Educadores

Ínicio : Língua Portuguesa : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (68)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Imagens do casamento e do amor em Nelson Rodrigues: um estudo das representaçőes de gênero Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
ZECHLINSKI, Beatriz Polidori

Este trabalho preocupou-se em refletir sobre as representações sociais de gênero produzidas em histórias de Nelson Rodrigues, publicadas em jornais nas décadas de 1940 e 1950. Discutem-se as imagens do feminino, do masculino, do casamento e do amor que essas histórias apresentavam e a sua relação com os discursos de delimitação dos papéis sociais de homens e de mulheres do período. Foram analisadas crônicas selecionadas do correio sentimental "Myrna escreve" (1949), os folhetins "Meu destino é pecar" (1944) e "A mulher que amou demais" (1949) e contos selecionados da coluna "A vida como ela é..." (1951-1961). Para os folhetins e o correio sentimental, que visavam atingir o público feminino, o autor criou heterônimos femininos (Suzana Flag e Myrna). Já a coluna "A vida como ela é...", que o autor assinou com o próprio nome, tinha um público predominantemente masculino. Levando em conta as diferenças de cada tipo de história e de seus públicos, buscou-se compreender o caráter e o papel destas na produção de imagens que divulgavam formas de pensar as
relações amorosas e de gênero, que eram apreendidas pelas leitoras e leitores.

Palavras-chave: Discurso Literário. Representações sociais. Relações de gênero. Modelos sociais.

Downloads 1425  1425  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3.ufpr.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Lima Barreto: representações, diálogos e trajetórias literário-culturais Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
Mello, Ana Maria Lisboa de

O presente trabalho tem como objetivo analisar como se apresentam e estão representados os universos sociais, políticos e culturais da cidade do Rio de Janeiro, durante a Primeira República, nas narrativas de Lima Barreto. O estudo procura apontar, na leitura das obras do autor, como ele se opõe à imagem construída pela elite republicana de um Estado moderno e de um Rio civilizado, revelando as marcas literárias dessa contraposição. Dessa forma, busca-se evidenciar, na dissertação, as estratégias de oposição ao poder da elite política e caracterizar as concepções de literatura do escritor, relacionando-as ao cotidiano das comunidades urbanas e suburbanas cariocas desse período histórico. A pesquisa se propõe ainda a realizar uma aproximação teórica e metodológica entre Literatura e História que viabilize a percepção e o entendimento dos textos de Lima Barreto, no contexto cultural e social em que foram produzidos.

Palavras-chave: Barreto. Lima. 1881-1922. Crítica e interpretação. Literatura brasileira. Literatura e História. Primeira República.

Downloads 615  615  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul.  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Línguas africanas e o português falado no Brasil Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
BONVINI, Emilio

O trabalho tenta descrever, numa visão um tanto quanto panorâmica, também no plano histórico, as diferentes facetas da relação “línguas africanas – língua portuguesa” no Brasil. Instaurada há séculos e inscrita no próprio coração do tráfico, ela desenvolveu-se no Brasil num jogo de alternâncias e de contatos linguísticos em que as línguas africanas exerceram, sucessivamente, um papel cada vez menos determinante em face daquele preenchido pela língua portuguesa. Elas passaram de um estatuto inicial de língua plena e generalizada (quimbundo), primeiro, ao de língua veicular e pidginizada
(“mina”), em seguida ao de língua veicular (iorubá) geograficamente circunscrita e limitada a um contexto plurilíngue e africano, para acabar numa fase de extinção progressiva, por falta de renovação suficiente de seus falantes, sobrevivendo finalmente apenas em lugares confinados, sob forma de línguas cultuais ou secretas.

Downloads 852  852  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Linguística de Corpus na Análise do internetês Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
GONZALEZ,Zeli Miranda Gutierrez

O trabalho que ora se apresenta foi motivado pela necessidade de compreender as modificações na grafia do internetês, bem como identificar a frequência dessas modificações.

Downloads 691  691  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Literatura de viagem:trajetórias e percursos - análise em A Volta do Gato Preto e México de Erico Ve Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
ANANIAS, Denise de Castro

Este trabalho, inserido no âmbito dos estudos comparados, propõe-se a analisar o conceito de narrativa de viagem em duas obras de Erico Verissimo – mais precisamente "A volta do gato preto" e "México". No que diz respeito à metodologia, busca pontuar e desenvolver os aportes teóricos comparatistas. Por meio dos estudos comparados é possível transitar com mais clareza por questões relevantes dessa disciplina, tais como intertextualidade, interdisciplinaridade, alteridade, identidade, nacionalidade, questões de tempo e espaço e de deslocamentos/viagens, levando-se em conta, é claro, o enfoque não apenas geográfico, mas também a identidade cultural dos textos do corpus, procurando ressaltar pontos em comum e níveis de alteridade entre os dois romances. Analisa-se, também, as suas influências, a riqueza de fontes históricas e literárias e a possível contribuição da literatura de viagem na formação de diversas culturas.

Palavras-chave: Literatura brasileira. Literatura comparada. Literatura de viagem.Veríssimo, Érico. 1905-1975.

Downloads 1154  1154  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Literatura infantil: uma abordagem das qualidades sensíveis e inteligíveis da leitura imagética na e Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
PANOZZO, Neiva Senaide Petry

Esta dissertação discute a leitura de textos imagéticos a partir da perspectiva da educação e da semiótica visual, tratando das articulações e relações entre os elementos constitutivos da imagem em livros de literatura infantil sem texto verbal. A investigação busca revelar, na complexidade das relações existentes entre elementos estruturantes das imagens nos livros "O caminho do caracol" e "Cena de rua", o sentido que se inscreve no texto e a possibilidade da sua leitura no meio escolar. As obras literárias para a infância veiculam a linguagem visual em junção com a verbal e propiciam experiências sensíveis e inteligíveis. A partir da teoria semiótica greimasiana, aplicando instrumentos de análise do percurso gerativo de sentido, a pesquisa demonstra que o texto imagético é estruturado por diferentes níveis de complexidade, impondo um modo de ler específico. A identificação, descrição, classificação, bem como as relações entre as categorias, nas suas dimensões cromática, eidética e topológica, levam à constatação que as qualidades plásticas da imagem organizam sistemas de linguagem, reunindo solidariamente o plano da expressão e do conteúdo, criam estruturas e geram efeitos de sentido. A imagem, então, constitui-se como objeto de significação e a ilustração presente no livro de literatura infantil, ao ser tratada como texto lisível, torna-se objeto de leitura. A complexidade desse tipo de texto aponta a necessidade da formação.

Palavras-chave: Ilustração. Livro infantil. Imagem. Leitura. Representação. Linguagem visual. Literatura infantil. Semiótica.

Downloads 642  642  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Literatura infantojuvenil e diversidade Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
VENANCIO, Ana Carolina Lopes

O estudo analisou amostra de 20 obras de literatura infantojuvenil, que compõem um acervo do Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE), voltado aos educandos do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental de 09 anos, selecionados em edital no ano de 2007 para distribuição e uso em 2008. A pesquisa se vincula aos estudos brasileiros que analisam de forma crítica a criação e difusão de formas de hierarquização social (de idade, gênero, raça e relativos à deficiência) por meio de discursos e imagens veiculadas pela literatura infantojuvenil. No plano teórico é orientada por essa perspectiva crítica e por contribuições do interacionismo simbólico, em especial pelos conceitos de identidade social e de estigma. A análise proposta operou com a hipótese que o discurso midiático e o discurso difundido pelos livros infanto-juvenis e didáticos têm ficado, em geral, alheios a apresentação da diversidade, divulgando, com a adoção de tal postura, conceitos legitimadores de hierarquias sociais. A questão que se cumpria investigar e responder neste contexto foi: Em que medida os personagens apresentados pelas obras que compõem o acervo do PNBE 2008 apresentam características que valorizam a diversidade? A partir da leitura completa das obras essas foram submetidas a técnicas de análise de conteúdo, com foco nos personagens e analisadas de forma qualitativa e quantitativa.

Palavras-chave: Literatura. Relações de gênero. Infantojuvenil. Diversidade. Inclusão. Relações raciais.

Downloads 546  546  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Biblioteca Digital da UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Mitos e concepções linguísticas do professor em contextos multilíngues Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
HILGEMANN,Clarice Marlene

Este estudo insere-se no âmbito da pesquisa sociolinguística. Seu objetivo principal é comparar a visão de língua de professores de escolas confrontadas com situações de multilinguismo e seu comportamento em relação à língua minoritária falada pelos alunos, bem como ao bilinguismo como consequência natural do contato linguístico e ao próprio processo de aprendizagem da língua-padrão, o português. Parte-se do pressuposto básico de que comunidades plurilíngues, especialmente aquelas onde se falam variedades estigmatizadas, são marcadas por tensões e valorações sociais diversas. Subjaz à análise desse contexto a tese de que a compreensão das concepções linguísticas do professor contribui para explicar a dinâmica de diversos mitos acerca da língua minoritária e do bilinguismo observável na comunidade. Dominado pela força desses mitos, o professor é impelido a atitudes distintas, que vão desde a valorização exacerbada até a estigmatização extrema de certas variedades, originando o preconceito linguístico. Para o estudo desses aspectos, seguiu-se uma metodologia de análise qualitativa interpretativa dos dados. A coleta de dados envolveu observação de aulas, anotações em diário de campo, entrevistas gravadas com professores e alunos, além de filmagens de aulas. Foram sujeitos da pesquisa professores de duas escolas: escola A, localizada em Daltro Filho, e escola B, de Estrela. Os dois contextos distinguem-se pelo grau de bilinguismo - maior em Daltro Filho - e de urbanização - maior em Estrela. Enquanto na escola A os professores, todos bilíngues, estão em contato direto com a situação multilíngue (alemão-italiano-português), na escola B os professores entram em contato com o bilinguismo (alemão-português) apenas através de alunos provenientes do meio rural. Os resultados mostram que, entre as concepções linguísticas vigentes, destaca-se a concepção de que a língua se define por um conjunto de regras consubstanciadas nas gramáticas normativas, as quais prescrevem as normas do “falar e escrever corretamente”, sendo todas as formas desviantes desse padrão consideradas como "erro". O domínio dessa língua-padrão é almejado tanto por professores, quanto por alunos e considerado um capital linguístico imprescindível para a ascensão social e inserção no mercado de trabalho. Evidencia-se, ainda, nas realidades pesquisadas, a existência de diversos mitos, tanto ligados à língua portuguesa quanto à língua minoritária. Embora em muitos momentos os informantes considerem o bilinguismo como um capital linguístico altamente desejável, em outros momentos o encaram como um obstáculo à aprendizagem do português. Além disso, percebe-se que a escola está impregnada pelas leis do mercado linguístico, não atentando ao mercado de trabalho, ao optar pelo ensino do inglês como primeira opção de língua estrangeira a ser trabalhada na escola. Descrevendo como essa realidade de contato entre línguas minoritárias e o português é tratada em sala de aula, ou seja, como se configura atualmente essa realidade multilíngue em nosso meio, este estudo pode servir para alertar não só professores da necessidade de redirecionar suas atitudes, valorizando tanto a língua minoritária de seus alunos quanto a variedade do português, como também as autoridades responsáveis pela Educação sobre a necessidade de instituir uma política linguística que assegure a essas minorias bilíngues currículos, métodos, técnicas e um programa de educação bilíngue adequado para atender às suas peculiaridades.

Palavras-chave: Bilinguismo. Ensino. Língua portuguesa. Linguística. Sociolinguística.

Downloads 464  464  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Motivação da leitura por meio de atividades com textos humorísticos Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
GREGIO, Solange Ana de Macedo

Anualmente, diversos programas de avaliação como Saresp, Saeb e Enem mostram que a capacidade de interpretação e produção de textos de nossos alunos é cada vez mais desanimadora. Os números que apontam esses resultados nos levam a repensar nossa
realidade profissional, uma vez que o grande problema continua sendo o baixo nível de alfabetização de nossas crianças.

Downloads 3356  3356  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-SP   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Mulheres de Graciliano: configurações femininas em S. Bernardo, Angústia e Vidas Secas Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
LIMA, Marcos Hidemi de Lima

Trabalho que tem como objetivo promover uma reflexão acerca das personagens femininas de três romances de Graciliano Ramos: S. Bernardo, Angústia e Vidas Secas.

Palavras-chave: Romances. Personagens Femininas. Ordem patriarcal. Graciliano Ramos.

Downloads 5304  5304  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 (5) 6 7 8 »