Educadores

Ínicio : Geografia : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!(Geo)grafando o território: a mídia impressa no Ensino de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
KATUTA, Ângela Massumi; ELY, Deise Fabiana; PAULINO, Eliane Tomiasi et al (Orgs.)

O presente material tem por objetivo dialogar com o educador em Geografia no tocante ao uso da mídia impressa em sala de aula. O trabalho encontra-se dividido em duas partes. Na primeira, constam breves reflexões sobre a Geografia escolar e o seu papel na construção de conceitos e, portanto, entendimento da realidade. Nesta parte, chama-se a atenção para a centralidade das linguagens no tocante ao entendimento das ordenações espaciais, abordando especificamente o trabalho pedagógico com o jornal impresso. Na segunda, constam reflexões sobre alguns temas caros à Geografia e a abordagem destes nos jornais impressos.

Palavras-chave: Ensino de geografia, mídia impressa.

Downloads 1129  1129  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uel.br/laboratorios/latec/arquivos/cartilha3.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!A alfabetização cartográfica nas séries iniciais Popular Versão: 
Atualização:  27/10/2011
Descrição:
SANTOS, T. A. dos; BANDEIRA, S. M. de; LIMA, M. C.

A cartografia permite ler e interpretar o espaço próximo ou distante através de símbolos que se relacionam entre si, representando no papel um espaço reduzido, que fornece ao leitor informações que o ajudarão a se localizar no espaço e a compreender os diferentes espaços do mundo e suas dimensões. Esta temática deve ser trabalhada já nas séries iniciais do ensino fundamental, através de jogos e brincadeiras (MARTINELLI, 1998).

Palavras-chave: Cartografia. Espaço geográfico. Geografia. Alfabetização cartográfica.

Downloads 34881  34881  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPel  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!As alternativas para o gerenciamento dos resíduos sólidos em Curitiba - PR, e sua contribuição com a Popular Versão: 
Atualização:  4/9/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Nilza A. da Silva

O artigo trata exclusivamente sobre a forma de gerenciamento dos resíduos sólidos em Curitiba-PR, destacando as várias alternativas utilizadas para isto, bem como, salienta a necessidade de mudanças de hábito dos cidadãos para a contribuição na melhoria da qualidade de vida. A pesquisa foi realizada, tendo como fundamentação teórica as entidades dos órgãos públicos de Curitiba, bem como outros órgãos do governo que fornecem subsídios sobre o assunto.

Palavras- Chave: Resíduos sólidos. Gerenciamento e qualidade de vida.

Downloads 913  913  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!As imagens na geografia coordenadas semióticas para a compreensão da ordenação dos lugares Popular Versão: 
Atualização:  2/5/2013
Descrição:
KATUTA, Angela Massumi

O presente trabalho resulta dos desdobramentos oriundos de minha tese de doutoramento intitulada O Estrangeiro no “mundo da geografia”. Neste, inicialmente discuto, a relevância das imagens enquanto indícios, testemunhas oculares (Burke 2004), representações e registros de geograficidades e, portanto, sua imprescindibilidade no processo de construção dos conhecimentos geográficos. Posteriormente, indico a relevância da cartografia e, em específico do mapa, enquanto linguagem-imagem ou discurso fundamental para a compreensão das geograficidades do fenomênico. Contudo, aponto também a necessidade de apropriação de linguagens artísticas, dentre elas, o exemplo a ser utilizado será o da pintura, que auxilia no entendimento da ordenação espacial do fenomênico a partir da dimensão subjetiva-objetiva .

Palavras-chave: Imagens. Geografia. Linguagem. Ciência. Arte.

Downloads 2151  2151  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uel.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!O livro didático para as séries iniciais do ensino fundamental e formação no Brasil Popular Versão: 
Atualização:  7/5/2013
Descrição:
KATUTA, Angela Massumi

No presente trabalho, resgatamos rapidamente o histórico do livro didático e fazemos uma breve caracterização das relações docentes nas séries iniciais com este recurso. Neste item, indicamos que, historicamente, o professor tem se sujeitado ao livro principalmente em função do tipo de educação que recebe e, também das políticas voltadas à disseminação do seu uso que não privilegiaram a qualificação docente para tal. Em seguida, defendemos a ideia de que a fragmentação do objeto e da razão está no cerne da identidade do polivalência do professor do referido nível de ensino, o que, não obstante, também se expressa nas políticas voltadas à sua formação, na elaboração dos Parâmetros Curriculares Nacionais, na política nacional de livros didáticos, em sua produção e, consequentemente, na indicação desses últimos e sua utilização. Tais fatos demostram a necessidade de ruptura com a razão fragmentária nos mais variados âmbitos do ensino e instituições.

Palavras-chave: Formação docente. Razão fragmentária. Livro didático. Polivalência. Séries iniciais.

Downloads 15963  15963  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!Uma abordagem sistêmica para o desenvilvimento de projeto cartográfico como parte do processo de com Popular Versão: 
Atualização:  4/9/2013
Descrição:
SLUTER, Claudia Robbi

Este trabalho apresenta uma abordagem sistêmica para o desenvolvimento de projetos cartográficos, na qual todas as etapas estão concretamente inseridas no processo de comunicação cartográfica. Esta abordagem se diferencia das proposições encontradas na literatura por iniciar o desenvolvimento do projeto pela construção da sobreposição de conhecimento entre o cartógrafo e o usuário dos mapas. O resultado esperado é a própria comunicação cartográfica, ao invés de mapas para os quais seus usos possam resultar numa comunicação eficiente. Assim, a eficiência da comunicação cartográfica não é entendida como uma possibilidade, mas sim como uma condicionante das decisões de projeto. Para que isto ocorra o projeto tem início com o estudo do desenvolvimento intelectual e da formação profissional do usuário, e das tarefas que ele ou ela realizará para as quais necessita de mapas. O conhecimento adquirido nesta primeira etapa do projeto é utilizado para estabelecer os conteúdos a serem mapeados, e, portanto os mapas a serem construídos são definidos durante o processo do projeto. Esta abordagem se diferencia das proposições encontradas na literatura especializada em Cartografia porque considera que o conhecimento sobre o usuário e de suas demandas ou necessidades é a primeira tarefa a ser realizada, e não simplesmente uma condicionante do projeto.

Palavras-chave: Projeto cartográfico. Mapa temático. Comunicação cartográfica.

Downloads 813  813  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.agrarias.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!Representação da paisagem por alunos de um 7ª Série do Ensino Fundamental Popular Versão: 
Atualização:  4/9/2013
Descrição:
MANSANO, Cleres do Nascimento; OBARA, Ana Tiyomi; KIOURANIS, Neide Maria Michellan; PEZZATO, Pedro Pezzato.

Foi realizada uma investigação sobre a percepção ambiental de alunos de uma turma de 7ª série do ensino fundamental, nas aulas de Geografia, de uma escola pública do município de Maringá (PR). O objetivo do estudo foi identificar as representações e as percepções dos alunos sobre o termo “paisagem”, em relação às paisagens topofílicas e topofóbicas da escola e do bairro. Primeiramente, foi solicitado aos alunos que fizessem uma produção de texto e desenhassem o que consideravam ser uma “paisagem”. Em seguida, foi realizada a brincadeira da câmera fotográfica, em que cada dupla de alunos foi orientada a desenhar uma paisagem bonita e uma paisagem feia. Observamos que a maioria dos alunos associa o termo “paisagem” com a natureza. Observamos, ainda que, para grande parte dos alunos, a paisagem bonita está relacionada à natureza conservada, e a paisagem feia, à natureza degradada e aos elementos do ambiente construído.

Palavras-chave: Bairro. Escola. Percepção ambiental. Paisagem. Representação.

Downloads 7065  7065  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!Migração e urbanização no Brasil alguns desafios metodológicos para análise Popular Versão: 
Atualização:  4/9/2013
Descrição:
CUNHA, José Marcos Pinto

A partir de um olhar demográfico, este artigo tem por objetivo apresentar algumas reflexões sobre questões relevantes para a análise de migração e urbanização, considerando os avanços e lacunas existentes e, principalmente, as possibilidades analíticas propiciadas pelo uso criativo dos Censos Demográficos brasileiros mais recentes. Pretende-se contribuir não apenas para a ampliação da agenda de estudos, mas também para uma reflexão teórico-metodológica sobre os fenômenos em questão.

Palavras-chave: Urbanização. Migração interna. Censo demográfico.

Downloads 519  519  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!A Geografia da Inovação: uma Metodologia de Regionalização das Informações de Gastos em P&D no Br Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2013
Descrição:
SIMÕES, Rodrigo; OLIVEIRA, Alessandra; GITIRANA, Ayane; CUNHA, Juliana; CAMPOS, Márcia Campos e CRUZ, Wellington

A análise da produção científica e tecnológica no território brasileiro, a fim tanto de entender os determinantes desta prática no espaço, bem como contribuir para a elaboração de políticas específicas para o fomento destas atividades, tem sido objeto de vários estudos contemporâneos. Estes, geralmente, utilizam-se de variáveis proxies, sendo as mais comumente encontradas na literatura nacional as referentes a publicações de artigos e a registros de patentes. A publicação da Pesquisa Industrial de Inovação Tecnológica – Pintec, em 2002 abriu a possibilidade de se avaliar o desenvolvimento tecnológico brasileiro a partir de gastos em P&D, colocando o País no rol daqueles que divulgam estatísticas utilizando metodologia internacionalmente aceita sobre o assunto. Não obstante a disponibilização destas informações pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, ainda são poucos os trabalhos que utilizam-nas para um estudo mais detalhado da distribuição
espacial da inovação tecnológica brasileira.

Downloads 558  558  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufmg.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Artigos
Fazer Download agora!O Tratado da Antártica: Perspectivas Territorialista e Internacionalista Popular Versão: 
Atualização:  4/9/2013
Descrição:
Vieira, Friederick Brum

Enquanto fenômeno das relações internacionais, o Tratado da Antártica pode ser explicitado por dois grandes vieses: o geopolítico e o jurídico. Argumenta-se que o continente antártico expressa interesses geopolíticos de Estados que reivindicam fatias de seu território, numa perspectiva chamada de “territorialista’’, mas que tais interesses são condicionados juridicamente por norma internacional através de uma outra perspectiva, denominada de ‘’internacionalista’’. Assim, o Tratado da Antártica agiria como um aliviador de tensões que, sem negar as reivindicações territoriais sobre o território antártico, as eclipsaria ao traduzir a questão num contexto marcado pela paz, pela ciência e pela cooperação internacional. Este trabalho busca refletir sobre essa hipótese e antecipar algumas das premissas sobre as quais se baseia o projeto de pesquisa de doutorado do autor, cujo objeto são as demandas de Estados latino-americanos sobre a Antártica.

Palavras-chave:Tratado da Antártica. Territorialismo. Internacionalismo. Geopolítica. Direito Internacional.

Downloads 800  800  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 »