Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Erosão marginal no rio Paraná após a conclusão do reservcatório da UHE Sérgio Mptta (Porto Primavera Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
BORGES, Cássio Ziliani

Erosão marginal no rio Paraná após a conclusão do reservatório da UHE Sérgio Motta (Porto Primavera) a jusante da barragem.

O objetivo do presente trabalho é estudar a variabilidade espaço-temporal da erosão marginal no alto Rio Paraná, como um dos efeitos geomorfológicos causados pela construção da barragem de Porto Primavera. O segmento de estudo está a jusante da barragem e tem aproximadamente 90Km, desde a Ilha Óleo Cru até a Ilha Barbado. A metodologia aplicada foi a observação direta no campo, através das técnicas dos pinos e estacas. Os resultados demonstraram que a parte mais a montante da área de estudo apresentou comportamento diferente do restante do segmento. As taxas de recuo foram maiores no setor mais ao centro do segmento. As taxas de recuo foram diferentes de períodos estudados anteriormente. Foi constatado que a erosão das margens é diferente tanto espacial quanto temporalmente. Foi verificado ainda, que o leito está sendo modificado de montante a jusante e a erosão marginal também deve ser alterada, provavelmente acompanhando as mudanças do leito e propagando as modificações a jusante. Dessa forma, resume-se que a erosão marginal pode estar sendo modificada para que o rio estabeleça um novo equilíbrio geomorfológico em resposta à construção da barragem.

Palavras-chave: Erosão marginal. Rio Paraná. Geomorfologia fluvial.

Downloads 2929  2929  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Riscos ambientais na Bacia Hidrográfica do Ribeirão das Pedras, Campinas / São Paulo Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
Ricardo de Sampaio Dagnino

Este trabalho trata dos riscos ambientais na Bacia Hidrográfica do Ribeirão das Pedras, uma importante sub-bacia do Ribeirão das Anhumas, no Município de Campinas, Estado de São Paulo. O Ribeirão das Pedras drena águas do Distrito de Barão Geraldo e dos Bairros Santa Genebra, Jardim Costa e Silva, Alto Taquaral, Jardim Primavera e outros. Nesta bacia se localizam os campi de diversas instituições de ensino e pesquisa como a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Pontifícia Universidade Católica de Campinas, além de diversas indústrias e estabelecimentos comerciais de grande porte. Na área da bacia, 29,7 km2, residem cerca de 36 mil habitantes, totalizando mais de 1200 hab/km2. O mapa final, elaborado com base na representação proposta por Journaux (1985), utilizou dados adquiridos em trabalhos de campo, além de outros resultados do Projeto Anhumas – Fapesp. Dentre o total de 120 situações de riscos mapeadas, os maiores, em área, foram identificados como riscos relacionados ao cultivo agrícola, com a utilização de agrotóxicos e o cultivo de Organismos Geneticamente Modificados (OGM), além das situações de riscos especiais, relacionados à presença da Unicamp e do Shopping Parque D. Pedro como as principais fontes de riscos da Bacia. Ao final, são feitas sugestões de continuidade para o estudo de riscos ambientais utilizando o mapeamento participativo de riscos e a proposta de cartografia elaborada com base em Journaux (1985).

Palavras-chave: Risco ambiental. Cartografia ambiental. Mapeamento de riscos. Poluição.

Downloads 1228  1228  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Consequências nutricionais da urbanização em Santa Cruz do Sul Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
HÜBNER, Dario Carlos

As possíveis consequências do acelerado processo de urbanização de Santa Cruz do Sul, verificado pelo crescimento desordenado da periferia onde vive uma parcela da população de baixa renda e excluída, tem relação com o estado de bem-estar nutricional das gestantes. Este estudo visa compreender as consequências da urbanização e sua relação com as gestantes expostas às mudanças no padrão nutricional, com uma dieta basicamente constituída por carboidratos e proteínas de baixo valor biológico. Utilizou-se o método analítico qualitativo e descritivo sem pretensão de testar as hipóteses. Constatou-se que, o estado de bem-estar nutricional das gestantes não inclui apenas o aporte de alimentos, mas também fatores mais abrangentes das necessidades humanas que pressupõe o atendimento das condições adequadas de moradia; acesso à educação; saneamento básico e acompanhamento da saúde pré-natal. As transformações políticas e flutuações macroeconômicas ocorridas nos últimos anos, associadas à principal atividade econômica no município e na região estruturada para atender a sólida cadeia produtiva do principal produto de exportação, passou a apresentar uma nova lógica de desenvolvimento. Desencadeando a expansão da cidade e o aumento da concentração urbana, acompanhada por áreas no entorno da cidade menos dotadas de equipamentos e serviços urbanos, numa clara política de segregação espacial e social, com implicações associadas à renda familiar insuficiente, coexistindo como fator importante nas mudanças de hábitos e padrões alimentares. De maneira que, a expansão urbana torna-se mais envolvente e frequente, estimulando o processo das transformações sociais. A elevada prevalência do baixo peso ao nascer, menos de 2500 gramas encontrado neste estudo de caso, numa região e município que possui elevados índices de desenvolvimento socioeconômico, a renda familiar mensal insuficiente torna mais frequente, mas não compulsória a desnutrição intra-uterina.

Palavras-chave: Urbanização. Desnutrição intra-uterina. Segurança alimentar. Baixo peso ao nascer.

Downloads 760  760  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unisc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Dengue: Uma análise climato-Geográfica de sua Manifestação no Estado do Paraná (1993-2003) Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
PAULA, Eduardo Vedor

No presente trabalho, elaborado no âmbito da Geografia da Saúde, a manifestação da dengue no estado do Paraná encontra-se analisada a partir da relação de sua incidência com a infestação predial de seus vetores e com as condições climáticas regionais. Embora os casos de dengue notificados na região Sul tenham representado apenas 2,4% do total registrado para o país de 1995 a 2003, cabe destacar que nesta região identificou-se a maior taxa de crescimento de otificações ao longo dos últimos cinco anos. A taxa média anual registrada cresceu, entre 1999 e 2003, cerca de 475% para a região e de 1.605% somente para o estado do Paraná, sendo que o crescimento médio encontrado para o Brasil no mesmo período tenha sido de 62%. O recorte temporal de análise desta pesquisa abrange o ano em que foi confirmado o primeiro caso autóctone de dengue no Paraná (1993) até o ano de 2003. No entanto, a evolução sazonal da incidência da doença, infestação dos vetores e variação térmica e pluviométrica foram delimitadas somente partir de 1997, devido à disponibilidade dos dados do SINAN e do SISFAD. Para as três cidades de maior número de casos da enfermidade em questão efetuou-se a análise mensal dos dados. A principal epidemia registrada em território paranaense, ocorrida no primeiro semestre de 2003, foi investigada de modo introdutório por meio da análise diária de sua evolução. Espacialmente a incidência da dengue no Paraná evidenciou sua estreita relação com as áreas de maior infestação dos mosquitos Aedes albopictus e Aedes aegypti, particularmente deste último. A relação entre a área de maior incidência da doença e a porção mais quente do estado, onde domina o tipo climático Cfa, também apareceram de maneira bastante explicita na abordagem aqui desenvolvida. Os poucos casos autóctones de dengue confirmados em municípios cujo tipo climático é Cfb ocorreram sob condições térmicas acima da normalidade. Com o aumento das temperaturas e das chuvas no verão a infestação de ambos vetores é ampliada, a inserção do vírus da dengue, por meio de casos importados no Paraná, ocorre geralmente na segunda metade desta estação. Assim, devido principalmente ao período de incubação extrínseca no vetor e ao tempo em que a doença leva para se manifestar no homem, é na estação de outono que se confirma o maior número de casos autóctones (78,85% das ocorrências). Como sugestões para o monitoramento e controle da dengue no estado do Paraná cita-se a utilização de um método oportuno para o levantamento dos índices vetoriais, bem como o desenvolvimento de um sistema de informações geográficas que integre os dados do SINAN, do SISFAD e informações socioambientais.

Downloads 1410  1410  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Gestão Ambiental Industrial: Perspectivas, Possibilidades e Limitações Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
HARRES, Elaine Martos

Este trabalho resulta de uma abordagem empírica associada a uma reflexão teórica em relação às práticas ambientais desenvolvidas no setor industrial, considerando as suas potencialidades e limitações. Para tanto, o desenvolvimento sustentável aparece como uma categoria constitutiva, e é traduzido de forma globalizada por uma série de normas internacionais relativas à gestão ambiental: a ISO série 14000. Ao considerar a empresa em sua relação com o meio ambiente, a sistemática de gestão ambiental definida por esta normalização internacional assume um caráter central, com sua adoção por parte de um número crescente de empresas do modelo da ISO série 14000. A sua aceitação como parâmetro adquire destaque por representar a maneira como o setor produtivo compreende a questão ambiental. Sob o estigma da qualidade assegurada, sistemas de gestão ambiental passam por um processo de auditorias externas, realizadas por entidades ‘acreditadoras’ internacionais, e mediante esta avaliação recebem um certificado que lhes permite ingressar em um seleto grupo de organizações que ostentam este diferencial competitivo da certificação. Este trabalho foi desenvolvido movido pela premência de compreender este sistema de gestão ISO 14.001, que seria a expressão desta proposta de normalização, em sua aplicação industrial prática. A compreensão deste instrumento mediador, cuja abrangência da aplicação permite interpretações diferenciadas para questões prementes como as referentes às estratégias de gestão ambiental de empresas reconhecidamente agressoras ao meio ambiente, é um dos objetivos explicitados neste trabalho. Este objetivo está intrinsecamente relacionado a outro que se refere ao interesse específico de formação ambiental, que busca articular os nexos, eficácia e desenvolvimento do processo educativo envolvido na aplicação do sistema de gestão ambiental.

Downloads 3304  3304  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Condicionantes da mortalidade na população com 60 anos ou mais no Rio Grande do Sul: uma análise re Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
BARROS, Giovanna Bonella

Este trabalho de pesquisa apresenta a mortalidade da população com 60 anos ou mais em municípios com indicadores socioeconômicos diferenciados, com o objetivo de identificar as taxas de óbitos da população com 60 anos ou mais, no RS e por Regiões dentro dele. O recorte regional escolhido para apresentarmos as análises foram as mesorregiões do IBGE, em suas 7 mesorregiões. Outro objetivo do estudo foi estimar fatores explicativos da mortalidade, desta população, mais especificamente, verificar a relação entre a mortalidade, por diferentes faixas etárias dentro da população idosa com os investimentos públicos municipais na área a saúde controlando-se pelas características socioeconômicas. A população idosa neste trabalho foi dividida em três faixas etárias, faixa dos 60-69, dos 70-79, e a faixa dos 80 anos ou mais.

Palavras-chave: População idosa. Mortalidade. Diferenças regionais. Indicadores socioeconômicos. Recursos públicos. saúde.

Downloads 4507  4507  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unisc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Adolescência e maternidade: sentidos produzidos neste encontro e implicações para o desenvolvimento  Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
Adolescência e maternidade: sentidos produzidos neste encontro e implicações para o desenvolvimento regional

MARTINES, Gisele Trommer

Este estudo tem como objetivo investigar os sentidos que são produzidos no encontro entre adolescência e maternidade na tentativa de ressaltar inter-relações entre este fenômeno e o desenvolvimento regional, uma vez que a cada ano, no Brasil, um milhão de adolescentes dão à luz (correspondendo a 20% do total de nascidos vivos). Constatamos índices semelhantes no município de Cachoeira do Sul/RS, local onde realizamos esta pesquisa. Participaram deste estudo oito mães adolescentes primíparas, com idades entre 15 e 18 anos. Consideramos adolescente aquele sujeito que tem entre doze e dezoito anos de idade, conforme disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Realizamos de uma a duas entrevistas com cada participante com o objetivo de analisar a experiência de ser mãe na adolescência. O método utilizado nesta proposta de investigação científica é de uma abordagem qualitativa da realidade, utilizando como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. Realizamos a análise dos dados através do método de práticas discursivas e produção de sentidos, utilizando o mapa de associação de ideias como técnica de interpretação. Neste estudo verificamos que os sentidos produzidos no encontro entre adolescência e maternidade apontam para uma experiência de vida plena de significados positivos, bem como constituem uma experiência negativa com sentimentos de perda, de renúncia forçada e de muitas dificuldades. Ao longo desta pesquisa refletimos sobre a necessidade de problematização do discurso vigente atual que considera a gravidez e a maternidade na adolescência como um problema, produzindo, desta forma, preconceito e discriminação.

Palavras-chave: Maternidade. Adolescência. Sentidos produzidos. Desenvolvimento regional.

Downloads 968  968  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unisc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Interações entre a temperatura do ar e a incidência de doesnças respiratórias na população infantil  Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
Interações entre a temperatura do ar e a incidência de doesnças respiratórias na população infantil da cidade de são José dos Pinhais/PR

ZEM, José Moacir

Desde tempos remotos o homem sente necessidade de compreender os fatores climáticos. Como a influência desses fatores sobre a vida humana é muito ampla, houve o interesse em estudá-los para tentar compreendê-los. O presente trabalho objetiva indicar a correlação entre as doenças respiratórias, em crianças com idade até 09 anos, as baixas temperaturas e a umidade do ar durante o ano 2000, no município de São José dos Pinhais, Estado do Paraná. Vários estudos sobre diversos tipos de doenças têm sido elaborados na região nos últimos anos, mas nenhum com essas características no município em questão.

Palavras-chave: Doenças respiratórias. Baixas temperaturas análise rítmica.

Downloads 803  803  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Entre tradição e modernidade: dilema do desenvolvimento no Brasil Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
BUBLITZ, Juliana

Às vésperas da independência do Brasil, o desfecho da revolução do Porto acirrou o antilusitanismo brasileiro e fomentou indiretamente as discussões sobre os destinos do Brasil e sobre como fomentar o seu desenvolvimento – ou, para usar o termo da época, o seu progresso. Dois projetos nacionais elaborados no contexto da independência são o tema e o foco de análise desta pesquisa, cujo recorte temporal abrange a primeira metade do século XIX. Um deles foi elaborado pelo político e intelectual paulista José Bonifácio de Andrada e Silva, um dos condutores do processo de emancipação, e o outro, pelo baiano José da Silva Lisboa, Visconde de Cairu, conhecido como o prócer do liberalismo econômico no Brasil.

Palavras-chave: Tradição. Modernidade. Desenvolvimento. Progresso. Modernização. José Bonifácio de Andrade e Silva. José da Silva Lisboa.

Downloads 1043  1043  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unisc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Elementos Semióticos no Planejamento Urbano: O Caso de Curitiba Popular Versão: 
Atualização:  23/9/2013
Descrição:
MULLER, Juliane

O planejamento urbano de Curitiba caracteriza-se por um amplo uso de elementos semióticos, especialmente quando observadas as três décadas passadas. Estes elementos aparecem no sistema de transporte público desde os anos 70, fazem-se mais visíveis na paisagem urbana durante os anos 90 com os parques étnicos, as Ruas da Cidadania e os Faróis de Saber, e são incorporados na propaganda para a "Capital Social", logo da segunda gestão TANIGUCHI (2000-2004).

Palavras-chave: Curitiba. Planejamento urbano. Semiótica. Pós-modernismo. Cidadania.

Downloads 1675  1675  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6) 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »