Educadores

Ínicio : Sociologia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (18)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A economia solidária, um passo além da informalidade: a experiência do Dendê Popular Versão: PDF
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
AMORIN, Rizoneide Souza

O presente estudo faz uma reflexão sobre uma experiência de Economia Solidária, localizada na Comunidade do Dendê, Fortaleza – Ceará, onde se compreende o significado dessa experiência para os envolvidos. Os procedimentos metodológicos utilizados para construção da pesquisa foram baseados em referências sobre a temática e pesquisa de campo (entrevistas, questionários e (observações) junto ao grupo solidário pesquisado. Nessa prática de economia solidária, as atividades informais desenvolvidas
proporcionam uma forma de organização social que, além de gerar uma renda (que nesse caso é apenas complementar), contribui para o resgate e/ou construção da cidadania dos participantes. A organização coletiva, especificamente nessa experiência, proporciona uma forma diferente de viver e se relacionar, construindo novos paradigmas sócioeconômicos, políticos e culturais, baseados na cooperação, além de abrir novos horizontes para uma vida mais solidária. Em geral, isso não é observado nas práticas de atividades informais que são desenvolvidas isoladamente, que leva em consideração apenas o viés econômico onde as pessoas trabalham de forma individual. Quanto a sustentabilidade do empreendimento analisado, ainda que permita formas de sobrevivência para alguns, não se constitui numa alternativa econômica sustentável.

Palavras–chave: Economia Solidária. Trabalho Informal. Grupo Solidário. Solidariedade. Cooperação.

Downloads 2116  2116  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRN  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Da família pensada a família vivida : estigma, infertilidade e as tecnologias conceptivas  Popular Versão: PDF
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
STRAUBE, Katia Maria

Este estudo focaliza a articulação entre as Novas Tecnologias Reprodutivas Conceptivas (NTRc) e os estudos da família. A reprodução detém um alto valor social veiculado historicamente e a ausência de fertilidade sempre trouxe dissabores a quem não pudesse procriar. A ideia de que o corpo fértil é natural e a impossibilidade de autoconstrução subjetiva fora da procriação comprometem o indivíduo infértil, que se vê sem lugar no mundo. No contexto contemporâneo da infertilidade, a busca obstinada pelo (a) filho (a) desejado(a) pode ser realizada pelas tecnologias reprodutivas que disponibilizam um arsenal sofisticado e complexo de procedimentos biotecnológicos. Não poder procriar mobiliza o estigma que marca e discrimina quem se desvia desta ordem social estabelecida. O objetivo desta pesquisa é identificar a permanência ou não do estigma da infertilidade em homens e mulheres que se submeteram às tecnologias reprodutivas após, pelo menos, cinco anos da sua experiência. Sua hipótese é que a situação do estigma, embora aparentemente resolvida no contexto social, ao se obter o êxito laboratorial, perdura de algum modo após o nascimento dos filhos, o que se evidencia, principalmente devido a pouca disposição em falar sobre a experiência vivida. Partindo das representações dos sujeitos, investiga as vinculações entre a concepção biotecnológica e a vivência ou não da estigmatização social e subjetiva; aborda as repercussões das questões do sigilo e do segredo que se enredam neste contexto e busca compreender se a família imaginada, que é anterior à busca pelas NTRc, corresponde à família vivida, a que se constituiu após o uso destas tecnologias. Confirma-se a existência do estigma da infertilidade em homens e mulheres que, embora se assemelhe, apresenta especificidades nos seus conteúdos simbólicos. Demonstram-se os temores que cercam a estigmatização, evidenciados por culpa, frustração, angústia, ambivalência, sofrimentos e dilemas envolvidos em situações de segredos, medo de se revelar e tentativas obstinadas pela superação, que condicionam a busca aos atuais recursos tecnológicos reprodutivos. O tempo decorrido mostra que as NTRc são positivadas por serem estratégias resolutivas que cumprem o desejo idealizado de filho, amenizam a situação conflituosa vivida e são vistas como responsáveis pela formação familiar. A vivência da família tecnologicamente constituída reassocia fertilidade e prazer na aproximação entre família pensada e família vivida visto que a tecnologia reprodutiva dissociou sexo e reprodução. O decurso do tempo mostra, também, que as marcas do estigma podem deixar cicatrizes em nível das subjetividades que tendem a se projetar no (a) filho (a) tão desejado (a), seja por preocupações, cuidado excessivo, idealizações e temores de que também possa ser discriminado (a).

Palavras-chave: Novas tecnologias reprodutivas. Infertilidade. Estigma. Família.

Downloads 2040  2040  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/11732
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Outra vez sem terra : uma análise dos egressos da organizaçăo do Assentamento Vitória da Uni Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
GOUVEIA, Celia Gonçalves

Resumo: O estudo proposto pretende acompanhar a trajetória dos agricultores que um dia entraram na posse de um lote no Projeto de Assentamento Rural Vitória da União, Mangueirinha, PR, e que dele se afastaram posteriormente. Este estudo contempla um recorte que abrange o período entre 1983 e 1988, isto é, desde a preparação para a ocupação até os três primeiros anos agrícolas nas novas propriedades. A pesquisa em questão parte do fato de que a luta pela terra no Brasil está presente em quase todos os momentos da história do país, tendo atingido ultimamente, um grau de intensidade sem precedentes. Neste contexto o Movimento dos Agricultores Sem-terra - MST, surge com o claro objetivo de operar no país uma Reforma Agrária sob o controle dos trabalhadores, em contraposição ao discurso oficial endossado por uma prática que misturava reforma agrária com regularização fundiária e expansão de fronteiras agrícolas. Contrariando o chamamento feito pelo governo, os agricultores se organizaram optando pela ocupação de terras ociosas, com a meta de estabelecerem o conflito tido pelo então vigente Estatuto da Terra como justificativa defensável para a desapropriação. Pretende-se aqui estudar os motivos que levaram as famílias a deixar os assentamentos, orientado pelas seguintes hipóteses: (A) Um importante fator de fracasso dos agricultores assentados é a inadequação dos solos existentes nos projetos de assentamento rural em relação à capacidade econômica dos assentados; (B) Há um descompasso importante entre os objetivos que movem os agricultores que participam das ocupações em busca de terra para produzir e as metas que orientam o Movimento dos Sem-terra, voltadas para a Reforma Agrária de um modo geral; e (C) Os financiamentos destinados aos assentamentos da reforma agrária, em seus primeiros anos não fluiram no ritmo adequado às necessidades reais dos assentados, não levando em conta que um lote de assentamento é uma propriedade em fase de estruturação, em geral, terrenos de mata a serem abertas para a agricultura. Significa que não foram consideradas todas as dificuldades que seriam enfrentadas pelos assentados quando se planejou os financiamentos, tendo estes muitas vezes se transformado em empecilhos em vez de facilitadores. Os dados têm como fonte de informação as fichas de produtores e ex-assentados que serão entrevistados mediante um roteiro de pesquisa.

Palavras-chave: Não informado

Downloads 1994  1994  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/4244
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Os gerentes de contas do Unibanco em Porto Alegre Popular Versão: 
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
ALMEIDA, Mateus Carrilho de

Resumo: A pesquisa de campo foi realizada com gerentes de contas do Unibanco em Porto Alegre visando retratar seu ofício e seu perfil. O trabalho do gerente bancário adquiriu maior importância nas atividades bancárias no Brasil a partir de meados dos anos 1990, com a reestruturação produtiva ocorrida no setor financeiro brasileiro, principalmente após o Plano Real de 1994. A estabilização da moeda nacional, aliada ao aumento da concorrência, intensificada pela entrada de bancos estrangeiros no mercado nacional, fez com que os bancos buscassem novas formas de lucro. A perda da receita oriunda da ciranda inflacionária levou os bancos a adotarem novas formas de gestão, a ampliarem a oferta de serviços, a minimizarem custos por meio de demissões de funcionários, informatização crescente, terceirizações, subcontratações e flexibilização das relações de trabalho. Inserido em ambiente de forte concorrência, o gerente tornou-se o principal responsável pelos negócios de varejo no Unibanco. A dissertação procura retratar e analisar as atividades, as funções, as condições de trabalho, as qualificações e o perfil deste profissional. Suas funções e responsabilidades exigem do gerente de contas prioritariamente habilidades sociais mais do que o domínio e o conhecimento técnico para a realização de seu trabalho. Por isso este profissional deve ter escolaridade superior, ser hábil socialmente, ser comunicativo e persuasivo, qualidades de um bom vendedor, para atingir as elevadas metas que lhe são impostas.

Downloads 1985  1985  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Puc Rs  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=34
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Transgressão, mercado e distinção : a violência extrema no cinema  Popular Versão: PDF
Atualização:  17/5/2012
Descrição:
SCARPA, Paulo Cesar Almeida

Este trabalho pretende estudar a produção cultural geralmente conhecida como "filmes exploitation" (filmes de exploração em português) ou, academicamente, para cinema: um terreno cinematográfico cujo elemento central é a violência estetizada de maneira gráfica e realista. Busco defender a premissa de que tal visão estética não pode ser compreendida (pelo analista) meramente como marginal ou transgressiva, como muitas vezes o é, mas sim como parte de uma engrenagem social mais ampla na qual estar "de fora", ser outsider, pode ser um local social desejado, no sentido de um espaço de criação de identidade e distinção social. Portanto, este objeto permite complexificar o próprio conceito outsider na sua relação com a ideia de estabelecido. Antes de uma reação ao mainstream e à lógica comercial da arte, o chamado paracinema consiste em um espaço social de forças, no qual o uso de diversos capitais simbólicos específicos é invocado para reafirmar uma superioridade frente àqueles que consideram "vítimas" de uma "cultura de massa", e frente ao cinema acadêmico. Portanto, mais do que uma negação do mundo, este estudo buscou compreender como a transgressão pode criar, antes de tudo, um espaço próprio para a entrada neste mundo.

Downloads 1983  1983  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/11029
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A Assembléia Legislativa do Paraná: organização interna e processo decisório na 14. legislatura (199 Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
FRANÇA, Andressa Silvério Terra

Resumo: O objetivo deste trabalho é empreender uma análise do processo decisório e das relações entre o Executivo e o Legislativo no segundo governo de Jaime Lerner (1999-2002) no estado no Paraná, através da análise sistemática do processo legislativo, do estudo aprofundado do processo de formação de agenda e da seleção de processo decisórios específicos (estudos de caso de decisões legislativas relevantes, definidas por sua importância na estratégia governamental e sua repercussão na mídia e na opinião pública) ocorridas durante o período mencionado. Além disso, busca traçar o perfil dos decisores e dos agentes que participaram de tais decisões, a fim de verificar se e em que medida seus diferentes perfis afetam o conteúdo e o resultado final das decisões tomadas. Para tanto, relaciona os dados dos perfis das elites decisoras com as variáveis sobre produção legal e comportamento parlamentar, para verificar como essas duas dimensões do comportamento político dos parlamentares se inter-relacionam. Tenta-se, assim, responder às seguintes indagações básicas que orientarão nossa pesquisa: 1) Qual o perfil sócio-político dos deputados estaduais paranaenses a partir dos dados da 14ª legislatura?; 2) Os legisladores estaduais possuem uma agenda decisória independente do Executivo (propõem e aprovam legislação independentemente da posição do Executivo)?; 3) Quais padrões de interação entre o Executivo e o Legislativo podem ser identificados na legislatura em análise?; 4) Qual é o grau de sucesso na aprovação de proposições legislativas encaminhadas por cada uma destes atores no processo decisório paranaense? 5) Quais mecanismos institucionais determinariam os resultados legislativos e o padrão de interação executivo-legislativo no processo decisório estadual?; 6) Por fim, o Legislativo paranaense pode ser considerado uma arena decisória relevante?

Palavras-chave: Processo decisório. Relações Executivo-Legislativo. Comportamento parlamentar. Paraná.

Downloads 1981  1981  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Uma sociología brasileira da ação coletiva: Oliveira Vianna e Evaristo de Moraes Filho Popular Versão: 
Atualização:  24/7/2009
Descrição:
BRASIL Júnior, Antonio da Silveira

Esta dissertação tem como objetivo reconstruir o debate de Evaristo de Moraes Filho (1914-) com a obra de Francisco José de Oliveira Vianna (1883-1951) sobre a questão da ação coletiva no Brasil. Entende-se por ação coletiva, grosso modo, a capacidade de os indivíduos pactuarem livremente entre si em torno de interesses comuns. A hipótese deste trabalho é que tanto Vianna como Moraes Filho refletiram sobre a ação coletiva numa dupla dimensão - a social e institucional. Isto é, os autores não apenas realizaram um diagnóstico sociológico acerca da conformação de instâncias de livre associação na sociedade brasileira, como articularam esta discussão à construção de marcos jurídicos e institucionais de regulação da ação coletiva. A recuperação deste debate se justifica, pois, para além de esclarecer as formulações de Vianna e Moraes Filho sobre a ação coletiva, em virtude do valor heurístico desta perspectiva no sentido de interpelar as investigações sociológicas contemporâneas.

Palavras-chave: Ação coletiva. Sociologia contemporânea. Teoria sociológica.

Downloads 1971  1971  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRJ  Site http://www.sbsociologia.com.br/index.asp
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!A paixão dos cínicos : a cultura em tempos de reality show Popular Versão: pdf
Atualização:  23/3/2012
Descrição:
TEIXEIRA,Luiz Belmiro

Resumo: O objetivo da pesquisa é abordar aspectos culturais das instituições da comunicação de massas por meio de um dos gêneros televisivos de maior sucesso nos últimos anos, os reality shows. O objeto será o reality show de maior sucesso na televisão brasileira, o Big Brother Brasil, inspirado no romance 1984, no qual os indivíduos de um país, vigiados 24 horas por dia, passam a agir como autômatos que existem apenas para fazer as vontades do Estado totalitário (Partido), representado pela figura do Big Brother. Mas na sociedade contemporânea, ao contrário do mundo retratado no romance, vivemos sob os ideais democráticos ocidentais, e o “poder disciplinar” parece reproduzir-se com o consentimento e o prazer dos próprios sujeitos. Um estudo sobre o programa nos permite entender sua inserção nos paradigmas atuais da produção de significados da cultura contemporânea, enfocando elementos como: as “celebridades”; a simulação de uma realidade experimental; o consumismo; a alta competitividade e o individualismo exacerbado; o predomínio de uma razão cínica. Entre as principais referências teóricas incluem-se: Jean Baudrillard, Theodor Adorno, Max Horkheimer, Walter Benjamin, Edgar Morin, Jurandir Freire Costa, Friedrich Nietzsche, Gilles Deleuze e Slavoj Zizek.

Palavras-chave: Big Brother Brasil. Cultura contemporânea. Razão cínica.

Downloads 1942  1942  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/handle/1884/14056
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Entre o público e o privado : interpretações sobre estórias de abuso sexual em narrativas jornalísti Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
Kraemer, Luciana

Entre o público e o privado : interpretações sobre estórias de abuso sexual em narrativas jornalísticas [documento impresso e eletrônico].

Porto Alegre, 2008. 166 f. : il. Diss. (Mestrado em Ciências Sociais) - PUCRS, Fac. de Filosofia e Ciências Humanas


Data 2008
Descrição Física 166 f. : il.
Nota Tese/Diss Diss. (Mestrado em Ciências Sociais) - PUCRS, Fac. de Filosofia e Ciências Humanas

Resumo: O presente estudo investiga o abuso sexual de crianças e adolescentes a partir das narrativas jornalísticas construídas em dois dos jornais de maior circulação da região sul do Brasil, a Zero Hora (RS) e a Gazeta do Povo (PR), entre setembro de 2006 a outubro de 2007. Um dos principais objetivos foi compreender como as notícias neste período retrataram as três posições sociológicas associadas a esta violência, como a vítima, o abusador e a cena de abuso. Outro questionamento da pesquisa diz respeito aos indicadores que revelam a maior ou menor abertura dos jornais ao discurso da Agência de Notícias dos Direitos da Infância, uma ONG que se coloca como porta voz dos direitos da infância no campo jornalístico e que trabalha para regular a abordagem do tema nos meios de comunicação. Para dar conta das especificidades do objeto investigado, se utilizou como referencial teórico leituras associadas à violência, sexualidade, infância, sociologia da comunicação e movimentos sociais. Como fonte de análise utilizou-se ainda o discurso de jornalistas e dirigentes da organização. Dentre os resultados, a evidência de que o discurso jornalístico tem priorizado, nas narrativas, os casos de abuso sexual que se distanciam dos que as estatísticas produzem, deslocando a casa como espaço primeiro onde esta violência normalmente ocorre.

Downloads 1914  1914  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - RS  Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1563
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Dissertações
Fazer Download agora!Biqueira de aço : resistência e pacto do sindicato no setor estatal (os telefônicos do Paraná e as p Popular Versão: 
Atualização:  16/8/2013
Descrição:
LIMA, Jose Edmilson de Souza

Resumo: O presente estudo torna visível a relação existente entre políticas de pacto e cidadania dos trabalhadores telefônicos do Paraná. Parte-se, em primeiro lugar, de uma nova discussão sociológica do conceito de políticas de pacto; e, em segundo, da vinculação deste conceito com a questão da cidadania. Tomando como referência a experiência dos trabalhadores telefônicos do Paraná, o estudo demonstra o quanto de ilusão que existe nas políticas de pacto. Apesar das conquistas, houve, de forma progressiva, intensificação do trabalho sem o equivalente aumento do quadro de funcionários. Esta constatação põe em dúvida toda apologia que se tem feito às políticas de pacto no Brasil.

Palavras-chave: Cidadania. Trabalho. Produção. Classes sociais. Políticas trabalhistas. Direitos trabalhistas. Neoliberalismo.

Downloads 1856  1856  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6) 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 »