Educadores

Ínicio : Geografia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Análise dos fatores associados às mudanças na cobertura da terra no Vale do Ribeira através da inte Popular Versão: 
Atualização:  15/5/2013
Descrição:
ALVES, Humberto Prates da Fonseca

Neste trabalho, vamos estudar os fatores associados às mudanças na cobertura da terra, na região do Vale do Ribeira, que concentra atualmente os maiores remanescentes de Mata Atlântica do Brasil. Os dois grandes objetivos deste trabalho são: 1) fazer uma ampla caracterização dos fatores demográficos e socioeconômicos, dos fatores relativos à topografia, acesso a infraestrutura viária e urbana e presença de unidades de conservação e das mudanças na cobertura da terra, no Vale do Ribeira, nas escalas inter-regional (Vale do Ribeira e regiões de entorno) e intra-regional (sub-regiões, municípios e categorias de
zoneamento); 2) analisar os fatores associados às mudanças na cobertura da terra (desmatamento recente e preservação de remanescentes florestais), na escala dos setores censitários. A metodologia geral, que vamos utilizar para a identificação e análise empírica dos fatores associados às mudanças na cobertura da terra, é a integração de dados sociodemográficos (provenientes dos censos demográficos) e dados de mudanças na cobertura da terra (gerados através da classificação de imagens de satélite), através de um sistema de informação geográfica (SIG).

Downloads 873  873  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Cosmografia geográfica: a astronomia no ensino de geografia Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
SOBREIRA, Paulo Henrique Azevedo

Esta pesquisa relaciona o Ensino da Astronomia ao Ensino da Geografia e aborda um grande cabedal de temas que expressam relações importantes entre os conhecimentos terrestres e os celestes. Estudou-se um campo que faz parte da Cosmografia e que se constitui em uma releitura na área de Geografia, para o qual se propõe a designação de “Cosmografia Geográfica”, ao invés do nome “Cosmografia”, simplesmente, ou “Geografia Astronômica”. O termo “Cosmografia” está em desuso, e suas atribuições foram incorporadas pela Astronomia, Cartografia, Náutica e pela Geografia, no entanto, sua função pedagógica no Ensino de Astronomia permaneceu ativa nos ensinos de Matemática e de Geografia no Brasil, ao longo dos séculos XIX e XX. A Cosmografia Geográfica é um campo de estudos da Geografia, cujo conjunto de conhecimentos e habilidades é predominantemente escolar. Estuda a interface entre os conhecimentos terrestres e os celestes e lhes atribui significância geográfica. Analisa as relações humanas e naturais com o Espaço Sideral e suas consequências para a sociedade e a natureza e, portanto, para a organização do espaço. Analisou-se a presença da “Cosmografia Geográfica” na Geografia brasileira, para se estabelecer um conjunto mínimo inovador de temas cosmográficos para se ensinar em Geografia, de acordo com o que se pôde examinar em livros didáticos nacionais e estrangeiros de Cosmografia entre (1845-1971), em livros didáticos brasileiros de Geografia dos Ensinos Fundamental e Médio, aprovados no Plano Nacional do Livro Didático – 2002 (PNLD), nas sugestões dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e dos programas das disciplinas de Astronomia ou Cosmografia dos cursos Superiores de Geografia no Brasil. Depois há uma rápida abordagem sobre o atual Ensino de Cosmografia no exterior. Esta tese apresenta duas propostas de modelos de disciplinas de “Cosmografia Geográfica” para licenciaturas em Geografia. Estas disciplinas seriam compostas por temas e atividades práticas para professores de Geografia, que abrangem poucos conteúdos vinculados a um conjunto de temas mínimo mais próximo da realidade da “Cosmografia Geográfica” do século XXI, e que se constituam por atributos humanos e naturais (fisiológicos e físicos), tais como: a lateralidade, a luz ou a iluminação ou a incidência de radiação solar, a gravidade e as escalas de análise. Dentre os tópicos estabelecidos nesta investigação, há a atuação da Humanidade no Espaço Cósmico ou Exterior, que deverá ser explorado nas escolas pela “Cosmografia Geográfica”. Por outro lado, a ação do Homem no Espaço Exterior também deverá ser estudada, discutida e analisada pela Geografia Política acadêmica, nos próximos anos, pois este assunto envolve o desenvolvimento e a cooperação internacional para o uso de tecnologias da 3ª Revolução Industrial, a produção de lixo espacial e o cumprimento de tratados internacionais no âmbito do espaço sideral.

Palavras-chave: Cosmografia. Cosmografia geográfica. Ensino de astronomia. Ensino de cartografia. Ensino de Geografia.

Downloads 575  575  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!A Geografia na formação do profissional em turismo: discussão sobre uma proposta teórico-metodológic Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
BONFIM, Berenice Bley Ribeiro

Esta pesquisa, em um primeiro momento, discorre sobre questões pertinentes ao turismo como atividade econômica, às políticas públicas de turismo desde a criação da Embratur até o atual Programa de Regionalização da Setur, à história do curso de Turismo no Brasil e no Paraná e à Geografia do Turismo sob a visão de diferentes teóricos. Em um segundo momento, com base no referencial teórico, nas entrevistas realizadas com docentes notáveis e nos questionários aplicados tanto a professores quanto a alunos, demonstram-se as deficiências e incoerências teórico-metodológicas existentes na disciplina de Geografia do Turismo nas universidades e faculdades do estado do Paraná. Para finalizar, estão sendo indicadas categorias e conceitos geográficos, considerados de fundamental importância para o futuro profissional em Turismo, os quais, por si só, sugerem uma metodologia. Para mostrar a importância desses conceitos e sua aplicabilidade, foi utilizada como exemplo a Região Litorânea do Paraná.

Palavras-chave: Categorias e conceitos geográficos. Geografia. Políticas públicas de turismo. Proposta metodológica. Turismo.

Downloads 4258  4258  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas   Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!O econômico na Geografia : Influências do pensamento econômico na produção geográfica (1970-2001)  Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
NUNES, Flaviana Gasparotti

Este trabalho teve como objetivo principal identificar e refletir sobre as principais influências do pensamento econômico (ideias, autores e teorias) presentes na produção geográfica brasileira. O aspecto priorizado referiu-se ao elemento econômico e sua presença nos estudos geográficos, ou seja, o foco das análises e reflexões realizadas recaiu sobre os trabalhos de Geografia em que o econômico comparece como elemento essencial e central. Do ponto de vista da metodologia empregada, esta reflexão teve por base a seleção e análise das teses de doutorado defendidas na FFLCH/USP no período de 1970 a 2001, cujas temáticas e formas de abordagem foram identificadas no âmbito da Geografia Econômica. A partir da análise, identificamos as principais influências provenientes do pensamento econômico e seus períodos de incidência na produção geográfica. Podemos dizer que a introdução do materialismo histórico a partir de teorias, conceitos, ideias e proposições metodológicas, foi principal caminho de afirmação do econômico na análise geográfica, visto que a partir desta base teórico-metodológica, o econômico ganha importância, tendo papel central nas análises. No entanto, a partir da segunda metade da década de 1990 com as mudanças estruturais do próprio sistema produtivo, são incorporadas novas ideias e referenciais para a análise geográfica do econômico.

Palavras-chave: Pensamento geográfico. Pensamento econômico. Produção geográfica. Teoria. Método.

Downloads 2380  2380  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp  Site http://www4.fct.unesp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Teoria e método da climatologia geográfica brasileira: uma abordagem sobre seus discursos e práticas Popular Versão: 
Atualização:  16/5/2013
Descrição:
ELY, Deise Fabiana

O presente trabalho constitui um mapeamento e análise sobre os discursos e práticas empreendidos pela climatologia geográfica brasileira. O principal propósito para o seu desenvolvimento foi a verificação de como o conhecimento geográfico do clima encontra-se vinculado aos debates efetivados pelas diversas correntes filosóficas de pensamento e às diferentes concepções de natureza e de geografia. A retomada das origens do conceito de clima foi efetivada por meio de revisão bibliográfica que possibilitou traçar os vínculos do estabelecimento desse conceito com as correntes teórico-metodológicas racionalistas, empiristas, românticas, positivistas, evolucionistas e neopositivistas. A verificação do processo de inserção e constituição dessa especialidade científica no Brasil demonstrou a existência de duas vertentes metodológicas principais: uma baseada em decomposições analítico-descritivas do fenômeno climático e outra subsidiada nas explicações da meteorologia dinâmica. Foi constatado que, após a década de 1960, as orientações teórico-metodológicas do professor Dr. Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro geraram uma escola de climatologia geográfica brasileira, subsidiada na análise rítmica e episódica e no estudo do clima urbano, pautado pelas orientações teóricas da Teoria Geral de Sistemas, das análises termodinâmicas e ambientais. O detalhamento do universo de análise foi efetivado com a leitura e análise das teses e dissertações produzidas nos programas de pós-graduação em Geografia, das seguintes Universidades: de São Paulo (USP), Estadual Paulista (Unesp, unidades de Rio Claro e Presidente Prudente), Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Federal de Santa Catarina (UFSC), Federal do Paraná (UFPR) e Estadual de Maringá (UEM), defendidos no período de 1945 a 2003. O estudo geográfico do clima, a partir desse universo de análise, é desenvolvido a partir de cinco recortes temáticos principais: clima urbano, variabilidade pluvial, o clima na análise ambiental e da paisagem, modelagem estatística em climatologia e teoria e método da climatologia; pautados na concepção de natureza dinâmica-sistêmica. Foi verificado que as questões epistemológicas da Geografia não são refletidas enfaticamente pela climatologia geográfica brasileira, tornando a apreensão da espacialidade do clima na composição das novas territorialidades uma tarefa difícil de ser realizada.

Palavras-chave: Epistemologia. Geografia. Climatologia. Brasil. Natureza.

Downloads 2797  2797  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unesp  Site http://www.dominiopublico.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Geografia e Arte no ensino fundamental: reflexões teóricas e procedimentos metodológicos para uma le Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
MYANAKI, Jacqueline

O principal objetivo desta pesquisa consiste no estudo, desenvolvimento e aplicação de um conjunto de procedimentos metodológicos introdutórios para leitura e percepção da paisagem geográfica, direcionados ao ensino fundamental. Trata-se de uma proposta de articulação de conteúdos de Arte e Geografia baseada na noção de paisagem como texto não-verbal, cuja organização dos procedimentos de leitura recorre a subsídios da semiótica. Os conteúdos de Arte explorados nesta tese buscam identificar as transformações da noção polissêmica de paisagem, concentrando-se no abstracionismo informal e nas paisagens do pintor brasileiro Antônio Bandeira um dos principais representantes dessa tendência no Brasil a fim de possibilitar um processo alternativo de percepção estética da paisagem. Os conteúdos de Geografia alinham-se principalmente com as pesquisas recentes da Geografia Cultural, que após receberem múltiplas contribuições e influências, tais como da Antropologia, da História, da Filosofia fenomenológica e existencialista, concebe a paisagem como texto e como marca e matriz cultural, principais abordagens nas quais esta pesquisa inspirou-se. Após a reflexão teórica, foi realizado o experimento de uma parcela dos procedimentos metodológicos propostos, com alunos de 7ª série. Os resultados demonstraram que é possível uma mudança na percepção e leitura da paisagem geográfica, quando os modelos de paisagem também são modificados. Verificou-se: abandono da perspectiva e incorporação de vários pontos de vista numa mesma paisagem (visão horizontal, vertical e oblíqua); adição das sensações olfativas, auditivas e táteis; o consentimento da escala afetiva na representação dos elementos; possibilidade de vínculo com o aprendizado das representações cartográficas, dado o caráter abstrato das pinturas de paisagens contemporâneas; a leitura não-verbal como estímulo à expressão verbal; alto grau de interesse dos alunos não só pelos conteúdos desenvolvidos, mas principalmente pelas estratégias envolvendo arte e pintura a guache.

Palavras-chave: Geografia. Ensino. Paisagem. Arte abstrata. Interdisciplinaridade.

Downloads 5943  5943  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!O aglomerado urbano-industrial de Londrina: sua constituição e dinâmica industria Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
BRAGUETO, Claudio Roberto

O principal objetivo do presente trabalho foi compreender a dinâmica industrial do Aglomerado Urbano-Industrial de Londrina, considerando que no processo de reestruturação produtiva, as transformações vão se manifestar também nas cidades médias. Assim como o estado do Paraná o Aglomerado Urbano-Industrial de Londrina, formado pela cidade média de Londrina e seu entorno, a partir de 1992 passou a apresentar desenvolvimento industrial importante., porém acentuando o caráter desigual deste desenvolvimento. A dinâmica industrial recente apresenta dois processos distintos: o primeiro está relacionado ao desenvolvimento de setores industriais tradicionais na região, intensivos em mão de obra e diretamente relacionados a empresas de pequeno e médio porte, cuja origem do capital é local/regional, além dos ramos industriais diretamente vinculados a forte base agropecuária da região.

Palavras-chave: Aglomerado urbano-industrial de Londrina. Cidades médias. Industrialização do Paraná. Reestruturação produtiva. Condições gerais de produção.


Downloads 526  526  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Conflitos socioambientais urbanos: o lugar como categoria de análise da produção de Curitiba/jard Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
LIMA, Rosirene Martins

A realidade das cidades têm se tornado cada vez mais complexa em função das políticas macroeconômicas, bem como de políticas urbanas de planejamento, as quais, orientando-se na produção de uma cidade ideal, acabam por rivalizar com uma que cresce à sua revelia. Se por um lado a expansão da mancha urbana parece unificar e homogeneizar grandes áreas, por outro, esse processo de urbanização e metropolização vem acompanhado de grande fragmentação do espaço urbano. Contudo, a cidade é vivida, nos seus diferentes fragmentos. Os problemas, os conflitos mesmo tendo sua origem na forma como se produz a sociedade e a cidade, são manifestados em determinados fragmentos. Por isso é que se fez a opção por tomar o lugar como categoria de análise para estudar os conflitos socioambientais em Curitiba. Trata-se de construir um instrumento teórico e metodológico que permita refletir sobre esse fenômeno urbano que se evidencia "naturalmente" desigual social e espacialmente. O lugar é aqui compreendido como condição para a realização da vida cotidiana. É no lugar que as particularidades se fazem evidentes, por isso se torna elemento central para a compreensão da própria dinâmica dos conflitos socioambientais urbanos. É no lugar que se verificam diversas práticas socioespaciais, que se constituem diferentes formas de representação e de interpretação da cidade e do meio-ambiente. O ponto de partida desta análise é o Jardim Icaraí, um fragmento da cidade de Curitiba, cuja condição antagoniza com as imagens criadas e veiculadas sobre a cidade. Além disso, o Jardim Icaraí é compreendido pelo Poder Público local como "área problema", "ocupação irregular"; pois está situado sobre uma Área de Proteção Ambiental, configurando uma situação de conflito socioambiental.

Palavras-chave: Cidade. Lugar. Conflitos socioambientais. Políticas urbanas.


Downloads 13106  13106  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Hosistesia - matriz integradora: promoção integral de famílias em situação de miséria u Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
ADAM, Roberto Sabatella

Hosistesia é uma matriz integradora: consciência, sociedade e natureza, que tem por base a não dualidade, isto é, a inseparabilidade sujeito e objeto. No estudo a matriz é investigada e discutida em termos de teoria e prática (ação), com o objetivo de elaborar um instrumento para observação ambiental. A pesquisa de tempo, desenvolvida em 2004, observa, analisa e debate a aplicação dessa visão integradora junto a uma Unidade de Promoção Integral (UPI), localizada no Bairro Alto em Curitiba-PR, Região Sul do Brasil; essa instituição tem por missão a promoção social de famílias em situação de miséria urbana, que habitam o bairro e o entorno.

Palavras-chave: Hosistesia. Matriz integradora consciência. Sociedade e natureza. Não-dualidade. Miséria. Pobreza. Família. Meio ambiente.


Downloads 784  784  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Teses
Fazer Download agora!Cosmografia geográfica: a astronomia no ensino de geografia  Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
SOBREIRA, Paulo Henrique Azevedo

Esta pesquisa relaciona o Ensino da Astronomia ao Ensino da Geografia e aborda um grande cabedal de temas que expressam relações importantes entre os conhecimentos terrestres e os celestes. Estudou-se um campo que faz parte da Cosmografia e que se constitui em uma releitura na área de Geografia, para o qual se propõe a designação de “Cosmografia Geográfica”, ao invés do nome “Cosmografia”, simplesmente, ou “Geografia Astronômica”. O termo “Cosmografia” está em desuso, e suas atribuições foram incorporadas pela Astronomia, Cartografia, Náutica e pela Geografia, no entanto, sua função pedagógica no Ensino de Astronomia permaneceu ativa nos ensinos de Matemática e de Geografia no Brasil, ao longo dos séculos XIX e XX. A Cosmografia Geográfica é um campo de estudos da Geografia, cujo conjunto de conhecimentos e habilidades é predominantemente escolar.

Palavras-chave: Cosmografia. Cosmografia geográfica. Ensino de astronomia. Ensino de Geografia. Ensino de cartografia.

Downloads 601  601  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 »