Educadores

Ínicio : Filosofia : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (10)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O labirinto da arte trágica nos primeiros escritos de Nietzsche Popular Versão: 
Atualização:  2/5/2012
Descrição:
FREITAS, Gildete dos Santos

O presente estudo ocupa-se especificamente com a arte trágica na perspectiva de O nascimento da tragédia, considerada como primeira experimentação filosófica de Nietzsche. Buscamos, nesta abordagem, trazer à tona como a questão da arte trágica, segundo a interpretação de Nietzsche, torna-se uma possibilidade de afirmação da vida apesar da dor e do sofrimento a ela inerentes. Para Nietzsche, a arte, de preferência aquela de conteúdo trágico, composta pelas forças apolínea e dionisíaca, seria um possível caminho para criar modos de existências que expressem a alegria e o prazer de viver em meio ao vir-a-ser, força imensurável de onde se originariam as dolorosas transformações da vida.

Palavras-chave: Arte trágica. Tragédia. Dionisíaco. Nietzche.

Downloads 1177  1177  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USJT - Universidade São Judas Tadeu  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O movimento na ontologia de Bergson Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
TAYEN, Yussif

Bergson é um dos grandes pensadores da liberdade. Sua obra, tendo por centro essa temática, pode ser considerada uma pesquisa contínua dos fundamentos que sustentam a experiência humana na sua qualidade de experiência livre. Por isso, ele a descreve como uma realização que se estende dentro dos limites de ambas, psicologia e metafísica, mas cujas diferenças internas são amiúde difícies de demarcar. Este estudo tenta seguir o percurso de suas duas obras iniciais, o Ensaio sobre os dados imediatos da consciência e Matéria e memória, a fim de verificar a ontologia que lhe permite, em termos teóricos, descrever as complexidades de semelhante relação entre psicologia e metafísica. Constata-se que tal ontologia, exigida pelas teses bergsonianas, só pode ter tido a ideia de movimento, na sua condição de “contradição realizada”, como fundamento último.

Palavras-chave: Bergson. Liberdade. Ontologia. O espaço e o transcendental.

Downloads 903  903  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O niilismo de Schopenhauer Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
SALVIANO, Jarlee Oliveira Silva

Nosso trabalho pretendeu analisar a ideia da negação da vontade em Schopenhauer a partir do conceito de niilismo tal como se apresenta no contexto da recepção da filosofia kantiana no início do século XIX e que será uma temática constante na filosofia de Nietzsche, que se tornará o maior crítico do pensamento schopenhaueriano. Tal crítica se fará principalmente através deste conceito aqui estudado. A pesquisa se desenvolve a partir da hipótese de que o niilismo do autor de O mundo como vontade e representação não é absoluto, mas relativo.

Palavras-chave: Negação. Niilismo. Pessimismo. Vontade.

Downloads 900  900  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O padrão do gosto na filosofia de Hume : um argumento e os seus aspectos Popular Versão: PDF
Atualização:  12/9/2013
Descrição:
SOUZA, Rafael Fernandes Barros de

Resumo: "Do padrão do gosto" já pode ser considerado um texto de filosofia clássico na área da Estética, pois ainda é estudado e admirado por muitos, talvez atualmente mais do que nunca, passados mais de duzentos anos. Tal apelo universal se deve, em parte, ao gênero de investigação do ensaio e, é claro, por ele levar o nome desse filósofo maior que foi David Hume. Pode-se classificá-lo ao lado daquelas obras que discutem o que é a beleza (questão essa que aparece desde os tempos mais remotos na filosofia); mais particularmente, o que conta para as belezas das artes mais finas, digamos, para aquelas da literatura. Além disso, esse é um dos textos mais eminentes de uma das discussões mais características do século XVIII britânico, qual seja, como considerar a nossa capacidade de perceber belezas, ou o que é o gosto. O ensaio, portanto, está ligado a tradições bastante fortes entre nós. Agora, certamente a sua pertinência não teria se mantido sem a excelência de sua escrita - e sobretudo isso. Me refiro não apenas às suas qualidades literárias, que bastariam para explicar o interesse que essa obra tem incessantemente despertado ao longo dos anos e em diferentes países; acredito que o ensaio tem uma primorosa estrutura argumentativa, uma que tem produzido uma enorme variedade de leituras, e deixado muitos leitores simplesmente perplexos. O seu argumento é tal que parece incorrer no tratamento de uma série de questões, procedentes de diferentes "lugares", pelo menos é essa a impressão que passa a literatura ao seu respeito. Assim, o desafio que se coloca para qualquer leitor seu seria descobrir quais são as questões mais relevantes e significativas, como elas entram na argumentação, até que ponto elas são desenvolvidas e com qual finalidade; pois não é de se supor que todas elas tenham um igual destaque ao longo do argumento, ainda que talvez se ligassem a algum outro interesse que justificasse que fossem trabalhadas a partir do ensaio. Com essa observação, gostaria de chamar a atenção para o fato de que o ensaio (como qualquer outro texto filosófico) pode e deve ser pensado a partir de várias questões, mas é igualmente importante de se lembrar que algumas dessas devem ser mais representativas de seu argumento do que outras. Ora, a minha intenção é indicar quais seriam elas, e para justificar as minhas escolhas, mostrarei como elas conferem ao ensaio uma estrutura argumentativa, e vice-versa, como uma ou outra maneira de se estruturá-lo permite pensar em umas ou outras questões; isso, é claro, requer que se determine quais seriam as suas partes constitutivas e de como elas poderiam estar relacionadas, assim como um poder reconhecer essas questões, nomeá-las e apresentá-las

Palavras-chave: Beleza. Gosto. Padrão. Hume. Estética.

Downloads 3303  3303  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNICAMP  Site http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000841612&fd=y
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O papel da phronesis aristotélica na elaboração do problema hermenêutico em verdade e método Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
POLESI, Reginaldo

O presente trabalho tem o objetivo de estudar como e por que Hans-Georg Gadamer encontrou na phronesis aristotélica o paradigma para resolver o problema hermenêutico da aplicação no particular. A hermenêutica gadameriana é baseada em cinco conceitos - chave, a saber, a linguagem; a pertença do intérprete à tradição histórica; o preconceito; a fusão de horizontes e o círculo hermenêutico. A hermenêutica gadameriana ainda exige a habilidade ou capacidade de bem deliberar, decidir e agir. No entanto, Gadamer percebeu que isso não pode ser ensinado, aprendido, esquecido ou mesmo transferido direta e intencionalmente de pessoa para pessoa, e se deparou com um problema: como então pode ser desenvolvida tal habilidade? A resposta veio a partir de seus estudos em filosofia grega antiga, através da formação neoaristotélica de Gadamer na escola alemã, influenciada pela filosofia prática. Ou seja, ele redefiniu o conceito de phronesis , que originalmente aparece na ética de Aristóteles, o qual passa a significar o modo pelo qual o intérprete pode desenvolver a "sabedoria prática" para compreender e agir através de regras gerais em casos particulares, em um "mundo contingente". A concepção de Gadamer é a de que a "racionalidade prática" deve ser entendida em termos de phronesis, ou seja, pelo papel desempenhado pela phronesis como modelo para a aplicação hermenêutica.

Palavras-chave: Gadamer. Aristóteles. Phronesis. Hermenêutica. Filosofia prática.

Downloads 6881  6881  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Seed  Site http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br
Avaliação: 10.00 (4 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O papel do facto da razão na fundamentação da moralidade em Kant  Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
FAGGION, Andrea Luisa Bucchile

A fim de analisar o papel que o facto da razão desempenha no problema da fundamentação da moralidade em Kant, a dissertação discute a dedução da fórmula do princípio moral na Fundamentação I e II, pois é importante que se saiba o que estaria para ser fundamentado. Segue-se a análise da suposta fundamentação que Kant ofereceria para tal princípio da III seção da mesma obra. Por fim, lidamos diretamente com a exposição da doutrina do facto da razão, na Crítica da Razão Prática, examinando se ela pretende ser uma fundamentação do princípio moral, se teria sucesso enquanto tal e se é ou não compatível com a III seção da fundamentação, bem como com a ideia de uma filosofia crítica.

Palavras-chave: Ética. Dever. Filosofia.

Downloads 513  513  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O papel do pirronismo nos “Pensées” de Pascal Popular Versão: 
Atualização:  2/5/2012
Descrição:
SOUSA, Joelson Pereira de

O pensamento de Blaise Pascal (1623-1662) reflete uma tradição filosófica que foi retomada em seu tempo, a saber, o ceticismo antigo. Temática que aparece em suas principais obras de filosofia, a Entretien avec Sacy sur la philosophie e os Pensées. Ele aprofunda alguns aspectos acerca do ceticismo nas filosofias de Descartes (1596-1650) e Montaigne (1533-1592), autores que certamente estavam em seu horizonte, inseridos de algum modo nas discussões sobre o ceticismo.


Palavras-chave: Filosofia Moderna. Ceticismo. Blaise Pascal.

Downloads 1352  1352  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USJT - Universidade São Judas Tadeu  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O pensamento de Heráclito: uma aproximação com o pensamento de Parmênides Popular Versão: 
Atualização:  28/8/2013
Descrição:
MARTINS, Marcus Vinícius Silva

Este texto é um estudo sobre o pensamento de Heráclito de Éfeso, filósofo pré-socrático. A linha de interpretação mais recorrente o entende como o filósofo do fluxo, ou seja, um pensador para quem a realidade está em constante mudança. Neste texto, argumentamos contra essa leitura, apresentando fundamentos para aproximá-lo da ideia de permanência. Exatamente por isso, foi também feita uma apresentação das ideias de Parmênides de Eléia, usualmente visto como seu opositor radical, mas que, aqui, serviu de referencial harmônico para as metáforas de Heráclito.

Palavras-chave: Filosofia Antiga. Pré-Socráticos. Heráclito.

Downloads 2908  2908  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de Brasília  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O percurso do logos na "poetica" de Aristóteles  Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
GUIMARÃES, Deborah Vogelsander

Neste trabalho será exposto o texto aristotélico "Sobre a Poética", ao qual nos referiremos como "Poética", em especial nos capítulos 6,9 e 21 de maneira que, em conjunto com a exposição do Livro 11da "Retórica", também de Aristóteles, se possa responder a questão: de que maneira uma composição poética se aproxima de uma composição retórica no âmbito específico de seus conteúdos? A resposta a esta questão deve levar ao reconhecimento de um conteúdo ético para ambas as composições. O estudo dos dois textos deve servir, também, para aproximar a estudo da poesia ao estudo da lógica e da metafísica aristotélica, em um retorno aos primeiros tradutores da "Poética", no século XVI.

Palavras-chave: Poética. Estética. Filosofia antiga.Teatro grego. Tragédia. História e crítica.

Downloads 982  982  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Filosofia Dissertações
Fazer Download agora!O princípio de imparcialidade na ética aplicada de Peter Singer Popular Versão: 
Atualização:  29/4/2013
Descrição:
CAMARGO, Edson Antonio Ortiz de

O presente estudo teve como objetivo abordar o papel da imparcialidade na ética aplicada do filósofo australiano Peter Singer. Partimos da análise da questão da igualdade entre os homens. Apresentamos o princípio de igual consideração de interesses, o princípio de ajudas aos necessitados estabelecidos pelo autor. Para podermos alicerçar os seus princípios fortes, que é o da imparcialidade, examinamos a crítica de seus opositores. Para responder a essas objeções aplicamos o princípio de imparcialidade em duas frentes da ética aplicada contemporânea, a saber: a ajuda internacional aos necessitados e o problema dos refugiados pelo mundo. Dessa forma, responderemos às críticas recebidas com a demonstração da possibilidade de aplicação do princípio.

Palavras-chave: Ética aplicada. Imparcialidade. Igualdade. Peter Singer.





Downloads 1012  1012  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USJT - Universidade São Judas Tadeu  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 (13) 14 15 16 17 »