Educadores

Ínicio : Pedagogia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (92)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora! A formação de professores para o uso da informática no processo de ensino e aprendizagem de alunos  Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
UMMEL, Eromi Izabel

A inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais (NEE) no sistema regular de ensino, bem como a informática educativa vêm sendo alvo de muitos estudos e discussões no cenário educacional nacional. Tais discussões envolvem diversas instâncias desde legislação, formação de professores, recursos adaptados, como também atitudes e práticas pedagógicas dos profissionais da área de educação. Diante dessa questão, a presente pesquisa objetivou investigar a formação adquirida pelos professores atuantes nas séries iniciais, durante o processo de vida acadêmica e profissional no que tange à utilização do computador como ferramenta de apoio pedagógico junto aos alunos com NEE em sala de aula, mas também a forma como utilizam o referido recurso tecnológico com vistas a organizar diretrizes para aprimorar a sua formação em serviço. Foram participantes desta pesquisa 13 (treze) professoras do sistema regular de ensino que pertenciam à rede municipal na cidade de Londrina-Pr e eram experientes no atendimento dos alunos com NEE, que necessitavam utilizar o computador em sala de aula para realizar as atividades acadêmicas. Consideramos que este estudo atingiu os objetivos propostos, visto que possibilitou identificar as necessidades e dificuldades enfrentadas pelos professores no atendimento aos alunos que apresentam NEE e utilizam o computador em sala de aula comum, quanto levantar de sugestões para melhorar tal atendimento e a formação dos professores em relação a esta questão.

Palavras-chave: Educação inclusiva. Formação de professores. Recurso computacional.

Downloads 1908  1908  Tamanho do arquivo 1.32 MB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Um Panorama da Capacitação de Professores em Processos de Formação Continuada: O caso do Curso de Co Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
LOBO, Márcia Eunice

Os baixos índices de rendimento escolar, a introdução de novas tecnologias de informação e comunicação, aliadas à emergência de um mercado, marcado pela competitividade e exigindo níveis mais elevados de formação profissional, propõem mudanças nas organizações e nos modelos educacionais. As melhorias propostas para a Educação Básica, sugerem desafios à formação dos professores. Na sociedade contemporânea, o papel do professor formado na escola tradicional tem sido questionado. Observa-se que, somadas à discutida má formação para a carreira docente e conseqüente desvalorização da mesma, está a falta de qualificação profissional, que contribui à acentuada deficiência na qualidade educacional. A busca de alternativas, que proporcionem condições de estudo aos professores e políticas que favoreçam a constituição de um corpo docente mais qualificado, traz a educação a distância como uma possibilidade de formação continuada, devido às sua características. A educação a distância vem se destacando como alternativa de atualização, capacitação e formação profissional, em todos os níveis e áreas do conhecimento. Este trabalho trata inicialmente de aspectos relacionados a formação continuada de professores, inferindo na educação continuada no ambiente empresarial, analisando a utilização da educação a distância nas ações de ensino e na melhoria da qualidade da educação. É apresentado como estudo de caso o Curso de Complementação para Licenciatura em Química, Física, Matemática e Biologia, implementado no Estado da Bahia, por um convênio entre a Secretaria de Educação do referido estado e a Universidade Federal de Santa Catarina.

Palavras Chave: Educação Continuada. Formação docente. Educação a Distância.

Downloads 637  637  Tamanho do arquivo 1.27 MB  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC  Site http://www.ufsc.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Desenvolvimento Pessoal para o Exercício do Papel do Educador na Escola do Futuro Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
GUERRA, Marcelo Karam

Este trabalho insere-se na linha atual de preocupações advindas de uma sociedade pós-moderna em constante transformação e mudanças de paradigma. A educação não poderia ficar de fora destas transformações e, portanto, está passando por um período de crise. Esta ocorre devido às profundas alterações a partir da segunda metade do século XX, na vida social e cultural que afetaram diretamente a educação e o papel do educador, seja em seu senso estrito, como profissional da educação, professor, coordenador educacional, orientador pedagógico, gestor escolar. Preparar-se para a mudança significa uma tomada contínua de consciência que implica em aprender, desaprender e reaprender, identificando e desenvolvendo recursos e potencialidades. Quanto mais conscientes as pessoas estiverem de quem elas são, de como elas pensam e agem, quais são seus medos e angústias, suas crenças e valores, forças e fraquezas, mais fácil será este processo de mudança, da ação mediante o conhecimento e da aprendizagem através da vivência. A educação necessita redefinir-se para atender às novas exigências, e no seu interior o professor é a peça-chave para que estas alterações sejam concretizadas de maneira segura e eficiente. Nesse contexto, o professor necessita desenvolver novas competências, porque estas influenciarão a sua forma de ensino e, consequentemente, a aprendizagem dos alunos. A pesquisa de campo foi feita com professores do Curso Normal Superior com Mídias Interativa da Universidade Estadual de Ponta Grossa. A busca de referencial teórico para fundamentar a pesquisa sobre as mudanças de contexto que estão interferindo no papel do professor foi realizada com pesquisa bibliográfica que implicou consultas a bibliotecas, revistas técnicas, internet. Para o levantamento de dados optou-se pela linha de pesquisa quantitativa, cujo instrumento de coleta foi um questionário estruturado. Os processo de mudança de cultura exige revisão de crenças pessoais de seus dirigentes e colaboradores servindo de estímulo à reflexão sobre tais mudanças no contexto educacional, foi proposto um treinamento para desenvolver estas competências.

Palavras-Chave: Competências. Mudança. Paradigma Sistêmico.

Downloads 1597  1597  Tamanho do arquivo 1.92 MB  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC  Site http://www.ufsc.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Parâmetros organizacionais e sócio-antropológicos no estudo das relações autoridade/escola: uma ab Popular Versão: PDF
Atualização:  23/8/2013
Descrição:
VIEIRA, Karina Augusta Limonta

Esse trabalho é um estudo das relações autoridade/escola diante dos parâmetros organizacionais e sócio-antropológicos. Inicio o trabalho com uma análise crítica da dissertação de Helenir Suano: Relações de autoridade: diretor e professores em escolas estaduais de 1º grau – resultados preliminares. Em seguida, introduzimos as teorias da abordagem clássica e da complexidade no sentido de encaminhar para um pensamento voltado para a sensibilidade. Dessa forma os estudos se desenvolvem diante da teoria do comportamento organizacional, das metáforas da organização, da sócio-antropologia do poder, da pós-modernidade e da cultura brasileira. Nessa perspectiva, observamos que as relações autoridade/escola ultrapassam o contexto organizacional escolar, dando margem a relações sensíveis diante de um contexto cultural diferenciado.

Palavras-chave: Escolas. Comportamento organizacional. Cultura organizacional. Antropologia social.

Downloads 2200  2200  Tamanho do arquivo 657.15 KB  Plataforma Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita F  Site http://www.unesp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Criança, brinquedo e tecnologia: uma relação delicada Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
MAGNABOSCO, Milton

O tema desta dissertação se inspira numa interrogação sobre a relação criança, brinquedo e tecnologia, em especial ao brinquedo tecnológico, muito presente no dia a dia de pessoas que trabalham e convivem com crianças. Através do estudo e da análise qualitativa de três casos de atendimentos clínicos relatados, objetivou-se comprovar a possibilidade de observar a incapacidade de ser o brinquedo tecnológico capaz de suportar a projeção infantil. Historicamente, o brinquedo cumpre a função de permitir à criança preparar-se para a vida adulta na medida em que lhe são fornecidos objetos do cotidiano em tamanho reduzido para que possa manipular. E a própria infância, termo construído para localizar a criança no mundo social de cada época, foi conquistando seu espaço social desde a ausência no referencial da arte, passando pelo “pequeno adulto” medieval até ser reconhecida como “o futuro da humanidade” dos dias atuais. Na relação com a criança, o brinquedo, objeto extremo segundo Brougère (2004), possui um significado e uma função, distintos na concepção mas que se misturam, se confundem e se sobrepõem na relação. A função é a característica orientadora da utilização do brinquedo na educação. A imagem do brinquedo se aprimora com o avanço da tecnologia e na brincadeira, o simbólico muitas vezes determina o sentido ficcional da brincadeira. A psicanálise descobriu o valor deste simbólico para a criança, e se utiliza desta significação para auxiliá-la nas suas dificuldades e angústias. Com seus aportes teóricos, a teoria psicanalítica do brincar estabeleceu as características necessárias a um brinquedo que lhe permite ser objeto de projeção por parte da criança. O presente trabalho está dividido em três grandes partes. A primeira trata da tecnologia e do brinquedo a partir de uma visão histórica, recuperando alguns passos de determinados brinquedos milenares, jogos e suas transformações segundo estilos de vida. A segunda parte atravessa aspectos teóricos do tema, trazendo importantes pontos de vistas dos principais psicanalistas. Na terceira e última parte foram escolhidos três casos de atendimento clínico para se estudar como se estabeleceram as relações das crianças com os brinquedos presentes nas sessões. O estudo dos três casos clínicos apresentados permitiu observar como se estabeleceu a relação das crianças com os brinquedos presentes nas sessões e a influência que o brinquedo tecnológico exerceu sobre elas, na medida em que manifestaram transferencialmente o significado do segundo para os primeiros e as dificuldades daí decorrentes em lidar com isso. O problema que inspirou esta dissertação encontra sua resposta nesta observação.

Palavras-chave: Tecnologia. Psicanálise. Brinquedo tecnológico. Infância.

Downloads 11321  11321  Tamanho do arquivo 891.08 KB  Plataforma Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR  Site http://www.utfpr.edu.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Estudo do uso de um portal educacional por docentes em uma escola pública Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
SANTANA, Andréa Maia de

O objetivo desse estudo foi identificar os elementos que contribuem para que um portal educacional seja incorporado como uma ferramenta nas práticas pedagógicas de uma escola da rede municipal da cidade de Curitiba. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa de natureza interpretativa. Essa abordagem permite investigar o fenômeno com base nas percepções dos indivíduos envolvidos nas atividades. As participantes do estudo foram nove profissionais da educação, indicada por seus pares como capazes de contribuir com informações relevantes para a compreensão da dinâmica de utilização do portal da escola. O referencial teórico apresenta uma discussão sobre a presença das Tecnologias da Informação e Comunicação na escola baseada em autores como Sancho, 2006; Kenski, 2007; Moran, 2000 e Machado, 2004 e 2005 e também apresenta os conceitos da Teoria da Atividade (ENGESTRÖM, 1987, 1993, 1999, 2007) para fundamentar a análise dos resultados. A Teoria da Atividade é uma abordagem sistêmica que procura considerar os contextos social, histórico e cultural na análise das dinâmicas dos sistemas de atividades humano. A análise dos dados permitiu a identificação de três categorias: visões sobre a prática do laboratório de informática e uso de seus recursos, visões sobre o lugar que o portal ocupa no planejamento e nas aulas de informática e trajetória das profissionais da escola e relação às novas tecnologias. Os principais resultados mostram que o portal é percebido pelas entrevistadas como um aliado no processo educativo que visa, principalmente, a aprendizagem dos alunos. As entrevistadas justificam o uso do portal por apresentar recursos lúdicos e interativos que atraem a atenção dos alunos, oferecendo assim, reforço na aprendizagem dos conteúdos curriculares. Essa ideia está na origem das regras de organização da escola e garantem que o trabalho com a informática, junto aos alunos, seja frequente e sistematizado. A importância de a escola capacitar os alunos para o domínio das tecnologias presentes nos contextos sociais é partilhada pelas entrevistadas e percebida como uma expectativa das famílias. As três categorias identificadas sugerem que a apropriação tecnológica na escola fundamenta-se na capacidade da rede social existente se reorganizar devido à introdução do portal. Os resultados do estudo poderão contribuir para aprofundar a compreensão do processo de apropriação das TICs no contexto escolar, para a definição de programas de qualificação profissional e de políticas organizacionais para a gestão da inovação.

Palavras-Chave: Apropriação tecnológica. Prática profissional docente. Tecnologia.
educacional.

Downloads 1236  1236  Tamanho do arquivo 789.21 KB  Plataforma Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR  Site http://www.utfpr.edu.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!A Expansão do Ensino Profissional na Rede Pública Estadual de Educação do Paraná – 2003-2006 Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
PINHEIRO, Amelia Cristina Titericz

Esta pesquisa buscou encontrar razões que determinaram a retomada do ensino profissional na rede pública de educação do Paraná como política, período 2003-2006, bem como sua expansão; por consequência, também se analisaram fundamentos desta política. Foram utilizadas como principais estratégias metodológicas: análise de documentos oficiais, de levantamento de dados estatísticos, de questionário aplicado a diretores ou coordenadores de colégios com ensino profissional de Curitiba, de entrevistas com a gestora da rede pública estadual de educação profissional do Paraná e com representante da APP - Sindicato. Os dados foram analisados tomando o materialismo histórico dialético como referencial teórico-metodológico. As razões observadas foram: a indução que as políticas federais para o ensino profissional produzem sobre a política estadual; a necessidade dos governos, nacional e estadual, de dar uma resposta política a um problema social de raiz econômica, o desemprego, e assim buscar legitimidade; a herança histórica do estado do Paraná de reestruturação de cursos profissionalizantes nos governos do PMDB; a pressão dos movimentos sociais; a oposição ideológico-partidária deste governo, 2003-2006, ao seu antecessor, o qual quase eliminou a possibilidade de cursos profissionalizantes, na rede pública estadual; pressão do mercado de trabalho, que também atinge a opinião pública, principalmente pela mídia, apontando para a necessidade de formação específica para o trabalhador e ao mesmo tempo formação geral, o que causa também entrecruzamento de concepções no transcorrer da política.

Palavras-chave: Ensino profissional. Política de ensino. Rede estadual de ensino.

Downloads 883  883  Tamanho do arquivo 3.03 MB  Plataforma Universidade Federal do Paraná - UFPR  Site http://www.ppgeufpr.pr.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Avaliação Formativa no ensino Fundamental II: possibilidades enunciadas na atuação docente Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
RUY, Raquel Calil

A avaliação formativa pressupõe que os professores utilizem as informações coletadas por meio das atividades implementadas para a regulação das aprendizagens em curso, pretendendo assegurar o atingimento dos domínios visados. Por isso, traz em sua essência a aprendizagem e a re-significação do valor pedagógico do erro. Assim, o objetivo deste estudo foi compreender como vem sendo desenvolvida a avaliação formativa em um currículo voltado à formação integral dos alunos que cursam o Ensino Fundamental II (5a a 8a série), identificando, descrevendo e analisando práticas que auxiliem o professor a ensinar e o aluno a aprender. Para o desenvolvimento desta pesquisa elegeu-se a ABORDAGEM QUALITATIVA, na modalidade ESTUDO DE CASO ETNOGRÁFICO, visto o foco de estudo incidir sobre o processo avaliativo, no modo como ocorre e na leitura e interpretação que os sujeitos envolvidos dão a ele. A pesquisa foi realizada em uma escola da rede particular de ensino, em um bairro próximo à região central de Londrina, no Estado do Paraná, que trabalha com os segmentos: Educação Infantil, Ensino Fundamental I (1ª a 4ª série), Ensino Fundamental II (5ª a 8ª série) e Ensino Médio. Participaram da pesquisa cinco professores que atuam nas áreas de Ciências, Geografia e História, do Ensino Fundamental II. Para a realização desta pesquisa foram privilegiados variados procedimentos investigativos: observação, questionário, entrevista semiestruturada, além do estudo aprofundado do referencial teórico e documental. As informações obtidas foram agrupadas por unidades de significação, em decorrência, mesmo, da frequência com que se manifestaram no discurso e nas práticas, e orientaram o delineamento das categorias de análise. A apreciação cuidadosa dos dados revelou que os professores vêm implementando práticas avaliativas formativas, pois compromissados com a progressão do aluno no sentido do domínio das aprendizagens em curso utilizaram-se das mais variadas estratégias metodológicas - variabilidade didática - para assegurarem que os erros e dificuldades identificados nas atividades avaliativas fossem objetos de investigação para posteriores regulações do processo ensino/aprendizagem em outros contextos.

Palavras-chave: Avaliação da aprendizagem. Erro construtivo. Formação docente.

Downloads 1034  1034  Tamanho do arquivo 785.22 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!As Influências do (neo)liberalismo na Formação de Professores Popular Versão: PDF
Atualização:  22/8/2013
Descrição:
SANTANA, Paulo Emílio de Assis

A presente pesquisa tem como objetivo discutir as influências educacionais e econômicas do pensamento (neo)liberal sobre a formação docente, bem como suas implicações políticas para a estruturação do processo educativo. Descobrir as relações entre a associação das questões econômicas com as questões educacionais fez com que o autor buscasse entender as consequências que as mesmas apresentam para a educação como um todo, e de maneira específica, para a formação do educador que está em contato direto com o alunado em sala de aula. Nessa perspectiva, esta pesquisa teve início com uma análise sobre os fundamentos políticos do liberalismo e as suas relações com a mentalidade econômica do capitalismo. A seguir, o autor analisa dois documentos considerados essenciais para entender o pensamento pedagógico liberal dos dias atuais: o relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI, denominando de Educação um Tesouro a Descobrir, que teve como relator o francês Jacques Delors e o capítulo dez do livro escrito pela educadora Guiomar Namo de Mello, Educação Escolar Brasileira – o que trouxemos do século XX, no qual a autora assume as mesmas prerrogativas educacionais de Delors, aplicando-as ao aspecto formativo dos professores. O autor analisa também a perspectiva do Banco Mundial sobre os professores e a formação docente nos países periféricos, bem como o texto que leva o nome de “Orientações gerais – Catálogo 2006” onde estão definidos os objetivos, as diretrizes e o funcionamento da Rede de Formação Continuada de Professores da Educação Básica do MEC. Ao final, o autor considera algumas sugestões elementares para que sejam desenvolvidas por aqueles docentes interessados em encontrar caminhos de resistência ativa contra os postulados (neo)liberais que confrontam a educação da atualidade.

Palavras-chave: Pensamento (neo)liberal. Educação. Formação de professores.

Downloads 1012  1012  Tamanho do arquivo 1.76 MB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Dissertações
Fazer Download agora!Apropriação da hora-atividade como espaço para formação de professores em serviço: um estudo sobre a Popular Versão: PDF
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
CZEKALSKI, Rejane Aparecida

Recentemente, a hora-atividade passou a integrar o contexto da Educação Básica desenvolvida em nosso estado, abrangendo um percentual de 20% da carga contratual docente. Segundo a lei que a institui, o estudo é uma das atividades docentes previstas para serem desenvolvidas neste espaço. Diante deste fato, esta dissertação teve como objeto de estudo investigar a hora-atividade como espaço de formação continuada em serviço dos professores de Educação Básica. Para tanto, partiu de um resgate histórico da organização do trabalho pedagógico e da hora-atividade como conquista política, refletindo sobre como a educação vem sendo concebida em função da realidade existente e suas contradições, bem como sobre o prestígio negado à figura do professor no decorrer do desenvolvimento da educação brasileira. A pesquisa focalizou o trabalho desenvolvido em duas escolas a rede pública de Telêmaco Borba-Pr, tomando-o como um recorte do universo a ser estudado, que pode contribuir para a análise e reflexão de como esta se concretiza nas escolas. Foram realizadas entrevistas com professores e membros da equipe técnica de uma escola que atua de 5a a 8a séries e outra que atua neste mesmo nível e no Ensino Médio, com o intuito de investigar como a hora-atividade se materializa em seu cotidiano e que avaliação fazem acerca da mesma. As informações coletadas foram refletidas e analisadas à luz da literatura consultada e dos documentos selecionados junto a diferentes instâncias do sistema, no intuito de compreender os movimentos e as contradições existentes neste contexto. Os resultados apontaram que os professores têm consciência da hora-atividade como fruto de uma conquista política da categoria docente, que veio amenizar a sobrecarga na realização de suas tarefas. Além disto, os docentes reconhecem a importância da formação continuada e buscam realizar estudos no espaço da hora-atividade. No entanto, alguns argumentam que este espaço ainda não é suficiente para este fim. Ao estabelecerem relação entre hora-atividade e formação continuada em serviço, os docentes, de maneira geral, enfatizam a riqueza do espaço para troca de experiências com os colegas e integração do trabalho das diferentes disciplinas, o que indica a possibilidade de que a formação em serviço a partir da hora-atividade seja possível. Contudo, esta questão não pode ser tratada isoladamente, mas sim, mediante a articulação do interesse e compromisso de todos aqueles que compõem o universo educacional, já que parece imprescindível a ampliação do tempo da hora-atividade para que nela possa se realizar todo ‘trabalho docente’ necessário à concretização de um ‘trabalho pedagógico’ de melhor qualidade.

Palavras-chave: Políticas educacionais. Educação básica. Hora-atividade. Organização do trabalho pedagógico.

Downloads 1071  1071  Tamanho do arquivo 503.64 KB  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »