Educadores

Ínicio : Geografia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (30)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A ideia de América Latina nos livros didáticos de Geografia Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
DIAS, Wagner da Silva

A América Latina é um conteúdo trabalhado geralmente no oitavo ano do ensino fundamental, quando a Geografia escolar aborda a regionalização do espaço mundial. Os livros didáticos apresentam uma abordagem simplória e generalizante desse conteúdo, distanciando-se de uma proposta mais próxima da realidade, e favorecendo a criação de estereótipos. É marcante, nesses livros, a ausência de uma discussão mais aprofundada acerca do conteúdo América Latina, justificada através de uma pretensa unidade latino-americana, com base em contexto histórico e dados estatísticos. Os livros didáticos analisados invariavelmente situam a América Latina no Sul subdesenvolvido, apresentam determinadas características dessa condição e assumem como principais causas dela a colonização de exploração e o domínio externo. Um conjunto de 33 países estaria rotulado com o gentílico latino-americano, que se tornaria sinônimo das citadas características. Procuramos analisar em nosso trabalho o conteúdo referente à América Latina em três livros didáticos, além de suas referências e bases teóricas. O resultado comprovou que há um esforço para justificar uma determinada ideia de América Latina, apesar da grande quantidade de exceções para cada argumento assumido como verdadeiro e da simplificação dispensada nas justificativas. Verificamos ainda que, exatamente por se buscarem elementos unificadores para toda a região, estão ausentes discussões como: as origens do termo América Latina, a proposta inicial de sua formação e a pertinência dessa região para o conjunto de países que a integram, tendo em vista a diversidade aspectos físico-geográficos, níveis de desenvolvimento socioeconômico, nacionalidades e identidades étnicas que eles apresentam. Dessa forma, o presente trabalho constatou a necessidade de uma reformulação do conteúdo, menos simplificadora e mais questionadora da realidade latino-americana. Assim, ao contrário de continuar a busca por elementos que justifiquem a existência de uma região chamada América Latina, esperamos que se busquem outros critérios para uma regionalização menos generalizante, inclusive questionando se América Latina seria um recorte adequado para os estudos da geografia escolar.

Palavras-chave: América latina. Geografia escolar. Livro didático. Espaço mundial. Países. Região.

Downloads 1106  1106  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/
Avaliação: 10.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Representação e ensino - A música nas aulas de Geografia: Emoção e razão nas representações geográfi Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
CORREIA, Marcos Antonio

A pesquisa, Representação e Ensino – A Música nas Aulas de Geografia: Emoção e Razão nas Representações Geográficas, trata deste fazer científico e sua transposição para o ensino. Portanto, mostra como a arte musical e seu aparato metodológico junto aos mapas mentais e atividades didático-pedagógicas podem contribuir à educação formal de alunos das séries iniciais do ensino médio, representados por estudantes dos grupos A e B de colégios da rede pública do Estado do Paraná. Para tanto, coloca a vertente humanista cultural como a mais indicada no trato dos saberes. Constata, a importância da relação emoção e razão na evolução do conhecimento, assim como, o subjetivismo e o intersubjetivismo na percepção fenomenológicas representacionais, do individual e coletivo, enquanto sujeito/ator geográfico e social. Pelo lado da geografia escolar, demonstra que a música/canção dinamiza a intencionalidade e equilibra os saberes: conhecer, fazer, ser e viver, pois a linguagem musical facilita a comunicação e a função pedagógica na geografia em sala de aula, além de favorecer abordagem empírica e aplicação das atividades, ressignificando os conteúdos geográficos, proporcionando o resgate das emoções, motivadas pelas canções escolhidas e compartilhadas pelos alunos que concebem percepções e representações signo-imagéticas sistematizadas em textos e imagens configuradas em mapas mentais.

Palavras-Chave: Representação. Geografia humanista Cultural. Geografia escolar. Música. Mapas mentais.

Downloads 5502  5502  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 10.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!As comunidades locais e os conflitos de uso dos recursos naturais no litoral sul do estado do Paraná Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
BUZZATO, Adriano César

A presença de comunidades tradicionais em unidades de conservação é um fato gerador de conflitos, comumente debatidos nos dias atuais. Nesse sentido, o objetivo do presente estudo foi analisar no contexto de implantação do Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange, localizado no litoral sul do Estado do Paraná, os conflitos gerados entre as autoridades gestoras e as comunidades locais que utilizam os recursos naturais da área do Parque, bem como da sua zona de amortecimento. Para tanto, foram relacionadas dinâmicas ecológicas, sociais e econômicas, a fim de entender como são gerados esses conflitos. A partir de tais procedimentos, foi possível identificar alguns problemas existentes na área estudada, configurando-se, de forma evidente, dois tipos de conflitos: 1) o conflito jurídico-institucional, que atinge as populações tradicionais com menor inserção no mercado e maior dependência dos recursos naturais, tendo em vista que suas atividades de subsistência passam a ser ilegais, devido à legislação restritiva do Parque; e 2) o conflito ambiental provocado por práticas agrícolas inadequadas e pelo mau uso dos recursos naturais pelas comunidades que têm alguma inserção no mercado. Pode-se concluir que há uma necessidade premente de mudanças na visão essencialmente preservacionista dos órgãos ambientais em relação às populações tradicionais e que a minimização ou solução desses conflitos depende do esforço e do comprometimento dos atores envolvidos na questão.

Palavras-Chave: Recursos naturais. Unidades de conservação. Populações tradicionais. Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange. Litoral. Paraná.

Downloads 1608  1608  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 10.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!O espaço urbano em alguns contos de Adelino Magalhães (1887-1969) Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
PUTTON, Maria Esther

Este trabalho consiste em analisar a representação do espaço urbano na contística de Adelino Magalhães. A reestruturação física e social colocada em prática no Rio de Janeiro no final do século XIX resultou no crescimento desordenado e repentino da cidade e na alteração das antigas relações estabelecidas entre a população e o espaço urbano. Por meio de uma linguagem essencialmente plástica, sensorial e metafórica, o autor reproduz o comportamento dos moradores da cidade, forçados a se adaptarem a novas regras de trabalho e ficando à mercê de um novo padrão de conduta pessoal, amparado em modelos transpostos de países europeus, que objetivavam a rápida e definitiva cosmopolitização da sociedade carioca.Trata-se de um estilo composicional que não privilegia o registro objetivo ou racional do espaço. A liberdade em reelaborar a linguagem permite que as imagens que reconstróem a realidade urbana revelem, especialmente, as impressões e sensações experimentadas pelo contato com o ambiente social. O estudo das representações espaciais em Magalhães concentra-se, sobretudo, na análise dos contos "Gari", "Darcilinha" "O suicídio da Engole-homem", "Lembranças à Matilda" e "Um prego! Mais outro prego!...". Tarefa que conta previamente com a abordagem teórica das formas de recriação do espaço observadas na literatura e pesquisas que mostram como, por meio das relações citadinas, o espaço urbano moderno foi se configurando através dos séculos. Para melhor compreendermos o estilo de representação do autor, reportar-nos-emos a obras literárias ambientadas no Rio de Janeiro desde o século XIX até o início do século XX, período em que Magalhães publica suas primeiras coletâneas de contos. Além disso, o trabalho contempla o estudo de conteúdos histórico-sociais que oferecem retratos do Rio de Janeiro durante a Belle Époque com a finalidade de entender os desajustes e conflitos por que se pautavam as relações entre o espaço e os moradores. Para a compreensão do posicionamento atual de Adelino Magalhães na literatura brasileira, apresentaremos a opinião da crítica sobre o período que precedeu o movimento modernista, bem como a caracterização dos recursos estéticos de reconstrução da realidade empregados pelo autor.

Palavras-chave: Contos brasileiros. História. Rio de Janeiro. Espaço urbano. Belle Époque. Sociedade.

Downloads 5054  5054  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Análise de processos erosivos em Parques Estaduais dos Campos Gerais-PR Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
RETZLAF, Jully Gabriela

Neste trabalho, avaliou-se as consequências da localização de trilhas e a sua suscetibilidade à erosão frente à atividade turística em unidades de conservação. Em específico, avaliou-se as alterações dos atributos físicos do solo nas trilhas encontradas nos parques estaduais dos Campos Gerais Paranaenses e a relação com a erodibilidade. Foram pesquisados os parques estaduais do Cerrado, em Jaguariaíva, do Guartelá, em Tibagi e de Vila Velha, em Ponta Grossa, por apresentarem características geográficas semelhantes e possuírem dinâmica diferenciada de visitação. A paisagem destas áreas, caracterizada por inúmeros atrativos naturais e ecossistemas relictuais, potencializa os espaços para a prática do ecoturismo, interferindo no fluxo de visitação no interior das unidades. A localização inadequada de trilhas, juntamente com a visitação turística nestes pontos pode contribuir para a transformação paisagística do espaço explorado e a conseqüente alteração dos processos erosivos naturais, levando à erosão e degradação dos solos. Observou-se que as unidades pesquisadas apresentam problemas de degradação e erosão dos solos nas trilhas utilizadas para acessar os atrativos naturais. Nestas áreas, a erosão acelerada desenvolveu-se e intensificouse em locais de elevada fragilidade ambiental, sem cobertura vegetal primária e com constante passagem de turistas. Nos trechos afetados pela erosão acelerada verificou-se a degradação dos solos, a perda parcial da camada superficial, a reativação morfodinâmica em locais intensamente erodidos, a diminuição da área de vegetação natural e a descaracterização dos atrativos naturais, peça fundamental da atividade turística. No entanto, não foi possível verificar a relação dos atributos físicos do solo com os processos erosivos existentes aos longos das trilhas, uma vez que os valores encontrados indicam alta qualidade física das amostras coletadas. Atualmente, as áreas atingidas pela erosão encontram-se em recuperação, em função dos atuais Planos de Manejo implementados pelo Instituto Ambiental do Paraná e, grande parte das trilhas existentes em uso encontram-se calçadas por materiais mais resistentes ao processo erosivo.

Palavras-chave: Geografia física. Áreas de conservação de recursos naturais. Ecoturismo. Parques nacionais. Trilhas. Erosão.

Downloads 4601  4601  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Análise socioambiental em assentamentos de reforma agrária no norte paranaense Popular Versão: pdf
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
SILVONE, Bruno Rangel Silvone

Este trabalho discute a questão agrária no Brasil, abordando temas como a concentração de terras, os movimentos sociais no campo e a implantação de assentamentos rurais, relacionando-os a questão ambiental e seus desdobramentos no espaço agrário, enfatizando a relação entre o uso e ocupação do solo e seus reflexos no meio natural. Traz reflexões sobre a legislação ambiental brasileira de modo geral e, mais especificamente, as normas direcionadas aos assentamentos rurais de reforma agrária, considerados como "locus" da conquista, onde se materializam as relações entre os homens e destes com o meio natural. Foram estudados, mais detalhadamente, dois assentamentos rurais de reforma agrária, localizados na região norte do Paraná, contudo, em situações diferentes, especialmente quanto a topografia, a pedologia e a situação econômica da região onde se encontram. Um dos assentamentos é o Roseli Nunes, localizado no município de São Jerônimo da Serra, na divisa do terceiro com o segundo planalto paranaense, região mais pobre do Estado e de relevo bastante acidentado; o outro assentamento estudado chama-se Iraci Salete e localiza-se no município de Alvorada do Sul, região próxima ao rio Paranapanema, divisa com o Estado de São Paulo, de agricultura bastante diversificada e com altos índices de produtividade. Constata-se a importância do fator localização, que influencia diretamente na forma de uso e ocupação do solo e, consequentemente, na obtenção de renda dos assentados, na situação socioeconômica e na relação destes com os recursos naturais existentes na área habitada. Verifica-se ainda a existência leis ambientais bastante abrangentes e detalhistas, contudo, ainda pouco conhecidas nos assentamentos rurais estudados. Merece destaque também o alto grau de satisfação dos assentados em relação a terra recebida, 90% afirmam estar contentes e não ter nenhuma intenção de deixar o lote. Ressalta-se ainda a necessidade de maior acompanhamento técnico, principalmente no momento de investir os recursos financeiros recebidos, no manejo agrícola e na manutenção dos recursos naturais existentes.

Palavras-chave: Geografia agrícola. Assentamentos rurais. Reforma agrária. Conservação da natureza.

Downloads 2669  2669  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL - Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Qualidade de água da bacia hidrográfica do ribeirão dos Padilhas - Curitiba/PR e suas implicações pa Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
Qualidade de água da bacia hidrográfica do ribeirão dos Padilhas - Curitiba/PR e suas implicações para a saúde

ALMEIDA, Elisangela Soares

A cidade de Curitiba, diante de seu acentuado crescimento populacional apresenta uma enorme complexidade no aproveitamento, ou não, de seus recursos hídricos para o abastecimento público. A velocidade com que a expansão urbana tende a avançar sobre as áreas de proteção ambiental, é algo que merece especial atenção do governo e da comunidade. Grande parte dos rios que, por não possuírem uma “função definida de utilidade pública” apenas são utilizados como local de despejo de dejetos e lixo pela população ribeirinha. Assim, a presente pesquisa traz como proposta, estudar a realidade de uma bacia hidrográfica urbana, inteiramente curitibana, suas influências e consequências para os bairros banhados por ela, principalmente com relação ao aparecimento de doenças de vinculação hídrica.


Palavras-chave: Urbanização. Esgoto. Doenças.

Downloads 645  645  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.ufpr.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A unidade de paisagem serra do mar no estado do Paraná perspectiva de abordagem a partir do geossist Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
A unidade de paisagem serra do mar no estado do Paraná perspectiva de abordagem a partir do geossistema

SARAIVA, Fabiano

A Serra do Mar, no Paraná, marca a transição entre o Primeiro Planalto Paranaense e a Planície Litorânea, com um fisiografia escarpada e/ou montanhosa relacionada à ocorrência da serra marginal de borda do planalto. Ocupada por remanescentes da Floresta Atlântica, constitui-se em importante área para a conservação da biodiversidade desta formação florestal, além de manter inúmeras nascentes dos
mananciais de abastecimento público da Região Metropolitana de Curitiba e das cidades do litoral paranaense. Para a definição dos limites ocupados pela Serra do Mar, utilizou-se de metodologia originada na geografia física, denominada geossistema, que a partir da análise integrada dos elementos constituintes do meio físico permite a delimitação de unidades de paisagem em diferentes escalas.

Palavras-chave: Geossistema. Serra do mar. Floresta Atlântica. Meio ambiente.

Downloads 2828  2828  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://http:www.ufpr.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!Anos bons e anos ruins, do ponto de vista climático, para as culturas do trigo e da soja no municípi Popular Versão: 
Atualização:  5/9/2013
Descrição:
YOKOO, Sandro Carbonera

O município de Campo Mourão – PR situa-se numa região eminentemente agrícola, de modo que sua economia fundamenta-se na agricultura. Essa atividade depende significativamente do ambiente climático, principalmente da dinâmica do tempo atmosférico, e os eventos meteorológicos extremos geralmente são muito prejudiciais aos cultivos. Essa realidade foi determinante para a escolha desse tema para o presente estudo, o qual tem por objetivo principal contribuir para o entendimento do clima local e suas possíveis relações com a produção e a produtividade da cultura trigo e da cultura da soja, no referido município. Buscou-se atingir os objetivos propostos apoiando o estudo na metodologia da Análise Rítmica, proposta por Monteiro (1969, 1971), que se fundamenta na Climatologia Dinâmica. No primeiro momento levantaram-se dados referentes à área plantada, produção e produtividade do trigo e da soja na área de estudo durante o período 1986 - 2005. A partir daí elegeram-se dois anos agrícolas como amostragem de ano bom para cada uma das culturas em estudo - aqueles que apresentaram as maiores produções e produtividades nesse período, e dois anos agrícolas para cada uma das culturas como amostragem de ano ruim - aqueles que apresentaram produções e produtividades mais baixas durante o mesmo período.

Palavras-chave: Clima. Tempo atmosférico. Trigo. Soja. Produtividade. Campo Mourão.

Downloads 2187  2187  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Geografia Dissertações
Fazer Download agora!A (Des)construção da paisagem nos itinerários Maringá-Londrina: ferrovia, BR 376 e BR 369 Popular Versão: 
Atualização:  14/5/2013
Descrição:
VENÁ, viviane de Souza

Esta dissertação pretende mostrar e consequentemente analisar o processo de (des)construção da paisagem nos itinerários Maringá-Londrina, em três eixos de circulação: a Ferrovia (Estrada de Ferro Norte do Paraná), a BR 376 e a BR 369, pois a construção de uma paisagem só ocorre em detrimento da destruição de uma outra. E um importante fator que influenciou neste processo de transformação da paisagem é a questão econômica, grande responsável pelo tipo de paisagem, bem como também pelo tipo de sociedade existente no local de estudo. Todavia, também não se deve esquecer de que são as sucessivas sociedades que constróem as sucessivas paisagens e de que estas devem sempre ser consideradas como uma herança de processos biológicos e fisiográficos e, ainda, patrimônio coletivo dos povos que historicamente as herdaram como território de atuação de outras sociedades. O presente trabalho, se apoiou, primeiramente em um estudo bibliográfico, objetivando a fundamental construção da base teórica e o resgate histórico do processo de ocupação do Norte do Paraná, e, após, em trabalhos de campo a partir de entrevistas com moradores, na realização de importantes registros fotográficos da área de estudo e além do mais, no uso de imagens de satélite e na construção de perfis geoecológicos que retratam as características da paisagem ao longo da Ferrovia, BR 376 e BR 369 entre Maringá Londrina, atualmente.

Palavras-chave: Paisagem. (Des)construção. Ferrovia. BR 376. BR 369. Sociedade.

Downloads 6557  6557  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.uem.br
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »