Educadores

Ínicio : Espanhol : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (4)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora! A construção da habilidade comunicativa em língua estrangeira na voz dos alunos: o caso da língua Popular Versão: 
Atualização:  27/9/2011
Descrição:
SUMAN, Rosane Schumann



Neste estudo se analisa a concepção de aprendizagem, no dizer do aluno, da construção da habilidade comunicativa em LE (língua estrangeira). Os sujeitos pesquisados é um grupo de seis alunas universitárias, cuja idade varia entre os 20 e 25 anos, e que estudam o espanhol como LE no curso de Secretariado Executivo em uma IES no Vale do Itajaí, SC. Os dados provêm: (1) de gravações sobre as atividades pedagógicas, feitas durante as aulas do semestre letivo de 2004/1; (2) de textos escritos que expressam a opinião das alunas de “como se aprende uma LE”; (3) de entrevistas individuais e de observações feitas pela pesquisadora e registradas em seu diário de classe. Procura-se analisar estes dados comparando-os a várias teorias de aprendizagem que são também apresentadas ao longo do estudo. A análise dos dados se faz via interpretação, para uma compreensão de como se produzem alguns significados/sentidos no desencadear do processo de aprendizagem para o desenvolvimento da habilidade comunicativa em LE. Os resultados da análise indicam que os alunos aprendem: lendo e escutando; comunicando-se

através de mensagens significativas; relacionando a língua estrangeira com a sua experiência pessoal e profissional; exercitando esta LE através de exercícios motivadores; escrevendo e falando; expondo-se contínua e freqüentemente ao novo idioma; interagindo nesta LE com colegas e professores; relacionando a língua estrangeira com sua LM (língua materna), mas também produzindo diretamente na nova língua; repetindo estruturas e palavras; pesquisando, para assim poder desvelar o novo idioma por sua própria conta; quando a representação escrita da LE acompanha simultaneamente a oralidade; quando o professor explica, corrige e ajuda o aprendiz, ou seja, está presente para atuar como mediador da aprendizagem; quando o professor leva em conta a afetividade do educando, assim como o seu estilo cognitivo individual de aprendizagem; quando estão motivados para a aprendizagem, envolvendo-se espontaneamente dentro de sala de aula, assim como fora dela. Outros aspectos importantes para a aprendizagem de uma LE também foram levantados, tais como: o ensino de uma língua estrangeira deve obedecer a um processo

ordenado, com uma progressão estruturada e seqüenciada; aprender uma LE é mais complexo que a LM; dominar um novo idioma requer amplo conhecimento do seu léxico; o reforço visual ajuda a fixar o que está sendo aprendido. Concluindo, o estudo também apresenta, nas considerações finais, os resultados pedagógicos considerados relevantes para a temática desta pesquisa. Dessa forma, este trabalho pretende contribuir para a discussão dos estudos relacionados à educação, que têm como campo de investigação a linguagem, em especial as investigações sobre o ensino e a aprendizagem de idiomas.

Palavras-chave: Aprendizagem da LE. Motivações da Aprendizagem. Teorias da
Aprendizagem.

Downloads 4028  4028  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma  Universidade Regional de Blumenau – FURB  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!"Nada", de Carmen Laforet: uma tradução  Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FONSECA, Estrella da

"Nada" é considerada a primeira referência de romance do realismo existencialista do pós-guerra civil espanhol. Em 1944, mesmo ano de seu lançamento, obteve o reconhecimento por parte da crítica especializada, com a primeira edição do Prêmio Nadal de Literatura. Hoje, é objeto de estudo dos que se ocupam com sua crítica e parte obrigatória de qualquer antologia ou história da literatura espanhola do século XX. O objetivo dessa dissertação é fazer uma tradução da obra "Nada", de Carmen Laforet. Relataremos os impasses que foram enfrentados nessa versão, seja na manutenção do estilo, seja na escolha do léxico, na fluidez do texto, nas estruturas gramaticais e semânticas do romance. A proposta é a de seguir o caminho sinuoso e complexo da tradução, mantendo o sentido e o tom do texto de partida. A pesquisa realizada junto aos teóricos sobre tradução fez-nos perceber a impossibilidade de postular uma única teoria que consiga resolver todas as facetas do processo tradutório. Uma vez que não há regras para todos os casos, sobram-nos como consolo os empíricos conselhos sobre literalidade e fidelidade, destinados a quem se aventura no universo da tradução.

Palavras-chave: Literatura Espanhola. Tradução. Romance Espanhol. Carmen Laforet. Nada.

Downloads 3928  3928  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Um estudo sobre o pronome Vos na fala de professores universitários paraguaios em situação de sala d Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
QUINTANA, Francisco Alcidez Candia

Esta investigación se refiere al estudio de los pronombres de tratamiento TÚ, VOS y USTED en el español paraguayo y tiene como objetivo verificar el alcance del pronombre VOS, variante de la segunda persona del singular, empleado en el español paraguayo, en detrimento del pronombre TÚ, pronombre de tratamiento informal y del USTED, pronombre del tratamiento formal, ambos de la gramática normativa de la lengua española. El trabajo tiene como base el habla de nueve sujetos paraguayos, profesores universitarios, siendo que cuatro son del sexo masculino y cinco, del femenino, con edad entre 29 y 51 años, divididos entre doctores, masteres y especialistas, de diferentes áreas de formación. El corpus fue montado a partir de grabaciones en audio de las clases proferidas por los profesores, considerada situación de formalidad. La opción por sujetos de alta escolaridad y de clase media alta obedeció a un precepto sociolingüístico de que los cambios en la lengua llevan más tiempo para llegar a las clases sociales de mayor poder adquisitivo y de escolaridad más elevada, así como, a personas de más edad y a hombres. El habla de los sujetos de alta escolaridad pasa a ser monitoreada por la gramática normativa, que también, pasa a determinar los usos lingüísticos más cristalizados. Además, tienen mayor probabilidad de ocurrir en situaciones de formalidad. Así, el trabajo está inserido en dos vertientes de la lingüística: (1) la Sociolingüística, es decir, el estudio de la lengua hablada, observada, descripta y analizada dentro de un contexto social, y (2) la Pragmática, es decir, el estudio de la lengua relacionado con quien la habla, a quien se habla y donde se habla. Para eso, fueron realizados dos tipos de análisis: cuantitativa, con el levantamiento de las apariciones de los tres pronombres en las grabaciones del corpus, y, cualitativa, describiendo situaciones de uso de esos pronombres, durante las clases. Los resultados mostraron que: en primer lugar, el uso del pronombre de tratamiento VOS, para la segunda persona del singular, es observado con gran expresividad en el habla de los profesores universitarios paraguayos en situación de clase, seguido por USTED y habiendo apenas dos apariciones del pronombre TÚ. En segundo lugar, el análisis cualitativo de enunciados o trozos de enunciados de los diversos profesores, a partir de los diferentes tópicos y situaciones de clase, apuntó para una polaridad entre, no sólo, situaciones de formalidad e informalidad, en el trato entre profesores y alumnos, sino también en el discurso directo, cuando el profesor fingía situaciones entre personas de función jerárquicamente diferentes en términos sociales. También el grado de exposición de la face de uno de los profesores mostró el paso del registro de VOS para el de USTED.

Palabras clave: Español paraguayo. Pronombres de tratamiento. Fenómeno del VOSEO. Sociolingüística y Pragmática.

Downloads 3696  3696  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Currículo interculturalista e ensino de espanhol no Brasil: lendas folclóricas, memórias e escrita Popular Versão: 
Atualização:  14/9/2011
Descrição:
RIERA, Maria Jeslima Cahuao

Partindo do princípio de que o ensino da cultura é parte constitutiva do processo de aprendizagem de línguas estrangeiras, esta dissertação estuda as implicações teóricas e práticas da implementação de currículos multidimensionais (Stern, 1993), nos quais a cultura é um componente posto de relevo na estrutura curricular para o ensino de língua. Especificamente, realizaremos um estudo de caso com alunos de espanhol implementando a proposta interculturalista desenvolvida por Serrani (2002, 2004, 2005), baseada em uma concepção discursiva da linguagem. Nessa dissertação, o ensino de tópicos de cultura e a produção escrita estão em foco no caso do ensino de espanhol a brasileiros. O compromisso teórico é com a Análise do Discurso (Foucault, 1986; Pecheux, 1990; Orlandi, 1996). Dessa forma, noções como memória discursiva, ressonância discursiva e gênero discursivo (Bakhtin, 1997) sustentam a coerência argumentativa deste trabalho.

Downloads 3627  3627  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNICAMP  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Línguas, sujeitos e sentidos: o jornal nas relações fronteiriças no final do século XIX, início do s Popular Versão: 
Atualização:  23/4/2012
Descrição:
MOTA, Sara dos Santos

Esta dissertação centra-se na região de fronteira constituída pelas cidades de Santana do Livramento e Rivera (Brasil-Uruguai), considerando o período compreendido entre os anos finais do século XIX e os iniciais do século XX. Na época, essas comunidades encontravam-se em processo de urbanização e industrialização e as relações comerciais entre suas populações eram intensas, colocando em circulação sujeitos e línguas. Para tratar da relação sujeito-língua em um espaço fronteiriço, questionamos o conceito de "fronteira" e sua imbricação com as noções de "espaço" e "território" fundamentados em áreas dos estudos geográficos como a geopolítica e a geografia humana. Ao considerar diversas formas de apropriação do espaço que se constroem nas práticas vivenciadas entre as populações que habitam essa região de fronteira, chegamos à definição de "território fronteiriço", caracterizando-as enquanto "novas territorialidades" que transformam a fronteira em espaço socialmente apropriado e mutuamente compartilhado. Uma vez definido o "território fronteiriço", o caracterizamos historicamente, abarcando o período de municipalização das referidas cidades até os primeiros anos do século XX. Posteriormente, retomamos os trabalhos desenvolvidos sobre o contato linguístico Português-Espanhol na região fronteiriça do Uruguai com o Brasil pelos pesquisadores da Linguística Fronteriza, traçando um percurso dessas pesquisas e apontando novas formas de tratar tais línguas enquanto objeto de estudos linguísticos ao nos inscrevermos teoricamente na Semântica da Enunciação. Ao considerar o jornal como um espaço em que as relações fronteiriças se materializam, abordamos a relação entre sujeitos e línguas enunciadas nesta fronteira a partir do recorte de textualidades publicadas em periódicos santanenses, como anúncios comerciais. Ao analisá-los, seguindo diferentes perspectivas de análise nas sequências enunciativas selecionadas, procuramos interpretar os sentidos que se constituem para as línguas e para a fronteira quando as línguas são distribuídas politicamente pelos falantes que as enunciam no território fronteiriço em tais condições sócio-históricas.

Palavras-chave: Território fronteiriço. Jornal. Relação sujeito-língua. Fronteira. Sentidos.

Downloads 3589  3589  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!"A função do lúdico no ensino/aprendizagem de língua estrangeira: uma visão psicopedagógica do desej Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2008
Descrição:
SILVA, Sergio Luiz Baptista da

Esta pesquisa busca investigar qual o papel das técnicas lúdicas no ensino de Língua Estrangeira, verificando, sobretudo, as reações dos alunos frente a esta abordagem lúdica. Esse trabalho procura, ainda, entender o que leva o aluno a querer aprender uma língua estrangeira. Questiona o papel do professor frente ao conteúdo a ser ensinado e, se ele, enquanto ensinante, pode fazer algo concretamente para que o aluno deseje aprender a LE. Todos os questionamentos são colocados a partir da Psicopedagogia, em especial dos aportes de Alicia Fernandez, lembrando que sua obra tem um forte vínculo com a psicanálise, em especial com a obra de Winnicott, tão instigante no que se refere ao lúdico. A experiência prática, aqui descrita, deu-se em uma escola privada na cidade de São Paulo, com um grupo da 7a. série do Ensino Fundamental. Para a sua realização, utilizou-se a Técnica de Simulação Global de Francis Yaiche. Todo o percurso foi traçado a partir das experiências e inquietações do pesquisador, que é professor de língua francesa há 20 anos.

Palavras-chave: Lúdico. Psicopedagogia. Desejo. Metodologia do ensino de línguas estrangeiras.Simulação global.

Downloads 3437  3437  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!O ensino de línguas estrangeiras através da multimídia Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CAJÁN, Fábio Soto

Há pouco mais de dez anos, o Brasil vive um fenômeno lingüístico crescente: o aprendizado do Espanhol como língua estrangeira. Esse interesse aumentou a oferta de cursos de Espanhol, mas não garantiu a qualidade do aprendizado, porque cada instituição escolhe os métodos e os materiais didáticos com critérios não necessariamente pedagógicos ou metodológicos bem-fundamentados. A presente pesquisa procurou saber se existe uma melhor e mais efetiva maneira de ensinar Espanhol aos alunos brasileiros.

Downloads 3295  3295  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Formação de professores de espanhol e o ensino-aprendizagem das variações da língua:um estudo de cas Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SANTOS, Denise Dittrich Vieira

O presente estudo tem como objeto a formação de professores para o ensino das variações da Língua Espanhola. Toma como objetivos conhecer e analisar as concepções e os procedimentos metodológicos e didáticos dos professores do Curso de Letras da UFPR, sobre o ensino das variações da língua. A pesquisa teve o propósito, também, de indagar sobre a adequação de uma teoria de gêneros aplicada a esse estudo. Compreende-se, nessa análise, o ensino de gêneros como elemento integrador para o ensino, capaz de proporcionar o tratamento da heterogeneidade da língua, evidenciando sua natureza social. O estudo tem respaldo teórico em concepções sobre a linguagem, de Vygotsky (1988) e Bakhtin (2002/2003) e em pesquisas sobre o conceito de gêneros do discurso deste autor, desenvolvidas por Rojo (2005), Faraco (2003), Bunzen (2004), entre outros autores. Sobre formação de professores, embasa-se nos conceitos de experiência de Thompson (?), através das interlocuções realizadas por Martins (2006) e Faria Filho (2005) ? e de saberes docentes, de Tardif (2006), Romanowski (2006) e outros autores da área educacional. Na área de ensino de Línguas estrangeiras foram importantes para essa análise os estudos de Lopes (2002), Serrani (2005), Mascia (2003), Villalba (2007), Celada e González (2005). Sobre pluralismo cultural e formação de identidades sociais, os estudos de Serrani (2005), Lopes (2006) e Rajagopalan (2004). A análise teve como base as entrevistas realizadas com os professores de Língua e de Literatura espanholas e de Literatura Hispano-americana e os questionários aplicados para os alunos. Efetuou-se, também, breve análise documental a respeito da estruturação do curso de Letras, planos de aulas das disciplinas de Língua Espanhola e livros didáticos utilizados. Os resultados indicam a prevalência do gênero literário e das práticas para desenvolvimento da oralidade e de reflexão sobre as culturas, sobre a língua e a sociedade para o ensino das variações linguístico-culturais no curso estudado. Nas disciplinas de Literatura espanhola e hispano-americana essa reflexão se dá pela comparação entre textos literários representativos de diversas culturas. Identificou-se uma tendência crescente, mas não através de organização curricular ou metodológica específicas, de utilização de textos de gêneros diversos. Essa tendência foi observada nos livros didáticos, nas observações feitas pelos alunos sobre as estratégias de ensino consideradas mais apropriadas ao ensino e nas reflexões dos professores sobre o ensino e metodologia utilizada - que se embasam em concepções estabelecidas no processo de formação acadêmica e na experiência profissional.

Palavras-chave: Formação de profesores. Pluralismo cultural. Gêneros. Língua Espanhola.

Downloads 3293  3293  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-Pr  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!Memória e ficção em "Retahílas" e "El cuarto de atrás", de Carmen Martín Gaite Popular Versão: 
Atualização:  24/4/2012
Descrição:
SILVA, Luzimeire Lima Da

Esse estudo tem como objetivo analisar como se desenvolve o processo de rememoração, como base da ficção, em dois romances de Carmen Martín Gaite: "Retahílas" (1974), produzido durante a ditadura franquista e "El cuarto de atrás" (1978), que começou a ser escrito no mês da morte de Franco, em 1975. Nossa análise tem como foco a reconstrução da história das narradoras-protagonistas que, já adultas, evocam os anos da adolescência e da infância e de cujas evocações surgem fatos históricos vivenciados por elas. Essa relação entre literatura, memória e história é uma marca que concerne somente a estes dois romances dessa autora. Dessa forma, analisaremos este ir e vir das narradoras, em busca de um interlocutor ideal, numa tentativa de recompor um período histórico que marcou, de maneira contundente, o povo espanhol. Para tanto, estudaremos as articulações entre narradores-protagonistas, personagens, tempo, espaço, matéria narrada e História.

Palavras-chave: Carmen Martín Gaite. Retahílas. El cuarto de atrás. Memória e ficção. Literatura e história. Guerra Civil Espanhola.

Downloads 3213  3213  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Dissertações
Fazer Download agora!O processamento da concordância em espanhol/língua estrangeira nas produções de brasileiros adultos  Popular Versão: 
Atualização:  23/4/2012
Descrição:
LIMA, Edina Marlene de

O presente trabalho se desdobra em duas questões: uma gramatical, a concordância em língua estrangeira; no nosso caso especificamente o espanhol; e o processamento linguístico desse item da gramática por parte dos alunos adultos, que têm como língua materna o português brasileiro (PB).
Partindo de um corpus constituído por nós, de produção não nativa, selecionamos para análise oito fenômenos. Nossa análise dos dados se apoia, essencialmente: na teoria de aquisição de língua estrangeira de base gerativista, em particular na linha de Liceras (1996) e Baralo (1999); nos estudos de interlíngua e na análise de erros, fundamentalmente na linha de Fernández (1997), Vázquez (1999), Santos Gargallo (1993); e na Psicolinguística, na linha de Anula Rebollo (1998) e Manchón Ruiz (1999). Além disso, fizemos uma breve incursão nos trabalhos de Mclaughin (1993), sobre os tipos de processamento; nos de Segalowitz e Lane (2000), que estudam o acesso lexical e o processamento; e nos de França (2005), os quais trazem resultados de testes neurofisiológicos igualmente voltados ao acesso lexical, mostrou-nos importantes aspectos sobre a concordância. A avaliação dos fenômenos revelou que a concordância ultrapassa os limites das regras gramaticais que a regem, um descompasso do qual nem mesmo a língua materna está isenta e que, na língua estrangeira, tem o seu potencial maximizado.

Palavras-chave: Análise de interlíngua. Fenômenos de concordância de pessoa. Espanhol língua estrangeira. Processamento. Psicolinguística.

Downloads 3151  3151  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 »