Educadores

Ínicio : Filosofia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (novos listados primeiro)

Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A reconsideração da vita activa na crítica ao esquecimento da política em Hannah Arendt Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
SIVIERO, Iltomar

O presente estudo trata do tema A reconsideração da Vita Activa na crítica ao esquecimento da Política em Hannah Arendt, resgatando a preocupação central do pensamento de Hannah Arendt: pensar sobre a política. Para aprofundar tal questão, percorre-se, de um lado, os principais eventos que causaram a crise da política e, de outro, a possibilidade de recuperação da sua dignidade e sentido. No primeiro aspecto, centra-se a discussão em dois núcleos fundamentais: um ligado à perda da dignidade da política e o ocaso da tradição política do ocidente; e o outro que se refere ao surgimento da era moderna e a consequente instrumentalização da política. Em ambos, reflete-se sobre a introdução de novos conceitos e formas de organização da política, demonstrando-se que, em sua gênese, a essência da política foi danificada e transformada numa prática violenta, instrumentalizadora, destituída da preocupação com a realização do ser humano e com a construção do espaço público.

Palavras-chave: Política. Vita activa. Totalitarismo. Condição humana. Arendt. Filosofia.

Downloads 1798  1798  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade do Vale do Rio do Sinos  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A razão da retórica : hermenêutica, pragmatismo e a lógica argumentativa no discurso econômico Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
FERNANDES, Danilo Araújo

Esta dissertação tem como objetivo defender a perspectiva da existência de uma lógica por trás dos discursos retórico-persuasivos – tal como inaugurada por McCloskey (1983) e Arida (1983) dentro da ciência econômica. O objetivo é demonstrar a completa inadequação de se confundir filosoficamente “retoricismo” com “irracionalismo”, pois, de acordo com nossa interpretação, nem McCloskey nem Arida propõem que não se deva utilizar critérios racionais para validação de teorias econômicas. O que eles propõem, a nosso ver, é que não se deva compreender a história do pensamento econômico e a própria teoria econômica atual como resultado de uma evolução apodíctica epistemologicamente mediada por evidências (sejam elas empíricas ou dedutivas). Isto, no entanto não implica numa desconsideração da “razão” por completo – a não ser que se entenda a “razão” por um prisma estritamente epistemológico; o que não nos parece muito razoável. Sendo assim, procuramos desenvolver ao longo do trabalho argumentos filosóficos oriundos das perspectivas hermenêuticas de: Heidegger, Gadamar, Habermas e Ricoeur, além do pragmatismo de Richard Rorty; com o intuito de relacioná-los com as perspectivas retóricas de McCloskey e Arida; buscando, mais especificamente, demonstrar a fundamentação racional da perspectiva retórica em relação à filosofia contemporânea, e contribuir com o debate retórico na economia a partir de uma tentativa de aproximação entre as perspectivas hermenêuticas – mais especificamente de Habermas e Ricoeur – e a perspectiva retórica de Arida; além de procurar uma melhor explicação e relação entre a filosofia hermenêutica-pragmática, e a perspectiva da “racionalidade prática” presente na ‘nova retórica” de Chaïm Perelman.

Palavra-chave: Epistemologia. Ciências Econômicas. Filosofia. História do pensamento econômico. Retórica. Teoria econômica.

Downloads 4419  4419  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul  Site 
Avaliação: 9.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A presença de Francis Bacon na Enciclopédia  Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
PIRES, Bruna Torlay

Este trabalho procura assinalar traços da filosofia de Francis Bacon na Enciclopédia francesa do século XVIII. Estes traços se manifestam nas teses que defendem o intercurso entre avanço técnico e progresso do conhecimento, e o ideal de ciência como conquista indefinida que escapa ao gênio individual, e sobrevive como patrimônio comum da humanidade. Compreensivamente, mostra que o utilitarismo de Francis Bacon e dos enciclopedistas na verdade se fundamenta na ideia capital de que a existência produz-se mediante engenho.

Palavras-chave: Conhecimento. Enciclopédias. Dicionários. Ciência. Metodologia.

Downloads 2265  2265  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A poética de Aristóteles: tradução e comentários Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
GAZONI, Fernando Maciel

Este trabalho é uma tradução da Poética de Aristóteles (com exceção dos capítulos 19 a 22, que não são discutidos aqui) acompanhada de comentários. A intenção dele é estabelecer um texto que leve em conta as várias contribuições dadas pelas principais traduções francesas, inglesas, italianas e portuguesas, e situar, por meio dos comentários, a Poética dentro do corpus da filosofia aristotélica, especialmente a ética de Aristóteles e sua teoria da ação.

Palavras-chave: Aristóteles. Ética aristotélica. Filosofia antiga. Poética. Teoria da ação.


Downloads 1138  1138  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A noção de causalidade final na filosofia da natureza de Aristóteles Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
FONTES, Luis Marcio Nogueira

Esta dissertação de mestrado investiga a teleologia natural de Aristóteles, seus pressupostos e implicações. Para uma melhor compreensão da teoria aristotélica, um estudo das críticas que ele dirige a seus antecessores - platônicos e materialistas - é realizado. Por um lado, ele expõe a deficiência destas teorias para explicar certos fatos naturais, como a constância da reprodução; por outro, ele aponta que essa deficiência se origina na ênfase que esses filósofos dão a apenas uma causa (material ou formal), e que uma solução para estes problemas só pode ser alcançada se levarmos em conta as quatro causas: material, formal, eficiente e final.

Palavras-chave: Teologia. História. Filosofia. Filosofia antiga. Metafisica.

Downloads 1650  1650  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A inteligibilidade da existência externa na filosofia humeana  Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
CACHEL, Andrea

Esta Dissertação tem por objetivo analisar a discussão humeana sobre a crença nos corpos, desenvolvida na seção Da Filosofia Acadêmica ou Cética, das Investigações acerca do Entendimento Humano, e sobretudo na seção Do ceticismo quanto aos sentidos, do Tratado da Natureza Humana. Particularmente visa apontar a questão da inteligibilidade da existência externa como o tema central dessa discussão e, consequentemente, como base das oposições nela existentes, tais como, razão e imaginação, verdade e crença, sistema filosófico e sistema vulgar. A partir desse exame, pretende-se evidenciar as intensões de Hume de se contrapor a uma forma específica de refutar o ceticismo quanto aos sentidos, qual seja, a berkeleyana.

Palavras-chave: Hume. A Inteligencia da Existência externa. A teoria das ideias. A teoria da crença.

Downloads 871  871  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A Distinção Analítica - Sintético, Um estudo comparativo entre Frege e Kant Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
FERREIRA, Isaias Lima

Este trabalho tem por objetivo estabelecer a comparação entre os pensamentos de Frege e Kant acerca da distinção entre os juízos analítico e sintético. Chama-se a atenção para o fato de que não há somente uma única concepção de analiticidade no transcurso.

Palavras-chave: Juízos. Analítico. Sintético. Frege. Kant. Formalismo. A priori.

Downloads 10642  10642  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCSP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A Crítica de Sartre ao ego transcendental na fenomenologia de Husserl Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
SANTOS, Adelar Conceição dos

A presente dissertação tem como tema a crítica de Sartre a noção de Ego transcendental na fenomenologia de Husserl. Dentro do quadro de evolução da obra de Husserl, o Ego transcendental pode ser assinalado como resultado da introdução da noção de epoché, ou redução fenomenológica, na chamada “virada transcendental” da fenomenologia. O Ego transcendental é simultaneamente o resultado desta operação e o princípio de constituição de todo sentido do mundo. A fenomenologia transcendental de Husserl é então Idealismo Transcendental. Contra esta concepção, em A Transcendência do Ego, Sartre apresenta a tese segundo a qual o Eu não é um conteúdo da consciência transcendental, necessário para garantir a sua unidade e individualidade, mas um objeto transcendente. A unidade e individualidade, necessárias à consciência, é garantida pela intencionalidade, interpretada como o caráter fundamental de toda consciência.

Palavras-chave: Filosofia contemporânea. Fenomenologia. Ego transcendental.

Downloads 821  821  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A construção do objeto das ciências humanas segundo a epistemologia da linguagem de Gilles - Gaston  Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
OLIVEIRA, Rita de Cassia

O presente trabalho tem por objetivo expor e comentar os principais aspectos da proposta de uma epistemologia da linguagem conforme concebida pelo filósofo contemporâneo Gilles-Gaston Granger no seu programa de epistemologia comparada, bem como ilustrar esta proposta com sua aplicação à teoria linguística de Ferdinand de Saussure. A ideia de Granger de uma epistemologia da linguagem se sustenta no pressuposto de que o objeto científico é uma construção linguística resultante de um processo do pensamento formal. Este último se insere na filosofia transcendental, não propriamente nos mesmos moldes da concepção kantiana, mas considerando as condições a priori e os princípios transcendentais de fundamental importância para uma epistemologia, quando deslocados do sujeito para a linguagem.

Palavras-chave: Filosofia. Epistemologia. Linguística.

Downloads 1813  1813  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!A Construção do lugar da Filosofia no currículo do Ensino Médio Popular Versão: 
Atualização:  26/4/2013
Descrição:
MENDES, Ademir Aparecido Pinhelli

A construção do lugar da Filosofia no currículo do Ensino Médio: análise a partir da compreensão dos professores de Filosofia da escola pública paranaense. Esta pesquisa busca entender o sentido e o lugar que a Filosofia ocupa como componente curricular do Ensino Médio da escola pública paranaense. Investiga, nos documentos produzidos por professores de Filosofia, os diferentes modos de compreender a natureza do conhecimento filosófico, seus objetivos, conteúdos e métodos de ensino a fim de estabelecer a relação entre esta compreensão e o lugar da Filosofia no currículo do Ensino Médio. Para localizar o objeto de estudo no campo da pesquisa educacional, buscou-se a compreensão de alguns aspectos do Ensino Médio como etapa final da educação básica, contextualizando a educação, a escola e a Filosofia como lugar da experiência. O lugar é construído por meio de políticas educacionais, inseridas no contexto da lógica capitalista, pelos sujeitos do Ensino Médio, professores e estudantes, com suas identidades de classe e culturais e pelo currículo como construção social.

Downloads 1018  1018  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 (10) 11 12 13 14 15 16 17 »