Educadores

Ínicio : Química : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (11)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Metáforas-Andaime: As analogias como recurso argumentativo no Ensino de Química Popular Versão: 2007
Atualização:  8/8/2013
Descrição:
ROCHA, Aldeir Antônio Neto

Com o olhar atravessado pelas teorias de enunciação e linguagem propostas por Bakhtin, pela dialogicidade de Paulo Freire, e, especialmente, pela teoria da argumentação de Chaïm Perelman o Olbrechts-Tyteca, este trabalho buscou discutir elementos para uma prática dialógica no Ensino de Química. O objeto principal da investigação foi a utilização de analogias como recurso argumentativo e ferramenta para o processo de aprendizagem-ensino de Química, em salas de aula do Ensino Médio. Diversos aspectos permearam a discussão, dentro os quais, destaquei: o papel da linguagem dentro da sala de aula; a importância das condições prévias dos alunos; a construção do conhecimento científico, a importância do auditório na construção dos discursos, a significação e importância do meio social e cultural no desenvolvimento do conhecimento científico e na formação dos estudantes, e, como foco central, o potencial do uso de analogias como ferramenta para o estudo Química. Com a análise de algumas coleções de livros didáticos de Química, busquei perceber a frequência e a natureza das analogias utilizadas pelos autores. Outro procedimento foram entrevistas com professores a respeito da maneira como trabalham tais recursos argumentativos.

Palavras-chave: Ensino de Química. Argumentação. Analogia.

Downloads 1507  1507  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFJF – Programa de Pós-Graduação em Educação  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!Investigação das concepções de licenciandos em química sobre história da ciência Popular Versão: 2008
Atualização:  6/9/2013
Descrição:
LEME, Marcos Alberto Autuori

Este trabalho tem como objetivo investigar as idéias de alunos de licenciatura em química acerca de aspectos historiográficos da ciência, visando identificar se suas concepções estão de acordo com o perfil desejado para o professor de química atual. Partimos da idéia de que o ensino de ciências pode se beneficiar da abordagem adotada pela maioria dos historiadores da ciência na atualidade, denominada nova historiografia da ciência (NHC). Como instrumento de pesquisa, foi elaborado um questionário de múltipla escolha para o levantamento de concepções sobre história da ciência, construído a partir de uma rede sistêmica, na qual confrontamos concepções da NHC e da antiga historiografia da ciência (AHC). A opção pelo questionário de múltipla escolha foi decorrência da intenção de desenvolver um instrumento de pesquisa que permitisse investigar as concepções de um grande número de licenciandos. A análise dos dados obtidos através do questionário foi efetivada através de uma metodologia que utiliza dendrogramas, histogramas e outros parâmetros de natureza estatística. Concluímos que essa metodologia mostrou-se eficiente na comparação de dois ou mais grupos, no sentido de identificar em qual grupo as posições associadas a NHC e a AHC são mais claramente distintas. Através desta metodologia também foi possível avaliar qual a posição predominante em um determinado grupo, uma vez que os valores dos parâmetros e os aspectos dos dendrogramas e histogramas seguem padrões identificáveis. Os resultados obtidos sugerem que, entre os licenciandos em química, ainda prevalecem concepções sobre a história da ciência que não refletem as tendências historiográficas atuais, tampouco condizem com os objetivos preconizados para o ensino de ciências.

Downloads 936  936  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Química Dissertações
Fazer Download agora!A História da Ciência nas Obras de Química do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Méd Popular Versão: 
Atualização:  10/5/2012
Descrição:
TAVARES, Leandro Henrique Wesolowski

O Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM) enquadra-se dentro de uma política pública de avaliação, compra e distribuição de obras didáticas aos professores e alunos de escolas públicas, sendo uma medida recente que atendeu, progressivamente, as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Biologia, História, Química, Física e Geografia no Ensino Médio. Referente à Química, os livros didáticos enviados pelas editoras foram submetidos, em 2007, a várias etapas de análise por uma equipe de especialistas da área de Química de universidades públicas e privadas. Como resultado foi elaborado o Catálogo do Programa Nacional do Livro para o Ensino Médio (PNLEM/2008: Química), um documento que apresenta e discute, via resenha, as características das obras aprovadas, seguidas pela ficha avaliativa, no anexo. Entre os eixos orientadores dessa ficha de avaliação há critérios, eliminatórios e classificatórios, referentes à natureza da Ciência. Mas, apesar de considerarem a História da Ciência na análise, verificamos que esse aspecto - natureza da Ciência - é relatado de forma vaga nas breves resenhas de alguns livros pelo Catálogo. Dessa forma, investigamos como essas obras de Química apresentam a História da Ciência, sendo escolhido o conceito de substância química para tal verificação, uma vez que a construção dessa temática releva uma riqueza histórico-epistemológica ao longo dos anos. A análise desses materiais didáticos foi fundamentada na análise de conteúdo, um viés que possibilitou a construção de categorias para a leitura crítica do material, com subsequente identificação das características das obras. Os dados obtidos revelam que alguns autores levam em consideração, em maior ou menor grau, aspectos histórico-epistemológicos no tratamento de alguns conceitos, mas há necessidade de reverem algumas questões limitadas ou ausentes, como a discussão sobre a metodologia científica e o papel das influências econômico-político-sociais no processo de construção dos conceitos químicos. Nesse caminhar, acreditamos que o investimento na melhoria das formações inicial e continuada dos professores também é uma ação a ser repensada, criando condições mais adequadas para os docentes adaptarem e usarem metodologias e recursos didáticos variados no processo de ensino-aprendizagem.

Palavras-chave: Livros Didáticos. História da Ciência. Conceito de Substância.

Downloads 6331  6331  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNESP - FACULDADE DE CIÊNCIAS (FC) - BAURU - SP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6)