Educadores

Ínicio : Espanhol : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (4)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!O papel dos objetos de aprendizagem no ensino de línguas: uma análise em cursos on-line de espanhol  Popular Versão: 
Atualização:  27/9/2011
Descrição:

TAVARES, Arice Cardoso


O uso de tecnologias interativas mediadas pelo computador e pela Internet está se
tornando cada vez mais freqüente no ensino de línguas estrangeiras, exigindo dos professores novas competências, não só para usar essas tecnologias adequadamente, mas também para
avaliar criticamente as propostas que surgem a cada dia. Uma proposta que tem recebido
destaque recentemente é o uso de objetos de aprendizagem, vistos como artefatos culturais
capazes de promover a aprendizagem. O objetivo deste trabalho é descrever, analisar e avaliar o
conteúdo pedagógico desses objetos e detectar sua presença nos cursos que propõem o ensino da
língua espanhola na rede mundial de computadores. Parte-se da perspectiva sócio-cultural de
Vygotsky e seus seguidores, construindo-se a partir daí uma proposta de instrumento de
avaliação que possa aferir o valor educacional desses objetos, com destaque para cinco aspectos:
(1) qualidade do conteúdo; (2) usabilidade; (3) reusabilidade; (4) interatividade e (5) uso de
andaimes. A metodologia constou de um levantamento de cursos de espanhol oferecidos pela Internet, dos quais três foram selecionados para a análise. Os resultados mostram que os cursos
variam bastante em termos dos objetos de aprendizagem usados: os cursos mais bem avaliados
oferecem objetos baseados em atividades interativas, com conteúdo balanceado e objetivos
claros; já o curso com avaliação inferior, de acordo com o instrumento usado, deixa de
apresentar essas características. A conclusão é de que o uso da perspectiva dos objetos de
aprendizagem, com seus critérios já estabelecidos, parece facilitar a elaboração de instrumentos para a avaliação dos cursos mediados pelas novas tecnologias.

Palavras-chave: Objetos de aprendizagem. Línguas estrangeiras. Cursos on-line

Downloads 526  526  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UCPEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Aprendizagem de línguas em e-tandem via mensagens instantâneas: um estudo de caso Popular Versão: 
Atualização:  26/1/2012
Descrição:
SOUZA, Renata Amaral

O presente estudo localiza-se nas áreas de ensino-aprendizagem de línguas mediada por computador (conhecida pela sigla CALL, em inglês, Computer-Assisted Language Learning) e de aprendizagem de línguas em regime de tandem (modalidade na qual dois falantes nativos de línguas diferentes interagem para aprender a língua e a cultura um do outro).
Utilizando a metodologia de estudo de caso etnográfico, investigou-se uma experiência de e-tandem (tandem a distância com uso de meios eletrônicos) por meio da interação através de mensagens instantâneas (MSN) realizada com uma brasileira (esta pesquisadora) e um americano, focalizando-se a manifestação da aprendizagem colaborativa, o uso de estratégias sociais e
a percepção de aprendizagem pelos participantes.
Os dados foram coletados através do registro das mensagens instantâneas e de e-mails trocados entre os participantes, diário da pesquisadora e entrevista estruturada por e-mail.
As teorias que apóiam esta pesquisa compreendem a aprendizagem de línguas mediada por computador (CALL), a aprendizagem em regime de tandem (incluindo os princípios da reciprocidade, bilingüismo e autonomia) e o estudo das estratégias de aprendizagem (Oxford, 1990). Os resultados revelam que o ambiente digital parece ser uma ferramenta valiosa à aprendizagem informal continuada de língua estrangeira, em particular em regime de e-tandem, e possivelmente também como complemento ao
ensino de línguas em contextos formais.

Downloads 516  516  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma  Faculdade de Letras UFRJ  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!A cultura de ensinar língua materna e língua estrangeira em um contexto brasileiro Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
REYNALDI, Maria Angela Abbade Chimello

Esta pesquisa, de natureza etnográfica, tem por objetivo caracterizar a cuIJu,a de ensinll1' (CE) LM e LE (inglês) de professoras de duas escolas públicas, contribuindo com wna pesquisa comparativa do ensino das duas línguas em wn 'contexto brasüeiro. Para isso investiga-se as pressuposições, as crenças e os conhecimentos teóricos, práticos e intuitivos dessas professoras sobre como ensinar, o que elas dizem ser necessário fazer e o que realmente fazem para ensinar. Os dados foram coletados por meio de wn questionário, entrevistas, observação e gravação de aulas de LM e LE e posterior discussão dos resultados com algumas das professoras. O referencial teórico inclui o conceito de CE e sua relação com a abordagem de ensinar, cultura de aprender (CA) e formação de professores. A pesquisa revelou que a CE não é detenninada pela especificidade da disciplina ensinada (LM ou LE), mas por uma tradição de ensinar decorrente de crenças sobre a linguagem, a profissão, o ensino, a aprendizagem e sobre o aluno, presentes no meio profissional e em uma sociedade maior, que foram adquiridas, principalmente, através de exemplos de exprofessores (influência da CA). Portanto, considerando as características inerentes a cada língua, concluí que há somente uma CE para LM e LE. Embora as professoras afirmem 'realizar detemúnadas ações para ensinar, elas agem como foram ensinadas: as aulas de LE e LM são centradas nas professoras, estando a ênfase em tópicos gramaticais e na memorização de vocabulário (mais em LE) _u são baseadas em leitura de textos, que não são discutidos, servindo de modelos para redações (nas aulas de LM) , e para serem traduzidos ou como pretexto para ensinar tópicos gramaticais (nas aulas de LE). No momento atual, as professoras estão se sentindo pressionadas a adotar uma abordagem que propicie uma maior participação do aluno. Entretando, acostumadas a seguir receitas (ao invés de refletir sobre sua prática) e sem vivência I ssa nova abordagem, as professoras estão tendo dificuldades em adotá-Ia, responsabilizando os alunos pelos obstáculos. Apesar das dificuldades e usando os recursos que conhecem, as professoras estão tentando colocar em prática a nova teoria (construtivismo), segundo suas crenças sobre o que essa forma de ensinar significa. Quando há empecilhos durante o percurso, recorrem à sua CE, que imprime movimento ao ato de ensinar, mas não se caracteriza por um ensino reflexivo. Implicações para a formação do professor de línguas foram levantadas, uma vez que a CE das professoras ainda está fortemente sedimentada em sua CA. As professoras consideram suas formações deficientes por não terem propiciado o desenvolvimento de suas competências linguístico-comunicativa, aplicada e a profissional, fazendo com que se sintam inseguras e receiem inovar, fortalecendo, assim, a tradição de ensinar instituída através da manutenção de rotinas de trabalho.

Palavras-chave: Língua materna. Língua estrangeira. Cultura de ensinar. Formação de professores.

Downloads 512  512  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNICAMP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!As crenças de aprender espanhol de alunos no curso de Letras Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FERREIRA, Jussara de Lima Clement

O objetivo desta investigação foi fazer um estudo sobre as crenças de aprender espanhol de alunos no curso de Letras, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Para desenvolver este estudo foram utilizados questionários, entrevistas e relatos autobiográficos, em um período de um ano, ou dois semestres letivos. Este trabalho se referenda principalmente nos estudos de crenças de aprender de Barcelos (2001, 2004, 2005, 2006a) e Vieira-Abrahão (2004, 2005, 2006). Partindo do pressuposto de que todo indivíduo carrega consigo crenças que interferem no seu modo de agir, pensar e falar, e de que, em se tratando de alunos em formação, esses trazem para a universidade uma visão de educação, de ensino-aprendizagem, de papéis de professor e aluno, etc., torna-se imprescindível compreender como os professores e alunos justificam suas crenças sobre ensino e aprendizagem de uma língua estrangeira (LE), para que essa aprendizagem seja de fato eficaz, melhorando, assim, suas competências e auxiliando-os na re-significação de seus papéis. Por isso, buscamos responder as seguintes perguntas: (1) quais crenças sobre aprender e ensinar espanhol os estudantes trazem consigo para o curso de Letras E (2) se os quatro anos e meio de curso de Letras têm sido capazes de modificar tais crenças dos alunos no decorrer da sua graduação? Essa pesquisa contribui como subsidio teórico e prático em relação às possíveis crenças dos aprendizes da língua espanhola, ajudando, assim, a entender alguns dos fatores que provocam a falta de motivação dos alunos em formação em se dedicar aos estudos de espanhol, bem como cooperar com os estudos de crenças através da pesquisa de outra língua que não seja o inglês.

Palavras-chave: Crenças. Língua Estrangeira. Ensino-Aprendizagem.

Downloads 487  487  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFBA  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!O professor em contextos digitais e sua formação: a perspectiva de graduandos de Letras Popular Versão: 
Atualização:  23/4/2012
Descrição:
ACCIOLY, Roza Luiza Caiado de Castro

Esta pesquisa objetiva investigar a perspectiva de graduandos de Letras (professores de língua em formação) sobre o que o professor deve aprender para atuar em contextos digitais e como deve ser a formação do professor para atuar nesses contextos. Os participantes desta investigação foram dez alunos de uma disciplina optativa sobre o ensino de línguas via internet, ministrada quase totalmente online. A disciplina fazia parte do curso de Letras de uma universidade pública da cidade do Rio de Janeiro. A fundamentação teórica compreende três áreas: o uso das novas tecnologias de informação e comunicação na educação e a educação a distância; os papéis do professor nos contextos presencial e digital; a formação inicial e continuada do professor e as novas tecnologias. Foram utilizados diferentes instrumentos de pesquisa, tais como questionários, registros de mensagens e observação não participante. Buscou-se estabelecer relações entre, de um lado, o que os autores/pesquisadores apontam como necessário ou recomendável para a formação do professor para trabalhar em contextos digitais e o que já vem sendo feito nessa área (como a própria disciplina em foco) e, de outro, o que os sujeitos desta pesquisa apontam como necessário ou recomendável para a sua formação.

Palavras-chave: Formação do professor. Formação continuada. Professor online. Internet. TICs. Educação a distância. Educação online.

Downloads 460  460  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRJ  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Sujeito e escritura: uma perspectiva discursiva sobre erro Popular Versão: 
Atualização:  27/9/2011
Descrição:
JULIANO, Andréa Nóbrega


Esta dissertação analisa o discurso do aluno, na 5 série, do Ensino Fundamental,
sobre erro.
A primeira parte da pesquisa estabelece o referencial teórico que fundamenta a análise.
Diante de uma relação desafiadora entre escola, professor, aluno e produção textual discutirei,

neste momento, noções que permeiam a Análise do Discurso, a Lingüística Aplicada, a
Lingüística Textual e a Educação.

A segunda parte apresenta os procedimentos metodológicos que sustentam a
subseqüente análise do corpus discursivo que se organiza em dois momentos. Em um
primeiro momento analiso o que o aluno considera erro, ou seja, relaciono seu dizer à
memória discursiva. E, em um segundo momento, busco compreender como o aluno, na
prática de revisão textual, percebe o erro.
A presente análise possibilita a constatação de que o funcionamento da memória
discursiva do aluno está fortemente afetado pela noção de erro que a escola tradicional tem
perpetuado ao longo das últimas décadas. Interessa-nos, também, que o aluno apresenta
condições para assumir uma posição ativa no processo de leitura e de avaliação de texto,

contribuindo, assim, para não mais reproduzir, mas para transformar uma prática.
A pesquisa permite compreender sobre a importância de o aluno participar da prática
de avaliação textual, pois apresenta condições para tal. A criança revela uma noção de erro
pertinente à norma vigente e, ao mesmo tempo, demonstra ter condições para perceber as
inadequações lingüísticas e para negociar os sentidos, no momento em que lê e avalia o texto,
pelo viés da prática de revisão textual.
A conclusão procura entrelaçar as noções desenvolvidas, sintetizando nossos achados.

Palavras-chave: Ensino Fundamental . Discurso. Erro.

Downloads 445  445  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UCPEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 (13)