Educadores

Ínicio : Filosofia : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Maquiavel e Weber: A lógica do poder e a ética da ação - O “Príncipe-Centauro" e o “Homem Autêntico” Popular Versão: PDF
Atualização:  9/8/2013
Descrição:
DA ROSA, Luis Carlos Mariano

Sobrepondo-se ao ideal que se impõe à teoria política que circunscreve a sua atividade à busca do bem comum e se detém, por essa razão, na investigação dos princípios capazes de viabilizar a instauração do bom governo, a perspectiva de Maquiavel, através do fundamento da experiência e das exemplificações da historialidade, converge para a descoberta de leis que possibilitem a fundação de um Estado, a obtenção do poder e a sua conservação, a instituição da ciência empírica da política, que, caracterizada pela objetividade e realismo, demanda, no âmbito da relação que envolve ética e política, uma distinção entre a moral privada e a moral pública, implicando uma correspondência com a interpretação de Weber, que analisa os fundamentos do poder e imputa ao Estado a condição de detentor da violência “legítima”, identificando a política como uma relação de dominação e a possibilidade do exercício de duas éticas, a saber, a “ética das últimas finalidades” (“ética da convicção”) e a “ética da responsabilidade”.

Palavras-chave: Maquiavel. Estado. Política. Ética. Realismo. Weber.

Downloads 7615  7615  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Ciências Humanas  Site http://www.rchunitau.com.br/revista/index.php/rch/article/view/57/50
Avaliação: 8.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!A Teoria Analítica da Ciência e a Dialética Aristotélica Popular Versão: PDF
Atualização:  25/4/2013
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

O artigo em questão se detém nas fronteiras da teoria aristotélica do conhecimento, que acena com a transposição da dicotomia platônica à medida que critica o supra-sensível e propõe a imanência do inteligível em relação ao mundo sensível através de uma leitura que converge para identificar a substância individual, unidade de matéria e de forma, como a única realidade, emergindo, nesta perspectiva, a ciência das quatro causas para justificar a mudança cujo princípio em si mesmos os seres da natureza carregam, tornando-se o Organon no âmbito do referido projeto o único instrumento capaz de possibilitar a constituição da estruturalidade científica.

Palavras-chave: Conceito. Pensamento. Argumento. Realidade. Ciência.

Downloads 589  589  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Seara Filosófica  Site http://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/searafilosofica/article/viewFile/546/580
Avaliação: 8.00 (3 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Do “vir-a-ser” nietzschiano [do “instinto natural filosófico”] Popular Versão: PDF
Atualização:  10/4/2012
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

Dialogando com a busca do homem em relação ao desenvolvimento e à expressão de suas inclinações, o filme Sociedade dos Poetas Mortos assinala as fronteiras que se impõem à instituição escolar e ao processo formativo-educacional no tocante à incapacidade que carregam de fomentar a autoconstrução de um ser a emergência de cujas possibilidades depende da superação do excesso de “cultura histórica”.

Palavras-chave: Filosofia. Cultura. Educação. Conhecimento. Linguagem.

Downloads 1082  1082  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista P@rtes  Site http://www.partes.com.br/cultura/viraser.asp
Avaliação: 8.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Popper e a objetividade do conhecimento científico: a ciênca provisória e a verdade temporária Popular Versão: PDF
Atualização:  10/4/2012
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

Se a leitura da epistemologia clássica e a perspectiva dos adeptos do “empirismo lógico” assinalam que a ciência demanda a exclusão de tudo aquilo que não se impõe ao horizonte que envolve a dedutibilidade analítica e a verificabilidade, Karl Popper defende que mais do que saber quando e em que condição uma teoria dialoga com a verdade a relevância não acena senão para a demarcação entre ciência e não ciência, particularmente no tocante às fronteiras que abrangem a ciência que carrega autenticidade (que emerge através da construção de Newton, submetida ao aperfeiçoamento e à correção de Einstein) e as ideologias (marxismo e psicanálise), tornando-se imprescindível a busca de uma resposta para a questão referente ao critério capaz de estabelecer o estatuto científico de um universo teórico ou de um enunciado.

Palavras-chave: Popper. Ciência. Indução. Verificabilidade. Falibilidade.

Downloads 1036  1036  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Cognitio-Estudos  Site http://revistas.pucsp.br/index.php/cognitio/issue/view/368/showToc
Avaliação: 8.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!A educação na França Iluminista: Voltaire e o ensaio sobre a moral e os costumes dos povos Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
LEAL, Djaci Pereira; Terezinha Oliveira

Com este artigo, busca-se analisar as influências do pensamento de Voltaire na educação da sociedade francesa do século XVIII. A obra referencial deste estudo é o Ensaio sobre a moral e os costumes dos povos, na qual Voltaire analisa historicamente a construção das instituições Igreja e Estado. Destaque-se que nessa obra encontramos uma concepção distinta das demais obras do autor em relação à Idade Média. Em seu Ensaio, Voltaire ressalta a importância das relações medievais para a construção da nação moderna francesa, fato que não ocorre em outros escritos do autor, uma vez que neles prevalece sua pena ferina contra a permanência de instituições do Antigo Regime. Duas questões são enfocadas neste trabalho em relação à compreensão da obra de Voltaire. A primeira refere-se às diferenças de interpretação em relação ao medievo nas obras deste autor. A segunda incide sobre o caráter educativo desta obra, em especial as características referentes às heranças culturais medievais da sociedade francesa, do século XVIII.

Palavras-chave: História da educação. Iluminismo. Idade Média. Voltaire.

Downloads 9528  9528  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Histedbr  Site http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/25/sumario25.htm
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Da Essencialização da Realidade Popular Versão: PDF
Atualização:  26/8/2013
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

Ação que intencionaliza a construcionalidade humana de acordo com um arcabouço paradigmático institucionalizado pela sociedade [ou melhor, através de uma de suas classes ou segmentos, em nome dela], o processo formativo-educacional tende a atribuir caráter preeminente à constitutividade do ser social ou a absolutizar a estruturalização individual, cujas vertentes o texto em questão aborda, ilustrando a primeira através do pensamento de Durkheim e recorrendo a Rousseau para exemplificar a segunda, embora até mesmo nesta haja um rastro de prerrogativas que esboçam a silhueta do cidadão, arquétipo não circunscrito àquela, mas que pode emergir, e emerge, guardando relacionalidade com a contextualidade sociocultural [e consequencialmente política, econômica, histórica], como o demonstra Bourdieu.

Palavras-chave: Social. Consciência. Individual. Educação. Cultura.

Downloads 1817  1817  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!A Vela e o Caminho (Da Construção coletiva do Saber) Popular Versão: PDF
Atualização:  25/4/2013
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

O artigo em questão se detém no método baconiano, que emerge através do Novum Organum (ou Verdadeiras Indicações acerca da Interpretação da Natureza) e acena com a pretensão de possibilitar o verdadeiro progresso da ciência, que demanda, em suma, a erradicação das predisposições para o erro, dos preconceitos e das noções falsas que impedem o acesso à verdade, dos “ídolos”, enfim, segundo a leitura de Bacon, que propõe o controle científico sobre a natureza como fator determinante da harmonia e do bem-estar dos homens, conforme o ideal exposto no trabalho intitulado Nova Atlântida, que converge para caracterizar o saber como uma construção coletiva, desenhando um horizonte que se impõe ao processo formativo-educacional, à medida que estabelece uma relação envolvendo conhecimento e poder que guarda raízes nas fronteiras da experiência, em cuja perspectiva a investigação em referência dialoga com a metodologia freinetiana, que sublinha a articulação entre teoria e prática e assinala o papel que cumpre o trabalho em uma aprendizagem que traz como fundamento a ação.

Palavras-chave: Bacon. Indução. Conhecimento. Experiência. Ídolos. Freinet. Educação. Trabalho.

Downloads 903  903  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ceuclar  Site http://
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Da educação: do jogo sociocultural e a inter-relação envolvendo modus vivendi e modus essendi Popular Versão: PDF
Atualização:  27/2/2012
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

O artigo em questão se detém na análise da educação por meio da mensagem do filme Coach Carter - Treino para a Vida (2005), que acena com o paradoxo da democratização do ensino e converge para as fronteiras que assinalam a função da escola e o papel do educador, sublinhando o jogo sociocultural e a inter-relação envolvendo modus vivendi e modus essendi que perfazem o referido processo.

Palavras-chave: Escola. Cultura. Sociedade.

Downloads 516  516  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Acta Scientiarum. Education  Site http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciEduc/article/view/12753/pdf
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Os ídolos da caverna e a sociedade contemporânea: do narcisismo biopsicocultural Popular Versão: PDF
Atualização:  27/2/2012
Descrição:
ROSA, Luiz Carlos Mariano da

Correlacionando-a à sociedade contemporânea, o artigo em questão acena com a leitura dos ídolos da caverna [Bacon], detendo-se especificamente na questão que envolve a natureza do indivíduo, cuja tendência não se impõe senão para adaptar ao arcabouço de sua perspectiva o conteúdo resultante do processo de endoculturação, convergindo, em suma, para as fronteiras da dogmatização, conforme assinala a emergência do cientificismo materialista que, em nome do progresso, institui a crença nos pressupostos tecnocientíficos, propondo a credibilização das referencialidades do arcabouço da ciência e da circunscrição da técnica como condicionalidades determinantes da emancipação social, caracterizando-se, pois, como uma falsa noção, tal como atestam as suas consequências.

Palavras-chave: Ídolos. Ideologia. Educação. Sociedade.

Downloads 1068  1068  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Filosofia Capital  Site http://www.filosofiacapital.org/ojs-2.1.1/index.php/filosofiacapital/article/view/220/186
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Artigos
Fazer Download agora!Mito e Filosofia: Do homo poeticus Popular Versão: PDF
Atualização:  18/11/2016
Descrição:
ROSA, Luis Carlos Mariano da

Detendo-se na questão do simbólico, que, precedendo e excedendo a razão, se impõe como fundamento da condição de uma existência que não tende a dialogar senão com a possibilidade, o artigo em questão investiga a sua emergência através das formas que se inter-relacionam na constitutividade da realidade (a saber, a linguagem, o mito, a religião), recorrendo à noção do sistema proposto pela leitura de Ernst Cassirer, que instaura um processo que do pertencimento à espécie animal à fala, do mythos ao lógos, acena com a experiência da autoconstrução humana, convergindo para possibilitar, em suma, antes do que o conhecimento do Ser, a sua criação.

Palavras-chave: Cassirer. Simbólico. Linguagem. Mito. Logos.

Downloads 846  846  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Saberes: Revista Interdisciplinar de Filosofia e E  Site https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/5515/4928
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 (12) 13 14 »