Educadores

Ínicio : Espanhol : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (4)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!¿Quién soy? ¿Quién eres? ¿Nos podemos entender? Las representaciones en la enseñanza y en el aprendi Popular Versão: 
Atualização:  14/4/2009
Descrição:
SANTOS, Helade Scutti

A partir de una investigación empírica con estudiantes de español de diferentes niveles y distintas instituciones y modalidades de enseñanza, este trabajo se propone trazar las principales representaciones que los brasileños, aprendices de español como lengua extranjera, tienen de sí mismos y del otro —en este caso, específicamente españoles y argentinos—, como también de la propia lengua y de la lengua que están estudiando —en este caso el español, especialmente en sus variedades habladas en España y en Argentina.

Downloads 2964  2964  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Yo hablo, pero... quién corrige? : a correção de erros fonéticos persistentes nas produções em espan Popular Versão: 
Atualização:  19/4/2012
Descrição:
BRANDÃO, Luciana Rodrigues

O tema central desta pesquisa teve início na sala de aula, a partir da observação de que a maioria dos alunos brasileiros continuavam apresentando erros fonéticos persistentes nas suas produções em Espanhol, apesar de possuírem um histórico relativamente longo de aprendizagem formal desta língua. Identificou-se, descreveu-se e se analisou a ocorrência desse tipo de erro junto a um grupo de cinco alunos, ao mesmo tempo em que se buscou evidências da presença de formas de reconhecimento de tais erros manifestadas por esses aprendizes, traduzidas em diferentes atitudes no contexto de sala de aula. Partindo da identificação dos erros fonéticos persistentes na produção dos alunos, procurou-se caracterizar e interpretar os procedimentos de correção ou de tratamento desse tipo de erro empregados pela professora, sujeito da pesquisa.

Palavras-chave: Espanhol. Sistema fonético. Ensino.

Downloads 2149  2149  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNICAMP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Vozes compartilhadas : a poética intertextual de Enrique Vila-Matas Popular Versão: 
Atualização:  19/4/2012
Descrição:
KLEIN, Kelvin dos Santos Falcão

Este trabalho analisa as relações intertextuais na obra ficcional do escritor Enrique Vila-Matas, com especial atenção ao romance "O mal de Montano". Trata-se de desdobrar em interpretação um tipo de ficção híbrida que ganha contornos expressivos na literatura da contemporaneidade, uma escritura que investe na mescla de gêneros e do discurso crítico com o discurso ficcional. O objetivo principal é estabelecer um estudo sistemático das relações entre a crítica cultural e a ficção de Enrique Vila-Matas, observando até que ponto esse contato interfere no discurso tanto de uma esfera quanto de outra. Enrique Vila-Matas inseriu, em seu trabalho ficcional, considerações sobre dois períodos específicos da história cultural recente, em que grupos de artistas e intelectuais propunham mudanças críticas e estéticas. Seu livro "Historia abreviada de la literatura portátil", de 1985, abrange a vanguarda europeia dos anos 1920. "París no se acaba nunca", de 2003, retoma a vanguarda francesa de 1970. Além de abordar e re-contextualizar as ideias principais desses movimentos de vanguarda, Vila-Matas constrói um híbrido de ficção, ensaio e historiografia, jogando com o paradoxo de transformar figuras históricas em personagens e criações ficcionais em verbetes enciclopédicos. Este trabalho analisa o método utilizado para a representação desses momentos de renovação cultural, principalmente no que se refere ao movimento, realizado nas duas obras, de articulação do moderno com o pós-moderno, no sentido restrito de continuidade temporal. Reflete igualmente sobre a ficcionalização que Vila-Matas propõe das ideias de importantes pensadores, como Duchamp, Walter Benjamin, Barthes, Blanchot e Kristeva, e de que forma o contato com suas obras permitiu a Vila-Matas estabelecer para si uma poética comparatista e intertextual, levantando questões como o silêncio, o destino da literatura e a experiência da escrita. Procura-se, também, estabelecer uma relação intertextual entre a obra do escritor argentino Jorge Luis Borges e o escritor espanhol Enrique Vila-Matas. O foco principal é sobre a questão do "parasitismo literário", um tema presente nas reflexões de ambos os autores e parte da crítica. A reflexão ao longo do texto se expande, e oferece uma crítica da representação literária que ocorre por meio de estratégias metaficcionais. Borges e Vila-Matas são autores que utilizam, de forma lúdica, um conjunto amplo de referências literárias em seus livros: cada um deles constrói seu próprio mosaico de citações. A intenção deste trabalho é fazer uma ponte para unir suas "poéticas enciclopédicas".

Palavras-chave: Crítica e interpretação. Estudos literários. Literatura comparada. Literatura espanhola. Poética. Teoria literária. Vila-Matas. Enrique. Hibridismo. Intertextualidade. Literatura comparada.

Downloads 434  434  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Una propuesta didáctica para la enseñanza/aprendizaje de los sufijos apreciativos en E/LE Popular Versão: 
Atualização:  4/6/2008
Descrição:
SANTOS, Aránzazu Muñoz

La investigación realiza, por una parte, una clasificación de los sufijos apreciativos desde un punto de vista sincrónico, basada en el uso real de la lengua. En la segunda parte del trabajo, se propone una serie de ejercicios y actividades para llevar al aula, que atienden a una perspectiva totalizadora y engloban elementos fundamentales como la entonación, el contexto situacional y la intención del hablante, entre otros. Nuestro objetivo es servir de guía a los profesores de E/LE para que, partiendo de la morfología de los tradicionales diminutivos y aumentativos, consigan llevar al alumno hacia una reflexión sobre aspectos semánticos, conversacionales e interculturales, al mismo tiempo que fomentan el aprendizaje autónomo y la capacidad creativa de los estudiantes.

Downloads 1524  1524  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidad Nebrija  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Uma aproximação dos marcadores hacerse e ponerse na língua espanhola à luz da Teoria das Operações E Popular Versão: 
Atualização:  19/4/2012
Descrição:
FAI, Silvany Chong Reis Don

Com base em alguns dos conceitos da Teoria das Operações Enunciativas desenvolvemos a análise de enunciados com hacerse e ponerse da língua espanhola como marcadores. Nossa análise volta-se para a identificação de traços coincidentes e díspares de seus funcionamentos em suas relações predicativas. As quatro classes gramaticais estabelecidas por Antoine Culioli: determinação, modalidade, diátese e aspecto orientam nossas reflexões quanto à aproximação à forma esquemática desses dois marcadores.

Palavras-chave: Forma esquemática. Hacerse. Língua espanhola. Marcadores. Ponerse.

Downloads 1083  1083  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Uma análise do verbo tener à luz do confronto com o verbo ter Popular Versão: 
Atualização:  19/4/2012
Descrição:
LOPES, Kaarina Mirani Hamalainen

Este trabalho compara as construções existenciais do português do Brasil com as construções existenciais do espanhol. A pesquisa se situa no âmbito da Linguística Histórica, da análise sintática e semântica dos verbos HAVER e TER no espanhol e português atual e arcaico. As construções existenciais ou de tempo composto no espanhol ocorrem de modo distinto das do português, TER no espanhol somente constrói sentenças que expressam relações de posse. Levando em conta a origem das línguas portuguesa e espanhola e ainda as realizações de TER e HAVER no português e no espanhol arcaico, o objetivo deste trabalho é entender porque no espanhol não podemos formar sentenças existenciais como as do Português: 1. Por causa do feriado, há somente três alunos na sala. 2. Por causa do feriado, têm somente três alunos na sala. 3. Hay dos alumnos en el aula. 4. *Tiene una mujer en la cocina. No espanhol, o verbo TER somente é usado nas construções possessivas: 5. Yo tengo un gato y una perrita. Tendo como base princípios da teoria gerativa, busco fazer uma análise das estruturas sintática e semântica desses verbos e suas realizações, a fim de compreender as diferenças e semelhanças que existem nas construções existências no português e no espanhol.

Palavras-chave: Língua portuguesa.Língua espanhola. Sintática. Semântica. Verbo tener. Verbo ter.

Downloads 1124  1124  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Uma análise das construções de clivagem e outras construções focalizadoras no espanhol atual Popular Versão: 
Atualização:  19/4/2012
Descrição:
CONCEIÇÃO PINTO, Carlos Felipe da

Esta Dissertação analisa construções de focalização em quatro variedades do espanhol atual (Argentina, Cuba, Espanha e México) a fim de averiguar se há variação nessas construções nas variedades estudadas. Observamos que a clivagem é a estratégia que apresenta variação e que o espanhol cubano apresenta mais tipos de construções de clivagem que o espanhol europeu. A variedade argentina se aproxima ao espanhol cubano e a variedade mexicana se aproxima ao espanhol peninsular. Constatamos também que além de apresentar estruturas diferentes, com QUE inváriavel (Fui yo que la obligué), o espanhol cubano apresenta a clivada básica para um uso discursivo informativo, capaz de responder a uma pergunta como "?quien llegó? (resp. "Fue Pedro que/quien llegó"). Tal construção é impossivel em outras variedades do espanhol neste contexto discursivo.

Palavras-chave: Sintaxe. Focalização. Clivagem.

Downloads 1887  1887  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal da Bahia  Site http://
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Um retrato da formação de professores de espanhol como língua estrangeira para crianças: um olhar so Popular Versão: 
Atualização:  19/4/2012
Descrição:
RINALDI, Simone

Este trabalho trata da formação de professores de espanhol para crianças. A pergunta inicial que nos motivou foi: o ensino de espanhol para crianças é necessário e desejável? Textos legais, teóricos, pesquisadores e pais nos mostraram que sim, tanto desejável quanto necessário. A partir disso, buscamos saber como se dá a formação dos docentes que trabalham com a faixa etária dos 7 aos 10 anos. Explicitamos alguns pontos da história do ensino de línguas estrangeiras no Brasil, das abordagens e métodos de ensino de idiomas, da criação da Universidade de São Paulo e, com ela, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e a Faculdade de Educação - ambas responsáveis pela formação de professores de espanhol - e da inserção da língua espanhola nas escolas brasileiras de Ensino Fundamental e Médio. A partir da análise de questionários respondidos por treze informantes de São Paulo - SP, Suzano - SP, Foz do Iguaçu - PR e Porto Alegre - RS, todos professores de espanhol que já atuam com crianças no nível escolar que nos diz respeito, traçamos o perfil da formação desses docentes, da sua atuação, bem como das dificuldades vividas por eles em sala de aula. Averiguamos que tanto os professores que cursaram Magistério quanto os que não optaram por essa formação secundária se valem de práticas semelhantes: usam as mesmas estratégias e as mesmas atividades. Constatamos, também que, embora as práticas utilizadas se assemelhem, as dificuldades que esses profissionais encontram em sua atuação diferem em quantidade, mas não em tipologia, ou seja, falta de atenção, problemas de concentração e de (in)disciplina dos estudantes. As dificuldades apontadas pelos docentes, associadas às lacunas em sua formação acadêmica, nos induzem a concluir que realmente falta um programa específico para professores de espanhol para crianças e, assim, sugerimos algumas opções de inserção desse tema nos vários níveis de formação: no Magistério (secundário e/ou superior), no curso de Graduação e na Pós-graduação. Está claro que não seria suficiente oferecer somente uma formação inicial. É importante a possibilidade de formação continuada, na qual os profissionais possam compartilhar experiências, além de aprofundarem seus estudos. Imprescindível seria, também, que se ampliasse a lei que habilita professores a trabalharem com as primeiras séries do Ensino Fundamental, para que profissionais com Licenciatura e Pós-graduação pudessem exercer plenamente essa função.

Palavras-chave: Crianças (estudo e ensino). Ensino de língua estrangeira. Ensino Fundamental. Formação de professores. Língua espanhola.

Downloads 611  611  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Um olhar para a nterferência dos heterossemânticos na aprendizagem do espanhol por falantes nativos Popular Versão: 
Atualização:  14/9/2011
Descrição:
KREBS, Marloá Eggres

O presente estudo investiga a interferência da LM na aprendizagem da LE. Para tanto, busca-se, por meio da Análise Contrastiva dos heterossemânticos presentes no português e no espanhol, classificar os heterossemânticos mais recorrentes nas amostras investigadas, por ordem de grau de interferência. Além disso, busca-se determinar indícios de "homoiofobia" na aprendizagem da língua espanhola, por parte de falantes nativos de português brasileiro. Ademais desses objetivos, tem-se duas questões que orientam esta investigação: 1)em que medida os heterossemânticos suscitam erros semânticos que impedem ou emudecem a aprendizagem do espanhol como LE por falantes nativos de português brasileiro? e 2) em que medida os heterossemânticos podem gerar a homoiofobia durante o processo de aprendizagem do espanhol como LE? Para alcançar esses objetivos e buscar respostas às questões norteadoras desta pesquisa, foi realizada uma revisão da literatura pertinente acerca da proximidade lingüística entre o português e o espanhol, bem como sobre a Análise Contrastiva (AC) e a Análise de Erros (AE), ressaltando a importância que esses modelos trouxeram para o estudo de uma LE.

Downloads 1219  1219  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UCPEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Um estudo sobre o pronome Vos na fala de professores universitários paraguaios em situação de sala d Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
QUINTANA, Francisco Alcidez Candia

Esta investigación se refiere al estudio de los pronombres de tratamiento TÚ, VOS y USTED en el español paraguayo y tiene como objetivo verificar el alcance del pronombre VOS, variante de la segunda persona del singular, empleado en el español paraguayo, en detrimento del pronombre TÚ, pronombre de tratamiento informal y del USTED, pronombre del tratamiento formal, ambos de la gramática normativa de la lengua española. El trabajo tiene como base el habla de nueve sujetos paraguayos, profesores universitarios, siendo que cuatro son del sexo masculino y cinco, del femenino, con edad entre 29 y 51 años, divididos entre doctores, masteres y especialistas, de diferentes áreas de formación. El corpus fue montado a partir de grabaciones en audio de las clases proferidas por los profesores, considerada situación de formalidad. La opción por sujetos de alta escolaridad y de clase media alta obedeció a un precepto sociolingüístico de que los cambios en la lengua llevan más tiempo para llegar a las clases sociales de mayor poder adquisitivo y de escolaridad más elevada, así como, a personas de más edad y a hombres. El habla de los sujetos de alta escolaridad pasa a ser monitoreada por la gramática normativa, que también, pasa a determinar los usos lingüísticos más cristalizados. Además, tienen mayor probabilidad de ocurrir en situaciones de formalidad. Así, el trabajo está inserido en dos vertientes de la lingüística: (1) la Sociolingüística, es decir, el estudio de la lengua hablada, observada, descripta y analizada dentro de un contexto social, y (2) la Pragmática, es decir, el estudio de la lengua relacionado con quien la habla, a quien se habla y donde se habla. Para eso, fueron realizados dos tipos de análisis: cuantitativa, con el levantamiento de las apariciones de los tres pronombres en las grabaciones del corpus, y, cualitativa, describiendo situaciones de uso de esos pronombres, durante las clases. Los resultados mostraron que: en primer lugar, el uso del pronombre de tratamiento VOS, para la segunda persona del singular, es observado con gran expresividad en el habla de los profesores universitarios paraguayos en situación de clase, seguido por USTED y habiendo apenas dos apariciones del pronombre TÚ. En segundo lugar, el análisis cualitativo de enunciados o trozos de enunciados de los diversos profesores, a partir de los diferentes tópicos y situaciones de clase, apuntó para una polaridad entre, no sólo, situaciones de formalidad e informalidad, en el trato entre profesores y alumnos, sino también en el discurso directo, cuando el profesor fingía situaciones entre personas de función jerárquicamente diferentes en términos sociales. También el grado de exposición de la face de uno de los profesores mostró el paso del registro de VOS para el de USTED.

Palabras clave: Español paraguayo. Pronombres de tratamiento. Fenómeno del VOSEO. Sociolingüística y Pragmática.

Downloads 3472  3472  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 »