Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Ocupação do Parque Estadual Delta do Jacuí : conflitos de uso territorial Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
CHIAPPETTI, Ademir Baptista

Esta dissertação tem por objetivo a análise da ocupação territorial do Parque Estadual Delta do Jacuí – PEDJ – tendo como foco principal os conflitos de uso territorial com a legislação atual, baseada no Sistema Nacional de Unidades de Conservação - SNUC. Possui uma perspectiva de abordagem centrada nas características naturais da paisagem do Delta do Jacuí, com o objetivo de destacar as suas qualidades, as quais justificam a sua preservação, nas formas de ocupações territoriais ocorridas entre o tempo atual e o correspondente ao ano de criação do PEDJ e na pesquisa qualitativa das percepções dos três segmentos que ocupam esse espaço geográfico: os moradores do Parque, as associações comunitárias e os representantes da Prefeitura Municipal de Eldorado do Sul. O estudo da percepção tem como objetivo a compreensão do lugar para esses grupos. A linha metodológica escolhida para essa análise está baseada no estudo dos conceitos de Paisagem, Território, Lugar e Percepção.

Palavras-chave: Geografia ambiental. Paisagem. População. Espaço geográfico. Unidades de conservação. Percepção.

Downloads 987  987  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Paisagem: uma análise no ensino da Geografia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
PUNTEL, Geovane Aparecida

Este trabalho consiste em um estudo da paisagem no ensino da Geografia que tem como eixo central investigar como está sendo abordada a construção desse conceito na 5ª série do Ensino Fundamental. Primeiramente, foi realizado um levantamento bibliográfico referente ao conceito de paisagem na Geografia. Também foi averiguado os métodos adotados pelos professores, o uso do livro didático, além do tratamento dado à paisagem nos 2 livros didáticos mais utilizados pelos professores. Para tanto, 11 professores de 9 escolas de Educação Básica da Rede Pública Estadual de Santa Cruz do Sul/RS foram entrevistados. Verificou-se que o conceito de paisagem é anterior à ciência geográfica, passando no decorrer dos tempos por diferentes métodos de aplicação. Em relação à sua construção na 5ª série do Ensino Fundamental, percebeu-se que ele, na maioria dos casos analisados, não está sendo trabalhado de forma significativa, já que os alunos pouco aprendem a fazer uso desse conceito na interpretação da realidade em que estão inseridos. Igualmente, constatou-se que está faltando domínio de conceitos básicos da ciência geográfica para o professor. Verificou-se isso através do entendimento que os professores têm do conceito paisagem, o que dificulta o trabalho desses conhecimentos básicos da Geografia. A carga horária intensa também é argumento para justificar a ausência de temas reflexivos e de situações de aprendizagem que vão além das quatro paredes da sala de aula. Ficou claro que o livro didático de Geografia é um recurso muito utilizado pelo professor, sem prévia e devida análise da proposta conceitual apresentada pelos autores. Essa análise não é realizada pelo professor porque ele próprio não possui clareza conceitual da Geografia e se limita a constantes reclamações e demonstrações de desinteresse em relação à qualidade dos recursos utilizados e às reflexões sobre o processo ensino/aprendizagem da Geografia. Por tudo isso, é preciso pensar em saídas, na busca de uma educação geográfica reflexiva e significativa. No entanto, isso depende muito do querer e da necessidade de cada educador.

Palavras-chave: Paisagem. Livro didático. Professor de Geografia. 5ª série do Ensino fundamental.

Downloads 986  986  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!São José dos Pinhais no contexto da recente industrialização metropolitana: reflexos socioespaciais Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
TAVARES, Lilian Pérsia de Oliveira

O objetivo desta dissertação é analisar e compreender as transformações socioespaciais que ocorreram na porção Leste da Região Metropolitana de Curitiba, mais precisamente no município de São José dos Pinhais, a partir da implantação dos distritos industriais que abrigam, essencialmente, montadoras de veículos como a Audi e a Renault, e suas fornecedoras.

Palavras-chave: Mananciais. Indústrias. Espaço urbano. Metropolização. Crescimento populacional.

Downloads 985  985  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Transformações culturais e território : o kaingang da Reserva Indígena de Serrinha - RS Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
ARESI, Cláudia

Este trabalho é um estudo sobre a reserva indígena de Serrinha-RS, localizada no Norte do Estado do Rio Grande do Sul, que abrange parte do território dos municípios de Constantina, Engenho Velho, Três Palmeiras e Ronda Alta. No passado foi terra de índios, habitada mais tarde (por volta de 1930) por colonos, originando a expulsão de seus antigos moradores. A Constituição Federal de 1988 devolveu o direito de posse dessas terras aos indígenas e, a partir de 1996, se iniciou o processo de retirada dos colonos da área da reserva. O objetivo deste trabalho é analisar a origem dos conflitos no campo entre colonos e indígenas pela posse da terra. Busca-se também estudar a relação do índio com o território, transformado pelo colono, e de identificar se ocorreram transformações culturais e se estas foram relevantes para os indígenas. Além disso, pretende-se mostrar como todas as mudanças ou transformações culturais vêm sendo articuladas no contexto da reserva e qual a sua repercussão nos aspectos da cultura “tradicional” por eles ainda mantida. A metodologia utilizada para a realização deste trabalho contou com um embasamento teórico sobre o processo histórico do conflito, sobre os aspectos culturais Kaingang e sobre os conceitos de cultura, paisagem, território e identidade, pertinentes a esta discussão. A pesquisa de campo junto à comunidade Kaingang foi realizada através da elaboração de entrevistas semidiretivas, de coleta de histórias de vida e de diários de campo. Uma das conclusões considerada mais relevante para esta pesquisa refere-se à importância do território para a manutenção da vida e da cultura Kaingang. Somente após a reconquista do território é que os indígenas conseguiram revitalizar sua cultura.

Palavras-chave: Geografia cultural. Geografia humana. Reserva indígena de serrinha. Território. Rio Grande do Sul.

Downloads 983  983  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Adolescência e maternidade: sentidos produzidos neste encontro e implicações para o desenvolvimento  Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
Adolescência e maternidade: sentidos produzidos neste encontro e implicações para o desenvolvimento regional

MARTINES, Gisele Trommer

Este estudo tem como objetivo investigar os sentidos que são produzidos no encontro entre adolescência e maternidade na tentativa de ressaltar inter-relações entre este fenômeno e o desenvolvimento regional, uma vez que a cada ano, no Brasil, um milhão de adolescentes dão à luz (correspondendo a 20% do total de nascidos vivos). Constatamos índices semelhantes no município de Cachoeira do Sul/RS, local onde realizamos esta pesquisa. Participaram deste estudo oito mães adolescentes primíparas, com idades entre 15 e 18 anos. Consideramos adolescente aquele sujeito que tem entre doze e dezoito anos de idade, conforme disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Realizamos de uma a duas entrevistas com cada participante com o objetivo de analisar a experiência de ser mãe na adolescência. O método utilizado nesta proposta de investigação científica é de uma abordagem qualitativa da realidade, utilizando como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. Realizamos a análise dos dados através do método de práticas discursivas e produção de sentidos, utilizando o mapa de associação de ideias como técnica de interpretação. Neste estudo verificamos que os sentidos produzidos no encontro entre adolescência e maternidade apontam para uma experiência de vida plena de significados positivos, bem como constituem uma experiência negativa com sentimentos de perda, de renúncia forçada e de muitas dificuldades. Ao longo desta pesquisa refletimos sobre a necessidade de problematização do discurso vigente atual que considera a gravidez e a maternidade na adolescência como um problema, produzindo, desta forma, preconceito e discriminação.

Palavras-chave: Maternidade. Adolescência. Sentidos produzidos. Desenvolvimento regional.

Downloads 975  975  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.unisc.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Terras e imigrantes na colônia Assunguy Paraná, 1854-1874 Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
NISHIKAWA, Reinaldo Benedito

Os debates e discussões sobre as vantagens e prejuízos que a vinda de imigrantes traria a província do Paraná prosseguiram nos anos posteriores a aprovação da Lei de Terras em 1850 sem que se chegasse a algum consenso. Entretanto, os dispositivos propostos pela Lei de Terras em 1850 e sua regulamentação em 1854 fizeram com que se olhasse atentamente ao problema que a terra poderia se tornar. Se, por um lado, houve uma valorização da posse da terra - a partir de sua legitimação, medição e registro, sendo a compra e venda sua principal fonte de acesso, por outro lado, a necessidade da substituição da mão de obra que o fim do tráfico em 1850 traria, era uma preocupação, e a solução encontrada era a vinda imediata de estrangeiros (leia europeus) visando "equilibrar" os braços para o trabalho. Os imigrantes europeus aportaram nos portos brasileiros e vieram em busca de promessas, terras e um lar. O imigrante pobre não teria que entrar no país com um destino predestinado: força de trabalho para a grande lavoura. Muitas colônias de povoamento começaram a se formar depois de 1854, período em que a legitimação de terras estava em seu auge. Esperava-se que com os Registros de Terras ocorresse a valorização da terra como bem econômico em substituição à propriedade escrava. Esses lotes foram utilizados pelo governo provincial para trazer trabalhadores para labutar nas colônias do Paraná e para tanto, foi firmado um contrato no qual os originais estão à disposição no Arquivo Público do Paraná. Esses contratos apresentavam as cláusulas para que o trabalhador pudesse ter direito às terras. Foram assinados contratos nos primeiros anos da Colônia, tanto com imigrantes como com brasileiros. Entretanto, deveres e direitos se diferenciavam em relação à nacionalidade. E quando os contratos não eram cumpridos? Havia divergência de interesses entre o governo provincial, interessado em trazer imigrantes e os proprietários de terras que procuravam mão de obra? Sabemos que continuidade de palavras não significa, necessariamente continuidade de significados. Então qual foi o significado dos contratos entre os colonos e o governo provincial do Paraná na segunda metade do século XIX? Essa dissertação tem como meta responder tais questionamentos.

Palavras-chave: Colonização. Imigração. Província do Paraná. Lei de terras.

Downloads 941  941  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Canta Cantos: uma forma alternativa de se fazer Geografia Popular Versão: 
Atualização:  3/9/2013
Descrição:
SOUZA, L. M. de

A Geografia precisa ser feita de uma única forma? Qual é a verdadeira Geografia? É possível fazer Geografia de diversas maneiras? Essas três questões subsidiam grande parte desta dissertação, que aborda desde as transformações históricas do método científico (Capítulo 1), a história da Geografia moderna segundo os métodos adotados pelos geógrafos (Capítulo 2), a importância da divulgação científica para a ciência moderna como um todo e o esforço do projeto Canta Cantos de divulgação do conhecimento geográfico (Capítulo 3) até uma avaliação participativa do micro programa de rádio de Geografia Canta Cantos (Capítulo 4), veiculado atualmente de terça-feira a domingo, às 21:15, na UFMG Educativa – 104,5 FM de Belo Horizonte (www.ufmg.br/radio/). Ao mesmo tempo em que se constata a existência de incontáveis formas de se conhecer a realidade, conclui-se que a ciência moderna não dispõe de mecanismos lógicos (nem racionais, nem empíricos) bons o bastante para determinar qual método de conhecimento é o melhor de todos. Nesse sentido, a Geografia moderna não é uma exceção, pois oferece, desde meados do século XIX, diferentes formas de se apreender o espaço, sem que uma seja necessariamente mais adequada ou mais relevante do que a outra. Recomenda-se, portanto, considerar a maior quantidade e qualidade de Geografias possível, porque cada uma delas (científica ou não) revela uma face da realidade espacial que, em última instância, é o que todos os geógrafos querem conhecer.

Palavras-chave: Teoria. Método. Metodologia. Epistemologia. Geografia.

Downloads 899  899  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFMG  Site http://www.bibliotecadigital.ufmg.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Proposta metodológica para avaliação da população residente em áreas de risco ambiental: o caso da b Popular Versão: 
Atualização:  9/5/2012
Descrição:
UMBELINO, Glauco Jose de Matos

Proposta metodológica para avaliação da população residente em áreas de risco ambiental: o caso da bacia hidrográfica do Córrego do Onça/MG

O objetivo principal dessa dissertação é propor uma metodologia para analisar temporalmente, a partir dos dados censitários de 1991 e 2000, a vulnerabilidade ambiental das populações residentes em áreas sob risco de inundação e deslizamento de encosta, conforme especificado nas legislações que abordam os referidos riscos. Considerou-se vulnerabilidade ambiental como a justaposição espacial entre áreas de risco ou degradação do ambiente físico (vulnerabilidade natural), e grupos populacionais pouco abastados e com alta privação (vulnerabilidade social). A unidade de análise considerada ideal para este tipo de estudo, é a bacia hidrográfica. Para a aplicação da proposta aqui realizada, foi escolhida a bacia hidrográfica do Córrego do Onça-MG, palco de alta pressão antrópica, e para o qual foi possível a integração dos momentos teóricos, metodológicos e empíricos.

Downloads 879  879  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufmg.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Interações entre a temperatura do ar e a incidência de doesnças respiratórias na população infantil  Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
Interações entre a temperatura do ar e a incidência de doesnças respiratórias na população infantil da cidade de são José dos Pinhais/PR

ZEM, José Moacir

Desde tempos remotos o homem sente necessidade de compreender os fatores climáticos. Como a influência desses fatores sobre a vida humana é muito ampla, houve o interesse em estudá-los para tentar compreendê-los. O presente trabalho objetiva indicar a correlação entre as doenças respiratórias, em crianças com idade até 09 anos, as baixas temperaturas e a umidade do ar durante o ano 2000, no município de São José dos Pinhais, Estado do Paraná. Vários estudos sobre diversos tipos de doenças têm sido elaborados na região nos últimos anos, mas nenhum com essas características no município em questão.

Palavras-chave: Doenças respiratórias. Baixas temperaturas análise rítmica.

Downloads 810  810  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na bacia hidrográfica do Ribeirão são Fr Popular Versão: 
Atualização:  10/5/2013
Descrição:
MONTINA,Neiriele Bruschi

As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na bacia hidrográfica do Ribeirão são Francisco noroeste do Paraná

O presente estudo se propõe a uma análise da bacia hidrográfica do Ribeirão São Francisco, estudando as transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem, verificando tanto o parcelamento em pequenas propriedades, exploradas, regra geral, pelo proprietário e sua família e orientado por um plano de desenvolvimento regional pilotado pela Companhia de Terras Norte do Paraná (CTNP), quanto o grande impacto de assoreamento dado pelo manuseio antrópico e não pela potencialidade física, o que faz com que cada uma das unidades da bacia (alta, média e baixa bacia hidrográfica) reaja diferenciadamente.

Palavras-Chaves: 1. Bacia Hidrográfica. 2. Paisagem. 3. Transformações paisagísticas. 4. Impactos socioambientais. 5. Evolução.

Downloads 799  799  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 (14) 15 16 17 »