Educadores

Ínicio : Sociologia : Monografias : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Fatores de Mudança no Perfil da Elite Política Paranaense entre 1964 e 2006 Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
TRIBESS, Camila

A pergunta a ser respondida por essa monografia é: as mudanças de regime político (deditadura militar para democracia representativa) e do perfil ideológico dos poderes executivosfederal e estadual (de centro-direita - Fernando Henrique Cardoso e Jaime Lerner - para centro-esquerda - Luiz Inácio Lula da Silva e Roberto Requião) influenciam o perfil dos deputados federais paranaenses? Para responder a essa pergunta, mapeamos e comparamos o perfil dos deputados federais paranaenses entre 1964 e 2006. Este perfil ao longo do período indicado foi elaborado a partir de dados coletados nos Repertórios Biográficos, da Câmara dos Deputados, no Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro, da Fundação Getúlio Vargas, e em páginas na Internet de diversas instituições políticas (Tribunal Superior e Tribunal Regional Eleitoral e Câmara dos Deputados, dentre outras). Chegamos, basicamente, a duas conclusões: a) a mudança de regime político afeta substancialmente o perfil dos deputados; b) a mudança na orientação ideológica dos poderes executivos pouco afeta esse perfil.

Palavras-chave: Deputados federais paranaenses. Regime político. Ideologia. Elites. Recrutamento.

Downloads 345  345  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!O Legislativo Paranaense: perfil sociopolítico e decisções legislativas na 14ª legislatura da Assemb Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
ZIEGMANN, André Barsch

Resumo: O objetivo desta monografia é caracterizar o perfil das decisões legislativas das diversas bancadas partidárias e grupos parlamentares atuantes durante a 14a Legislatura da ALEP/Assembléia Estadual do Paraná (1998-2002). Para tanto, aplicamos uma versão adaptada da tipologia e do modelo explicativo desenvolvidos por Amorin Neto & Fabiano Santos (2002; 2003) às proposições legislativas (1474 leis e aos 2580 projetos de lei) propostas e aprovadas durante esta legislatura da ALEP, e efetuamos cruzamentos e tabulações estatísticas destas informações com dados sobre o perfil sociopolítico e o padrão de recrutamento dos 62 deputados estaduais paranaenses empossados durante a legislatura. Procuraremos demonstrar duas teses básicas: (i) os padrões de interação entre o Executivo e o Legislativo e de comportamento dos vários segmentos das elites parlamentares é significativamente diverso do observado pela literatura em nível nacional; (ii) ao contrário da visão de senso comum e do que afirma boa parte da literatura especializada, há diferenças significativas entre os padrões de recrutamento e de comportamento político (tal como descrito pela produção legislativa) das várias bancadas partidárias e subgrupos de parlamentares atuantes na Assembléia Legislativa. Em suma: os “partidos contam” na arena parlamentar, ao contrário da visão de senso comum. Apresentar evidências que corroborem tais afirmações e que expliquem o padrão de comportamento parlamentar observado é o objetivo desta comunicação.

Palavras-chave: Assembléia Legislativa do Paraná. Produção legal. Perfil sociopolítico dos deputados estaduais.

Downloads 359  359  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Pango-Pango? Uma descrição da origem social, carreira e valores políticos da elite administrativa pa Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
GOUVÊA, Julio C. - 2005

Resumo: O trabalho apresenta parte dos resultados da pesquisa “Quem governa? Mapeando as elites políticas e econômicas no Paraná contemporâneo” desenvolvida no Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira da Universidade Federal do Paraná - Brasil. Após determinar os postos que constituem as posições políticas formalmente mais importantes do executivo estadual, identifiquei os ocupantes dos cargos listados durante o período 1995-2002 e tracei um perfil da elite político burocrática do estado do Paraná. Do total de 75 indivíduos foram entrevistados 54 (governador, vice- governador, secretários de Estado, presidentes de companhias estatais e chefes de polícia). Apresento aqui uma descrição da origem social, da carreira política e dos valores políticos desse grupo de elite. Através dos resultados do survey, processados pelo pacote estatístico SPSS, procurou-se estabelecer as conexões internas ao grupo (laços familiares, geração, instituição escolar, turma acadêmica etc.), o grau de coesão ideológica dos membros da elite, (o capital político) para o recrutamento dos secretários estaduais ao governo.

Palavras-chave: Elites políticas. Origem social. Carreira política. Valores políticos.


Downloads 411  411  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Testando o modelo teórico de Pierre Bourdieu: um estudo empírico de elites políticas Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
ALMEIDA, Bruna Gisi M. de

Resumo: O objetivo central desse trabalho é discutir as noções de campo político e habitus do político propostas pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu, tendo em vista sua adequação ou não para a análise da política. Para tanto, essas noções serão confrontadas com dados empíricos sobre uma elite política particular (deputados estaduais do Paraná na 13ª e 14ª legislaturas) a respeito de seus valores políticos e de suas origens sociais. A análise dos dados é realizada, por um lado, a partir das reflexões teóricas de Bourdieu sobre campo, habitus e campo político e, por outro, a partir de uma hipótese de trabalho: De acordo com as noções de habitus e de campo político, os valores políticos dos indivíduos pertencentes a este campo (parlamentares) convergem para um padrão homogêneo, ainda que a origem social dos mesmos seja heterogênea. Como esse autor nunca realizou nenhum estudo empírico a respeito desse campo, serão utilizados outros dados empíricos para o desenvolvimento específico da noção de habitus do político. A partir de descrições etnográficas realizadas pelo Núcleo de Antropologia da Política, é possível dar um conteúdo mais completo e “concreto” a essa noção. A conclusão mais geral do trabalho é a de que existem certos pontos de consenso entre os indivíduos entrevistados quanto a seus valores políticos. A partir da análise dos dados é possível afirmar que a grande maioria dos indivíduos tem a democracia representativa enquanto um valor internalizado. Na tentativa de compreender esses dados vimos que, ainda que exista uma homogeneidade relativamente grande na trajetória social desses indivíduos, a variável “origem social” parece não ter relação de causalidade com os valores identificados. A internalização desses valores parece, na realidade, ser o resultado do pertencimento ao campo político. Foi possível concluir que esses valores integram as condições de existência desse campo e, portanto, eles serão tanto mais internalizados quanto mais institucionalizado estiver esse campo.

Downloads 498  498  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Elite e cultura política: os valores políticos da elite parlamentar de Curitiba (2001-2004). Popular Versão: 
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
BRAUNERT, Mariana Bettega - 2005

Resumo: O trabalho analisa os valores políticos das elites, tendo como objeto de estudo a elite política parlamentar de Curitiba do período de 2001 a 2004, e com base em dados coletados mediante aplicação de questionário aos vereadores que cumpriram mandato na Câmara Municipal de Curitiba no período em questão. A partir da problemática traçada pelos fundadores e precursores da Cultura Política e da Teoria das Elites, o trabalho apresenta um amplo perfil dos valores políticos da elite política parlamentar curitibana no que diz respeito às orientações subjetivas desses indivíduos com relação ao sistema político, econômico e social como um todo, e, em especial, ao regime democrático. Comparando os dados por nós obtidos com os valores políticos dos parlamentares paranaenses que cumpriram mandato na Assembléia Legislativa do Paraná durante o governo Jaime Lerner, o trabalho verifica também em que medida as crenças da elite variam de acordo com a posição ideológica esquerda-direita desses indivíduos. Analisamos, ainda, o impacto que a trajetória política percorrida pelos vereadores antes de ocuparem tais postos de comando - sua socialização política - possui sobre seus valores, mostrando como a abordagem voltada às clivagens existentes no interior do grupo distancia-se em certa medida daquela que estuda a cultura política da elite como um elo fundamental da relação entre cultura política e estabilidade democrática. Do ponto de vista teórico, portanto, o trabalho confere ênfase às questões que dizem respeito à relação entre a cultura e a estrutura política, bem como à forma como a literatura situa o estudo da cultura política de grupos específicos e, em especial, da elite, e ao modo como é abordada a relação entre os valores políticos da elite, o comportamento político desses agentes e o impacto que a ação do grupo possui sobre o sistema político como um todo.

Palavras-chave: Valores políticos. Elite política. Estabilidade democrática.

Downloads 561  561  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!A fotografia em Lévi-Strauss Popular Versão: PDF
Atualização:  12/12/2013
Descrição:
BARBOSA, Carolina de Castro.

A antropologia e a fotografia nascem juntas e desenvolvem uma história em comum. A partir da década de 80, desponta uma nova disciplina com objetivo de estruturar em torno da imagem e da antropologia uma metodologia e um conteúdo científico: a antropologia visual. È dentro dessa perspectiva que esse trabalho foi construído. Objetiva-se por meio do estudo, sobretudo das obras que contém as fotografias produzidas e publicadas pelo antropólogo Claúde Lévi-Strauss nos livros “Saudades do Brasil” (1994), “Saudades de São Paulo” (1996) e “Tristes Trópicos” (1955, no Brasil em 1996) - dando especial atenção à sua concepção sobre arte e fotografia - tentar resolver um paradoxo: por que Lévi-Strauss apesar de tirar tantas fotografias e de ser um excelente fotógrafo considera a fotografia uma arte menor? E, por que só fotografar durante sua estadia no Brasil e não mais em outras épocas e lugares de sua vida acadêmica? Percebe-se algumas hipóteses para essa situação: a primeira é o contexto da antropologia vivido na época, com a utilização da fotografia em grande escala e com a crescimento da racionalidade (esta proposta é também defendida por Samain); a outra, que Sylvia Novaes desenvolveu, é de que a fotografia não tem função na concepção estruturalista; uma outra explicação está baseada nas influências da lingüística no estruturalismo e, por último, uma explicação fundamentada na vida pessoal de Lévi-Strauss.

Palavras-chave: Antropologia. Fotografia. Arte. Lévi-Strauss.

Downloads 573  573  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Antropologia  Site http://www.antropologia.com.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Composição social e carreira política da elite parlamentar no Paraná (1995-2003) Popular Versão: 
Atualização:  19/10/2010
Descrição:
COSTA, Luiz Domingos

Resumo: O objetivo desta monografia é empreender uma investigação sobre o perfil social e de carreira política dos parlamentares paranaenses. A partir dos dados biográficos dos deputados estaduais da 13ª e da 14ª legislaturas, procurou-se responder qual o perfil social deste grupo da elite política estadual e quais as etapas de carreira política geralmente percorridas até este cargo. Este empreendimento permite algumas inferências a respeito do peso das características socioeconômicas e político-institucionais na formação deste grupo e em que medida estas podem ser entendidas como componentes do processo de recrutamento para este setor da elite política estadual. A proposição que orienta o trabalho é a de que a elite parlamentar é um grupo formado a partir de características específicas fundamentais para a sua constituição enquanto uma “elite política”. Este argumento reitera algumas teses de sociologia política que entendem que as elites políticas são formadas por algumas disparidades que caracterizam a sociedade, de um lado, e por modos de inserção política específicos, por outro.

Palavras-chave: Composição social. Carreira política. Elites regionais. Poder Legislativo.

Downloads 596  596  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Cultura Política na UFPR: origem social e valores políticos no corpo discente (2005/2006) Popular Versão: 
Atualização:  15/4/2010
Descrição:
BOLOGNESI, Bruno

Resumo: A cultura política refere-se exatamente ás orientações dos indivíduos em relação ao sistema político. Partindo disso buscamos compreender no correr desta monografia alguns pontos que conferem destaque a isso. Nosso estudo dedica-se a compreender de que forma são dados os valores políticos dos estudantes de graduação da UFPR e suas origens. Analisamos inicialmente os estudos sobre cultura política e seu impacto para o regime democrático. Em seguida estabelecemos um perfil sobre o estudante. Por fim colocamos em destaque os processos de Socialização pelos quais os estudantes passaram e seus valores políticos.

Palavras-chave: Cultura política. Socialização. UFPR.

Downloads 624  624  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!Clientelismo eleitoral e coronelismo político: estudo de um pequeno município paranaense - 1992-2002 Popular Versão: 
Atualização:  15/7/2010
Descrição:
ALVES, Alessandro Cavassin

Resumo: O presente estudo focaliza o município de Itaperuçu – PR, localizado na região metropolitana de Curitiba (37km da capital paranaense) e que contava com uma população de 19.134 habitantes (censo 2000). O objetivo deste trabalho é realizar um estudo do comportamento político local e um levantamento dos resultados eleitorais deste município (emancipado de Rio Branco do Sul em 10/12/1992) e estudá-lo à luz de algumas hipóteses clássicas da Ciência Política. Serão enfocadas as eleições municipais, estaduais e federais. Esses resultados serão enriquecidos por pesquisa de campo e entrevista com eleitores realizadas pelo autor. Dois conceitos chaves serão testados: o “coronelismo” e o “clientelismo” que, acredito, condicionam as eleições em Itaperuçu e o funcionamento desse micro-sistema político. O clientelismo é a forma tradicionalmente utilizada pelo líder político local para controlar o eleitorado e mantê-lo fiel e dependente da orientação política dele próprio ou de seu grupo restrito. Por outro lado, vigora nesse micro-sistema político uma forma modernizada de “compromisso coronelista”. Esses “coronéis” – as lideranças políticas locais – controlam os votos do município destinados principalmente a deputados estaduais e federais em troca de recursos orçamentários para obras públicas, conservando assim sua posição de liderança local. O chefe político torna-se assim responsável (“padrinho”) pelas vitórias eleitorais dos candidatos por ele apoiados, instaurando uma troca de proveitos entre o poder público estadual e federal com os debilitados governos municipais. Não só a questão eleitoral firma o “compromisso coronelista” atual, mas também a semelhança com a descrição coronelista de Victor Nunes Leal nos municípios na República Velha brasileira.

Palavras-chave: Política local. Clientelismo e coronelismo. Política paranaense.

Downloads 877  877  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Monografias
Fazer Download agora!A elite empresarial paranaense: um estudo de trajetória, origem social e valores políticos, 1995-200 Popular Versão: 
Atualização:  16/11/2010
Descrição:
ENGLER, Ícaro Gabriel da Fonseca

Essa monografia é um dos resultados de uma pesquisa mais ampla: “Quem governa? Mapeando as elites políticas e econômicas no Paraná contemporâneo”, que está ligada ao Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira da Universidade Federal do Paraná. Essa pesquisa procura caracterizar os presidentes das entidades de representação empresarial no Estado do Paraná, entre 1995-2005, definindo esse objeto como a elite empresarial. Esta caracterização é feita através de três questões relacionadas à trajetória política, origem social e valores políticos desta elite. Referente à trajetória política e à origem social, pela caracterização se busca encontra o grau de homogeneidade, para a partir dele se obter o grau de abertura do recrutamento dessa elite. Já em relação aos valores políticos, pela caracterização desses é testado o seu grau de coesão, ou seja, procuram-se opiniões comuns para que se possa traçar a atitude, i.e., as crenças expressadas por essa elite. A partir destes dados e utilizando a teoria das elites tanto como norteadora das questões teóricas, quanto do método de definição do universo utilizado, observa-se a importância de estudos que, apesar de serem referentes a uma parcela da sociedade dentro de um estado específico, muito tem a contribuir para questões metodológicas, e também para as questões de análise das elites em geral, sendo assim acaba contribuindo para uma sociologia política brasileira.

Palavras-chave: Teoria das elites. Empresariado e Paraná.

Downloads 981  981  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma NUSP  Site http://www.nusp.ufpr.br/acervo.php?ac=2
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 »