Educadores

Ínicio : Espanhol : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (4)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Entre infiéis e chirus: a representação do indígena nas obras de José Hernández e João Simões Lop Popular Versão: 
Atualização:  24/4/2012
Descrição:
GUIMARÃES, Rafael Eisinger

A literatura gauchesca configura um dos elementos-chave para o processo de mitificação do gaúcho histórico e a consequente transformação desse mito na base para a construção do pertencimento identitário de uma significativa parcela dos sujeitos argentino e sul-rio-grandense. Tendo em vista esse aspecto e a inegável relevância que o índio assumiu na formação étnica e cultural da identidade gaúcha, tanto no lado brasileiro como no lado argentino, investiga-se o papel que essa etnia assume nas obras literárias gauchescas.
Este trabalho descreve e analisa a forma como a imagem do indígena é elaborada nos poemas "El gaucho Martín Fierro" e "La vuelta de Martín Fierro", de José Hernández, e nos contos "Os cabelos da china" e "Melancia – coco verde", de João Simões Lopes Neto, contrapondo a representação dos autóctones argentino e sul-rio-grandense respectivamente às imagens do gaucho e do gaúcho. Uma vez que a análise está focada no contraponto que se estabelece entre identidade e alteridade, o referencial teórico escolhido compreende tanto as concepções da imagologia, corrente teórica dedicada ao estudo da imagem literária do estrangeiro, quanto as contribuições de pensadores dedicados à compreensão do processo de construção da identidade.
Para alcançar os objetivos estabelecidos, a metodologia adotada segue as propostas do teórico francês Daniel-Henri Pageaux, e inicialmente analisa a representação do autóctone nos níveis lexical e discursivo para, posteriormente, verificar o grau de conformidade da imagem literária às ideologias e ao imaginário dominantes no contexto de produção da obra.
A partir da abordagem do corpus, observa-se de imediato uma explícita distinção entre as representações do autóctone que Martín Fierro e Blau Nunes – narradores dos referidos textos de José Hernández e Simões Lopes Neto, fazem, uma diferença que, como se verifica, está diretamente relacionada aos projetos de construção de uma identidade nacional sustentados por esses dois escritores.

Palavras-chave: Alteridade. Identidade. Heteroimagem do índio. El gaucho Martín Fierro. La vuelta de Martín Fierro. Contos gauchescos.

Downloads 986  986  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Brancos e vermelhos : a guerra civil espanhola através das páginas do jornal Correio do Povo (1936-1 Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FRAGA, Gerson Wasen

Entre 1936 e 1939, a Espanha foi abalada por uma violenta Guerra Civil. Tendo sido deflagrada no período entre guerras, quando o capitalismo experimentava os efeitos da crise de 1929; quando o fascismo atravessava seu momento de afirmação na Europa, e quando a Revolução Russa apresentava uma alternativa política para os povos, este acontecimento acabou por se tornar rico em símbolos e significados, atraindo não apenas a atenção, mas também a solidariedade de boa parte do mundo para ambos os lados em contenda. No Brasil, marcado pela repressão ao comunismo, especialmente após 1935, a Guerra Civil Espanhola veio a servir, na visão das elites, como exemplo do que poderia aqui ocorrer caso o comunismo viesse a encontrar solo fértil no continente americano, sendo uma das formas de difundir esta idéia as páginas da grande imprensa escrita. Nosso objetivo é demonstrar como a Guerra Civil Espanhola foi apresentada à sociedade pelo jornal Correio do Povo, à época o periódico de maior importância no Rio Grande do Sul. Através de sua leitura sobre os fatos na Espanha naqueles anos conturbados, temos um exemplo da forma como as ideias de mudança social eram vistas por uma parcela da elite brasileira, bem como de seu alinhamento com as diretrizes políticas oficiais daquele momento.

Palavras-chave: Espanha. Guerra civil espanhola. 1936-1939. Correio do Povo. Newspaper. Printing press. Rio Grande do Sul state. Spanish civil war.

Downloads 498  498  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!O cinema na aula de língua estrangeira: uma proposta didático-pedagógica para o ensino-aprendizagem  Popular Versão: 
Atualização:  24/4/2012
Descrição:
STEFANI, Viviane Cristina Garcia de

A nova configuração da sociedade pós-moderna tem exigido mudanças no âmbito de ensino. Vivemos em uma era em que a escola já não é considerada o principal local onde ocorre a aprendizagem, e o conhecimento é adquirido por meio da interação e do pertencimento às diversas redes sociais (FAIRCLOUGH, 2001) – fato que nos leva a refletir sobre novas maneiras de construir e lidar com o conhecimento. É preciso que o ambiente da sala de aula traduza as transformações da sociedade, de forma que possa configurar-se, efetivamente, como comunidade de prática, lugar de construção do saber.
O papel que a escola deve assumir, juntamente com o professor, é o de promover oportunidades para a construção de novos saberes e para o conhecimento e aproximação de outras culturas. Em se tratando de ensino e aprendizagem de língua estrangeira (LE) a proximidade entre culturas torna-se ainda mais relevante. Nos novos tempos o avanço da tecnologia tem propiciado um estreitamento cada vez maior do contato entre os povos, e é preciso conhecer não somente a língua, mas também a cultura do outro.
Aprender uma língua-alvo significa familiarizar-se com outros modos de agir, pensar e comunicar-se. Entendemos que essa prática pode ser favorecida por uma abordagem comunicativa de ensino, cujo foco é a busca pela construção conjunta do conhecimento por meio da interação e da negociação de sentidos, de forma que a aprendizagem seja significativa ao aprendente. Ao refletirmos sobre procedimentos que viabilizem a implementação de um ensino comunicativo de acordo com as novas exigências da sociedade moderna, de forma que promova oportunidades para a construção do conhecimento por meio da interação e da negociação de sentidos, e que, ao mesmo tempo, possa contemplar a abordagem de múltiplas variedades linguísticas e culturais do idioma espanhol, parece-nos oportuna a inserção do cinema como recurso didático para esse fim. Embora o cinema possa configurar-se como um recurso didático eficiente para a implementação do ensino comunicativo de línguas, por seu caráter lúdico e por sua capacidade de promover maior envolvimento dos alunos na realização de atividades significativas, percebemos que seu uso ainda é bastante limitado no âmbito de ensino de língua estrangeira. Considerando essa lacuna, o objetivo desta pesquisa qualitativa, de base etnográfica, foi investigar o uso do filme Diários de Motocicleta como conteúdo didático no contexto de ensino de espanhol como língua estrangeira, tomando por base os pressupostos teóricos da aprendizagem significativa (GEE, 2004; RICHARDS, 2005; SAVIGNON, 2001). A análise dos dados, obtidos por meio de questionários, grupo focal e notas de campo, revela que o filme representa uma maneira eficaz de apresentar o insumo linguístico contextualizado, de envolver os alunos em atividades de interação e negociação de sentidos, de estimular o pensamento crítico e o conhecimento de mundo, além de contribuir significativamente para o desenvolvimento da autonomia do aluno como aprendente de línguas.

Palavras-chave: Espanhol como língua estrangeira. Aprendizagem significativa. Ensino comunicativo. Filme. Cinema.

Downloads 1064  1064  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSCAR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!A cultura de ensinar língua materna e língua estrangeira em um contexto brasileiro Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
REYNALDI, Maria Angela Abbade Chimello

Esta pesquisa, de natureza etnográfica, tem por objetivo caracterizar a cuIJu,a de ensinll1' (CE) LM e LE (inglês) de professoras de duas escolas públicas, contribuindo com wna pesquisa comparativa do ensino das duas línguas em wn 'contexto brasüeiro. Para isso investiga-se as pressuposições, as crenças e os conhecimentos teóricos, práticos e intuitivos dessas professoras sobre como ensinar, o que elas dizem ser necessário fazer e o que realmente fazem para ensinar. Os dados foram coletados por meio de wn questionário, entrevistas, observação e gravação de aulas de LM e LE e posterior discussão dos resultados com algumas das professoras. O referencial teórico inclui o conceito de CE e sua relação com a abordagem de ensinar, cultura de aprender (CA) e formação de professores. A pesquisa revelou que a CE não é detenninada pela especificidade da disciplina ensinada (LM ou LE), mas por uma tradição de ensinar decorrente de crenças sobre a linguagem, a profissão, o ensino, a aprendizagem e sobre o aluno, presentes no meio profissional e em uma sociedade maior, que foram adquiridas, principalmente, através de exemplos de exprofessores (influência da CA). Portanto, considerando as características inerentes a cada língua, concluí que há somente uma CE para LM e LE. Embora as professoras afirmem 'realizar detemúnadas ações para ensinar, elas agem como foram ensinadas: as aulas de LE e LM são centradas nas professoras, estando a ênfase em tópicos gramaticais e na memorização de vocabulário (mais em LE) _u são baseadas em leitura de textos, que não são discutidos, servindo de modelos para redações (nas aulas de LM) , e para serem traduzidos ou como pretexto para ensinar tópicos gramaticais (nas aulas de LE). No momento atual, as professoras estão se sentindo pressionadas a adotar uma abordagem que propicie uma maior participação do aluno. Entretando, acostumadas a seguir receitas (ao invés de refletir sobre sua prática) e sem vivência I ssa nova abordagem, as professoras estão tendo dificuldades em adotá-Ia, responsabilizando os alunos pelos obstáculos. Apesar das dificuldades e usando os recursos que conhecem, as professoras estão tentando colocar em prática a nova teoria (construtivismo), segundo suas crenças sobre o que essa forma de ensinar significa. Quando há empecilhos durante o percurso, recorrem à sua CE, que imprime movimento ao ato de ensinar, mas não se caracteriza por um ensino reflexivo. Implicações para a formação do professor de línguas foram levantadas, uma vez que a CE das professoras ainda está fortemente sedimentada em sua CA. As professoras consideram suas formações deficientes por não terem propiciado o desenvolvimento de suas competências linguístico-comunicativa, aplicada e a profissional, fazendo com que se sintam inseguras e receiem inovar, fortalecendo, assim, a tradição de ensinar instituída através da manutenção de rotinas de trabalho.

Palavras-chave: Língua materna. Língua estrangeira. Cultura de ensinar. Formação de professores.

Downloads 412  412  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNICAMP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Federico García Lorca: de la teoría a la práctica del "Duende" Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
RETAMAR, Hugo Jesus Correa

Filho da Andaluzia como o "cante jondo" e seu "duende", Federico García Lorca, um apaixonado por tal arte, foi um dos poetas espanhóis mais representativos do século XX. A relação entre o poeta de Granada e o "cante jondo" é profunda e importantíssima para a valorização da arte andaluza e inclusive para a compreensão da obra de Lorca. O "cante jondo", segundo o poeta, é o canto mais profundo, um canto escuro e misterioso onde a magia do "duende" se manifesta em um momento imóvel e único. Para Lorca, a arte espanhola é movida pelo "duende", espécie de espírito mágico, passional e original. Lorca também é considerado por muitos como um autor passional e muito apegado a sua terra. Poema del cante jondo é então uma viagem pelas entranhas de sua terra e uma busca constante pelo "duende" espanhol. Porém, como será que o duende de Lorca se manifesta em tal obra se é que isso acontece? O duende é amigo da improvisação, mas a constituição de um poema depende também da engenhosidade do poeta. Assim, através da análise dos poemas de Poema del cante jondo e do estudo de conferências do autor, bem como da história da Espanha e do cante jondo, tentaremos diagnosticar a poética de García Lorca para a construção deste seu livro de poemas, ou seja, estudaremos os procedimentos utilizados pelo poeta para que haja na obra o encontro mágico com o duende da arte andaluza. Passaremos da teoria do duende, conceituada por Lorca em uma de suas conferências, à análise da prática do autor para conseguir o efeito "duende" em sua obra.

Palavras-chave: Arte espanhola. Crítica e interpretação. Estudos literários. García Lorca, Federico. 1898-1936. Literatura espanhola. Cante jondo. Duende. España. Flamenco. Poesía.

Downloads 457  457  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Transculturação, identidade e diferença cultural em O recurso do método e O reino deste mundo de Ale Popular Versão: 
Atualização:  20/4/2012
Descrição:
PEREIRA, Tatiana Antonia Selva

Este trabalho tem como objeto de estudo dois romances – "O Reino deste Mundo" e "O Recurso do Método", do escritor cubano Alejo Carpentier, precursor do real maravilhoso, sob uma perspectiva comparatista a partir das teorias e noções que são de interesse da literatura comparada, como o processo de transculturação na América Latina, a intertextualidade, a descolonização cultural, a carnavalização do seu discurso, a desterritorialização, o hibridismo cultural e literário, a busca da identidade cultural e da consciência latinoamericana no contexto sociopolítico, histórico e cultural, no qual essas obras se inserem. Fundamenta-se esse estudo nas contribuições de dois teóricos latinoamericanos, o etnólogo cubano Fernando Ortíz, pioneiro do conceito de transculturação, e o crítico literário uruguaio Ángel Rama, teórico da transculturação narrativa na América Latina. Destaca-se, ainda, a relevância que o ato tradutório, em geral, e a tradução literária, em particular, têm como mediadores interculturais, apontando-se algumas questões de tradução cultural nas traduções das obras para o português e o importante papel do tradutor em obras dessa natureza.

Palavras-chave: Carpentier. Alejo. 1904-1980. El recurso del método. 1904-1980. El reino de este mundo. Crítica e interpretação. Literatura comparada. Literatura cubana. Romance.

Downloads 542  542  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Augusto Roa Bastos: o fazer literário como interpelação da história paraguaia Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
PACHECO, Gloria Elizabeth Saldivar de

Diante do contínuo desafio de interpretar o nosso tempo e suas contingências, emerge a certeza de que indagar o passado em todas as suas dimensões políticas, sociais e econômicas é uma estratégia necessária. Neste sentido, a literatura e a historiografia têm se dedicado à representação dos acontecimentos históricos ao longo dos séculos. Embora tenham princípios e objetivos diferentes, ambos os domínios contribuem para elucidar a complexidade que encerra o processo histórico e viabilizar o conhecimento sobre o passado. No entanto, com o predomínio do positivismo nas ciências, o discurso literário tem sido desprezado como um espaço legítimo de problematização do passado, em razão de articular fatos verídicos e fictícios. Desde então, a historiografia positivista se consolidou como a única verdade sobre a história. Durante o século XX, contudo, a literatura cumpriu um papel importante na América Latina, que esteve dominada por cruentas ditaduras. Enquanto os historiadores eram relapsos nas suas atribuições, ao omitirem e/ou manipularem fatos e personagens; os escritores recriavam muitos episódios de resistência e luta das classes populares, impedindo que estes fossem esquecidos, o que prejudicaria a formação da consciência histórica. Neste contexto se inscreve a obra de Augusto Roa Bastos, que transforma a história paraguaia em seu principal recurso criativo, questionando a presença insignificante do povo e suas lutas no discurso histórico, assim como a legitimidade do poder ditatorial. Com este mesmo espírito crítico analisamos os contos El trueno entre las hojas e La excavación, que retratam as rebeliões de trabalhadores, os presos políticos e a motivação econômica por trás da Guerra do Chaco, em comparação com os respectivos registros de quatro livros de história paraguaia alinhados com o discurso oficial. Constatamos que apesar das informações pertinentes, as narrativas históricas são insuficientes por si só para a reconstrução da história e que, para este processo, os textos de Roa Bastos são valiosos porque ensejam a reflexão sobre os eventos mediante outros enfoques. Portanto, somente a articulação de várias interpretações em torno de seu passado permitirá à humanidade chegar mais próximo da verdadeira história.

Palavras-chave: Augusto Roa Bastos. História do Paraguai. Literatura vs. História.

Downloads 930  930  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!"Andamios" de Mario Benedetti : memoria en las huellas del desexilio Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MOGENDORFF, Ivonne Teresa Jordan de

Esta memória de investigação tem como tema o estudo e a análise do romance Andamios, do escritor uruguaio Mario Benedetti. O objetivo é estabelecer a relação entre a história ficcional de Andamios - reflexões e nostalgias de um ex-exilado que procura reencontrar seu país pessoal - e a recuperação, através da memória afetiva do protagonista, do conceito de identidade transformado durante os anos no exílio. As lembranças constituem os andaimes da obra, convertendo-se em elementos restauradores da memória do personagem principal, dentro de um contexto mais amplo. Resgata-se a memória coletiva por meio da experiência do desexílio: funciona como um pretexto para que, por meio dessa história, perdurem os fatos acontecidos recuperando-os do esquecimento. O estudo foi realizado a partir de uma análise documental para situar o momento histórico da novela. Foi feita uma investigação sobre os aspectos biográficos do autor, assim como sobre parte de sua produção crítica e ficcional. Foram analisados textos sobre a memória e o valor que este conceito possui na construção da identidade dos indivíduos. Nossa hipótese partiu do pressuposto de que esta novela se constitui em um resgate da memória como forma de evocar um passado que deve ser levado ao futuro para que os jovens entendam os acontecimentos e sua repercussão na vida dos uruguaios. O autor, pelo seu mérito comunicante, procura restabelecer os laços entre um povo ferido pelos rancores e sofrimentos provenientes da ditadura militar, através das atitudes de seus personagens. Em especial, a de seu protagonista que, por meio dos vestígios da memória, reconstroi não somente a sua identidade, mas a de seu país, ao mesmo tempo em que se restaura a democracia. A história de Javier Montes entrecruza-se com a de outros latino-americanos outorgando à obra um caráter universal.

Palavras-chave: Mario Benedetti. Desexílio. Andaimes. Memória. Identidade.

Downloads 1063  1063  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Mafalda: uma análise textual Popular Versão: 
Atualização:  23/4/2012
Descrição:
MEDEIROS, Fabiano Didio

Este trabalho aborda questões relativas à textualidade, desenvolvidas pela Linguística Textual, bem como aspectos da heterogeneidade apresentados por Jaqueline Authier-Revuz. A pesquisa tem como corpus de análise a obra Toda Mafalda, uma coletânea de histórias em quadrinhos, apresentada em forma de tiras, do autor Joaquín Salvador Lavado. Busca-se, por meio dessas análises, caracterizar alguns elementos da textualidade apresentados na construção de textos dialogais representados pelas tiras. Para situar melhor essa análise, é apresentado, inicialmente, um panorama geral da Linguística Textual, das histórias em quadrinhos e da própria obra Mafalda. Como conclusão, são sugeridas estratégias e atividades relativas à aplicação de algumas das teorias analisadas no processo de ensino e aprendizagem da língua portuguesa.

Palavras-chave: Análise do discurso. Ensino e aprendizagem. História em quadrinhos. Língua portuguesa. Linguística textual. Heterogeneidade. Linguística textual. Mafalda. Textualidade.

Downloads 1327  1327  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Arte e interpretação da realidade em Gabriel García Márquez e Fernando Botero Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MAGGIONI, Ana Paula

Partindo da noção de interdisciplinaridade, este trabalho, realizado na área da literatura comparada, centra-se na relação entre o escritor Gabriel García Márquez e o pintor Fernando Botero, com ênfase na interpretação da realidade colombiana presente nas obras desses artistas. Os quadros de Botero – O Capitão, Retrato Oficial da Junta Militar, O Jogador de Cartas, A Casa de Amanda Ramírez, A Rua e Cena Familiar – são analisados em comparação à obra Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez. O foco está nos personagens retratados, sendo esses os militares, as prostitutas e amantes, os empregados, o povo e a família, representantes da sociedade colombiana da qual fazem parte os dois artistas. Para tanto, faz-se incursões teóricas em distintas direções: a interdisciplinaridade na literatura comparada e a pintura como representação. Dessa forma, estabelecem-se elos entre os dois autores e suas respectivas obras.

Palavras-chave: Botero. Fernando. 1932. Colômbia. García Márquez. Gabriel. 1928. Literatura colombiana. Literatura comparada. Pintura.

Downloads 1094  1094  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 (10) 11 12 13 »