Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Zoneamento socioambiental participativo do lugar denominado caça e pesca-Fortaleza/CE Popular Versão: 
Atualização:  15/5/2013
Descrição:
Zoneamento socioambiental participativo do lugar denominado caça e pesca-Fortaleza/CE - Contribuição ao desenvolvimento sustentável da capital cearense

SILVA, Marco Antonio Krichanã da

Esta pesquisa objetivou produzir, em bases preliminares, documentação organizada sobre o lugar denominado Caça e Pesca — que abrange praia, estuário de um rio que atravessa boa parte da Região Metropolitana de Fortaleza, capital do Estado do Ceará e ainda manguezal, campo de dunas e matas de transição em uma área do litoral Leste da cidade —, dada a escassez de informações atualizadas a respeito. É desejável que o corpo de conhecimentos aqui representado possa instrumentar a concretização de iniciativas destinadas a integrar relações sustentáveis entre a comunidade assentada naquela área, o meio ambiente e a dinâmica urbana da capital cearense. Seus resultados são de ordem a permitir, à administração pública competente, o planejamento de ações de educação ambiental e o adequado monitoramento, recomendavelmente pela própria comunidade, da conservação dos ecossistemas presentes na área de estudo, tanto devido à urgente necessidade de sua preservação, como da premência pela definição, na área, de parâmetros capazes de balizar um turismo de caráter sustentável. Para tanto, a elaboração do Zoneamento socioambiental participativo, caracterizando a evolução espaço-temporal da ocupação do lugar, inclui a realização de um diagnóstico geoambiental que destaca as unidades ambientais a partir dos seus aspectos socioeconômicos, socioambientais, geomorfológicos, hidrogeológicos e de cobertura vegetal. Este conjunto de informações também originou a edição de uma cartilha, dirigida primariamente à comunidade local. Contribuição ao desenvolvimento sustentável da capital cearense SILVA, Marco Antonio Krichanã da - esta pesquisa objetivou produzir, em bases preliminares, documentação organizada sobre o lugar denominado Caça e Pesca — que abrange praia, estuário de um rio que atravessa boa parte da Região Metropolitana de Fortaleza, capital do Estado do Ceará e ainda manguezal, campo de dunas e matas de transição em uma área do litoral Leste da cidade —, dada a escassez de informações atualizadas a respeito.

Downloads 4510  4510  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Variação longitudinal das características sedimentares e hidrológicas do rio Ivaí-Pr em seu curso in Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
KUERTEN, Sidney

O presente trabalho apresenta os resultados gerados a partir da realização de seis campanhas (março, maio, junho, setembro, outubro e novembro de 2004), nas quais foram monitoradas as características batimétricas, hidrodinâmicas e sedimentológicas dos sedimentos de fundo e dos sedimentos em suspensão do baixo curso do rio Ivaí. A área de estudo está situada em longitude superior a 53º 00 W e latitude inferior a de 24º 00 S, nos municípios de Tapira, Herculândia e Icaraíma – PR. Em cada um desses municípios, selecionou-se uma seção de 1km ao longo do rio, que foi subdividida em três perfis transversais ao canal, com espaçamento de 500m, abrangendo uma área longitudinal de 1000m. Por meio de levantamentos com base nas observações diretas, calcadas pelo monitoramento sistêmico de alguns parâmetros hidrológicos pode-se quantificar e analisar algumas características da dinâmica fluvial deste rio. A declividade do canal em toda a extensão da planície é baixa onde diminui para a foz do rio Ivaí.

Palavras-chave: Geomorfologia. Sedimentologia. Rio Ivaí - PR.

Downloads 741  741  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Valorização do espaço e fragilidade ambiental : o caso da construção do meio ambiente urbano da Baci Popular Versão: 
Atualização:  15/5/2013
Descrição:
FRAISOLI, Camila

Valorização do espaço e fragilidade ambiental : o caso da construção do meio ambiente urbano da Bacia do Córrego Santo Antônio, Mogi Mirim (SP)

No processo de produção do espaço, o homem se relaciona com o meio ambiente por este se .configurar como suporte à sua sobrevivência, objeto, meio e condição para o processo produtivo, tendo como mediador dessa relação o trabalho humano. A relação homem - meio ambiente, como suporte à construção do espaço social, deve ter como base analítica, primeiro, os agentes e ações do capital que, através da valorização capitalista, produzem e organizam o espaço. Em segundo lugar, é necessário compreender como a ocupação e organização do espaço, pautadas na valorização capitalista, alteram e desestabilizam os sistemas naturais. Alterado pelas relações capitalistas de valorização e construção do espaço, o sistema natural toma-se instável. Sua dinâmica natural passa a responder a novos estímulos e processos, podendo ter como resultado a "fragilização" do sistema. O espaço urbano da Bacia Hidrográfica do Córrego Santo Antônio, município de Mogi Mirim, São Paulo, desde a década de 1980, vem sofrendo um crescente processo de valorização de seu meio ambiente e alteração de seus sistemas naturais, tendo como principais agentes transformadores o governo municipal e o mercado imobiliário.

Downloads 1742  1742  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Uso do geoprocessamento como apoio na gestão do município: Petrópolis, um estudo de caso Popular Versão: 
Atualização:  15/5/2013
Descrição:
FILHO, Lauro Luiz Francisco

O uso de tecnologias baseadas no geoprocessamento tem se mostrado um elemento valioso na gestão de problemas que envolvam o território, na esfera governamental ou não. Este trabalho tem como objetivo estabelecer uma metodologia que permita o uso dessa tecnologia pelos municípios, partindo de soluções que promovam uma mudança no processo cultural de gestão do espaço municipal.

Downloads 592  592  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufrj.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Uso da terra por descendentes de japoneses: estudo de caso com agricultores do município de Assaí-PR Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
BERNARDES, Jamile Ruthes

Este trabalho teve como sujeitos de pesquisa agricultores japoneses e descendentes de japoneses do município de Assaí-PR, no intuito de se verificar como ocorre o uso da terra pelos mesmos, analisando se há uso diferenciado de técnicas para plantio, tratos culturais eficientes, correto manejo do solo, para perceber se com esse tipo de ações há um melhor uso da terra, ou seja, um melhor aproveitamento em relação a espaços de plantio, verificando também quais os tipos de culturas que estes agricultores têm plantado em seus estabelecimentos agropecuários, em comparação com o panorama geral do uso da terra no estado do Paraná. O objetivo de analisar dados, tanto da agricultura paranaense como da assaiense, foi proposto para que se pudesse verificar como Assaí está inserida no contexto da agricultura do estado. Foram realizadas entrevistas com 33 agricultores do município, para que se verificassem os objetivos acima descritos. Foram realizados trabalhos de campo no município, tanto em uma exposição agrícola, EXPOASA, como em alguns estabelecimentos agropecuários. Também foi feita uma entrevista com o técnico da EMATER Assaí, com o propósito de se obter dados quanto ao panorama geral da atividade agrícola realizada pelos agricultores, no município. O trabalho está estruturado em três capítulos, sendo que o primeiro trata do uso da terra e das relações que ocorrem nos espaços de produção; o segundo faz uma abordagem sobre a tradição e cultura dos japoneses, imigração e ocupação das terras norte-paranaense; o terceiro contém os dados da pesquisa, expostos por meio de gráficos, tabelas e trechos das entrevistas, o que possibilita que se compreenda a realidade dos entrevistados e as conclusões do presente estudo.

Palavras-chave: Geografia agrícola. Solo - Uso - Paraná. Solo Adequado para agricultura - Paraná.

Downloads 4847  4847  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Urbanização e qualidade da água: monitoramento em lagos urbanos de Londrina-PR Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
GOLÇALVES, Gelsy Wani Pedrini Soares

Esta pesquisa centrou-se no conhecimento da ocupação e as formas de uso do solo às margens da Microbacia do Ribeirão Cambé, na cidade de Londrina. O recorte espacial foi avaliar o comprometimento da qualidade da água do Lago Igapó, principal objeto deste estudo. A população urbana de Londrina é de aproximadamente 500.000 habitantes, com cerca de 96% da população concentrada na área urbana. Este trabalho é o resultado da avaliação de dez anos de monitoramento da qualidade da água superficial do Lago Igapó, quatro estações foram localizadas no lago e seis estações localizadas em alguns de seus tributários mais próximos. Foram utilizadas variáveis físicas, químicas e biológicas, que visavam determinar a qualidade da água, através da utilização de Índices de Qualidade, índice de Qualidade de Água de Reservatório - IQAR e Avaliação Integrada da Qualidade da Água - AIQA. Os índices de Qualidade de Água, utilizados apontaram que a qualidade da água dos tributários variou de “Boa” a “Muito Poluída” e a do Lago Igapó variou entre “Moderadamente Degradada” a “Criticamente Degradada”. As concentrações de cargas orgânicas, nutrientes e de coliformes vêm sofrendo incrementos gradativos, decorrentes do aumento de lançamento de esgotos domésticos. Foram registradas baixas concentrações de oxigênio dissolvido, nos tributários e no lago, principalmente no Córrego Leme e no Lago Igapó IV. Devem ser tomadas medidas estruturais de contenção dessas cargas pontuais e não pontuais de poluição, para diminuir a carga afluente ao Lago Igapó, em toda a sua bacia de drenagem, como forma de garantir a qualidade da água para os fins a que se destina. As cargas não pontuais merecem atenção especial, no que se refere a sua identificação, mudanças de práticas de uso da água, seu monitoramento e uso e ocupação do solo.

Palavras-chave: Geografia física. Abastecimento de água nas cidades. Solo urbano - Uso.

Downloads 9643  9643  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Uma análise sistêmica das transformações de uso do solo como suporte à decisão para o planejamento d Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
KUHN, Caroline

Os estudos realizados sobre Unidades de Conservação, e a relação destas Unidades com a população que as habita, trataram em sua maioria dos aspectos antropo-sociológicos da questão. Visto que um aspecto essencial para uma melhor compreensão da questão das populações tradicionais e Unidades de Conservação, contudo pouco explorado, é o processo de mudanças de uso do solo nas regiões em que se inserem estas Unidades, esta pesquisa teve como pretensão preencher esta lacuna. Para tal, são analisadas as transformações de uso do solo em regiões com Unidades de Conservação ambiental e comunidades tradicionais nelas inseridas dentro da realidade brasileira, a fim de melhor compreender suas inter-relações, assim como as implicações de políticas de preservação ambiental incidentes nestas áreas. Esta análise se dá através de modelos de mudança de uso do solo, que são artifícios científicos com estrutura matemática e computacional para apoio ao Planejamento e Gestão Urbana e Regional, e que permitem a análise das causas e das consequências da dinâmica dos usos do solo, e quando cenários são utilizados, podem ainda dar suporte ao estabelecimento de políticas e ações de planejamento. Optou-se pela utilização de um sistema de modelagem espaço-temporal integrando um sistema de informações geográficas e um modelo de autômatos celulares como ferramenta de análise das mudanças de uso do solo, incrementado pela análise de demandas pela cadeia de Markov, e com cálculo de preferências de alocação de usos do solo através da Regressão Logística. Procede-se nesta pesquisa a uma avaliação das tendências de uso do solo no Parque Nacional do Superagui, localizado no litoral norte do Estado do Paraná, enquanto estudo de caso. As tendências de uso apresentadas entre os períodos de 1980 e 1990, período anterior à implementação da lei que transformou a área em Parque Nacional, e que poderia ser traduzida como a tendência natural destas comunidades sem a interferência das políticas, são trabalhadas com vista a demonstrar o papel da modelagem na compreensão de realidades, e fornecer embasamento para intervenções pretendidas.

Palavras-chave: Unidades de conservação. População. Uso do solo. Regiões. Gestão urbana. SIG. Paraná. Superagui.

Downloads 592  592  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://www.lume.ufrgs.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Uma análise do ensino da Geografia utilizando as representações cartográficas no 2 Ciclo nas escolas Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2012
Descrição:
FREITAS, Edilson Pereira de

Análise do Ensino da Geografia utilizando as representações cartográficas no 2o ciclo nas escolas públicas de Natal – RN, tendo em vista a relação teórico-prática dicotomizada, no que se refere a aplicabilidade real desses recursos no ensino da Geografia. Essa análise compreende uma revisão bibliográfica, à luz de teorias e concepções sobre o processo de ensino e de aprendizagem da geografia e da utilização dos recursos geocartográficos ao longo da história. Objetiva-se caracterizar o espaço escolar, a escola na comunidade, o ensino de geografia e o uso dos recursos cartográficos, a importância dos recursos didáticos como suportes metodológicos no ensino de Geografia, no sentido de apontar soluções para melhorar as aulas no Ensino Fundamental, e contemplar questões primordiais relativas às práticas docentes; pela compreensão, enquanto profissional de educação, da luta pela valorização do magistério e da educação pública; pela relevância social da melhoria da formação de professores da Educação Básica, em pleno exercício das atividades docentes, e pelo acesso às fontes e espaços de pesquisa onde se exerce a função de professor formador no Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy – IFESP.

Palavras-chave: Análise. Docência. Prática. Ensino.

Downloads 1556  1556  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRN  Site http://biblioteca.universia.net
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Transformações culturais e território : o kaingang da Reserva Indígena de Serrinha - RS Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ARESI, Cláudia

Este trabalho é um estudo sobre a reserva indígena de Serrinha-RS, localizada no Norte do Estado do Rio Grande do Sul, que abrange parte do território dos municípios de Constantina, Engenho Velho, Três Palmeiras e Ronda Alta. No passado foi terra de índios, habitada mais tarde (por volta de 1930) por colonos, originando a expulsão de seus antigos moradores. A Constituição Federal de 1988 devolveu o direito de posse dessas terras aos indígenas e, a partir de 1996, se iniciou o processo de retirada dos colonos da área da reserva. O objetivo deste trabalho é analisar a origem dos conflitos no campo entre colonos e indígenas pela posse da terra. Busca-se também estudar a relação do índio com o território, transformado pelo colono, e de identificar se ocorreram transformações culturais e se estas foram relevantes para os indígenas. Além disso, pretende-se mostrar como todas as mudanças ou transformações culturais vêm sendo articuladas no contexto da reserva e qual a sua repercussão nos aspectos da cultura “tradicional” por eles ainda mantida. A metodologia utilizada para a realização deste trabalho contou com um embasamento teórico sobre o processo histórico do conflito, sobre os aspectos culturais Kaingang e sobre os conceitos de cultura, paisagem, território e identidade, pertinentes a esta discussão. A pesquisa de campo junto à comunidade Kaingang foi realizada através da elaboração de entrevistas semidiretivas, de coleta de histórias de vida e de diários de campo. Uma das conclusões considerada mais relevante para esta pesquisa refere-se à importância do território para a manutenção da vida e da cultura Kaingang. Somente após a reconquista do território é que os indígenas conseguiram revitalizar sua cultura.

Palavras-chave: Geografia cultural. Geografia humana. Reserva indígena de serrinha. Território. Rio Grande do Sul.

Downloads 947  947  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Tocantins: narrativas sobre o sertão Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ALVES, Telma Antonia Rodrigues

Este estudo tem como objetivo central compreender, a partir de uma localidade do Estado do Tocantins denominada Duro, atual cidade de Dianópolis, a construção de mecanismos de visibilidade e de negação do sertão. O Duro e suas adjacências são considerados pela literatura e pela historiografia regional como sertão profundo, como um lugar de difícil acesso, oculto, transporte e comunicação precários, escassa população, lugar privilegiado para fugitivos, cenário de violências e de relações sociais tradicionais. Por meio de reinterpretação da literatura local e de pesquisa empírica busca-se compreender as estratégias pelas quais o Estado do Tocantins e a cidade do Duro vêm elidindo a designação de sertão através de estratégias de modernização.

Palavras-chave: Sertão profundo. Duro. Dianópolis. Tocantins. Modernização. Negação. Relações Sociais. Tradicionais.

Downloads 2253  2253  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFG - Universidade Federal de Goiás  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »