Educadores

Ínicio : Filosofia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A argumentação filosófica: Chaim Perelman e o auditório universal Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
ALVES, Marco Antonio Sousa

Esta dissertação pretende analisar a proposta de Perelman de uma Nova Retórica e, partindo dela, compreender melhor o discurso filosófico. As principais metas desse trabalho são: definir os conceitos e distinções fundamentais de uma teoria da argumentação; investigar a especificidade da argumentação filosófica, clareando o conceito de auditório universal; e estudar a relação entre persuasão e convencimento e entre contextualismo e universalismo, situando Perelman no debate contemporâneo relativo à argumentação.

Palavras-chave: Perelman. Chaim. Argumentação filosófica.

Downloads 33246  33246  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFMG  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Estudo acerca da distinçăo entre Verdades Necessárias e Verdades Contingentes em Leibniz Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
CASTRO NETO, Izaias Ribeiro de

As reflexões acerca do necessário e do contingente ocupam lugar de destaque no contexto mais amplo do pensamento filosófico e encontra um espaço privilegiado, também, no caso específico da Filosofia de Leibniz. Neste sentido, o objetivo da nossa pesquisa pauta-se, tão somente, pela busca de compreensão da maneira como Leibniz articula alguns conceitos na sua tentativa de salvaguardar os fundamentos da contingência, ao mesmo tempo em que procura conciliar a distinção modal com sua concepção da natureza geral da verdade.

Palavras-chave: Contingência. Necessidade. Verdade. Princípio de continuidade.

Downloads 16916  16916  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O convício social na filosofia de Rousseau Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
COSTA, Edgar Rogério da

A dissertação é uma leitura da noção de convívio social em diversos escritos de Rousseau. É uma análise de como o autor dialoga com o seu tempo a partir de temas voltados à vida em sociedade. No primeiro capítulo, dedico-me a apresentar os pressupostos que dão surgimento ao debate, os quais se encontram no Discurso sobre as Ciências e as Artes e no Discurso sobre a desigualdade. No segundo capítulo, examino pontos importantes da proposta educacional de Rousseau no Emílio, a fim de destacar a necessidade de preparar o indivíduo livre e autônomo, antes dele ser inserido na sociedade. No terceiro capítulo, a partir do romance A Nova Heloísa, analiso a busca do autor por uma perfeita socialização dentro de um contexto familiar comunitário. No quarto capítulo, faço uma leitura do Contrato Social como um projeto político que também persegue uma perfeita socialização, porém aqui buscando recursos para atrair o indivíduo para dentro da comunidade, e dando-lhe uma nova identidade, pautada sobretudo nos interesses comuns.

Palavras-chave: Sociedade. Amor-próprio. Autonomia. Felicidade.

Downloads 14974  14974  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A Distinção Analítica - Sintético, Um estudo comparativo entre Frege e Kant Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
FERREIRA, Isaias Lima

Este trabalho tem por objetivo estabelecer a comparação entre os pensamentos de Frege e Kant acerca da distinção entre os juízos analítico e sintético. Chama-se a atenção para o fato de que não há somente uma única concepção de analiticidade no transcurso.

Palavras-chave: Juízos. Analítico. Sintético. Frege. Kant. Formalismo. A priori.

Downloads 10094  10094  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCSP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A crítica heideggeriana de Ser e Tempo ao conceito de ser da tradiçăo filosófica Popular Versão: 
Atualização:  20/6/2012
Descrição:
SANTOS, Marcel Albiero da Silva

A presente dissertação versa a crítica heideggeriana, em Ser e tempo, ao conceito de ser dominante ao longo da tradição filosófica. Primeiramente mostraremos como Heidegger caracteriza a filosofia como projeto de ontologia fundamental. Tal projeto necessita, como tarefa preliminar, de uma analítica existencial do ser-aí. Em seguida, mostraremos que, para Heidegger, uma tal ontologia não pôde se desenvolver ao longo da tradição filosófica justamente porque o ser-aí foi interpretado segundo um padrão ontológico a ele inadequado: o padrão ontológico categorial.

Palavras-chave: Heidegger. Ser e tempo. Vorhandenheit. Decadência. Proposição.

Downloads 10040  10040  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Maquiavel: secularização, política e natureza humana Popular Versão: 
Atualização:  30/4/2012
Descrição:
ENGELMANN, Ademir Antonio

A pesquisa demonstrou que a discussão em torno da noção de soberania contribuiu, lentamente, para o desenvolvimento das ideias políticas. Se durante a Idade Média, as disputas entre os defensores do poder temporal e do poder divino despertaram o interesse dos pensadores da época em analisar a realidade política e os resultados decorrentes dela, foi com o humanismo cívico que a política passou a ser refletida com maior ênfase, a partir do resgate do pensamento antigo e da concepção de que o homem pode organizar-se em sociedade, criando as leis de acordo com as próprias necessidades. A política, não é obra do acaso, é uma manifestação natural do homem, que a utiliza para a organização da vida coletiva e preservação do corpo social.

Palavras-chave: Maquiavel. Política. Natureza humana.

Downloads 9408  9408  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC - SP  Site 
Avaliação: 10.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A arte de governar na filosofia de Michel Foucault: o poder, o inimigo e o racismo Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
CARDOSO, Tiago

A presente dissertação enfrentará alguns conceitos fundamentais da obra foucaultiana, tais como o poder, a soberania, a disciplina, a instituição de sequestro, a vigilância, para aprofundar a análise naquilo que se refere ao tema da arte de governar. Nesse ponto, será a obra de Nietzsche, no recorte que lida com a temática do pecado, chamada a oferecer uma breve contribuição. Das novas formas de poder pastoral, em Foucault, até alcançar o tema do racismo de Estado, serão abordadas as doutrinas da razão de estado e da polícia, a história da verdade no âmbito das práticas judiciárias, o panoptismo e a origem da pena de prisão. Como ponto final, o tema do racismo – associado à figura do inimigo – dará suporte a aproximações entre a filosofia foucaultiana e problemas contemporâneos como a violência, a suspensão de direitos de determinados grupos sociais, o recrudescimento das penas e das estruturas e instituições de vigilância e controle social.

Palavras-chave: Governamentalidade. Norma. Inquérito. Política. Confissão.

Downloads 8708  8708  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade do Vale do Rio do Sinos  Site 
Avaliação: 6.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!Autonomia da vontade e interesse moral em Kant  Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
BOTTON, Alexandre Mariotto

O principal objetivo desta dissertação foi analisar os conceitos de autonomia da vontade e interesse nas obras em que Kant fundamenta seu sistema ético. Sendo assim, nosso trabalho encontra suas fontes de pesquisa principalmente nos escritos do próprio autor, sobretudo, na Fundamentação da Metafísica dos Costumes (FMC), na Crítica da Razão Prática (CRPr) e em algumas partes da Crítica da Razão Pura (CRP). Primeiramente analisamos, a partir da CRP, o conceito de liberdade, principalmente da liberdade prática. Porém, percebemos que na CRP Kant chega apenas a uma noção negativa de liberdade, a saber, como independência do arbítrio frente à sensibilidade. Dissertamos, então, sobre os conceitos de vontade e dever na FMC, e, a partir deles vimos como Kant chega à noção de autonomia da vontade que serve, como conceito positivo de liberdade, e, consequentemente, como princípio supremo da moralidade. Contudo, tal princípio é incompatível com o agir por interesse, próprio do ser humano, de modo que, é necessário investigar como o homem pode tomar interesse pela moralidade sem, no entanto, agir por interesse. Analisamos então o conceito de autonomia da vontade com o intuito de saber como ela pode ser válida independentemente de qualquer interesse.

Palavras-chave: Kant. Razão Pura. Autonomia da vontade.

Downloads 7219  7219  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O papel da phronesis aristotélica na elaboração do problema hermenêutico em verdade e método Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
POLESI, Reginaldo

O presente trabalho tem o objetivo de estudar como e por que Hans-Georg Gadamer encontrou na phronesis aristotélica o paradigma para resolver o problema hermenêutico da aplicação no particular. A hermenêutica gadameriana é baseada em cinco conceitos - chave, a saber, a linguagem; a pertença do intérprete à tradição histórica; o preconceito; a fusão de horizontes e o círculo hermenêutico. A hermenêutica gadameriana ainda exige a habilidade ou capacidade de bem deliberar, decidir e agir. No entanto, Gadamer percebeu que isso não pode ser ensinado, aprendido, esquecido ou mesmo transferido direta e intencionalmente de pessoa para pessoa, e se deparou com um problema: como então pode ser desenvolvida tal habilidade? A resposta veio a partir de seus estudos em filosofia grega antiga, através da formação neoaristotélica de Gadamer na escola alemã, influenciada pela filosofia prática. Ou seja, ele redefiniu o conceito de phronesis , que originalmente aparece na ética de Aristóteles, o qual passa a significar o modo pelo qual o intérprete pode desenvolver a "sabedoria prática" para compreender e agir através de regras gerais em casos particulares, em um "mundo contingente". A concepção de Gadamer é a de que a "racionalidade prática" deve ser entendida em termos de phronesis, ou seja, pelo papel desempenhado pela phronesis como modelo para a aplicação hermenêutica.

Palavras-chave: Gadamer. Aristóteles. Phronesis. Hermenêutica. Filosofia prática.

Downloads 6902  6902  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Seed  Site http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br
Avaliação: 10.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A Crítica de Hegel ao Realismo Ingênuo Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2012
Descrição:
GUISOLFI, Rafael Claudio

O senso comum sempre despertou interesse filosófico tanto para Hegel como para os demais filósofos. Seja para superá-lo, seja para compreendê-lo, criticá-lo ou analisá-lo, o senso comum sempre se fez presente em teorias filosóficas. No presente trabalho, pretende-se analisar o senso comum segundo uma de suas formas específicas, a saber, o realismo ingênuo conforme a exposição feita por Hegel em sua obra Fenomenologia do espírito.

Palavras-chave: Hegel. Realismo ingênuo. Crítica. Saber absoluto.

Downloads 5913  5913  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCRS  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »