Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Luta Internacional doa Trabalhadores em Educação: um estudo sobre os sindicatos em educação públic Popular Versão: PDF
Atualização:  23/4/2018
Descrição:
SEVERO, Sandra Regina Kasper

Nesta dissertação de mestrado delimitamos o estudo na comparação das estruturas de organização formal de sindicatos em educação da fronteira Brasil-Paraguai-Argentina, com o objetivo geral de verificar se há indícios de articulação internacionalista dentre sindicatos dos trabalhadores da educação pública nesta região. O recorte do estudo comparado se deu nas estruturas de organização formal da Unión Nacional de Educadores, Sindicato Nacional, Comité de Base Ciudad del Este-Alto Paraná-Paraguai (doravante denominada UNE-SN-CDE), da APP-Sindicato dos trabalhadores em eduacação pública do Paraná-núcleo sindical de Foz do Iguaçu-Paraná-Brasil (doravante denominada APP-FI) e da Unión de docentes de la província de Misiones (doravante denominada U.D.P.M.-PI) Departamento Sindical de Puerto Iguazú-Misiones-Argentina. Os questionamentos centrais deste estudo foram: as estruturas formais desses sindicatos revelam indícios de iniciativas internacionalistas entre sindicatos de trabalhadores em educação da fronteira Foz do Iguaçu-Brasil, Ciudad del Este-Paraguai e Puerto Iguazú-Argentina? Quais as semelhanças e quais as diferenças nas estruturas organizativas formais desses sindicatos? A compreensão inicial é que estes sindicatos tinham em comum à proximidade territorial, dada pela fronteira Brasil-Paraguai-Argentina. Elegemos como método de pesquisa o Materialismo Histórico Dialético, as categorias gerais que nortearam o estudo foram a práxis, a totalidade e a contradição. Analisamos mediante uma revisão de literatura, as categorias de conteúdo: nacionalismo, internacionalismo proletário, as I, II, III e IV edições da Associação Internacional dos Trabalhadores (1º capítulo), a produção científica brasileira sobre internacionalismo proletário, na atualidade (2º capítulo). Através dos recursos metodológicos de entrevistas e análise documental, realizamos a análise comparativa: das histórias orais, das estruturas de organização formal e de documentos dos sindicatos UNE-SN-CDE, APP-FI e U.D.P.M.-PI evidenciando as articulações internacionalistas encontradas (3º capítulo). Os resultados do estudo demonstraram que existem poucas, eventuais, individualizadas, descontínuas e esparsas iniciativas de articulação internacionalista, materializadas na forma de reuniões, encontros e participação em seminários e congressos.

Palavras-chave: Nacionalismo. Internacionalismo proletário. Sindicatos. Educação.

Downloads 112  112  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Participação como Princípio Constitucional na República Bolivariana da Venezuela: Análise de um Mo Popular Versão: PDF
Atualização:  8/6/2017
Descrição:
SILVA, Marcos Wílian da

Na República Bolivariana da Venezuela, a partir da ascensão do governo Hugo Chávez, em 1999, ocorre uma expressiva mudança nas estruturas do Estado. A refundação institucional se dá em decorrência da profunda desigualdade social, refletida pela crise do petróleo no final da década de oitenta, e do impacto causado pelas medidas neoliberais adotadas pelas últimas gestões governamentais signatárias do Pacto de Punto Fijo. Para a legitimação do ideal político, Chávez, de início, realiza um referendo popular que autorizou a convocação de uma Assembleia Constituinte, cujo resultado foi a promulgação da Constituição da República Bolivariana da Venezuela. Trata-se de um instrumento jurídico de organização política, jurídica, econômica e social, focado principalmente nos direitos sociais e na busca da efetivação de uma sociedade mais justa e igualitária. A partir da contextualização histórica institucional da Venezuela, a pesquisa busca verificar um possível modelo de democracia estabelecido formalmente na Constituição da República Bolivariana, por meio de um estudo dos Modelos de Democracia classificados e descritos pelo cientista político britânico David Held.

Palavras-chave: Venezuela. Constituição. Modelos de Democracia.

Downloads 114  114  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A pedagogia da alternância nas Casas Familiares Rurais do Paraná: uma possibilidade de integração... Popular Versão: PDF
Atualização:  24/2/2016
Descrição:
LIMA, Humberto Rodrigues

Esta pesquisa buscou investigar se o curso técnico em nível médio, integrado à educação profissional, ofertado nas Casas Familiares Rurais do Paraná – CFRs, através da Pedagogia da Alternância, contribui para a autonomia do trabalhador do campo no que diz respeito ao domínio do conhecimento e tecnologia, contribuindo para a sua permanência e continuidade enquanto agricultor familiar. Esta pesquisa qualitativa foi desenvolvida em 03 CFRs, distribuídas nas cidades de Santa Maria D`Oeste, Sapopema e Pinhão. Partimos da análise da Pedagogia da Alternância, proposta que nasceu na França num período de crise econômica e conseqüentemente de crise na agricultura. Os jovens filhos de camponeses no sudoeste da França não queriam continuar na escola tradicional que não dialogava com a realidade do campo. Um movimento que envolveu as famílias destes jovens, os sindicatos e a igreja, teve como conseqüência a criação da primeira Maison Familiale Rurale. No Brasil, ela chega nos anos 60, onde os problemas econômicos e sociais e da agricultura se assemelhavam aos problemas vivenciados na França. No Paraná, a pedagogia da alternância chega nos anos 90, na região sudoeste do estado, coordenado pela Arcafar/Sul, associação responsável pela organização e coordenação das CFRs na região Sul do Brasil. No Paraná, atualmente existem 45 CFRs, mantidas através de convênios com o governo federal, estadual e municipais. A maior ação se dá com a Secretaria de Estado da Educação/PR que repassa recursos para contratação dos monitores, cedendo professores da base nacional comum. A análise dos cursos técnicos em agropecuária e agroecologia ofertados, através da Pedagogia da Alternância, nas CFRs pesquisadas, se deu a partir de entrevistas com os alunos egressos, professores, coordenadores, monitores dos cursos, pais de alunos, presidentes das associações das CFRs e os responsáveis na Seed/PR, no período de implantação, utilizamos ainda a análise documental que serviu para subsidiar algumas conclusões. A primeira conclusão é que, embora as CFRs tenham alcançado os objetivos propostos de promover o acesso ao conhecimento relacionando a teoria à prática, vivenciada no período de alternância, possibilitando com isto condições mais efetivas para a permanência dos jovens e suas famílias no campo, a emancipação deste trabalhador, para além do acesso ao conhecimento, se assenta em outras bases políticas e sociais. Uma segunda conclusão é de que à medida que as CFRs ampliam a disponibilização de cursos técnicos de qualidade no campo, mais os gestores públicos protelam a implantação de políticas públicas de oferta de escolarização no campo. A escola por si só não responde a todos os anseios sociais.

Palavras-chave: Educação do campo. Educação Profissional. Ensino médio integrado. Pedagogia da alternância.

Downloads 258  258  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A População Negra em Londrina: As Interfaces Entre Violência e Educação Versão: PDF
Atualização:  16/4/2018
Descrição:
GALDINO, Claudio Francisco

O principal propósito desta dissertação foi problematizar as interfaces entre violência e educação que condicionam os homicídios da população negra em Londrina. Concomitante a análise dos homicídios ocorridos no período de 2005 até 2014, buscaremos compreender a persistência histórica de segregação socioespacial, racismo e violência, contra os negros no Brasil, e como a evasão escolar, a baixa escolaridade e a vulnerabilidade social conjugam na elevada incidência de homicídios voltadas a população negra. Nossa trajetória como militante do movimento negro, morador por décadas em bairro de extrema pobreza e sobrevivente justifica nosso empenho nesta pesquisa. O desenvolvimento desse trabalho partiu do levantamento de dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), órgão ligado ao Ministério da Saúde, que disponibiliza informações sobre homicídios em todo território nacional, outra fonte de pesquisa sobre a questão da violência e homicídios no país, foram obtidas a partir da análise dos Mapas de Violência, que validam as denúncias feitas pelo movimento negro de um genocídio voltado a população negra. Já a pesquisa empírica ocorreu no CREAS II, que atende jovens em Liberdade Assistida e no banco de dados do Instituto Médico Legal (IML/LDA), ambos forneceram dados acerca dos homicídios, escolaridade, região geográfica, entre outras informações que se fizeram cruciais na estruturação e resultados desta pesquisa. Evidenciamos, a partir da análise dos indicadores, que a evasão escolar, baixa escolaridade, a segregação espacial e a cor da pele, são determinantes na maior incidência de homicídios voltados a população negra, desta forma o racismo assoberba a possibilidade de negros e negras serem vítimas de violência que culminam em homicídios.

Palavras-chave: Racismo. Violência. Homicídios. Segregação Racial. Negros.

Downloads 51  51  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Relação entre o Trabalho e a Formação Educacional das Mulheres Jovens na Esfera da Reprodução Soci Versão: PDF
Atualização:  11/1/2019
Descrição:
BIANCHINI, Rejane Aparecida

Situada entre os estudos sobre trabalho e a educação, esta dissertação, de caráter empírico, exploratório, qualitativo e descritivo, traz como sujeitos pesquisados as jovens mulheres com faixa etária entre 18 e 19 anos, trabalhadoras dos setores formais de comércio e serviços do município de Santa Terezinha de Itaipu. Optou-se pela delimitação restritiva ao setor formal do comércio e de serviços porque esses são os ramos trabalhistas que, no município, representam a maior concentração de mulheres empregadas com o perfil delimitado para o estudo. [...]

Palavras-chave: Educação. Trabalho. Juventude e município de Santa Terezinha de Itaipu.

Downloads 12  12  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A Socialização Política dos Jovens Estudantes do Ensino Médio no Município de Toledo/Paraná Popular Versão: PDF
Atualização:  7/12/2017
Descrição:
SILVA, Francielli Pirolli da

Essa dissertação tem como tema a socialização política, no município de Toledo/Paraná. O objeto de pesquisa são os jovens com idade entre 16 e 19 anos, estudantes do ensino médio nas escolas públicas e privadas do município. O objetivo é analisar e identificar como eles realizam a socialização política e quais as questões, ações e atividades relacionadas à política de que eles participam. Para a realização da proposta deste trabalho, a pesquisa de caráter bibliográfico abordou temas como cultura política, socialização política e juventude. Na pesquisa empírica, 420 questionários – de cunho quantitativo, compostos por questões socioeconômicas e sobre assuntos políticos – foram aplicados aos jovens, com as idades acima mencionadas, distribuídos entre 12 colégios públicos e 03 colégios privados. Constatou-se que os meios e as formas pelas quais os jovens constroem a socialização política são estabelecidos conforme o meio social que estão inseridos e as agências socializadoras de que participam.

Palavras-chave: Socialização política. Juventude. Democracia. Participação.

Downloads 197  197  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!As Construções Discursivas do Trabalho Livre e o Escravo na Peça Mãe de José de Alencar Versão: PDF
Atualização:  10/1/2019
Descrição:
VENTURA, Maria Domingos Pereira

Esta dissertação analisa as construções discursivas do trabalho livre e escravo na peça "Mãe" de José de Alencar publicada em 1860. A pesquisa foi predominantemente exploratória quanto ao seu objetivo, utilizou o método bibliográfico, buscando nos textos de Marx, Engels, Freyre, Freitas, Fausto, Gorender, Costa, Ianni e outros autores o surgimento do trabalhador assalariado e indícios que levassem à compreensão sobre como se deu a passagem do trabalho escravo para o trabalho livre no Brasil do século XIX. [...]

Palavras-chave: Trabalho livre. Escravidão. Trabalho escravo. Análise dialógica do discurso. Literatura brasileira/teatro de José de Alencar.

Downloads 6  6  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UTFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!As Facetas do Empreendedorismo e o Trabalho como Princípio Educativo na Educação Profissional: Artic Versão: PDF
Atualização:  11/1/2019
Descrição:
PAVAN, Samuel Moreira

A presente dissertação se propôs a analisar nos documentos, nos programas federais e estaduais sobre a Educação Profissional, destinados aos estudantes trabalhadores na Modalidade Subsequente, conteúdos e princípios, de forma direta ou indiretamente relacionados com a noção de empreendedorismo, a partir de uma metodologia de análise bibliográfica e documental. Isso porque o empreendedorismo se mostra bastante amplo ao lançar teias sobre vários setores da vida social e econômica, mas é no campo educacional, especialmente nos currículos, programas e políticas voltadas à formação do trabalhador que consegue sua objetivação. Por consequência, sua inserção nos currículos dos Cursos Profissionais Técnicos de Nível Médio, seja como conteúdo ou como princípio, geralmente busca a formação e a qualificação de um tipo de mão de obra “empregável”, “polivalente”, mais adaptada aos ditames da modernização, da terceirização e da flexibilidade do mercado de trabalho. Neste sentido, escolhemos como recorte dezenove Planos de Cursos Profissionais Técnicos de Nível Médio, vigentes na Modalidade Subsequente, no Estado do Paraná, buscando conhecer melhor o que hipotetizamos ser concebido como um processo de hibridismo de orientações teórico-pedagógicas presente nesses planejamentos, fruto de diferentes orientações nacionais e estaduais, ora baseadas em “habilidades e competências”, tendo o empreendedorismo como um dos pressupostos, ora fundamentada na concepção de escola unitária, de formação politécnica, com base no trabalho como princípio educativo, mirando a formação crítica de um sujeito histórico integral. Se estas orientações híbridas chegam até o planejamento do professor que atua nos cursos profissionais nas escolas públicas da rede estadual e estes, em sua grande maioria, sofrem os efeitos da desregulamentação e da precarização do trabalho, se faz relevante percorrer nestes estudos, por mais que tenham no Paraná suas Diretrizes da Educação Profissional com fundamentos políticos e pedagógicos bastante avançados.

Palavras-chave: Empreendedorismo. Habilidades e competências. Educação profissional. Trabalho como princípio educativo.

Downloads 17  17  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Cinema nacional e ensino de sociologia: como trechos de filme e filmes na íntegra podem contribuir c Popular Versão: PDF
Atualização:  1/3/2017
Descrição:
ANGREWSKI, Elisandra

Estudar o cinema na perspectiva da Sociologia passa, antes de tudo, por uma questão cultural, mas não se limita a isto. Pensar os desdobramentos que cercam a temática do cinema é, também, se deparar com questões de ordem social, política, econômica e ideológica das relações entre indivíduo e sociedade, levando-se em conta que as mesmas são estruturadas a partir das esferas da produção e do consumo. Este conjunto de relações constitui por si mesmo uma problemática das Ciências Sociais. Por isso, quando se trata da sala de aula, a projeção de um filme ou de um trecho de filme, não pode se restringir somente ao lazer ou ao entretenimento. Com a implantação da Lei n° 13.006 de junho de 2014, que torna obrigatória a exibição por 2 horas mensais de filmes nacionais nas escolas, a busca por maneiras de trabalhar o cinema nacional de forma significativa na sala de aula tornou-se premente.Foi a busca pela identificação de diferentes perspectivas de trabalho com cinema nacional no ensino de Sociologia na Educação Básica que motivou esta pesquisa. A abordagem metodológica partiu de uma revisão bibliográfica sobre a temática e, na sequencia, foram analisados materiais associados ao cinema presentes na página de Sociologia do Portal Dia a Dia Educação – portal educacional da Secretaria de Educação do Estado do Paraná -, procurando compreender quais as perspectivas de trabalho apresentadas e como estas podem contribuir com a formação crítica do sujeito.

Palavras-chave: Sociologia. Ensino de Sociologia. Cinema. Cinema nacional. Formação crítica.

Downloads 101  101  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site https://www.portal.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Curitiba e Desigualdade: Sentidos de Bairros e de Cidades Tecidos por Crianças de Regiões e Contexto Versão: PDF
Atualização:  9/1/2019
Descrição:
CARDOSO, Julia do Carmo Pabst S.

Investigou-se nessa pesquisa a utilização e a significação dos espaços de dois diferentes bairros da cidade de Curitiba por crianças pertencentes à rede pública e privada de ensino. Essa escolha partiu da necessidade de entender como crianças, sendo atores sociais e sujeitos de direitos, tecem formas de viver em contextos espaciais desiguais. Partiu do seguinte problema de pesquisa: onde e como crianças tecem suas redes de interdependência e dão significados aos espaços do bairro e da cidade morando em regiões diferentes de Curitiba e, mais especificamente, sendo estudantes de escola pública ou privada? Realizou-se conversas com crianças de duas escolas públicas e duas escolas privadas dos bairros Tatuquara e Campo Comprido e observação em áreas verdes desses bairros. Utilizou-se como referencial teórico autores da Sociologia como Norbert Elias (conceitos de sociedade, indivíduo e rede de interdependência); da Sociologia da Infância como Sarmento (criança sendo sujeito de direitos e infância como construção social) e Corsaro (criança sendo produtora de cultura); da Sociologia Urbana e da Geografia como Castells (espaço como expressão da sociedade) e Lefebvre (conceito de urbano e direito à cidade) e, para discutir a desigualdade permeando as relações sociais na sociedade contemporânea, utilizou-se das discussões de Bauman, Noguera e Reygadas. Após a análise dos dados (Bardin), verificou-se quatro indicadores: o medo, o consumo, o brincar e a desigualdade. Depois, organizou-se a rede de interdependência (Elias) de uma criança de cada escola. Quanto aos resultados, evidenciou-se que, Curitiba também é desigual para as crianças e, dessa forma, as tessituras de suas redes são influenciadas por essa desigualdade. A cidade oferece mais oportunidades de lazer e cultura para as crianças da parte norte e central da cidade, pois há vários espaços consolidados e turísticos nesses bairros. Contudo, para as crianças do sul de Curitiba (principalmente do extremo sul) há uma menor diversidade de espaços públicos e esses, muitas vezes, estão em condições precárias. As crianças das escolas públicas e privadas vivem vidas distintas e dão significados diferentes para os mesmos lugares do bairro e da cidade de Curitiba. Nota-se que, mesmo estudando em escola pública, as crianças do bairro Campo Comprido conseguem ir a mais lugares da cidade do que as crianças da escola privada do bairro Tatuquara. As oportunidades de socialização das crianças curitibanas são distintas dependendo da localização da sua moradia e das configurações econômicas e sociais a que pertencem.

Palavras-chave: Crianças. Espaço urbano. Desigualdade. Curitiba. Escolas públicas e privadas.

Downloads 7  7  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 »