Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Geografia e literatura: um elo entre o presente e o passado no Pelourinho Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
ARAÚJO, Heloísa Araújo de

A investigação da cidade do Salvador, a partir da Geografia e da Literatura, permite o recorte de imagens produzidas em determinados tempos e contextos, realizando-se, assim, e neste trabalho, uma análise do espaço do Pelourinho, como lugar de memória, nas obras Suor e Jubiabá do escritor baiano Jorge Amado, na década de 1930 e, hoje, durante o processo de requalificação, na história de vida dos atuais moradores. Os estudos culturais vêm inaugurar um novo pensar e olhar sobre a cidade. Correlacionou-se o olhar crítico e poético da cidade, captado por Jorge Amado, através da apropriação do espaço percebido e sentido por ele, pois suas experiências semeiam memórias e representações sobre este espaço. Investigou-se o espaço vivido pelos moradores da 7ª Etapa da Requalificação, contrapondo o debate sobre o planejamento urbano, onde só nesta etapa puderam participar. Diante do objetivo proposto, optou-se por uma metodologia de caráter qualitativo, sob a forma documental, bibliográfica e de campo, pois parte-se do pressuposto que o lugar de memória é aquele experienciado: dando àqueles sentimentos e significados. Os caminhos percorridos pelos personagens da obra Suor coincidem com os da 1ª etapa da requalificação do CHS, e em Jubiabá, com os da 4ª etapa, unindo passado e presente no cotidiano do Pelourinho. Com o estudo destas obras, concluiu-se que não há uma única cidade: elas são múltiplas. Repensar as práticas de requalificação, nas quais os desejos e os sonhos dos moradores são conhecidos, elevaria o homem à condição de sujeito nesse processo. Trouxe-se uma dimensão multifacetada do Pelourinho e dos sujeitos que o frequentavam. Apresentou-se uma reflexão sobre a importância do lugar e do modo como ele é percebido pelos moradores, turistas nacionais e estrangeiros e pelos órgãos públicos. Esta pesquisa, ao percorrer os caminhos da interdisciplinaridade, visa a contribuir com o desenvolvimento de outras tantas na linha da Geografia Humanística, bem como convidar os planejadores urbanos a “vivenciarem” os lugares nos quais farão as intervenções. Experienciou-se, aqui, também, um instigante e apaixonante novo desafio: a Geografia na Literatura.

Palavras-chave: Geografia. Literatura. Pelourinho. Salvador. Cultura.

Downloads 5313  5313  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.dominiopublico.gov.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Mapa Mental Digital: do Pictórico ao Convencional. Propostas em representação e ensino de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
MATOZO, Marcus Antonio

Nas atividades cotidianas, utilizamos uma imensa fonte de informações contidas em nossas mentes. O desenvolvimento intelectual começa ainda na infância e vai progredindo por etapas até atingirmos a capacidade de defesa do nosso próprio ponto de vista. Essa evolução diz respeito ao processo de construção cognitiva, perceptiva e representativa. A realização de uma atividade cartográfica em sala de aula revelou a existência de uma grande abstração entre aluno e o mapa de estilo convencional. A capacidade de leitura e interpretação de um mapa foi o que nos motivou a desenvolver essa atividade de pesquisa. Seria a incapacidade de leitura e interpretação por parte do aluno que levaria o mesmo a não apresentar progresso na atividade? Ou o mapa convencional não apresenta ao aluno nada de significativo? Diante desse questionamento, investigamos em diversas fontes, informações que nos levaram a entender a dinâmica correspondente à Geografia do cotidiano (do aluno) e sua relação com a Geografia Científica (convencional). Para o desenvolvimento dessa atividade, utilizamos algumas ferramentas como representações cartográficas convencionais (mapas), mapa mental e principalmente o computador, com o qual foram elaborados os mapas mentais digitais. Desta forma, obtivemos para efeito de comparação dois tipos de mapas mentais: manual e digital, fato que permitiu indicar as possíveis influências na construção e representação do espaço para os alunos.

Palavras-chaves: Representação cartográfica. Mapa mental manual. Mapa mental digital. Geografia do cotidiano. Geografia científica.

Downloads 5243  5243  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Estudo da variabilidade da precipitação no estado do Paraná associado à anomalia da TSN no oceano pa Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SOUSA, Patrícia

O Estado de Paraná localiza-se no Sul do Brasil (nas latitudes de 22º29'33" e 26º42'59"S, e longitudes de 48º02'24 " e 54º37'38"W) que inclui uma área de 201.000Km2. Os propósitos deste trabalho foram a análise da estrutura e variabilidade de precipitação pluvial em diferentes escalas no Estado de Paraná. O período de estudo foi de 1972 a 2002. As séries de precipitação de 43 estações usadas neste estudo foram obtidas da Agência Nacional de Água e Energia (ANA). Neste trabalho foram analisados os dados de precipitação pluvial em diferentes escalas (anual, interanual, sazonal e diário). A partir dos dados foram realizadas as análises estatísticas através de diversos parâmetros estatísticos (desvio padrão, média, coeficiente de variação e anomalia). A regionalização da precipitação foi determinada pela Análise Multivariada. A variabilidade interanual foi estudada entre a precipitação pluvial e a anomalia da temperatura da superfície do mar. Também foi analisada a correlação entre precipitação pluvial e anomalia de temperatura da superfície do mar. No estudo da variabilidade baseado nas anomalias apresentaram valores positivos como, por exemplo, o ano de 1983. A variabilidade da precipitação pluvial do Estado de Paraná é fortemente associada aos eventos El Niño. Foram observadas significativas anomalias positivas de precipitação pluvial em alguns anos durante eventos de El Niño e algumas anomalias negativas durante eventos de La Niña. Este trabalho apresenta uma análise estatística da relação entre o fenômeno de ENOS e elementos do clima no estado Paraná, levando em conta as variáveis meteorológicas como precipitação pluvial.

Palavras-chaves: ENOS. Transectas. Áreas homogêneas. Recipitação pluvial.

Downloads 5155  5155  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Território e ruralidade : a demistificação do fim do rural Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
BLUME, Roni

Este trabalho analisa a incorporação do território como conceito e como abordagem normativa no estudo do rural e das temáticas ligadas a ruralidade. Para isto, se aprecia de que modo estas posições analíticas e normativas afetam o conteúdo conceitual do que se define como rural, e como estas influenciam na concepção da ruralidade. Para o debate analítico, buscou-se a posição das principais correntes da sociologia norte-americana. A partir desta revisão, verificou-se como a discussão está ocorrendo nas vertentes brasileiras. No Brasil, alguns autores têm enfatizado a pertinência do uso do enfoque territorial como uma nova abordagem para analisar e estudar os problemas do rural e da ruralidade. Contudo, antes de se partir para uma nova referência teórica e metodológica, é preciso verificar como o rural é definido em termos normativos. A definição do que é o rural no País é oriunda do decreto n° 311 de 1938, ainda em vigor, onde se considera como rural tudo que não é abrangido pelos perímetros urbanos. Ao apreciar as deficiências desta definição normativa, buscou-se uma alternativa de leitura para o rural pela abordagem territorial apoiada nos estudos da OCDE e de Veiga. As metodologias de classificação territorial, destes estudos, aplicadas no Rio Grande do Sul, permitem uma nova espacialização do rural e do urbano. Ao captar elementos e sugestões de ambas as abordagens, elaborou-se uma combinação, que originou uma nova espacialização, denominada de Territorial Escalar Hierarquizada. Os dados extraídos das espacializações questionam a taxa de urbanização do Estado e indicam uma dimensão territorial diferente para o rural gaúcho. Não obstante destas inovações metodológicas inéditas, percebe-se que o exercício metodológico não conduziu a uma definição teórica e conceitual do território, na perspectiva de engendrar o que poderia ser definido como uma abordagem territorial do rural. Decorrente desta insuficiência conceitual, buscou-se apresentar uma contribuição ao debate conceitual sugerindo o enfoque dialético do território geográfico, entendido a partir dos conceitos de territorialização, desterritorialização e reterritorialização. Como resultado, o estudo sugere que o enfoque dialético do território pode vir a ser uma alternativa analítica para atenuar os limites das perspectivas empírico-normativas.

Palavras-chave: Território. Rural. Ruralidade. Geografia. Espaço geográfico.

Downloads 5125  5125  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Considerações sobre a água mineral e sua distribuição na cidade de Maringá-PR Popular Versão: 
Atualização:  13/5/2013
Descrição:
VENDRAMEL, Elza

A presente pesquisa realizou um estudo do processo de distribuição de água mineral engarrafada na cidade de Maringá/PR, nos anos de 2002 e de 2003. Objetivou-se fazer um levantamento das águas minerais mais comercializadas e sua procedência, caracterizar a demanda, a distribuição e cartografar as distribuidoras da cidade. O estudo foi efetuado através da análise bibliográfica levantada; de consultas a 20 empresas que ocupavam o mercado maringaense no ano de 2002, e 17 em 2003. A pesquisa evidenciou que a grande parte das marcas comercializadas pelas distribuidoras são procedentes da região norte paranaense e de outros pontos do Estado. Algumas marcas procedem do Estado de São Paulo. Entre os motivos que levam à demanda desse produto, o devido cuidado com a saúde prevalece sobre os demais. Mesmo, as pessoas mais pobres, sob orientação médica, utilizam a água mineral envasada no preparo da alimentação de crianças de pouca idade. A maior parte das zonas da cidade não possui distribuidoras de água mineral, no entanto, o abastecimento da população consumidora é realizado até nos bairros mais distantes. Os pedidos são feitos por telefone e as entregas realizadas através de moto ou de utilitários. Outro aspecto verificado são os pontos de distribuição existentes sobretudo nas zonas centrais da cidade, os quais concorrem para o crescimento das vendas de distribuidoras cuja competitividade entre si é acirrada e predatória. Esse segmento distribuidor sofre a concorrência dos supermercados que podem comercializar garrafões de 20 litros a preços mais baixos.

Palavras-chave: Água mineral. Distribuição. Demanda. Maringá-PR.

Downloads 5046  5046  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!O espaço urbano em alguns contos de Adelino Magalhães (1887-1969) Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
PUTTON, Maria Esther

Este trabalho consiste em analisar a representação do espaço urbano na contística de Adelino Magalhães. A reestruturação física e social colocada em prática no Rio de Janeiro no final do século XIX resultou no crescimento desordenado e repentino da cidade e na alteração das antigas relações estabelecidas entre a população e o espaço urbano. Por meio de uma linguagem essencialmente plástica, sensorial e metafórica, o autor reproduz o comportamento dos moradores da cidade, forçados a se adaptarem a novas regras de trabalho e ficando à mercê de um novo padrão de conduta pessoal, amparado em modelos transpostos de países europeus, que objetivavam a rápida e definitiva cosmopolitização da sociedade carioca.Trata-se de um estilo composicional que não privilegia o registro objetivo ou racional do espaço. A liberdade em reelaborar a linguagem permite que as imagens que reconstróem a realidade urbana revelem, especialmente, as impressões e sensações experimentadas pelo contato com o ambiente social. O estudo das representações espaciais em Magalhães concentra-se, sobretudo, na análise dos contos "Gari", "Darcilinha" "O suicídio da Engole-homem", "Lembranças à Matilda" e "Um prego! Mais outro prego!...". Tarefa que conta previamente com a abordagem teórica das formas de recriação do espaço observadas na literatura e pesquisas que mostram como, por meio das relações citadinas, o espaço urbano moderno foi se configurando através dos séculos. Para melhor compreendermos o estilo de representação do autor, reportar-nos-emos a obras literárias ambientadas no Rio de Janeiro desde o século XIX até o início do século XX, período em que Magalhães publica suas primeiras coletâneas de contos. Além disso, o trabalho contempla o estudo de conteúdos histórico-sociais que oferecem retratos do Rio de Janeiro durante a Belle Époque com a finalidade de entender os desajustes e conflitos por que se pautavam as relações entre o espaço e os moradores. Para a compreensão do posicionamento atual de Adelino Magalhães na literatura brasileira, apresentaremos a opinião da crítica sobre o período que precedeu o movimento modernista, bem como a caracterização dos recursos estéticos de reconstrução da realidade empregados pelo autor.

Palavras-chave: Contos brasileiros. História. Rio de Janeiro. Espaço urbano. Belle Époque. Sociedade.

Downloads 5034  5034  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Análise ambiental: reflexões sobre os processos de degradação ambiental no município de Bela Vista d Popular Versão: pdf
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
PIMENTA, Paulo Sérgio Pereira

O município de Bela Vista do Paraíso, assim como os demais que compõem a região norte do Estado do Paraná, surgiu para dar ênfase à cultura cafeeira, e esta se espalhou rapidamente pela região norte do Estado do Paraná, tornando-se a grande sensação daquele momento. A qualidade de suas terras férteis, trouxe para esta localidade famílias e, empresas loteadoras que não demoraram a iniciar tal processo colonizatório. Inicialmente, o café auferiu grandes lucros aos proprietários de terras, mas, as crises financeiras no mercado internacional, a concorrência com outros países, e, finalmente, os processos de geadas, que acabaram por destruir os cafezais, trazendo grandes problemas para esta municipalidade que, na década de 60, contava com mais de 75% de sua população morando e trabalhando na zona rural. Com a implantação das culturas temporárias de soja, trigo, milho , em substituição ao café nos anos 70, a ocupação e a exploração do solo trouxe consigo as práticas inadequadas de uso do solo, resultando em perda da fertilidade, diminuição da produtividade, erosão, êxodo, entre outros, pois os proprietários estavam ávidos por novas formas de se obter maiores lucros com a terra. Assim, mecanizaram seu sistema de produção, substituindo o trabalho humano pela máquina, gerando desemprego e mais problemas sociais. Estas práticas nefastas nos põem a buscar um modelo ambiental? onde a natureza seja explorada de uma maneira racional, pois o crescimento sempre vai estar ligado à degradação do meio ambiente, sendo necessário pensar em uma forma de desenvolvimento que seja sustentável, que respeite e se sirva da natureza da forma mais adequada possível. O município de Bela Vista do Paraíso sofre com questões relativas ao meio ambiente, temos que nos colocar em busca de um modelo ambiental onde a técnica saiba respeitar o meio ambiente, procurando uma forma harmoniosa de convivência entre homem-natureza-tecnologia e desenvolvimento, este é um questionamento que nos propomos a discutir neste projeto de mestrado.

Palavras-chave: Impacto Ambiental. Brasil. Meio Ambiente - Paraná - Norte. Degradação ambiental.

Downloads 4866  4866  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A degradação das propriedades físicas dos latossolos vermelhos distróficos em decorrência dos difere Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2013
Descrição:
MANOSSO, Daniele Crislei Czuy

Nas últimas décadas os processos que degradam a cobertura pedológica têm sido intensificados a partir do desenvolvimento e aplicação de tecnologias agrícolas muitas vezes inadequadas. A falta de conservação e destruição da cobertura vegetal que protege o solo, bem como a aplicação de altas taxas de produtos químicos, favorecem uma maior degradação de suas propriedades físicas. No município de Floraí (PR) esses processos também estão presentes e são favorecidos pelos diferentes usos agrícolas aliados aos tipos de solos existentes, oriundos da alteração do basalto da Formação Serra Geral e do arenito da Formação Caiuá, os quais apresentam características texturais diferenciadas e requerem cuidados especiais. O presente trabalho visa avaliar a degradação das propriedades físicas do latossolo vermelho distrófico, proveniente do arenito, quando submetido a diferentes usos, como soja, café, pastagem e laranja, comparando-o com o mesmo latossolo sob uma área de mata nativa, que apresenta características morfológicas consideradas ideais. Para alcançar tal objetivo, recorreu-se à aplicação do método do Perfil Cultural (Hénin, 1976 in Tavares et al, 1999) e à análises laboratoriais. Constatou-se que o cultivo da laranja é a prática agrícola que mais degrada as propriedades fisicas da cobertura pedológica, seguido pela pastagem, café e soja, respectivamente.


Downloads 4862  4862  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Uso da terra por descendentes de japoneses: estudo de caso com agricultores do município de Assaí-PR Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
BERNARDES, Jamile Ruthes

Este trabalho teve como sujeitos de pesquisa agricultores japoneses e descendentes de japoneses do município de Assaí-PR, no intuito de se verificar como ocorre o uso da terra pelos mesmos, analisando se há uso diferenciado de técnicas para plantio, tratos culturais eficientes, correto manejo do solo, para perceber se com esse tipo de ações há um melhor uso da terra, ou seja, um melhor aproveitamento em relação a espaços de plantio, verificando também quais os tipos de culturas que estes agricultores têm plantado em seus estabelecimentos agropecuários, em comparação com o panorama geral do uso da terra no estado do Paraná. O objetivo de analisar dados, tanto da agricultura paranaense como da assaiense, foi proposto para que se pudesse verificar como Assaí está inserida no contexto da agricultura do estado. Foram realizadas entrevistas com 33 agricultores do município, para que se verificassem os objetivos acima descritos. Foram realizados trabalhos de campo no município, tanto em uma exposição agrícola, EXPOASA, como em alguns estabelecimentos agropecuários. Também foi feita uma entrevista com o técnico da EMATER Assaí, com o propósito de se obter dados quanto ao panorama geral da atividade agrícola realizada pelos agricultores, no município. O trabalho está estruturado em três capítulos, sendo que o primeiro trata do uso da terra e das relações que ocorrem nos espaços de produção; o segundo faz uma abordagem sobre a tradição e cultura dos japoneses, imigração e ocupação das terras norte-paranaense; o terceiro contém os dados da pesquisa, expostos por meio de gráficos, tabelas e trechos das entrevistas, o que possibilita que se compreenda a realidade dos entrevistados e as conclusões do presente estudo.

Palavras-chave: Geografia agrícola. Solo - Uso - Paraná. Solo Adequado para agricultura - Paraná.

Downloads 4847  4847  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!O código florestal na pequena propriedade rural: um estudo de caso em três propriedades na microbaci Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
TOURINHO, Luiz Anselmo Merlin

O código florestal na pequena propriedade rural: um estudo de caso em três propriedades na microbacia do rio Miringuava - Curitiba/PR

O Brasil é considerado o país com a legislação ambiental mais moderna e também aquele que possui a maior quantidade delas. E por ter este grande número de Leis há dificuldades de compreendê-las e aplicá-las com eficiência e retorno ambiental para a sociedade. Este trabalho visa justamente mostrar que este emaranhado de Leis dificulta principalmente a pequena propriedade rural de se adequar às normas impostas pelo Código Florestal (Lei 4.771, de 15-09-1965) às medidas provisórias que o atualizaram e também às mudanças constantes da legislação estadual. Além disso, há também as diversas interpretações dadas a determinados pontos das normas impostas. Sabe-se da importância de se preservar o meio ambiente, mas esta preservação não pode se sobrepor à sobrevivência do produtor rural, que vive do sustento que tira de sua propriedade, pois o homem está inserido no meio ambiente. Por isso há a necessidade de adequar a legislação, com incentivos ou alternativas exequíveis para que os produtores rurais possam cumpri-la. As principais divergências estão relacionadas à Reserva Legal e suas formas de compensação. O presente trabalho procura mostrar de forma empírica, como é a aplicabilidade desta legislação e o quanto ela interfere na propriedade rural. Fez-se a comparação com três propriedades diferentes. Foram propostos incentivos para a conscientização e adequação à legislação e também proposições para uma futura alteração das normas.

Palavras-chave: Meio ambiente. Propriedade rural. Legislação ambiental.

Downloads 4613  4613  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 (4) 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »