Educadores

Ínicio : Ciências : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do pior para o melhor avaliado)

Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O ensino de Ciências no Ensino Fundamental: colocando as pedras fundacionais do pensamento científic Popular Versão: PDF
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
FURMAN, Melina

A partir da comparação de diferentes cenários – situações didáticas de sala de aula – a autora descreve e questiona as concepções sobre a ciência e a aprendizagem que os professores utilizam em suas aulas na hora de ensinar um conteúdo científico e propõe uma reflexão sobre a metodologia investigativa. O modelo didático por investigação tem aqui o propósito de dar uma resposta à necessidade de que o ensino de Ciências seja fiel à própria natureza da Ciência, que não leva em consideração apenas aquilo que se conhece, mas, fundamentalmente, o processo de como chegamos a conhecer algo.

Palavras-chave: Atividades experimentais; Ensino de Ciências.

Downloads 448  448  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma SANGARI BRASIL - Outubro de 2009  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Avaliação formativa: a auto-avaliação do aluno e a autoformação de professores Popular Versão: pdf
Atualização:  17/5/2012
Descrição:
CARVALHO, Lizete Maria Orquiza de; MARTINEZ, Carmem Lídia Pires

Este artigo é parte de uma dissertação de mestrado na qual analisamos a reflexão sobre a prática de avaliação realizada por professores de Ciências de uma escola estadual de educação básica, durante os horários de trabalho pedagógico coletivo (HTPC). Acompanhamos, durante seis meses, a perspectiva de implementação da avaliação formativa por estes professores, o que se deu a partir do estudo de um texto básico, bem como analisamos as repercussões do estudo feito pelo grupo na autoformação dos professores e na reflexão dos pesquisadores envolvidos na investigação-ação.

Palavras-chave: Avaliação formativa. Educação de Professores. Educação em Ciências.

Downloads 559  559  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v. 11, n. 1, p. 133-144, 2005.  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Mitos e estações no céu Tupi-Guarani Popular Versão: pdf
Atualização:  8/10/2012
Descrição:
AFONSO, Germano Bruno

Com astronomia própria, índios brasileiros definiam o tempo de colheita, a contagem de dias, meses e anos, a duração das marés, a chegada das chuvas. Desenhavam no céu histórias de mitos, lendas e seus códigos morais, fazendo do firmamento esteio de seu cotidiano.

Downloads 2802  2802  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Scientific American Brasil  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A Prática de Ensino nas Licenciaturas e a Pesquisa em Ensino de  Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MARANDINO, Martha

Este trabalho tem por objetivo discutir os desafios que se colocam hoje para a disciplina de Prática de Ensino, nas diferentes áreas das Ciências Naturais, como a Biologia, a Física e a Química, tendo por base a pesquisa em Ensino de Ciências. Procuramos, a partir de análise bibliográfica, discutir as especificidades desta disciplina frente às questões que permeiam os campos da Educação de forma ampla e do Ensino de Ciências. Foi intenção, também, contextualizar a Prática de Ensino no bojo da atual legislação e do debate sobre as Diretrizes Curriculares para a Formação de Professores.

Palavras­ chave: Prática de ensino. Formação de Professores. Ensino de Ciências.

Downloads 3374  3374  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Cad.Bras.Ens.Fís.,v.20, n.2: p.168-193, ago.2003  Site http://paje.fe.usp.br/estrutura/geenf/textos/apraticadensinoartigo4.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Astronomia Indígena Popular Versão: pdf
Atualização:  5/2/2013
Descrição:
AFONSO, Germano Bruno

Os conhecimentos astronômicos empíricos dos indígenas, relativos aos movimentos do Sol, da Lua, da Via-Láctea e de suas constelações, associados à biodiversidade local, suficientes para a sobrevivência em sociedade, são desconhecidos por muitos historiadores da ciência. Nesta artigo, apresentamos uma parte desses conhecimentos, que conseguimos resgatar, utilizando documentos históricos, que relatam a importância da astronomia no cotidiano das famílias indígenas; vestígios arqueológicos, tais como a arte rupestre e os monumentos rochosos, que possuem conotação astronômica; diálogos informais e observações do céu com pajés de todas as regiões brasileiras.

Palavras-chave: Astronomia indígena, Astros, constelações.

Downloads 545  545  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Redes Cotidianas de Conhecimento e os Museus de Ciência Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
GOUVÊA, Guaracira; VALENTE, Maria Esther; CAZELLI, Sibele; MARANDINO, Martha

Os crescentes desafios gerados pelos avanços tecnológicos e da informação convocam a educação a cumprir a função de suprir as demandas de ampliação da cultura científica da sociedade. O museu de ciência, enquanto promotor de educação não-formal, exerce seu papel social ao se apresentar como uma instância das redes cotidianas de conhecimento que pode contribuir nessa ampliação. A presente reflexão é fruto das investigações realizadas pela equipe da Coordenação de Educação do Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST, e se refere particularmente aos estudos sobre a especificidade da instituição museu e às questões ligadas à relação museu – escola.

Palavras-chave: Desafios. Avanços Tecnológicos. Informação. Museu. Ciência.

Downloads 1244  1244  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Parecerias Estratégicas, Brasília, n. 11, 2001. FE  Site http://paje.fe.usp.br/estrutura/geenf/textos/redescotidianasartigo9.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A Educação Não-formal e a Divulgação Científica: O que pensa quem faz? Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CHELINI, Maria Julia; FERNANDES, Alessandra B.; FERNANDES, José A.; FLORENTINO, Harlei A.; LOURENÇO, Márcia F.; MARANDINO, Martha; MARTINS, Luciana C.; RACHID, Viviane; SILVEIRA, Rodrigo V. M. da.

A educação em ciências está presente nos espaços não-formais de educação e nas diferentes mídias, havendo a necessidade de pesquisas sobre essa temática. O Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Educação Não-Formal e Divulgação em Ciências na FEUSP vem buscando compreender o significado dessas práticas. Neste trabalho, houve a intenção de definir e aprofundar os conceitos de educação não-formal e divulgação científica, a partir do levantamento teórico e da experiência de profissionais que atuam nestas áreas. Os dados obtidos até o presente momento reforçam a percepção da inexistência de uma definição comum desses termos tanto na bibliografia, quanto entre os profissionais da área, pois já foi verificado o uso de critérios diferenciados para a definição dos termos em estudo.

Palavras-chave: Educação. Ciências. Formal e não-formal. Práticas.

Downloads 1775  1775  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo  Site http://paje.fe.usp.br/estrutura/geenf/textos/oquepensa_trabcongresso5.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A Importância da Biodiversidade Popular Versão: PDF
Atualização:  19/2/2013
Descrição:
SANTOS, Fernando Santiago dos.

Diversas são as definições que podem ser aplicadas ao termo biodiversidade, incluindo as mais simples (riqueza do número de espécies) e outras mais abrangentes e complexas (variedade de seres vivos da Terra, fruto de bilhões de anos de evolução, moldada pelos processos de seleção natural e também pelas interferências antrópicas). A biodiversidade pode ser interpretada do ponto de vista da variação intra-específica e incluir, em maior escala, a variedade de tipos de comunidades ou ecossistemas de dada região. Ainda não há consenso entre os pesquisadores acerca do número de espécies existentes atualmente em nosso planeta. A disparidade numérica (entre três e 30 milhões de espécies) deve-se, entre outros fatores, às dificuldades de identificação e descrição dos grupos biológicos, além da extinção de espécies que sequer chegam a ser inventariadas e catalogadas. Algumas estimativas recentes apontam o Brasil como um dos países mega-diversos, com cerca de 50 mil espécies de fanerógamas e com 13% do total mundial de espécies de plantas, animais e fungos. Além disto, poucas unidades federativas brasileiras dispõem de listagens de plantas e animais. São Paulo e Santa Catarina, por exemplo, têm sido apontados como os estados com trabalhos mais completos de suas faunas e floras, destacando-se, no primeiro, os esforços do programa Biota da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Biota – FAPESP). Em dez anos de trabalho, cerca de duas mil novas espécies foram catalogadas nesse programa. Com o intuito de preservar o patrimônio genético em nosso planeta, 25 áreas de alto endemismo e fortes pressões antropogênicas (hot spots) foram reconhecidas: estas áreas detêm 44% de espécies de plantas do mundo e 35% de espécies de vertebrados (excluindo peixes). O bioma atlântico e o cerrado são dois hot spots brasileiros com expressividade no panorama mundial. Particularmente no cenário brasileiro, o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), visando à preservação e à conservação do patrimônio biológico nacional, reconhece diversas Unidades de Conservação (UCs) como as UCs de Proteção Integral (Parques Nacionais e Reservas Biológicas, por exemplo) e as UCs de Uso Sustentável (Florestas Nacionais, Reservas Particulares do Patrimônio Natural, por exemplo). Muitas são as ameaças à biodiversidade, principalmente nas regiões intertropicais (favorecidas, em milhões de anos, por alternância entre períodos quentes e de glaciações, que modificaram o clima e a estrutura da Terra): destruição de habitats, introdução de espécies exóticas oriundas de água de lastro, por meio de trânsito de sementes etc., diminuição de endemismo, contrabando, caça e pesca predatórias, extinção de espécies, entre outras. Neste contexto, é importante a investigação acerca do papel desempenhado pelas espécies-chave nas funções ecológicas dos ecossistemas e o comprometimento destes em função da extinção dessas espécies, além da suscetibilidade a doenças e dizimações em massa existente entre populações cujos indivíduos possuem pouca variação genética. Levantamentos da Convenção sobre a Diversidade Biológica da ONU apontam taxas de perda de espécies que chegam a cem vezes à da extinção natural. Tais taxas têm tido um crescimento exponencial recentemente. Em face desta situação, é premente a ação de governos e sociedade civil organizada para a tomada de decisões que visem a alternativas viáveis que conciliem desenvolvimento sem comprometimento da imensa riqueza biológica de nossa biosfera.


Downloads 21363  21363  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Paidéi@, Vol. 2, n. 4, 2010  Site http://revistapaideia.unimesvirtual.com.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Reprodução Humana: abordagem histórica na formação dos professores de Biologia Popular Versão: PDF
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
SLONGO, Iône Inês Pinsson; DELIZOICOV, Demétrio.

Com a meta de sistematizar uma maneira de utilizar a abordagem histórica no ensino de Biologia, foi desenvolvida uma pesquisa em um curso de formação inicial de professores de Biologia, articulada ao ensino das disciplinas de Prática de Ensino de Biologia e Fisiologia Humana. Neste trabalho é apresentada uma síntese do estudo histórico-epistemológico realizado sobre o tema Reprodução Humana. Os resultados deste estudo possibilitou o planejamento, desenvolvimento e análise de um curso, que pautou-se numa concepção educacional progressista, fundamentalmente nas categorias dialogicidade e problematização do conhecimento. Aspectos considerados significativos desta abordagem são apresentados.

Palavras-chave: Pesquisa. Metodologia. Professores. Formação. Pesquisa Educacional.

Downloads 346  346  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A História da Disciplina Escolar Ciências nas Dissertações e Teses Brasileiras no Período 1981-1995 Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FERREIRA, Marcia Serra; MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa

O artigo aborda a história da disciplina escolar de ciências, na produção acadêmica brasileira entre 1981 e 1995. Analisa nove dissertações e teses que focalizam o ensino fundamental e que possuem um viés histórico. Com base em Goodson, argumenta que o entendimento do processo de construção social de uma determinada disciplina exige a consideração de fatores internos e externos. Destaca, ao mesmo tempo, a importância de se analisarem, entre os diversos fatores internos, as teses e dissertações defendidas nos programas de pós-graduação. Afirma que ainda há muito a ser investigado sobre a área em pauta, uma vez que boa parte dos trabalhos realizados são muito descritivos.

Palavras-chave: Currículo. Ensino de Ciências. História das disciplinas.

Downloads 1229  1229  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ENSAIO – Vol 03, n. 01, jun. 2001.  Site http://www.fae.ufmg.br/ensaio/v3_n2/marciantonio.PDF
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 (4) 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 »