Educadores

Ínicio : Filosofia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Metáforas do corpo : reflexões sobre o estatuto da linguagem na filosofia do jovem Nietzsche Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
GARCIA, Andre Luis Muniz

O presente trabalho tem por objetivo analisar o estatuto da linguagem em três domínios da filosofia de juventude de Nietzsche: filosofia estética, teoria do conhecimento e moral. Para executar essa tarefa, propusemo-nos investigar fontes histórico-filosóficas utilizadas por Nietzsche como material preparatório de sua teoria da linguagem, fontes do período que antecede sua entrada na Universidade da Basiléia - denominado pelos editores de Militärzeit - até meados dos anos de 1874. Essa etapa, configurada no primeiro capítulo dessa dissertação, pode também ser entendida como introdução ao tema dessa dissertação. Nela, trabalhamos também o conceito, muitas vezes não analisado pela bibliografia secundária consultada, de influência, objetivando, assim, encontrar um fio condutor que nos permitisse discutir o significado de seu consentimento ou não a doutrinas filosóficas e científicas do século XVIII e XIX. O segundo capítulo, que marca, propriamente, nossa incursão no domínio dos textos nietzscheanos de juventude, discutimos o estatuto da linguagem na filosofia estética de Nietzsche, notadamente, naquela apresentada nos fragmento e escritos póstumos preparatórios, O Nascimento da Tragédia.

Palavras-chave: Linguagem. Corpo. Epistemologia. Fisiologia. Platonismo.

Downloads 2768  2768  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O papel da phronesis aristotélica na elaboração do problema hermenêutico em verdade e método Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
POLESI, Reginaldo

O presente trabalho tem o objetivo de estudar como e por que Hans-Georg Gadamer encontrou na phronesis aristotélica o paradigma para resolver o problema hermenêutico da aplicação no particular. A hermenêutica gadameriana é baseada em cinco conceitos - chave, a saber, a linguagem; a pertença do intérprete à tradição histórica; o preconceito; a fusão de horizontes e o círculo hermenêutico. A hermenêutica gadameriana ainda exige a habilidade ou capacidade de bem deliberar, decidir e agir. No entanto, Gadamer percebeu que isso não pode ser ensinado, aprendido, esquecido ou mesmo transferido direta e intencionalmente de pessoa para pessoa, e se deparou com um problema: como então pode ser desenvolvida tal habilidade? A resposta veio a partir de seus estudos em filosofia grega antiga, através da formação neoaristotélica de Gadamer na escola alemã, influenciada pela filosofia prática. Ou seja, ele redefiniu o conceito de phronesis , que originalmente aparece na ética de Aristóteles, o qual passa a significar o modo pelo qual o intérprete pode desenvolver a "sabedoria prática" para compreender e agir através de regras gerais em casos particulares, em um "mundo contingente". A concepção de Gadamer é a de que a "racionalidade prática" deve ser entendida em termos de phronesis, ou seja, pelo papel desempenhado pela phronesis como modelo para a aplicação hermenêutica.

Palavras-chave: Gadamer. Aristóteles. Phronesis. Hermenêutica. Filosofia prática.

Downloads 6895  6895  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Seed  Site http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br
Avaliação: 10.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Racionalidade do entendimento: um estudo sobre a pragmática kantiana de Jürgen Habermas Popular Versão: 
Atualização:  2/9/2013
Descrição:
SEGATTO, Antonio Ianni

O propósito deste trabalho é examinar a constituição sistemática e histórica da teoria da linguagem de Habermas. Seguindo as indicações do próprio Habermas, segundo as quais essa teoria constitui-se como uma "pragmática formal apoiada em Kant", uma "pragmática formal de herança kantiana" ou, ainda, um "kantismo linguístico", analisamos em um primeiro momento a maneira como ela promove a convergência de duas linhagens filosóficas aparentemente inconciliáveis: a filosofia kantiana e da virada linguística. Dito de uma maneira mais específica, analisamos a maneira como ela atualiza o motivo da "transformação pragmática da filosofia kantiana", central para a segunda linhagem. Em seguida, comentamos a exposição da teoria da linguagem na década de 1970, quando esta assume a forma de uma teoria da competência comunicativa, associada a uma teoria da verdade como consenso. Por fim, comentamos as modificações que Habermas propõe para sua teoria sobretudo na década de 1980, mostrando como ele procura responder às críticas a que foi submetido.

Palavras-chave: Filosofia contemporânea. Filosofia moderna. Alemanha. Immanuel Kant. Jürgen Habermas.

Downloads 1251  1251  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A unidade da verdade em Erasmo Popular Versão: 
Atualização:  27/8/2013
Descrição:
NASSARO, Silvio Lucio Franco

Se Petrarca, como inaugurador do humanismo no século XIV já se opusera à teologia escolástica, levada ao impasse entre fé e razão com os argumentos averroistas e depois ockhamistas e entregue às disputas dialéticas; propugnara pela recuperação da erudição clássica sustentando como cristão que nenhum guia deve ser desprezado se mostra o caminho da salvação e indicara que ninguém, a não ser o cristão, sabe a quem e de que maneira confessar – cui et qualiter confitendum sit – será Erasmo de Rotterdam no século XVI que, afastando-se das sutilezas daqueles que desde o Medievo queriam compreender os mistérios da fé fazendo a teologia se apoiar na filosofia enquanto reflexão sobre o Ser conforme o cânone platônico-aristotélico, proporá que a ciência das coisas divinas e humanas deve ser buscada antes na filosofia enquanto tradição retórica de reflexão sobre os problemas do Homem e, explorando ao máximo as possibilidades da nascente imprensa, explicará socraticamente, através de seus milhares de Adagia, Colloquia, Litterae, traduções e edições princeps, para uma Europa estupefata, angustiada e vacilante entre o renascimento da grandeza antiga e o radicalismo religioso de católicos e reformados, porque e como, decisivamente, devem ser lidos os autores greco-latinos e entendida a precedência da Revelação cristã em relação ao paganismo e às invenções – inventiones – dos outros povos. Neste quadro de rupturas, se insere com relevo os Antibárbaros, designado pelo seu autor para a edição de sua Opera Omnia como o primeiro livro da primeira ordem que é justamente aquela voltada ao ensino dos textos antigos – ad institutionem litterarum – livro que traz a suma de seus argumentos pela pacífica unidade da verdade.

Palavras-chave: Antibárbaros. Erasmo. Humanismo. Renascença. Retórica.

Downloads 730  730  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Entre o humano e a linguagem: um estudo sobre a filosofia de Wittgenstein Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
BOZATSKI, Maurício Fernando

Procuramos delimitar o âmbito de interação do humano com a realidade a partir da teoria linguística expressa no Tractatus Lógico-Philosophicus e nas Investigações Filosóficas. A partir da identificação deste âmbito ontológico-linguístico da ação humana, representadas pela tríade agir/sentir/pensar, demonstraremos como a linguagem representa a realidade a partir da afiguração. Através de contextualizações e aproximações das teorias wittgensteinianas com noções filosóficas tradicionais busca-se demonstrar a inovação do método wittgensteiniano e suas possibilidades de aplicação ao exercício filosófico contemporâneo.

Palavras-chave: Filosofia da Linguagem. Subjetividade. Wittgenstein.

Downloads 2625  2625  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma  Unesp - Universidade Estadual Paulista  Site 
Avaliação: 10.00 (3 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Maquiavel: secularização, política e natureza humana Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
ENGELMANN, Ademir Antonio

A pesquisa demonstrou que a discussão em torno da noção de soberania contribuiu, lentamente, para o desenvolvimento das ideias políticas. Se durante a Idade Média, as disputas entre os defensores do poder temporal e do poder divino despertaram o interesse dos pensadores da época em analisar a realidade política e os resultados decorrentes dela, foi com o humanismo cívico que a política passou a ser refletida com maior ênfase, a partir do resgate do pensamento antigo e da concepção de que o homem pode organizar-se em sociedade, criando as leis de acordo com as próprias necessidades. A política, não é obra do acaso, é uma manifestação natural do homem, que a utiliza para a organização da vida coletiva e preservação do corpo social.

Palavras-chave: Maquiavel. Política. Natureza humana.

Downloads 9406  9406  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - SP  Site 
Avaliação: 10.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Um olhar sobre a degradação dos valores humanos a partir da obra Os Sonâmbulos, de Hermann Broch Popular Versão: 
Atualização:  3/5/2012
Descrição:
PAULINO, Itamar Rodrigues

É de longa data que os discursos filosófico e literário buscam estabelecer um intenso diálogo, envolvendo um inesgotável repertório de questões, proposições e transgressões. Embora os discursos filosófico e literário caminhem por vielas sistemáticas diferenciadas, ambos comungam do mesmo desejo de provocar nosso olhar a respeito do real. O presente trabalho se propõe a uma atividade investigativa, com o intuito de problematizar a atual sociedade acerca de um importante tema presente em seu dia a dia, mas não exclusiva do seu tempo: os valores humanos. Este trabalho busca encontrar uma coerente estrutura filosófica de pensamento, no caso a Epistemologia do Romance, que permita fazer uso da Literatura, utilizando de maneira específica um romance, para demonstrar a possibilidade de se provocar o filosofar sobre a existência humana, considerando o tema da degradação dos valores humanos.

Palavras-chave: Filosofia. Literatura. Epistemologia. Estética. Degradação dos valores humanos.

Downloads 829  829  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de Brasília  Site 
Avaliação: 10.00 (3 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A inferência causal na filosofia moral de Hume Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
JOTA, Renato de Medeiros

Partindo da ideia de que o resultado da análise humeana das inferências causais deve aplicar-se coerentemente ao restante de sua obra, incluindo sua teoria moral, a presente dissertação objetiva investigar se a filosofia moral de Hume se fundamenta no sentimento, ou se isto não seria antes essencialmente uma consequência de nossas inferências causais. A ideia central consiste em mostrar que nossas inferências morais, na medida em que para Hume são empíricas, dependem da nossa crença em uma conexão entre o que foi anteriormente observado e algo que não é observado ( mas espera-se ocorrer ou observar-se no futuro ). Assim, essa mesma crença fundamentaria nossas inferências morais sobre as ações dos indivíduos, e consequentemente, nos levaria a associar determinados comportamentos, bem como o caráter e as convicções morais dos homens a certos sentimentos “morais”.

Palavras-chave: Filosofia moral. Inferências causais. Teoria da percepção. Hume. Causa e efeito.

Downloads 570  570  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Norte  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O biopoder e o discurso dos direitos humanos: um estudo a partir de M. Foucalt Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
BOTH, Valdevir

A presente pesquisa busca estabelecer a relação entre o biopoder e os direitos humanos com base na obra em Michel Foucault. Recuperando suas análises sobre o saber e o poder, nas quais o autor conclui sobre a profunda relação entre ambos e a necessidade da verdade para o exercício do poder no Ocidente, defendemos a tese de que os direitos humanos cumpriram e cumprem com uma função bipolar nas sociedades biopolíticas moderna e contemporânea; ou seja, os direitos humanos, no momento em que se constroem enquanto discurso verdadeiro no Ocidente, cumprem com a função de, por uma lado, legitimar as sociedades biopolíticas, no entanto, ao mesmo tempo, de lhe produzirem as principais resistências. Esta tese pretende ser uma contribuição teórica a mais para entendermos o amplo debate atual em torno dos direitos humanos e como o acionamento desse discurso pode contribuir para processos de resistência às sociedades de controle.

Palavras-chave: Saber. Poder. Discurso verdadeiro. Biopoder. Direitos humanos.

Downloads 3708  3708  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade do Vale do Rio do Sinos  Site 
Avaliação: 10.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A concepção de pessoa na teoria da justiça eqüitativa de J.Rawls Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
PELLIZZARO, Kerlly

O presente trabalho tem como objetivo pesquisar como a concepção de pessoa é apresentada nas obras de Rawls, qual sua importância para a teoria da justiça equitativa e quais suas implicações nas sociedades democráticas atuais. A forma como os cidadãos estão representados na cultura política pública de uma sociedade, como são considerados e como eles próprios se consideram cidadãos livres e iguais, faz com que as instituições sociais sejam mais justas. Isto ocorre porque a participação e a representação das pessoas em uma sociedade justa obrigam que as instituições promovam direitos básicos de cidadania, como a liberdade e a igualdade, em suas regras internas, pautando-se em um modelo ideal de democracia.

Palavras-chave: Pessoa moral. Concepção política de pessoa. Concepção política de justiça. Justiça equitativa. Capacidades morais. Posição origina. Sociedade bem ordenada. Cooperação social.


Downloads 3095  3095  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »