Educadores

Ínicio : Pedagogia : Teses : Produções de Profissionais da Seed: Teses : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Docências Trans*: Entre a Decência e a Abjeção Popular Versão: PDF
Atualização:  29/1/2019
Descrição:
SANTOS, Dayana Brunetto Carlin dos

Esta tese se dedica a uma questão do presente já observada no campo dos movimentos sociais de travestis e transexuais no Brasil e que institui uma hierarquização entre corpos e práticas trans* agora na docência. Isto é, investiga as condições de possibilidades para que a narrativa comum de que para ser professora da Educação Básica, a professora trans* deve se assumir como transexual, pois à travesti tal espaço é interdito. À travesti somente a prostituição, as ruas, as pistas e o escândalo. Tal narrativa produz um mapa estático da docência trans* com fronteiras fixas e bem traçadas. Esta pesquisa desconfia desses regimes de saber-poder-verdade, e investiga como se instituiu uma docência-decente nas escolas. Por meio desta docência-decente todos os corpos e condutas de professoras, trans* e cis* são distintamente governados a partir de rígidas normas regulatórias de gênero, sexualidade e raça. Tal investigação busca na fabricação das experiências e corpos das professoras trans*, nos seus processos de subjetivação e experimentação de si, bem como na dupla constituição de algumas das professoras trans* como docentes e profissionais do sexo, elementos para entender como se constituíram tais espaços autorizados ou interditos para esta ou aquela identidade. Por meio da cartografia foi possível sobrepor ao mapa estático da narrativa comum uma carta cartográfica que desloca o pensamento a respeito das docências trans*. Assim, qualquer generalização a respeito das experiências docentes trans* passa a ser perigosa.

Palavras-chave: Docência-decente. Gênero. Sexualidade. Biopolítica. Política. Cartografia. Professoras trans*.

Downloads 1569  1569  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!A Unesco e Suas Relações com a Educação Rural no Brasil, no Paraná e em Prudentópolis (1936 - 1996) Popular Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
AKSENEN, Elisângela Zarpelon

O tema central do estudo que aqui se apresenta refere-se às influências da UNESCO nos assuntos relacionados à educação rural no Brasil entre os anos de 1936 e 1996. Essa Organização, constituída em 1945, como um organismo especializado da ONU, objetivava incentivar, por meio das relações educacionais, científicas e culturais entre os povos, a paz e o bem-estar comum da humanidade, com isso, postulou uma nova ordem econômica baseada na cooperação entre as nações. A investigação procurou analisar em que medida as recomendações da UNESCO interferiram nos rumos da educação rural no Brasil, consequentemente no estado do Paraná e no município de Prudentópolis, no período. Pormenorizando tal objetivo, buscou-se: a) situar historicamente a constituição da UNESCO e suas concepções, a participação do Brasil na Organização e os aspectos relacionados à escolaridade das populações rurais expressos em seus documentos; b) compreender o cenário educacional rural brasileiro, articulando-o ao contexto político, econômico e social, analisando como as diretrizes da UNESCO se incorporaram às políticas públicas para a educação rural no Brasil; c) contextualizar histórica e economicamente os aspectos relacionados às questões rurais no Paraná, a fim de compreender as características da educação rural no estado, identificando de que forma a legislação estadual incorporou a legislação federal, principalmente nos aspectos relacionados às adequações às recomendações da UNESCO; d) entender a colonização de Prudentópolis, apontando aspectos de seu desenvolvimento econômico, discutindo a educação rural nesse contexto e em que medida as recomendações da UNESCO foram apropriadas pelo município. Com isso, defende-se a tese de que a UNESCO, por meio de suas recomendações, norteou as políticas educacionais para o meio rural brasileiro, paranaense e prudentopolitano. Neste sentido, a partir de uma perspectiva materialista histórica e dialética, este estudo considera questões do contexto histórico nacional, estadual e municipal, articulados ao seu desenvolvimento econômico e social. Para tanto, sustentou-se no referencial bibliográfico da Historiografia da Educação, nos documentos resultantes das conferências da UNESCO (principalmente as Recomendações), nas legislações educacionais nacionais e estaduais, nas mensagens e relatórios de governo, nos periódicos pedagógicos (especialmente a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos), nos documentos oficiais do estado do Paraná e do município de Prudentópolis, em algumas obras de Erasmo Pilotto, em atas de reuniões escolares. Para o âmbito municipal, foram ainda utilizadas fontes iconográficas e depoimentos orais de profissionais que atuaram na educação rural de Prudentópolis. Recorreu-se ao aporte teórico de Cury (1985), Thompson (1981, 1997), Ianni (1984, 1997, 2004), Saviani (1987, 2000, 2013a, 2013b), Werle (2006, 2010, 2012), Miguel (1997, 1998, 2007, 2010), entre outros. O estudo mostrou que a educação rural nas esferas federal, estadual e municipal apresentou, em diferentes momentos históricos, adequações às recomendações da UNESCO, principalmente nos aspectos relacionados à formação de professores para atuarem em áreas rurais, à ampliação da rede escolar, à arquitetura escolar rural adaptada capaz de oferecer moradia ao professor e à nucleação das escolas rurais.

Palavras-chave: Unesco e educação rural. Educação rural em Prudentópolis (PR). História da educação.

Downloads 1495  1495  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUCPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!O Direito à Educação Infantil do Campo no Município de Pinhão: Ponto de Vista das Famílias Popular Versão: PDF
Atualização:  31/10/2017
Descrição:
LEINEKER, Mariulce

Este estudo tem como objetivo: entender de que modo o direito à Educação Infantil das crianças que vivem no campo no município de Pinhão-PR é percebido pelas famílias e de que maneira é cumprido pelos órgãos governamentais. Esse município localiza-se no Território Cantuquiriguaçu, estado do Paraná, e foi selecionado por ser o único município do Território com um Centro Municipal de Educação Infantil no campo. A pesquisa, de abordagem qualitativa, contempla estudo bibliográfico e documental sobre a história do Município e a história da Educação Infantil, bem como estudo de campo: entrevistas, questionários e visitas realizadas nos anos de 2015 e 2016 com a famílias que vivem no campo. Foram entrevistadas 40 mulheres que vivem no campo cujos filhos não têm acesso à Instituição de Educação Infantil e foram respondidos 21 questionários por pais de crianças que frequentam o CMEI Santa Maria. Estabeleceu-se um recorte a partir dos anos de 1980, destacando-se nessa reconstrução histórica a luta das mulheres e dos movimentos sociais para que a criança fosse contemplada na legislação, bem como a luta para que a Educação do/no Campo fosse, na prática, um direito de todos. A análise das informações recolhidas tomou como referência o conceito de território, considerando as relações sociais que se estabelecem no campo e constituem os sujeitos, para além do espaço físico, geográfico, ou seja, relações de disputa, de poder e de sobrevivência. São essas relações que explicam os diversos pontos de vista das famílias, que se assemelham em termos de condições socioeconômicas, mas que se percebem de maneiras diferenciadas pela atuação social que desempenham. As famílias cujos filhos frequentam a Educação Infantil reconhecem sua importância pelo desenvolvimento apresentado pelas crianças. Entre as famílias que não têm acesso à Educação Infantil, foi possível identificar diferentes posições: algumas manifestam a necessidade do atendimento, outras preferem manter as crianças pequenas em casa, sob os cuidados pela mãe; algumas, por não terem registro formal de trabalho, consideram que seus filhos não teriam direito à Educação Infantil. A grande maioria das mulheres entrevistadas reproduz um modelo patriarcal de submissão e não se veem como sujeitos de direitos. Da mesma forma, não reconhecem a Educação Infantil do Campo como um direito das crianças, fato esse reforçado pelo precário atendimento das políticas públicas municipais para a Educação Infantil do Campo.

Palavras-chave: Educação e infância. Políticas públicas para a educação infantil do campo. Famílias e direito à educação infantil.

Downloads 1401  1401  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Ciberespaço: uma Nova Ágora para a Performance Comunicativa através do Ensino e da Aprendizagem Híbr Popular Versão: PDF
Atualização:  1/2/2019
Descrição:
TEIXEIRA, Vanderson Ronaldo

O ciberespaço e as infinitas possibilidades que se apresentam para nós, professores de filosofia no ensino médio, não são panaceias capazes de resolver de uma vez por todas os problemas de insucessos no processo de ensino e da aprendizagem, mas se articulados de modo a deslocar o foco do ensino para a aprendizagem, imputando ao estudante o papel de protagonista de sua narrativa de conhecimento, acreditamos que poderemos enfim caminhar rumo a uma educação melhor. [...]

Palavras-chave: Ciberespaço. Filosofia. Ensino híbrido (Sala de aula invertida, Gamificação). Performance comunicativa.

Downloads 1325  1325  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Formação de Professores em Tecnologias Digitais em Diálogo com as Políticas Públicas do Estado do Pa Popular Versão: PDF
Atualização:  22/1/2019
Descrição:
PALAGI, Ana Maria Marques

Esta tese intitulada Formação de Professores em Tecnologias Digitais em Diálogo com as Políticas Públicas no Estado do Paraná tem como problema de pesquisa investigar como as propostas de formação continuada de professores da Rede Estadual do Paraná, em Tecnologias Digitais (TDs), dialogam com as políticas públicas estaduais e federais. [...]

Palavras-chave: Tecnologias digitais. Formação de professores. Políticas públicas.

Downloads 1303  1303  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unisinos  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!O Programa de Formação Político-sindical e Educacional da App-Sindicato (2007-2014) e a Renovação Popular Versão: PDF
Atualização:  30/10/2017
Descrição:
FERNANDES, Donizete Aparecido

Este trabalho investiga o Programa de Formação Político-Sindical e Educacional destinado aos filiados da APP-Sindicato entre os anos 2007 e 2014. O programa nasceu em um contexto histórico marcado pela ascensão do Partido dos Trabalhadores ao poder, o que criou um paradoxo ao sindicalismo historicamente mais combativo, representado exemplarmente pela CUT, que passou a empenhar-se na efetivação dos objetivos de governo. O objeto geral da pesquisa é analisar a proposta de renovação do quadro de dirigentes da APP-Sindicato conforme proposta do Programa de Formação de 2007 a 2014. Defendemos a tese de que predomina na formação dos quadros de direção da APP-Sindicato a relação de forças existente entre as tendências e grupos políticos também existentes na CUT e no PT numa estrutura bastante burocratizada, de modo que o objetivo de formar novos quadros de dirigentes não se realiza de acordo com os objetivos propostos. Os objetivos específicos estão assim definidos: contextualizar a questão sindical tendo como referências artigos das revistas Crítica Marxista e os clássicos do marxismo; analisar o movimento sindical no Brasil tendo como recorte temporal os anos de 1980 – 1990 e inicio do século XXI; demonstrar que os Cadernos de Formação Político-Sindical e Educacional não alcançam os objetivos propostos por seu ecletismo e falta de um direcionamento teórico especifico, e que não alteram os quadros de direção da APP, que continuam a ser fornecido por tendências ou grupos internos da APP-Sindicato, fato que atribuímos à organização interna do sindicato. Ao final da investigação concluímos que, pelo menos até o presente momento, a renovação pretendida pelos cursos ainda não está se efetivando. Como principal problema, pode-se dizer que os textos de formação, que são tomados de vários autores, são fragmentados e descontextualizados e, tão grave quanto isso, apresentam tendências teóricas conflitantes entre si, além de seguirem a estrutura temática dos livros de história acadêmicos. Embora a proposta de formação almeje à formação de um pensamento crítico, a escolha dos textos e a orientação geral são fragmentárias e desarticuladas, de modo que não cumprem os objetivos.

Palavras-chave: Sindicalismo. Formação Sindical. Relação de Forças. Formação de Dirigentes e Educação.

Downloads 964  964  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Tuiuti  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Habilidades Cognitivas e Metacognição do Aluno com Altas Habilidades/Superdotação na Resolução de Pr Popular Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
MACHADO, Járci Maria

Objetivou-se nesta pesquisa identificar as estratégias cognitivas e metacognitivas utilizadas na resolução de situações problema de matemática de um aluno com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD), matematicamente talentoso, que frequenta o 6.º ano da Educação Básica. O pressuposto deste estudo é que alunos com AH/SD alcançam precocemente o pensamento hipotético dedutivo, próprio do estádio operatório-formal de Piaget. Encontra-se o pressuposto desta pesquisa fundamentado na Epistemologia Genética de Jean Piaget, nos estudos de Sternberg & Davidson (1985) e na teoria de Joseph Renzulli (1986), quando esta aborda o superdotado acadêmico. Trata-se de um estudo qualitativo na modalidade de estudo de caso. A seleção do aluno iniciou com a aplicação de dez problemas específicos de lógica, e um questionário individual para 20 alunos com AH/SD que frequentam uma Sala de Recursos para alunos com AH/SD de uma escola da rede pública de
ensino no município de Curitiba, PR. Dos 20 alunos que iniciaram este estudo, cinco atingiram o número de acertos exigidos no teste de lógica. Destes cinco alunos, apenas um seguiu com a pesquisa, por ser o mais jovem do grupo. Com este aluno foram trabalhadas atividades de matemática, buscando compreender, através de questionamentos realizados pela pesquisadora, os processos cognitivos e metacognitivos envolvidos na resolução dos exercícios. Ficou evidenciado que o aluno utilizou-se das seguintes estratégias cognitivas: identificação do tipo de problema, encontrando as ideias principais do enunciado e realizando os cálculos, regulação da sua ação através do pensar para resolver, dedução a partir de hipóteses, não somente através de uma observação do real. Quanto às estratégias metacognitivas, o aluno fez uso do pensar sobre seus pensamentos e da autorregulação, verificou se os objetivos foram atingidos nas atividades através da comparação dos processos e resultados, identificando as etapas do seu raciocínio. Utilizou-se do pensamento dedutivo ao resolver os problemas, fazendo uso da representação mental dos símbolos aritméticos, definindo as estratégias mais adequadas para sua resolução, formulando proposições e operando sobre elas. Esta forma de pensamento envolve uma dificuldade e um trabalho mental muito maior que o pensamento concreto, demonstrando estar no estádio operatório-formal antes da idade (12/15a) cronológica prevista na epistemologia genética de Piaget. O estudo sugere a possibilidade de desenvolvimento de uma espécie de intuição intelectual em pessoas com Altas Habilidades/Superdotação.

Palavras-chave: Piaget. Cognição. Metacognição. Operatório-formal. Altas Habilidades/Superdotação.

Downloads 869  869  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 10.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora! A Inclusão de Alunos com Deficiência Física Neuromotora: um Estudo no Contexto da Educação Básica Popular Versão: PDF
Atualização:  8/6/2017
Descrição:
SILVA, Márcia Aparecida Marussi

Neste trabalho, investigamos a implementação de uma cultura educacional inclusiva que vem se desenhando no Brasil com algumas práticas educativas para o atendimento aos alunos com necessidades educacionais especiais. O objetivo geral é perceber como vem ocorrendo a inclusão dos alunos que apresentam, notadamente, deficiência física neuromotora, matriculados na rede estadual de educação, na região metropolitana de Maringá, buscando compreender que tipo de atendimento pedagógico ofertado no contexto do ensino comum contribui efetivamente com a aprendizagem desses alunos. A pesquisa buscou também analisar como são realizadas as práticas de aprendizagem dos alunos com deficiência física neuromotora, no contexto do ensino comum e regular, entendendo-as como processos que proporcionam a apropriação dos conteúdos escolares e o desenvolvimento das funções complexas do pensamento. Para a execução da pesquisa, realizamos, inicialmente, estudos bibliográficos, levantamento e análise de textos, documentos e dados oficiais acerca do tema. Em seguida, por meio de uma pesquisa empírica, realizamos entrevistas com representantes das equipes pedagógicas e professores especializados que atuam como: Professor de Apoio à Comunicação Alternativa (PAC), no contexto do ensino comum, e Professor de Sala de Recursos Multifuncional (SRM), em estabelecimentos ligados à Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Pretendemos conhecer como vêm se efetivando a inclusão e o ensino voltado ao atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência física neuromotora; os principais diagnósticos; os espaços de atendimento pedagógico que estão sendo disponibilizados a estes alunos; analisando também, se as práticas pedagógicas atuais respeitam as características individuais, se utilizam de recursos tecnológicos, se mobilizam aspectos cognitivos e se contribuem com o desenvolvimento e a aprendizagem. Para tanto, buscamos na teoria histórico-cultural elementos para analisar o conceito de desenvolvimento e aprendizagem, a partir dos escritos de L. S. Vygotski e seus colaboradores. Buscamos responder à seguinte pergunta de pesquisa: Como está se efetivando a Inclusão de alunos com Deficiência Física Neuromotora na Educação Básica na região de abrangência do Núcleo Regional de Educação de Maringá? Constatamos a necessidade de mudanças no processo de ensino e aprendizagem dos alunos com deficiência física neuromotora, com uma maior reflexão crítica dos professores quanto à utilização de práticas pedagógicas que oportunizem o aluno com deficiência física neuromotora, mais autonomia nas situações de aprendizagem.

Palavras-chave: Deficiência Física Neuromotora. Aprendizagem. Desenvolvimento. Teoria Histórico-Cultural. Educação Básica.

Downloads 680  680  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Políticas para o Trabalho dos Pedagogos na Rede Estadual de Ensino do Paraná (2004 – 2015): Intensif Popular Versão: PDF
Atualização:  29/1/2019
Descrição:
HADDAD, Cristhyane Ramos

Esta tese apresenta estudo das políticas do Estado do Paraná para o trabalho dos pedagogos da rede estadual de ensino formuladas e implementadas no contexto de 2004 a 2015. Procurou-se responder à seguinte problemática:quais os sentidos das políticas para o trabalho dos pedagogos a partir das mudanças trazidas pela Lei Complementar nº 103/2004, a qual extinguiu o cargo de especialistas da educação e no seu lugar criou o cargo de professor pedagogo? Trata-se de pesquisa documental, que realiza análise da política consubstanciada na Lei Complementar n. 103/2004, nos Editais de Concurso n. 37/2004, 10/2007 e 17/2013 e nas Resoluções n. 5851/94, n. 3651/2000, n.1150/2002, n. 4534/2011 e n. 4008/2012 que fixam o número de pedagogos das escolas estaduais. Além destes documentos, também se recorreu a pesquisa em números do Jornal 30 de Agosto no período de 1997 a 2004.Como fonte de pesquisa bibliográfica são analisados os artigos produzidos no Programa de Desenvolvimento Educacional PDE/PR no período de 2007 a 2012 que tratam do trabalho dos pedagogos. Também foram realizadas entrevistas semiestruturadas com lideranças da APP Sindicato e com pedagogos das escolas estaduais do Núcleo de Educação de Curitiba com o objetivo de compreender a implantação dessas políticas para o trabalho de pedagogos. O método de pesquisa adotado foi o Materialismo Histórico Dialético, que possibilita captar o movimento do real nas suas múltiplas determinações, por meio das categorias da totalidade, contradição, mediação e luta de classes. Recorreu-se à análise do contexto histórico , caracterizado pela expansão da gerência toyotista do trabalho, das reformas educacionais, considerando-se, as trajetórias disputadas da elaboração das Diretrizes Curriculares para o Curso de Pedagogia. Defende-se a tese que a política em pauta, no que diz respeito ao Plano de Carreira do Professor da Educação Básica do Paraná conteve avanços na medida em que passou a considerar os pedagogos como professores e dessa forma garantiu a esses profissionais direitos como a aposentadoria aos 25 anos e a exigência do curso de Pedagogia para a participação em concursos públicos para as vagas de pedagogos nas escolas estaduais. No entanto, considerando a política em toda a sua extensão, e como foi implementada, no contexto histórico das políticas neoliberais, implicou para os pedagogos em trabalho intensificado, estranhado e burocratizado. Contudo, apesar deste desiderato, na contradição, foi possível constatar trabalho de mediação do ensino-aprendizagem realizado pelos pedagogos. O trabalho associado é apontado nessa tese como possibilidade de emancipação humana e superação das atuais condições do trabalho. Objetiva-se, assim contribuir para os debates já em curso no campo do trabalho de professores e para a formulação e implementação de políticas que reafirmem a importância do trabalho do pedagogo na escola pública de maneira a superar dificuldades apontadas nas análises nessa tese.

Palavras-chave: Políticas do estado do Paraná.Trabalho de pedagogos. Intensificação. Alienação. Burocracia.

Downloads 515  515  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Tuiuti  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Fies e Prouni na Expansão da Educação Superior: Quanto vale o conhecimento no Brasil? Popular Versão: PDF
Atualização:  31/1/2019
Descrição:
MIRANDA, Paula Roberta

O estudo teve como objetivo analisar as políticas públicas de expansão da educação superior: Fies, Prouni e Reuni no período de (1990-2015), contexto da Reforma do Estado brasileiro e sua relação com o setor privado na formação de um mercado educacional lucrativo, a fim de identificar as implicações desses programas no processo de democratização da educação superior. Trata-se de pesquisa bibliográfica e documental, realizada a partir de levantamento de teses e dissertações sobre o tema, disponíveis no site da Capes, fontes primárias e documentos oficiais, tais como CF/88, LDB/96, Relatórios de Gestão do Fies, Relatórios de Gastos Tributários do Prouni. O método que subsidiou a pesquisa foi o Materialismo Histórico e Dialético. Seus critérios permitem compreender o objeto de estudos em suas múltiplas determinações. Este referencial auxilia no estudo e no desvelamento da política educacional, uma vez que busca apreender tal fenômeno, considerando a correlação de diferentes forças no processo pelo qual se define e se implementa a política educacional. Portanto, a pesquisa sustenta que a reforma universitária que originou as políticas de expansão Fies (2000), Prouni (2005) e Reuni (2007) deve ser compreendida em suas múltiplas determinações, como um campo complexo que faz parte de uma totalidade social, a partir da relação público-privada, no qual se insere essas políticas, onde dadas as suas configurações institucionais, curriculares e legais, foi responsável por incluir milhões de pessoas neste nível de ensino. Sob este referencial analisou-se os dados de expansão da educação superior pública e privada, a partir de dados estatísticos (gráficos e tabelas), Censos Educacionais disponibilizados pelo MEC, INEP e Grupo Hoper (2012, 2014, 2016), empresa especializada em consultorias e gestão da educação privada no Brasil. Os dados mostraram a prevalência do setor privado na oferta da educação superior em relação ao setor público. Nos três programas analisados, considera-se que a expansão ocorrida no período de 1990 a 2015 concorreu para o processo de democratização da educação superior, porém, ocorreu pela via da privatização e mercantilização, em detrimento de maiores investimentos nas universidades públicas, o que leva a concluir que o atual panorama da qual se encontra a educação superior pode ser tipificado como expansão da mercadorização ou de sua financeirização, deixando a educação de ser um direito social para se tornar uma mercadoria comercializável. Portanto, para a universidade pública, ainda continua o desafio de rever criticamente os paradigmas políticos, econômicos e ideológicos que têm mantido seu status de elitização. Pretende-se uma universidade com uma dimensão pública, desvinculada à lógica mercantilista a qual está inserida.

Palavras-chave: Expansão. Fies. Prouni. Reuni. Educação superior privada. Democratização.

Downloads 515  515  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 »