Filosofia educacional. Polícia Civil. Alienação. Disciplina. Ideologia.

Downloads 963  963  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Pelotas RS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Hábito - expectativa: uma noção de sujeito a partir de David Hume Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
STIVAL, Monica Loyola

O intuito desta pesquisa é encontrar o vínculo entre percepção e relações contingentes na filosofia de David Hume. Uma vez que o autor nos diz que tudo o que há são percepções, surge a tarefa de precisar o modo segundo o qual relações como espaço e tempo - relações filosóficas e contingentes - se constituem. Afinal, a noção chave desta filosofia, a de causalidade, traz já a necessidade de certa percepção de tais ideias abstratas (espaço e tempo): elas devem ser derivadas de alguma experiência sensível (impressão), mesmo sendo exteriores às qualidades da experiência sensível. Será possível, assim, vislumbrar a imbricação entre o atomismo e o associacionismo humiano, delimitando o sentido da experiência para este pensamento e apontando as consequências dessa perspectiva em relação à problemática da época - o conhecimento - ou àquela que nascia como consequência - a subjetividade.

Palavras-chave: Empirismo. Espaço. Experiência. Hábito. Hume. Sujeito. Tempo.

Downloads 1681  1681  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Heidegger : a questão da técnica e a superação da metafísica  Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
FERREIRA, Wanderley J. Junior

Procura-se explicitar os momentos: fundamentais da interpretação heideggeriana do processo de objetificação que perpassa a Metafisica e a ciência moderna e que se consuma no domínio planetário da técnica. A desconstrução heideggeriana desse processo de objetificação possibilitaria o desvelamento e a instauração de uma dimensão pré reflexiva na qual se daria o encontro com realidades irredutíveis à objetidade constituída por um sujeito transcendental ou pelo pensamento calculador a serviço da técnica. Tentaremos mostrar que esse processo de objetificação é inseparável do advento do Sujeito moderno com Descartes, ou seja, do fato de o homem tornar-se sujeito e do mundo tornar-se objeto redutível a uma imagem pela via da representação o que, por sua vez, não passaria de uma consequência da essência da técnica no movimento de sua instalação planetária.

Palavras-chave: Metafísica. Pensamento. Verdade. Niilismo. Filosofia.

Downloads 541  541  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Historia e objetividade em Kant  Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
MEIRELLES, Agostinho de Freitas

A interpretação da filosofia kantiana a partir de sua Doutrina da objetividade tem como pressuposto, para a determinação do alcance objetivo dos conhecimentos racionais, o prévio exame das condições de possibilidade desses conhecimentos. De modo mais preciso, este exame deve indicar sob que condições são possíveis juízos sintéticos a priori em geral. Para cada domínio de interpretação desses juízos deve existir um procedimento que lhes determine a validade objetiva. Podemos afirmar que a doutrina kantiana da objetividade, seja ela teórica, prática e estético-teleológica, impõe como exigência necessária, para todas as nossas afirmações a esses domínios, a interpretação na sensibilidade. Desse modo, os requisitos lógico-formais não constituem, isoladamente, as condições de possibilidade do conhecimento objetivo. Em nossa Dissertação procuramos estabelecer o nexo entre o conceito de História e Objetividade, diante da necessidade de pensar os juízos históricas como tendo que ser interpretados em um domínio sensível. Pois para a filosofia transcendental kantiana nenhum juízo racional deve permanecer sem dedução.

Palavras-chave: História. Objetividade.

Downloads 666  666  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 (9) 10 11 12 13 14 15 16 17 »