Educadores

Ínicio : Química : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (3)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!A função do problema no processo ensino-aprendizagem de ciências: contribuições de Freire e Vygotsky Popular Versão: 2009
Atualização:  14/5/2012
Descrição:
GEHLEN, Simoni Tormöhlen

As pesquisas em Educação em Ciências têm atribuído diversos significados ao termo problema, a exemplo dos problemas sociais vinculados ao enfoque Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS), dos abordados na linha da Resolução de Problemas ou, ainda, dos problemas que envolvem as contradições sociais, na perspectiva educacional freireana. Além disso, parte dessas pesquisas tem se apoiado de forma significativa nas ideias de Vygotsky para configurar novas perspectivas educacionais, embora a noção e função de problema na obra do autor ainda sejam pouco conhecidas. Investiga-se neste trabalho a noção de problema na obra de Vygotsky e sua função no processo de ensino-aprendizagem em Ciências. A partir de interlocuções entre Freire e Vygotsky busca-se contribuir com reflexões epistemológicas e pedagógicas sobre o papel do problema no processo de ensino-aprendizagem. Metodologicamente, a pesquisa compreende quatro encaminhamentos: a) estudo sistemático das principais obras de Vygotsky utilizadas no ensino de Ciências; b)identificação de trabalhos publicados nas seis primeiras edições do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC), tendo como referência obras de Vygotsky; c) entrevistas semi-estruturadas com pesquisadores estudiosos da perspectiva vygotskyana; d) estudo das propostas curriculares Abordagem Temática Freireana e Situação de Estudo. Dentre os resultados, destaca-se que a noção de problema na obra de Vygotsky está diretamente vinculada ao processo de humanização e, numa dimensão epistemológica, está relacionada com o objeto do conhecimento. Isto é, o problema assume um papel na gênese da produção e apropriação de signos, assim como é o mediador nas relações entre sujeito e objeto do conhecimento. Já na pesquisa em Educação em Ciências, que tem como referência as ideias de Vygotsky, a função do problema tem se apresentado de duas formas: estruturação curricular, em que o conteúdo programático é organizado com base em temas e artifício didático-pedagógico, vinculado especialmente à conceituação científica. O fato dessas pesquisas referenciarem o problema no contexto de temas impulsionou uma investigação sobre as articulações entre o pensamento de Freire e Vygotsky, em que se constata uma sintonia entre as categorias problematização e ZDP. Defende-se que a função e a noção de problema, ao se complementarem nas perspectivas freireana e vygotskyana, podem contribuir na estruturação de práticas-pedagógicas para o ensino de Ciências, a exemplo da complementaridade entre a Situação de Estudo e a Abordagem Temática Freireana. Argumenta-se sobre a necessidade de se ter um determinado problema, como critério de seleção e estruturação de temas, formulado de modo consistente para o estudante e que apresente: 1) significado e sentido para ele e 2) para que haja a apropriação de conhecimentos historicamente construídos e, com eles, a compreensão e superação do problema em questão.

Palavras-chave: Freire e Vygotsky. Função do problema. Problematização. ZDP. Situação de Estudo. Abordagem Temática Freireana.

Downloads 6411  6411  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGECT-UFSC  Site http://www.ppgect.ufsc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Formação Permanente de Professores de Química na Perspectiva Dialógico-Problematizadora Freireana Popular Versão: 
Atualização:  4/12/2013
Descrição:
LAMBACH, Marcelo

Esta pesquisa de doutorado versa sobre a formação permanente de professores de química do ensino médio que atuam na Educação de Jovens e Adultos. Nela é realizada a investigação das possibilidades, dos avanços e das dificuldades da formação permanente fundamentada nos princípios dialógico-problematizadores anunciados por Paulo Freire; e verificada se a formação nessa concepção contribui para possíveis mudanças na forma de conceber o ensino de química para alunos da EJA, implicando em mudanças metodológicas. Além dos fundamentos freireanos, esta pesquisa também utiliza a epistemologia de Ludwik Fleck como referencial analítico para elucidar como se organiza o conhecimento e como ele se dissemina e se transforma a partir das categorias: Estilo de Pensamento, Coletivos de Pensamento, Circulação Inter e Intracoletiva de Ideias, Complicações no Estilo de Pensamento. Analisa, ainda, como elemento empírico da pesquisa, um curso de extensão universitária ministrado para professores de química da EJA que atuam na rede pública estadual do Paraná. O curso foi organizado a partir do referencial freireano e das pesquisas realizadas, sobretudo, por Antônio F. Gouvêa da Silva, apresentadas em sua tese defendida, intitulada “A construção do currículo na perspectiva popular crítica das falas significativas às práticas contextualizadas”, na qual ele analisa a orientação da formação docente realizada em distintas redes públicas da educação municipal e/ou estadual no Brasil. Nesse momento empírico da tese, os professores participantes do curso tiveram que realizar o estudo da realidade local com os alunos da EJA, investigar falas, propor temas geradores, elaborar aulas na perspectiva dialógico-problematizadora e desenvolvê-las com os alunos da EJA. Para a análise, é utilizado como corpus os materiais produzidos pelos participantes durante o curso, os registros dos professores em diário de bordo, os registros do pesquisador, a gravação em vídeo das apresentações das aulas desenvolvidas nas escolas e o grupo focal sobre a formação desenvolvida. A partir da Análise Textual Discursiva dos materiais, são apontados os possíveis avanços em relação à formação permanente de professores, sejam eles os dialógicos, os metodológicos, os epistemológicos, os político-pedagógicos; assim como os limites, sendo eles os estruturais, os organizacionais, os procedimentais, os conceituais, os dialogais e os do orientador da formação permanente para professores de química da EJA, organizada a partir da concepção dialógico-problematizadora freireana. Como conclusão, são apresentadas algumas propostas para superar tais limites, pensando na sua factibilidade, tendo em vista os problemas estruturais que a escola vivencia.

Palavras-chave: Formação Permanente. Formação em Serviço. Formação Docente. Ensino de Química. Educação de Jovens e Adultos. EJA. Paulo Freire. Ludwik Fleck.

Downloads 699  699  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC-PPGECT   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!A revista superinteressante, os livros didáticos de química e os parâmetros curriculares nacionais i Popular Versão: 2008
Atualização:  11/5/2012
Descrição:
FERREIRA, Maira. A revista superinteressante, os livros didáticos de química e os parâmetros curriculares nacionais instituindo “novos” conteúdos escolares em ciências/química. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, 2008, Porto Alegre, BR-RS.

Nesta tese de doutorado, examino algumas produções culturais que me permitiram acompanhar processos ligados à produção dos conhecimentos escolares em Ciências/Química. Para tanto, examinei documentos oficiais de ensino brasileiros – os PCNs, alguns livros didáticos de Química e uma revista de divulgação científica – a Revista Superinteressante. A pesquisa foi desenvolvida sob inspiração dos Estudos Culturais, utilizando aportes teóricos de Stuart Hall, que busquei conectar ao pensamento de Michel Foucault e Thomas Popkewitz para realizar as análises discursivas procedidas. Tais análises permitiram indicar entrelaçamentos entre os enunciados que compõem os diferentes discursos colocados em circulação por tais produções e indicar que temas como saúde, meio ambiente, desenvolvimento tecnológico e consumo passaram a constituir a “pauta” tanto da revista examinada, quanto dos livros didáticos e dos PCNs, o que, de certo modo, legitima e escolariza esses temas, no caso estudado na área de Ciências/Química, na Educação Básica. A inserção de novos temas/conteúdos indica haver uma ruptura em relação ao que anteriormente era considerado como conteúdos escolares pertinentes ao ensino de Ciências/Química. No tratamento do tema saúde, por exemplo,os textos passaram a ocupar-se com a indicação de formas para viver mais e com mais saúde, com melhor aparência, com cuidados para a manutenção da agilidade e juventude, o que implica viver uma “democrática” ditadura de fazer escolhas responsáveis para os cuidados com o corpo, ou seja, nessas produções culturais o discurso do cuidado com a saúde encontra-se associado à vontade de mudanças de atitude dos sujeitos frente aos seus hábitos de vida. Em relação ao modo de focalizar o tema meio ambiente, os enunciados ressaltam a importância da incorporação de práticas cotidianas aos conteúdos escolares, sendo isso considerado requisito para o desenvolvimento da cidadania que, por sua vez, seria promovida na relação dos sujeitos com o meio ambiente.

Palavras chave: Química - Ensino médio. Ciências - Ensino médio. Currículo. Parâmetros curriculares nacionais. Livro didático - Ensino médio. Estudos culturais. Divulgação científica. Imprensa pedagógica - Revista Superinteressante. Hall, Stuart. Foucault, Michel. Popkewitz, Thomas S.

Downloads 6763  6763  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Formação Continuada de Professores de Química: enfrentando coletivamente o desafio da informática na Popular Versão: 2008
Atualização:  14/5/2012
Descrição:
GABINI, Wanderlei Sebastião. Formação Continuada de Professores de Química: enfrentando coletivamente o desafio da informática na escola. Tese (Doutorado), Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Unesp-Bauru, Bauru, 2008.

A presente pesquisa foi realizada com o propósito de analisar e compreender um processo de formação continuada de professores visando promover a inserção da informática nas aulas de Química. Tal ação teve seu desenvolvimento pautado na racionalidade prática e na reflexão crítica sobre o trabalho docente, sendo mediada pela educação a distância. O estudo desenvolveu-se com um grupo de professores de Química de escolas públicas estaduais na região de Jaú (SP). Através de encontros presenciais e de interações em um ambiente virtual de aprendizagem, buscou-se estabelecer um vínculo constante entre a realidade do professor e a formação continuada. Foram utilizados diferentes recursos metodológicos que possibilitam aos docentes o contato com materiais diversificados, a análise de softwares, a elaboração de material didático, bem como a atuação com seus alunos na sala de informática das escolas. Na organização dos dados foram trabalhados três eixos principais: formação e trabalho docente, ensino de Química e uso da informática. A investigação evidenciou elementos-chave para subsidiar propostas de formação continuada e envolveu reflexão e planejamento como meios para desencadear reformulações tanto na percepção dos professores em relação ao papel da informática nas aulas de Química, como na utilização desse recurso em sala de aula.

Palavras-chave: Formação Continuada de Professores. Ensino de Química. Informática. Educação a Distância.

Downloads 1613  1613  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp - Bauru  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Caracterização de imagens em livros didáticos e suas contribuições para o processo de significação d Popular Versão: 2009
Atualização:  16/5/2012
Descrição:
KIILL, Keila Bossolani. Caracterização de imagens em livros didáticos e suas contribuições para o processo de significação do conceito de equilíbrio químico.

Este trabalho toma como objeto de estudo as imagens contidas nos livros didáticos de Química aprovados pelo PNLEM/2007. Foram dois os objetivos desta pesquisa: a) caracterizar tais imagens, discriminando aquelas que compõem os capítulos de equilíbrio químico, de acordo com as dimensões do conhecimento químico (macroscópica, submicroscópica e simbólica); e b) avaliar as contribuições trazidas pelas imagens para o processo de significação desse conteúdo. A metodologia utilizada para a coleta dos dados foi o esquema duplo-cego em que cada pesquisador, independentemente, propõe uma classificação, a qual posteriormente é validada por meio de instrumentos estatísticos. Elaborou-se, para a coleta de dados, uma taxonomia na qual se discriminam as categorias de análise de acordo com as dimensões mencionadas acima. Vale ressaltar que, para a análise das imagens, é necessário considerar as inter-relações entre elas, pois, em uma mesma representação visual, é possível ter o conhecimento químico representado em duas ou mais dimensões. O referencial teórico fundamenta-se na teoria da aprendizagem significativa, proposta por Ausubel e colaboradores, e nas concepções de signos elaboradas por Pierce. Os resultados da análise mostraram que, no total, a maioria das imagens representa o conhecimento químico considerando o aspecto macroscópico ou não se classificam. Para o capítulo de equilíbrio químico, no geral, as representações propostas para auxiliar o entendimento desse conteúdo também são de natureza macroscópica ou não se classificam. Com relação ao processo de significação do conteúdo de equilíbrio químico, consideraram-se para a análise as contribuições de outros conteúdos como reação química, cinética química e estequiometria, ditos subsunçores. Assim, foi possível concluir que as representações encontradas nos livros didáticos são de natureza macroscópica e tipificam as propriedades dos sistemas químicos. Além disso, existe uma quantidade expressiva de imagens que apresentam caráter meramente ilustrativo e outras poucas que correlacionam os aspectos dimensionais. Portanto, as imagens contidas nos livros didáticos em geral pouco colaboram para o processo de significação do conteúdo de equilíbrio químico.

Downloads 1145  1145  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ufscar  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Uma arquitetura pedagógica apoiada em tecnologias da informação e comunicação: processos de aprendiz Popular Versão: 2009
Atualização:  15/8/2013
Descrição:
LINDER, Edson Luiz. Uma arquitetura pedagógica apoiada em tecnologias da informação e comunicação: processos de aprendizagem em Química no ensino médio. Tese (Doutorado em Informática na Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2009.

A necessidade urgente de mudanças no Ensino Médio do Brasil motivou o pesquisador desta tese a propor mudanças na forma tradicional de se trabalhar a Química com os estudantes. Com a evolução das tecnologias de informação e comunicação, é necessário que o cidadão seja incluído na cultura digital para que possa fazer parte da sociedade globalizada dos dias atuais. Assim, também é tarefa da escola a busca da inclusão dos sujeitos nessa cultura digital. A utilização das novas tecnologias é importante e deve ser considerada quando se planejam atividades de aprendizagem com os alunos da Escola Básica. O principal objeto de pesquisa dessa tese foi o estudo dos processos cognitivos que envolvem aspectos da aprendizagem da Química com o uso dessas tecnologias. Procurou-se verificar como uma Arquitetura Pedagógica orientada para os alunos, contendo atividades experimentais, produção de vídeos e elaboração de modelos digitais no ambiente Squeak-Etoys, pode contribuir para a construção do conhecimento químico. Entende-se a Arquitetura Pedagógica como um conjunto de estratégias, dinâmicas de grupo, softwares educacionais e ferramentas de apoio à cooperação que possam favorecer a aprendizagem. A análise dos processos vivenciados pelos sujeitos da pesquisa foi fundamentada pela Epistemologia Genética de Jean Piaget. A partir das análises dos dados da pesquisa, pretende-se propor orientações para as ações pedagógicas com o uso de ambientes digitais, onde ocorram processos nos quais os sujeitos possam representar, ampliar e consolidar o seu conhecimento científico.

Palavras-chave: Aprendizagem em Química. Arquitetura pedagógica. Utilização das TIC. Ambientes digitais. Ensino Médio Inovador. Epistemologia genética.

Downloads 441  441  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!O lugar da história da ciência em investigações sobre educação química no Brasil: refazendo o caminh Popular Versão: 2007
Atualização:  15/8/2013
Descrição:
ROGADO, James. O lugar da história da ciência em investigações sobre educação química no Brasil: refazendo o caminho e apontando alternativas. Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências Humanas. Programa de Pós-graduação em Educação, Piracicaba, 2007.

Esta tese tem como objetivo desenvolver uma investigação sobre os diferentes olhares que pesquisadores da área de Química detêm sobre a inserção da abordagem da História da Ciência no processo da Educação Química. O trabalho tem como fonte as produções catalogadas no banco de dados dos cinco Encontros Nacionais de Pesquisa em Educação em Ciências/ENPEC ocorridos no Brasil no período de 1997-2005. As indagações que norteiam a pesquisa são: Como se caracteriza a inserção da História da Ciência nos trabalhos brasileiros de pesquisa em Educação Química apresentados nos ENPEC? Em relação aos trabalhos brasileiros de pesquisa em Educação Química apresentados nos ENPEC que utilizam a História da Ciência quais as proposições para a Didática das Ciências? Quais as contribuições para uma educação científica e tecnológica complexa e crítica para a sociedade contemporânea? O Banco de Dados resultantes dos cinco Encontros Nacionais de Pesquisa em Educação em Ciências/ENPEC (1997-2005) se revelou em acervo significativo das produções atualmente existentes no Brasil sobre as pesquisas em Educação em Ciências, em especial a Educação Química, na medida que traduziu, no tempo e no espaço, as tendências temáticas predominantes dessas áreas, bem como os fundamentos teórico-práticos que alicerçam seus diferentes objetivos. Tendo por premissa que a epistemologia da Ciência é de natureza histórica, a investigação procurou identificar, em um universo de 1877 trabalhos encaminhados aos ENPEC durante o período de 1997-2005, de diferentes áreas de saber, quais os que efetivamente traziam este enfoque investigativo, sobretudo, para a área de Educação Química. Apenas 10 (dez) contemplaram os objetivos da investigação e foram analisados. As categorias construídas para a análise final levaram em conta o valor intrínseco das pesquisas, a questão da mutabilidade e instabilidade do pensamento científico e a visão integrada e interdisciplinar das propostas. Em relação aos resultados, o critério contribuição para uma educação científica e tecnológica complexa e crítica para a sociedade contemporânea, em particular para a Didática das Ciências, se configurou em uma parcela pequena dos trabalhos analisados. A principal tendência da inserção da História da Ciência nos estudos foi como metodologia de ensino. As implicações que as produções analisadas apontam para a renovação da Didática das Ciências, em especial da Ciência Química, referem-se, sobretudo, à necessidade e importância da contextualização social do ensino de Química no âmbito dos conteúdos, metodologias, organização do processo de ensino-aprendizagem e métodos de avaliação. Para tanto, parece ser necessário que haja um repensar do trabalho docente com uma concepção de prática que traz os elementos de rompimento e superação necessários para a construção de uma epistemologia de Ciência e Tecnologia na dimensão da complexidade.

Palavras-Chave: Educação química. História da Ciência. Didática das Ciências e Complexidade. Encontro Nacional de Estudos e Pesquisas em Educação em Ciências/ENPEC. Ensino-aprendizagem de Química.

Downloads 555  555  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Metodista de Piracicaba  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!A disseminação dos três momentos pedagógicos: um estudo sobre práticas docentes na região de Santa M Popular Versão: 2010
Atualização:  9/8/2013
Descrição:
MUENCHEN, Cristiane

Este trabalho investiga práticas pedagógicas de professores de Ciências da região de Santa Maria/RS que usam os denominados Três Momentos Pedagógicos (3MP). Inicialmente, se realizou um mapeamento sobre a produção da região nos Encontros Nacionais de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPECs), no qual se detectou que os 3MP têm merecido atenção especial no processo de ensino e aprendizagem. Com isso, evidenciou-se a importância de compreender como professores da região central do RS estão atuando. Duas perguntas dirigiram a investigação: 1) Como se caracteriza a produção do grupo de investigadores do ensino de Ciências que originou os 3MP? e 2) Como esse grupo influenciou as práticas de professores da região central do RS que balizam suas ações docentes pelos 3MP? Focalizou-se, portanto, tanto processos de produção quanto de disseminação de práticas educativas que tiveram origem em distintos contextos. Dessa forma, uma análise com base em critérios epistemológicos de Ludwik Fleck, principalmente com relação à categoria “circulação de ideias”, se apresentou como um dos fundamentos para a compreensão desses processos. A análise da produção que originou os 3MP teve como referência aspectos teóricos e dados de práticas, contidos em dissertações, teses, livros e artigos produzidos por membros desse grupo de investigadores e depoimentos. Para a obtenção de dados sobre as práticas docentes dos formadores e professores da Educação Básica, da região investigada, foram realizadas entrevistas semiestruturadas e examinados materiais didáticos por eles produzidos, além dos documentos referentes aos projetos desenvolvidos pelos formadores.

Palavras-Chave: Três Momentos pedagógicos. Problematizar. Perguntar. Freire. Fleck. Circulação de ideias. Ensino de Ciências.

Downloads 10002  10002  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC, PPGECT  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Construção e avaliação de hipermídia educacional sobre tópicos de carboidratos Popular Versão: 2009
Atualização:  14/5/2012
Descrição:
HEIDRICH, Denise Nogueira

A constatação de que as animações são excelentes recursos didáticos para auxiliar o trabalho do professor e facilitar a compreensão dos estudantes em conteúdos que exigem abstração e imaginação levou um grupo de professoras do Departamento de Bioquímica do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) a produzir, com a assessoria de docentes do Departamento de Design Gráfico, do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC, o material hipermídia Bioquímica através da animação. Esse hipermídia foi construído no período de 2003 a 2005, tendo os carboidratos como tema central, e o cotidiano dos estudantes universitários como linha condutora. O conjunto do hipermídia apresenta: aula de saída a campo, no módulo introdutório: Carboidratos na Natureza; atividades práticas, no Módulo 2: Carboidratos no Laboratório; a pesquisa bibliográfica, no módulo Carboidratos na Biblioteca; o processo de digestão e absorção dos carboidratos, tema do quarto módulo: Carboidratos na Lanchonete; a fascinante história de uma molécula de glicose que é convertida em piruvato, contida no módulo Carboidratos no Teatro; e patologias ligadas ao metabolismo dos carboidratos, no módulo Carboidratos no Hospital. Apesar de terem sido bem avaliados previamente por estudantes de graduação e professores de Ensino Médio, problemas de navegação e finalização levaram à constatação de que a conversão dos materiais em objetos de aprendizagem poderia torná-los mais eficazes para o ensino e a aprendizagem. Estudo de teorias de aprendizagem e de elementos de semiótica serviram como suporte para as transformações pretendidas, e como resultado apresentamos os objetos de aprendizagem Introdução aos Carboidratos, Classificação dos Carboidratos: Monossacarídeos, Digestão do Amido e Via Glicolítica. Da necessidade de disponibilizar o conjunto da obra já referida para avaliação criou-se uma ponte com o ambiente virtual de aprendizagem do Laboratório de Ensino a Distância (LAED) do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM) da UFSC, onde foram criadas disciplinas para cursos de graduação e de extensão nas plataformas Diorama e Moodle.

Palavras-chave: Teorias de aprendizagem e elementos de semiótica. Suporte para construção e avaliação de hipermídia educacional. Tópicos de carboidratos. Disciplinas plataformas Diorama e Moodle.

Downloads 2934  2934  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC, PPGECT  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Teses
Fazer Download agora!Leitura e Formação de Leitores em Aulas de Química no Ensino Médio Popular Versão: 2009
Atualização:  15/8/2013
Descrição:
FLÔR, Cristhiane Cunha

Pensar a linguagem no processo de ensino e aprendizagem de Química é, para mim, um passo essencial no caminho da melhoria da qualidade da educação. Isso porque penso ser importante incentivar a formação de leitores no contexto escolar no âmbito de todas as disciplinas, inclusive da Química. A compreensão de como se dá a produção de sentidos para a Química a partir da leitura, o conhecimento das condições de produção de sentidos dos estudantes e a forma pelo qual eles se vêem enquanto leitores, são questões que me guiaram durante a elaboração desse estudo, que tem como objetivo principal compreender como se dá a constituição de leitores tendo como base a relação entre leitores e textos diferenciados em salas de aula de Química no ensino médio. Para atingir esse objetivo, trabalhei a leitura de textos diferenciados – literário, originais de cientistas, enciclopédicos, divulgação científica, tabelas – em uma turma de primeira série do ensino médio. Os estudantes produziram textos que foram analisados com base no referencial da Análise do Discurso Francesa (AD), com aportes na obra de Michel Pêcheux e seu desdobramento no Brasil através dos trabalhos de Eni Orlandi e que estabelece o discurso como “efeito de sentidos entre interlocutores”. Entre os resultados, é possível perceber que a forma pela qual a leitura é trabalhada nas escolas influencia fortemente os sentidos construídos pelos estudantes a respeito dessa atividade, além de permear o olhar que lança para si mesmo enquanto leitor. Um trabalho com uma visão mais crítica de leitura, buscando a produção de sentidos e não a “resposta certa” é fundamental para o incentivo à leitura e à formação de leitores nas aulas de Química. A pesquisa mostra ainda que a modificação das condições de produção de sentidos dos estudantes através do trabalho com textos diferenciados pode levá-los a deslocamentos de sentidos em suas leituras, passando a ter, por exemplo, uma visão da ciência mais ligada ao seu caráter de empreendimento humano. Por fim, aponta também para a necessidade de se trabalhar a Linguagem Química nas aulas de Química no Ensino Médio, uma vez que os estudantes atrelam seu conhecimento predominantemente à formação do cientista ou à preparação para o vestibular, desconsiderando, muitas vezes, a importância da química em seu cotidiano.

Palavras-chave: Leituras. Linguagem. Educação química. Análise do discurso francesa.

Downloads 689  689  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGECT-UFSC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 »