Educadores

Ínicio : Espanhol : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (novos listados primeiro)

Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!La formación de professores en España Popular Versão: 
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
ASTUDILLO, Maria Teresa González

En España, la formación de los profesores ha seguido distintos modelos a lo largo de la historia, condicionados por la situación política y social de cada momento. Desde la creación de la primera Escuela Normal hasta la revisión actual de los planes de estudio para adaptarlos al contexto europeo, en este escrito se revisa el devenir de esta formación.

Palabras clave: Formación de profesores. Legislación. Planes de estudio.

Downloads 714  714  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Diálogo Educacional  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!La enseñanza-aprendizaje de prácticas del lenguaje: una propuesta Popular Versão: 
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
CORTÉS, Adriana Mabel
MENÉNDEZ, Salvio Martín

En la Provincia de Buenos Aires, Argentina, desde 2006, se está instrumentando de manera gradual un nuevo diseño curricular para la escuela secundaria, organizada en seis años y dirigida a una población estudiantil de entre 13 y 18 años. A la fecha, se ha podido poner en práctica el diseño curricular para los dos primeros años y está en proceso de evaluación la ex-periencia piloto correspondiente al tercero. Cabe aclarar, además, que la Provincia de Buenos Aires es la unidad geográfica con mayor densidad poblacional y que, por ende, sus políticas han sido y suelen ser modélicas para el resto del país, a pesar de que la incumbencia sobre políticas educativas en ese nivel es de orden provincial. La enseñanza-aprendizaje de la lengua materna y de la literatura se postula en una asignatura denominada Prácticas del lenguaje, siendo la Literatura uno de sus ámbitos; los otros dos son Formación ciudadana y Estudio. Aquí trabajaremos con el material oficial provisto para el primer año, en virtud de que todavía está en proceso de instrumentación el segundo y de evaluación el tercero.

Downloads 4842  4842  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma 4º ALSFAL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!La enseñanza de los registros lingüísiticos en ELE. Una Aplicación a la conversación Popular Versão: 
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
MARTA, Albelda Marco; COLOMER, Mª José Fernández

En este artículo se defiende la necesidad de trabajar los registros lingüísticos, y especialmente el coloquial, en la enseñanza del español como lengua extranjera y como segunda lengua. En particular, se destacan las ventajas que ofrece el aprendizaje de lenguas a partir de transliteraciones o transcripciones de conversaciones orales reales. Las conversaciones reales presentan un abanico muy amplio de aspectos de la lengua hablada que no suelen recogerse en los materiales del E/LE y E/L2 creados ad hoc. El estudiante de la lengua extranjera, después de mucho tiempo dedicado al aprendizaje del español, puede verse fracasado en encuentros auténticos con hablantes nativos del español. Sabemos que conocer una lengua es poseer su competencia comunicativa. Cada vez más los manuales de enseñanza de idiomas se detienen en cuestiones de léxico coloquial, en la fraseología o en aquellas construcciones sintácticas más alejadas de los patrones canónicos que tradicionalmente consideramos sistemáticos. Sin embargo, siendo esto muy necesario y provechoso, no es suficiente. El dominio de la lengua implica una integración de las distintas subcompetencias comunicativas y no solo trabajarlas por separado. De ahí que se haga necesaria la enseñanza del idioma a partir de discursos reales, enfrentando a los estudiantes en el aula con la misma realidad lingüística que se encontrarán fuera de ella.

Palavras-chave: Conversación coloquial. Entrevista formal. Registro. Transcripción. Lengua hablada.

Downloads 1480  1480  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma MarcoELE Nº3 ISSN 1885-2211  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!La enseñanza de los marcadores del discurso en los manuales de ELE: el enfoque de algunos problemas  Popular Versão: 
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
NOGUEIRA DA SILVA, Antonio Messias

En este artículo analizamos la introducción de los marcadores del discurso en los manuales de ELE destinados al nivel B2, según el MCERL. En particular, describiremos y analizaremos algunos problemas lingüístico-discusivos relacionados con los marcadores del discurso en estos manuales. Tales problemas tienen que ver con el tratamiento dado por los manuales a los marcadores del discurso y su relación con el registro de lengua, con los géneros y tipologías textuales, así como con la polifuncionalidad de estas unidades, con los rasgos suprasegmentales que los caracterizan y con los marcadores no verbales que los acompañan o los sustituyen en el discurso. Los resultados de nuestra investigación apuntan no sólo a la carencia del tratamiento de algunos de estos aspectos en los manuales analizados sino también a su completa ausencia, puesto que muchos manuales de ELE todavía siguen sin prestarles la debida atención.

Palabras clave: Marcadores del discurso. Manuales del ELE. Registro de lengua. Géneros y tipologías textuales. Polifuncionalidad. Rasgos suprasegmentales. Marcadores no verbales.

Downloads 446  446  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REvista Redele, 19  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!La conversación en clase: una propuesta de enseñanza del discurso conversacional para el aula de E/L Popular Versão: 
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
García, Marta

La didáctica de la expresión oral tiene uno de sus mayores retos en preparar a los alumnos para la comunicación espontánea, aquella que se produce cuando los participantes no han planificado previamente ni el contenido ni el desarrollo de la interacción y tiene lugar con el fin de establecer o mantener relaciones sociales, es decir, para el tipo de discurso que denominamos conversación. La importancia del dominio de la habilidad conversacional para el estudiante de una segunda lengua resulta evidente si consideramos que los seres humanos nos pasamos una gran parte de nuestra vida conversando y que la conversación es el medio por excelencia que usamos para relacionarnos con los demás. Un extranjero que no sepa participar en una conversación no podrá tampoco establecer una relación de confianza con los hablantes de la lengua meta y perderá toda posibilidad de participar e integrarse plenamente en la vida cultural de esa comunidad. Como respuesta a este reto, las clases de conversación o de expresión oral se han convertido en clásicos dentro de la oferta de cursos de casi todas las instituciones de enseñanza, aunque con materiales y metodologías muy diversos, que pasamos a revisar a continuación.

Downloads 408  408  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Glosas didácticas No 12, Otoño 2004  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!Investigação dos dados sobre estilos de aprendizagem dos alunos freqüentadores da base de apoio ao a Popular Versão: 
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
Silva, Élen Cristina Lopes da; Silva, Walkyria Magno e

Estilos de aprendizagem são características particulares de aprender uma língua estrangeira (LE) e o estudo acerca desse assunto pode explicar e servir de base para a proposta de soluções a alguns problemas encontrados no aprendizado de LE. No projeto de pesquisa e ensino Caminhos da Autonomia na Aprendizagem de LE, são utilizados testes de estilos de aprendizagem, aplicados na Base de Apoio ao Aprendizado Autônomo (BA3), para conscientizar os alunos de seus canais preferenciais para aprender. O teste utilizado para o levantamento inicial de dados para este estudo foi elaborado por Nunan (1996 apud GARDNER & MILLER, 1999) e consiste em detectar três estilos de aprendizagem relacionados a três sistemas sensoriais preferenciais: visual, auditivo e sinestésico. Após a análise dos dados de 75 frequentadores da BA3, constatou-se a impossibilidade de estabelecer parâmetros precisos de ocorrência dos estilos de aprendizagem, pois o resultado varia nos semestres em que foi levantado, provando, no contexto local, o caráter individual do canal preferencial de aprendizado. Em seguida foram selecionados dez sujeitos para estudos mais detalhados, sendo que nessa etapa os instrumentos utilizados foram uma narrativa de aprendizagem e uma entrevista. A pesquisa respondeu a uma das indagações de nosso interesse: saber se os estilos de aprendizagem, uma vez identificados, efetivamente ajudavam o aluno a aprender mais e melhor. Os resultados expostos neste artigo respondem positivamente a essa pergunta no âmbito local. A identificação dos estilos preferenciais de aprendizagem tem um papel preponderante no aprender a aprender, uma vez que de posse desse conhecimento cada indivíduo pode desenvolver estratégias de aprendizagem para se tornar competente na LE alvo.

Downloads 529  529  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPA  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!Iniciativas para a implantação do espanhol: a distância entre o discurso e a prática  Popular Versão: 
Atualização:  1/10/2013
Descrição:
GONZÁLEZ, Neide Maia

A sanção da Lei 11.161 em 05/05/2005 trouxe consigo a necessidade de que decisões a respeito da implantação da oferta da disciplina de Língua Espanhola nas escolas tivessem de ser tomadas pelas várias instâncias que regulam as atividades educativas de nosso país, nos níveis municipal, estadual e federal. Desde aquela data até o momento em que este texto estava sendo escrito, temos procurado companhar, tanto quanto possível, as diversas ações – ou a falta delas, em alguns casos – e fomos testemunha de alguns gestos positivos, mas também de uma sucessão de iniciativas desencontradas e incoerentes, que envolvem, por um lado, a falta de entendimento entre essas diversas instâncias (lembremos que a lei é federal, mas sua implementação depende dos municípios e principalmente dos estados); por outro, envolvem também um jogo permanente com a informação (relativo a números, necessidades, possibilidades, disponibilidades etc.) veiculada por organismos interessados na questão e pela imprensa, jogo esse que não tem feito outra coisa senão levar a uma conveniente desinformação.

Downloads 400  400  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma MEC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!Gêneros textuais no ensino fundamental: um desafio para professores em formação Popular Versão: 
Atualização:  1/10/2013
Descrição:
NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do

O presente trabalho se propõe a relatar e a analisar uma experiência de formação continuada, fundamentada em sequência didática com gêneros textuais, para professores de Língua Portuguesa, do Ensino Fundamental, no Município de João Pessoa-PB. O projeto teve como embasamento a Teoria Enunciativo-Discursiva de Bakhtin (2000) e as orientações teóricas do grupo de Genebra (Bronckart (1999), Schneuwly (1994, 1997), Schneuwly e Dolz (2001, 2004). A experiência foi realizada durante todo o ano de 2008, atendendo a proximadamente 150 professores da rede municipal, assistidos por 10 professores da UFPB, UEPB e CEFET-PB. O trabalho foi operacionalizado por meio de formação teórica, elaboração e análise de recursos didáticos como planos de aula e sequências didáticas por cada professor e sua devida aplicação em sala de aula. Neste trabalho, relatamos uma análise da experiência realizada, sobretudo das principais dificuldades apresentadas pelos professores em formação no trabalho com os gêneros textuais, na perspectiva adotada, utilizando como corpus os relatórios de acompanhamento dos professores formadores.

Palavras-chave: Gênero textual/discursivo. Sequência didática. Ensino.

Downloads 821  821  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Linguagem & Ensino, Pelotas, v.13, n.2, p. 397-414  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!Gêneros discursivos e o ensino de linguagem Popular Versão: 
Atualização:  1/10/2013
Descrição:
LINS, Neilton Farias

Com base na Análise da Conversação, este artigo tem como objetivo propor uma reflexão sobre a contribuição dos gêneros discursivos no ensino de língua materna e uma breve exposição sobre a teoria de gêneros discursivos. Essa pesquisa/estudo foi realizada dentro de uma perspectiva sociointeracionista. Nesse sentido, a análise esteve embasado nas teorias propostas por Bakhtin (1992), Halliday (1885), Koch (1993), Marcuschi (2003), Rojo (2004), Shneuwly (1997), Dozl (1997) , Castilho (1998), autores que compartilham do princípio segundo o qual o homem transforma o mundo através da utilização de instrumentos e atribuem à linguagem o papel de instrumento essencial para essa atuação transformadora. O interacionismo sócio-discursivo constitui a base teórica sobre a qual está calcada a presente indagação, e atribui à linguagem e à interação o papel de instrumentos essenciais na construção do conhecimento e na formação dos indivíduos. As ideias dos autores citados estão intimamente relacionadas e têm como vértice a linguagem enquanto agente construtor de conhecimento e, portanto, transformador
da atividade humana no mundo.

Palavras-chave: Gêneros discursivos. Linguagem. Texto.

Downloads 9469  9469  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Letra Magna Ano 04 n.06-1o Semestre de 200  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Espanhol Artigos
Fazer Download agora!Formas de funcionalismo em sintaxe Popular Versão: 
Atualização:  1/10/2013
Descrição:
KATO, Mary Aizawa

Este trabalho procura mostrar que o termo "funcionalismo", frequentemente suposto como uma abordagem única ou uniforme na lingüística, precisa ser compreendido em suas diversas perspectivas. Início o trabalho apresentando o contraste conceitual semelhante às de Língua-I e Língua-E, em Chomsky (1986). Tal como na primeira concepção, a língua, na visão funcionalista, pode ser tomada como um modelo abstrato do mecanismo interno da mente responsável pela produção e percepção da língua ou , como na segunda, pode ser entendida como a descrição dos usos externos da língua. Também paralelamente aos formalistas, há funcionalistas que procuram a variação translinguística possível (os universais do uso da língua) e funcionalistas que procuram determinar as causas da variação intra-linguística. Também procura mostrar que os funcionalistas podem diferir na extensão do uso de variáveis sociais na explicação da forma linguística.

Downloads 1702  1702  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma D.E.L.T.A., v. 14, volume especial, p. 145-168.  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 »